Quantcast
PplWare Mobile

Terminado o primeiro teste para extrair lítio geotérmico, em França

                                    
                                

Autor: Ana Sofia


  1. Sergio says:

    Pronto. Está descoberta a salvação do planeta. E novas riquezas se concentrarão nas mãos de poucos. Afinal, a extração do Lítio e o descarte de baterias não poluem solos e atmosferas. Tudo o que Greta quer.

    • Pedro H. says:

      É preferível então extracção de lítio a céu aberto?

      • Pedro H. says:

        Quero dizer, rebentar com montanhas e cidades ( strip mining ).

      • Zé Fonseca A. says:

        Não é tao mau, mas é quase a mesma coisa, o pior da extração de lítio são as lavarias e a poluição de rios e subsolos com químicos.

        • Tadeu says:

          Como é que sabes que é quase a mesma coisa?
          O método é significativamente diferente. Extraem lítio da água duma fonte geotermal por adsorção em filtros. O lítio é depois obtido por “lavagem” da colunas de filtragem, seguido de purificação por nanofiltração e osmose inversa, ou seja sempre em colunas e não a céu aberto!!!

          • Zé Fonseca A. says:

            Vai-te informar o que é uma lavaria de litio, porque é que é precisas de lavarias em minas de litio e quais os quimicos usados e onde esses ficam após o processo.
            Ser a céu aberto seria ainda pior, está a certo, mas a grante parte da poluição de uma mina de litio não vem de ser a céu aberto, mais de 90% provém das lavarias, essa é a poluição que tu nunca vês e que daqui por 30 anos quando a mina estiver depleta dás-te conta que os lençois freáticos já não comportam água potável e que acabaste de dizimar um ecossistema ao longo de milhares de kms.
            Olhem para os EUA e não repitam os mesmos erros, tens estados onde não existe água potável no solo, toda a água é captada é transformada em água anidra e depois é manipulada com compostos e vitaminas para se tornar uma água potável e depois em mais de 50% dos casos é fornecida em plastico às populações, vejam o que a Nestle, PepsiCo e Coca-cola fazem e continuam a fazer ao longo de décadas aos maiores lençois freaticos de água potavel em antigas regiões mineiras.
            Isto torna-se um ciclo vicioso, depois das cameras dão licença de exploração de captação de água dos lençois freaticos para captar empregos e as grandes empresas de água chegam a receber para captar água e ainda a receber pela sua posterior venda.

    • Jon says:

      Nada mesmo nadinha 0
      Neutralidade de carbono só lítio

  2. Jon says:

    Já está encontrada a desgraça digo alternativa mais sust€ntav€l viva ao negócio e ao cache a entrerar
    PS não se esqueçam do discurso da política do medo

  3. Abílio Portas says:

    Estão a destruir o planeta! Infelizmente o que importa é definitivamente o negócio e mais nada interessa.
    Viva as baterias e os carros elétricos…

  4. Zé Fonseca A. says:

    E as licenças atribuídas para minas subaquáticas no pacifico a 4000m de profundidade para extração de litio, cobalto e niquel?
    É uma empresa belga que já começou com um prototipo, depois falam mal de plataformas petroliferas, não devem ter noção do que uma maquina de varrimento do fundo do mar vai provocar…

  5. Rui says:

    Parabéns à autora. Título e imagem nada a haver.
    Qualidade…

  6. Ruy Acquaviva says:

    Com o avanço das baterias a Sódio em breve o Lítio deixará de ter valor comercial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.