Quantcast
PplWare Mobile

Huawei quer passar a usar os processadores da Qualcomm nos seus smartphones

                                    
                                

Fonte: Reuters

Autor: Pedro Simões


  1. O servente says:

    Afinal os EUA dobraram a China…

  2. Nuno Herdeiro says:

    Terrível ideia. Quanto menos competição no mercado de CPUs para smartphones, pior.
    Lembram-se do mercado de cpus para pc antes da AMD ter se tornado competidor com a intel a uns anos atras?
    Pois…

    • Pedro Simões says:

      A ideia pode ser má, mas será a forma encontrada para garantir que os smartphones continuam a chegar ao mercado

      • Amilcar Alho says:

        Pois, é um “desenrasca”… Mas como diz o Nuno, é pena “perder-se” um fabricante de CPUs…

        • Rei David says:

          Os kirin sempre foram inferiores também aos snapdragon logo so ficam a ganhar. Afinal o trump dobrou a china, cada vez admiro mais este presidente e tenho pena de não haver um trump na europa…..precisamos de um lider.

          • Toni da Adega says:

            Qualcomm fica praticamente sem concorrência, isto só vai fazer com que todos os equipamentos fiquem mais caros.
            Temos o exemplo do novo S20 FE, a versao 5G com snapdragon sao mais 100€que a versao nao snapdragon. Mas talvez um chip 4G seja 100€ mais barato que um 5G.

            Mas é uma coisa boa.

          • Rei David says:

            Concorrencia? Os exynos da europa mais fracos estao ao mesmo preco dos snapdragon nos estados unidos. O 5g e mais caro logo e normal, mas prefiro pagar mais por um snapdragon que um exynos ou kirin mais barato. E pelos vistos a maioria pensa assim pois os modelos exynos foram flops.

    • RM says:

      E o mais provável é os preços dos smartphones subirem!

  3. Nuno Herdeiro says:

    Terrível ideia. Quanto menos competição no mercado de CPUs para smartphones, pior.
    Lembram-se do mercado de cpus para pc antes da AMD ter se tornado competidor com a intel a uns anos atras?
    Pois…

    • Rei David says:

      Conversa engracada….querem concorrencia comprem mediatek. Ah pois ninguem queria. O consumidor quer o melhor e isso so apple e qualcomm oferecem. A apple tem o melhor processador do mercado mobile e isso não a impede de lancar um SE por 349 dollars (300 euros) mais potente que samsungs notes 20 e xiaomis mi 10 pro plus max ultra.

  4. Miguel says:

    E o maluco é o Trump!

  5. David Guerreiro says:

    A questão é que se dão essa autorização, lá cai por terra o argumento que a Huawei está feita com o governo chinês, porque passaria a poder lançar smartphones na mesma, só que com SoC Qualcomm.

    • Rei David says:

      Com soc qualcomm o governo chines não pode espiar pois não tem acesso aos cores. A informacao fica assim na posse dos americanos os quais não me importo nada de lhes dar a minha informacao, sao um pais democratico.

      • Mark Casila says:

        nem mais, e caso haja algum problema podemos sempre recorrer aos tribunais … na china e so pensarmos nisso e ja estamos com uma bala nos cornos

        • Rei David says:

          Basta ver os 300 campos de concentração recentemente criados na china para trabalhos forcados descobertos por satelite que a china primeiro desmentiu e depois confirmou como sendo apenas centros de reabilitacao.

        • SSD says:

          Lol achas que se processares os estados unidos daqui vai dar algum resultado?
          Esse pensamento é estúpido pq os teus dados nas mãos de terceiros significa que alguém lhes pode por a mão e tu sem teres culpa de nada nem fazeres a menor ideia
          Eu não quero saber se são chineses, americanos, alemães, russos, luxemburgueses ou das ilhas bonga bonga eu não quero os meus dados na mão de ninguém ponto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.