PplWare Mobile

Tags: Anacom

TDT: Saiba já quais os novos canais no seu distrito

Vem aí o 5G e também mudanças no serviço TDT. A libertação da faixa dos 700 MHz para serviços de comunicações eletrónicas terrestres está confirmada pela ANACOM.

No 4.º trimestre deste ano, mais concretamente na segunda quinzena de novembro, está prevista a realização de um teste piloto, para aferir a metodologia e as ações previstas de apoio ao utilizador, previamente e num ambiente limitado.

TDT: ANACOM aprova libertação da faixa dos 700 MHz para 5G


ANACOM: Saiba já se a sua freguesia vai ter (em breve) melhor internet

Numa altura onde só se fala em comunicações 5G, a verdade é quem em Portugal há zonas que ainda não têm sequer 4G e algumas ainda estão limitadas ao ADSL.

Recentemente a ANACOM procedeu à revisão da velocidade de acesso à internet que a MEO, a NOS e a Vodafone terão que disponibilizar em 480 freguesias.

ANACOM: Saiba já se a sua freguesia vai ter (em breve) melhor internet


Preços das chamadas para números 707 e 708 vão baixar drasticamente

A ANACOM fez saber recentemente que o preço das chamadas para números 707 e 708 vão baixar drasticamente.

Segundo a autoridade das comunicações, o preço vai baixar entre 10% e 48%, consoante as chamadas para esses números sejam feitas a partir de um telefone fixo ou móvel, respetivamente.

Preço das chamadas para números 707 e 708 vão baixar drasticamente


ANACOM vai fiscalizar temporariamente as atividades espaciais

A Autoridade Espacial tem por missão regular, supervisionar e fiscalizar as atividades espaciais, sem prejuízo das atividades de fiscalização por parte de outras entidades no âmbito das respetivas atribuições e competências.

Enquanto não existe uma Autoridade Espacial, será a ANACOM a fiscalizar tudo o que se envia para o espaço.

ANACOM vai fiscalizar temporariamente as atividades espaciais


ANACOM vai devolver 46 milhões de euros ao Estado

A Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) tem como função a regulação do sector das comunicações com o objetivo de assegurar na sua plenitude o desenvolvimento sustentado do sector, a promoção e defesa da concorrência e a proteção dos direitos e interesses dos consumidores e dos outros utilizadores.

Em 2018 a Autoridade Nacional conseguiu reduzir significativamente custos e agora vai devolver 46 milhões de euros ao Estado.

ANACOM vai devolver 46 milhões de euros ao Estado