Quantcast
PplWare Mobile

Tags: sol

Qual é o destino do nosso planeta Terra?

Tudo tem um fim, até o Universo, e há quem diga que será um fim triste e solitário. A nossa casa, o planeta Terra, e a nossa estrela, o Sol, nasceram juntos e os seus destinos estão ligados. Conforme a nossa estrela se torna uma gigante vermelha e se expande, a Terra torna-se numa rocha seca, queimada e inabitável. Isso acontecerá também quando a nossa galáxia, a Via Láctea, colidir com a galáxia de Andrómeda, na porta ao lado.

Se é o Sol que mantém a vida na Terra, será esse mesmo Sol que irá, daqui a 5 mil milhões de anos, aniquilar todo e qualquer ser vivo no planeta.

Ilustração do fim do Sol e da Terra


A Terra está mais próxima do Sol hoje: é o dia do periélio

Hoje, 2 de janeiro de 2021 pelas 14 horas, a Terra esteve no ponto mais próximo do Sol, o periélio. Assim, o nosso planeta esteve a uma distância de 0,983257060 unidades astronómicas (UA), ou a cerca de 149,6 milhões de quilómetros da sua estrela.

A título de curiosidade, a Terra viaja pelo cosmos a uma velocidade de 30,75 quilómetros por segundo.

Ilustração da distância da Terra em relação ao Sol, o periélio


Imagem incrível de uma mancha do Sol capturada pelo maior telescópio solar do mundo

A construção do Telescópio Solar Daniel K. Inouye (DKIST) ainda não está terminada. Contudo, as imagens que já consegue captar são extraordinárias. Conforme estamos recordados, no início deste ano, ele mostrou-nos a fotografia de maior resolução do Sol já tirada. Agora, este equipamento consegue mostrar-nos a imagem mais detalhada de uma mancha solar.

O detalhe conseguido é um marco astronómico, e só foi possível graças às capacidades deste novo telescópio solar.

Imagem de manchas solares no Sol


Sol dispara a sua maior explosão dos últimos 3 anos

O 24.º ciclo solar foi calmo. Contudo, com a entrada do 25.º ciclo, apesar de não se prever uma grande agitação, existe uma maior probabilidade de o Sol disparar as suas poderosas explosões. No passado dia 29 de novembro, aconteceu uma explosão solar da classe M4.4.

Esta tempestade solar de força média foi a maior registada dos últimos 3 anos.

Imagem do Sol no seu 25.º ciclo


Astrónomos previram um evento no Sol que está agora a acontecer

Pode parecer um pouco arriscado dizer que os astrónomos conhecem já muito bem o Sol. Mas, certas particularidades da atividade da nossa estrela foram previstas na semana passada e efetivamente estão a acontecer. Conforme foi dado a conhecer, os cientistas previram o aparecimento de uma grande mancha solar e ela pode já ser observada.

Como a vida na Terra depende do Sol, a nossa estrela cada vez tem mais olhos e mais tecnologia a vigiar e a observar tudo o que por lá acontece. A grande mancha que agora apareceu é um motivo de investigação.

Imagem das manchas do Sol