Quantcast
PplWare Mobile

Tags: sol

Estrela que vai explodir numa supernova está mais perto da Terra do que se pensava

A gigante Betelgeuse, é uma estrela de brilho variável e é das que se podem ser vistas da Terra. Contudo, esta está destinada a explodir como uma supernova. Os astrónomos descobriram agora que afinal o astro está 25% mais perto de nós, a uma distância de 530 anos-luz.

Esta estrela, que é mil vezes maior que o nosso Sol, irá explodir como uma supernova. Este é um dos mais violentos e espetaculares eventos de todo o Universo.

Imagem da estrela gigante Betelgeuse que estará para explodir numa supernova. A estrela mais próxima da Terra

 


Scania em testes para revestir um camião com células solares

Várias vezes falamos que as fabricantes de automóveis têm estado a trabalhar para tornar cada veículo menos poluente e, consequentemente, mais sustentável. A ideia é que a frota que circula diariamente nas estradas não contribua tão significativamente para a nossa pegada carbónica.

Assim, a Scania está a investigar a possibilidade de colocar nas estradas um camião híbrido plug-in alimentado pelo Sol.

Camião Stania, ainda como projeto, alimentado com células solares.


Cientistas dizem ter encontrado o primeiro planeta fora da nossa galáxia

A cada passo são descobertos novos exoplanetas na nossa galáxia e outros elementos que até ali eram desconhecidos. Aliás, o primeiro exoplaneta foi detetado em 1992 e, desde aí, milhares de outros foram já analisados pelos cientistas. Assim, estes estimam que a Via Láctea conte com cerca de 40 mil milhões de mundos.

Apesar de se encontrar a uma distância absurda da Terra, uma equipa de cientistas diz ter encontrado o primeiro planeta fora da nossa galáxia.


Cientista explica que usamos a forma mais longa para calcular um dia na Terra

Desde cedo que aprendemos na escola que o movimento de rotação da Terra, aquele que ela executa sobre si mesma, é o que garante que tenhamos a divisão entre o dia e a noite, consoante a incidência do Sol. Aliás, aprendemos que essa rotação demora 24 horas até estar concluída.

No entanto, por outro lado a Terra leva 23 horas e 56 minutos a completar uma volta de 360 graus. Nós é que aprendemos a forma mais longa, das duas que existem, de medir essa rotação.


Sol começa um novo ciclo. Cientistas da NASA explicam o que isso significa

A nossa estrela a cada onze anos regista um ciclo. Há padrões de manchas que aparecem e desaparecem que mostram mais ou menos a atividade do Sol. Desde há algum tempo que os cientistas da NASA perceberam que algo mudou e que deveria estar já em curso o 25.º ciclo solar. Assim, tendo em conta o comportamento conhecido, espera-se que os próximos 11 anos sejam mais ativos, e eventualmente tragam à Terra mais “riscos”.

Segundo a NASA, a nossa estrela está oficialmente neste novo estágio há nove meses. O que nos poderá trazer esta nova etapa do Sol?

Sol começa um novo ciclo. Cientistas da NASA explicam o que isso significa