PplWare Mobile

Tags: DART

Asteroides: Será que as ondas de rádio poderão ajudar na estratégia de defesa?

O ano que agora terminou, 2022, foi incrível do ponto de vista astronómico. Destacamos dos muitos eventos, o momento em que uma nave feita pelos humanos colide com um asteroide e desvia a sua rota. Partindo do princípio de que é possível um dia salvar o planeta com este método, outras tecnologias reforçam a nossa capacidade para desviar para longe um asteroide que possa causar destruição da Terra. É nesse sentido que o Programa de Pesquisa Auroral Ativa de Alta Frequência trabalha.

No início desta semana, o conjunto de antenas do HAARP no Alasca transmitiu uma série de sinais de rádio de longo comprimento de onda a um asteroide que estava a passar apenas a duas distâncias lunares da Terra.

Ilustração asteroide 2010 XC15


Feito histórico! NASA confirma que DART desvia asteroide com sucesso e pode salvar a Terra

O DART foi um dos projetos mais ambiciosos da NASA em toda a sua história. De forma resumida, a agência espacial dos EUA queriam mudar a trajetória de um asteroide para assim preparar a defesa da Terra contra este tipo de ameaças.

No passado dia 26 de setembro o embate aconteceu com sucesso, como foi visto, mas apenas agora foi revelada a importância deste feito. A NASA confirmou que esta ação do DART conseguiu desviar com sucesso o asteroide e assim está preparado para salvar a Terra no futuro.

NASA DART asteroide Terra sucesso


Um sucesso da NASA! DART colidiu com sucesso contra o asteroide Dimorphos

O plano da NASA era muito claro e tinha um propósito bem definido. O DART (Double Asteroid Redirection Test) ia testar a capacidade desta agência de alterar a rota de um asteroide e assim garantir mais uma defesa para o planeta Terra.

Esse momento acabou de acontecer e não podia ter um sucesso maior. O impacto aconteceu, provando que é possível dirigir uma nave contra um destes objetos celestes e garantir assim a defesa da nossa espécie.

DART asteroide NASA


Sonda da NASA vai colidir dentro de horas com asteroide para proteger a Terra

A NASA vai “forçar” uma colisão entre a nave DART e o asteroide Dimorphos, do sistema binário Dimorphos-Didymos. O objetivo passa por ensaiar o desvio de eventuais asteroides que possam de alguma forma ameaçar o planeta Terra.

O DART da NASA está programado para chocar com o asteroide às 00h14 de terça-feira (hora de Lisboa). A missão DART, Double Asteroid Redirection Test (Teste de Redirecionamento duplo de Asteroide), foi lançada da Terra a 24 de novembro de 2021 e tem o objetivo de colidir uma nave contra um sistema de asteroides chamado Dydimos, que inclui o alvo Dimorphos.

Sonda da NASA vai colidir com asteroide para proteger a Terra


Asteroid Map: Simule o nível de destruição que um asteroide provocaria na sua cidade

Todos os anos caem na Terra 5.200 toneladas de poeira extraterrestre. Estamos, portanto, constantemente a ser alvo de colisões com micrometeoritos, asteroides, poeira interplanetária de cometas e outro material. No entanto, estamos há mais de 100 anos livres de grandes e danosos impactos. Por ser um assunto sério e com urgência em perceber como nos podemos um dia defender de uma ameaça de um asteroide em rota de colisão, hoje a NASA vai realizar um teste importante que responderá a algumas questões e poderá salvar mesmo o planeta no futuro.

Assim, o DART será um teste de fogo ao nosso hipotético poder para desviar um asteroide perigoso. No entanto, se quiser perceber o dano que teria uma destas rochas ao colidir com o nosso planeta, simule usando o serviço Asteroid Map.