Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Atmosfera

EUA querem remover milhares de milhões de toneladas de CO2 da atmosfera

O maior, e largamente mencionado, problema associado às alterações climáticas é a emissão de dióxido de carbono para a atmosfera. Então, os EUA querem mobilizar-se e remover milhares de milhões de toneladas de CO2 do ar, todos os anos.

A ideia surgiu, uma vez que a redução das emissões, isoladamente, já não será uma solução eficaz.

Captura de CO2 da atmosfera


Plutão está a perder a atmosfera. Que se passa com este astro mal amado?

Plutão é um astro mal-amado. Foi descoberto em 1930 e foi considerado o nono planeta do Sistema Solar. Contudo, em 2006, e após vários anos a ser posto em causa, este astro foi desclassificado e passou a ser um planeta anão. No entanto, passou a receber mais interesse depois da passagem da sonda New Horizons no dia 14 de julho de 2015.

Em 2018, quando Plutão passou em frente de uma estrela na noite de 15 de agosto, uma equipa de astrónomos colocou telescópios em vários locais dos EUA e México para observar a atmosfera de Plutão, uma vez que foi brevemente retroiluminada pela estrela bem colocada. Nessa altura os astrónomos perceberam que este planeta anão está a perder a sua atmosfera. Mas qual será a razão?

Imagem de Plutão


Ondas que causam as auroras confirmadas pela primeira vez

Inegavelmente, um dos fenómenos mais impressionantes com que o céu nos presenteia é a formação das auroras. Os brilhos e as cores tornam a imagem quase irreal de tão deslumbrante e, por essa razão, as zonas que as recebem contam com muitos curiosos expectantes. No entanto, ainda não é um acontecimento completamente compreendido.

Pela primeira vez, os físicos confirmaram as ondas enigmáticas que causam as auroras.

Aurora Boreal


Em mil milhões de anos a Terra poderá deixar de ter vida por falta de oxigénio

Se há recurso que tomamos por garantido é o oxigénio, porque, na realidade, não temos memória de algum dia ter sido posto em causa. Contudo, no início da história e da vida da Terra, os níveis de oxigénio eram muito baixos.

Como um ciclo, daqui a mil milhões de anos, é possível que esses níveis voltem a baixar a ponto de extinguir a maioria da vida na Terra.

Oxigénio na atmosfera


XPrize: Elon Musk investe $100 milhões em competição para “negatividade do carbono”

Além de ser o CEO de uma das mais icónicas marcas de carros elétricos, Elon Musk nunca escondeu a sua preocupação face às alterações climáticas. Aliás, acredita até que são de tal forma irreversíveis que uma das soluções é povoar Marte, de forma a garantir a sobrevivência da nossa espécie.

Indo ao encontro dessa sua preocupação, Elon Musk vai patrocinar uma competição que pretende descobrir tecnologias capazes de remover dióxido de carbono da atmosfera. Então, o XPrize vai envolver 100 milhões de dólares.

Elon Musk