PplWare Mobile

Tags: sol

Cientistas dizem ser possível mover o planeta Terra para outra órbita

Um dia teremos que tirar a Terra da órbita que conhecemos. Vários cenários apocalípticos poderão obrigar-nos a isso, seja porque o Sol ficará sem combustível e, ao expandir-se, provavelmente engole a Terra, seja pela ameaça mais imediata, o apocalipse do aquecimento global. Será possível mexer o nosso planeta para este entrar numa nova rota de vida?

Segundo cientistas de engenharia espacial, é possível, na teoria, mover o nosso planeta.

Imagem da Terra a mover-se para longe do sol


Planeta morto mostra-nos o que vai acontecer à Terra quando o Sol desaparecer

Os cientistas fizeram as contas e concluíram que o Sol terá uma existência de cerca de 10 mil milhões de anos. Então o que acontecerá ao nosso planeta Terra com o Sol morto?

Uma equipa internacional de astrónomos liderada pela Universidade de Warwick, no Reino Unido, anunciou uma descoberta. Assim, perante as informações, temos algumas pistas sobre o futuro do nosso planeta.


Solar Orbiter: Satélite europeu vai fazer observações nunca antes feitas do Sol

A Agência Espacial Europeia (ESA) fez recentemente saber que vai lançar já em 2020 um satélite que terá como objetivo observar o Sol de perto.

Batizado com o nome Solar Orbiter, este satélite está em fase de testes na Alemanha, tendo já passado nos testes mecânicos, térmicos e de vácuo.


Detetado um aumento das erupções no Sol. Estará a Terra em perigo?

As erupções solares são explosões na superfície do Sol causadas por mudanças repentinas no seu campo magnético. Como resultado, a atividade na superfície solar pode causar altos níveis de radiação no espaço sideral. Assim, esta radiação pode vir como partículas (plasma) ou radiação eletromagnética (luz). Caso acontecesse uma avassaladora tempestade solar, poderia haver um resultado trágico para o Planeta Terra.

Os cientistas têm verificado que há um aumento significativo da atividade solar. O Sol está a queimar “combustível” do ciclo anterior, conforme deu a conhecer o Laboratório de Astronomia Radiológica da Academia de Ciências da Rússia.

Imagem do sol a queimar com erupções solares que poderá por a Terra em perigo


NASA descobre “girinos” no Sol que podem desvendar mistério da astrofísica (vídeo)

Numa curiosa associação, a NASA refere que foram encontrados girinos solares a nadar a partir dos recém-descobertos jatos de plasma. Assim, esta descoberta, segundo a agência espacial, desperta pistas para um antigo mistério sobre a nossa atmosfera superior.

Um estudo recente realizado pela NASA poderá esclarecer um dos fenómenos mais surpreendentes do nosso sistema planetário. Desta forma, ficaríamos a saber o porquê da camada exterior do Sol alcançar temperaturas de um milhão de graus Celsius, quase 200 vezes mais do que na sua superfície.

NASA descobre