Quantcast
PplWare Mobile

Aquecimento global pode ser combatido e foi a pandemia que o comprovou

                                    
                                

Autor: Ana Sofia Neto


  1. Sapo says:

    Claro que pode. Ça entre nós eu não acredito nessa de aquecimento global provocado pelo ser humano mas entretendo a ide de que seja ver… Basta tirar o ser humano da equação. Uma guerrinha mundial bem planeada para eliminar uns 70% da humanidade e o problema fica resolvido por umas boas décadas.

    Isso de transição energética é conversa pra boi dormir, não vai resolver nada a menos que a solução que estejam a buscar seja para o problema de cómo rechear ainda mais os bolsos de uns poucos e fazer miserável a vida de to os demais

  2. Sapo says:

    Eu odeio esse teclado virtual.

    Claro que pode. Cá entre nós eu não acredito nessa de aquecimento global provocado pelo ser humano mas entretendo a ideia de que seja verdade … Basta tirar o ser humano da equação. Uma guerrinha mundial bem planeada para eliminar uns 70% da humanidade e o problema fica resolvido por umas boas décadas.

    Isso de transição energética é conversa pra boi dormir, não vai resolver nada a menos que a solução que estejam a buscar seja para o problema de como rechear ainda mais os bolsos de uns poucos e fazer miserável a vida de todos os demais

  3. Edmundo António Ricardo says:

    Desequilibramos a Natureza, equilibrá-la outra vez será uma tarefa difícil. Mas temos de tentar!

    • SPr says:

      Nao, nao temos. Vocês são hipócritas quando compram coisas da China sendo a China um dos países mais poluentes.

      Não é por termos energia ou carro. O problema é as fabricas nao os carros nem a energia!

      • Nuno V says:

        A China é o mais poluente porque é também o país com a maior população. No que toca a emissões per capita, a China está no 42° lugar, estando á sua frente desta os EUA, Alemanha,…

        • Luís Costa says:

          Isso de poluição por capita é muito subjetivo, a China é o maior poluente do pacífico (nem é os barcos) é as fábricas que estão perto dos rios que vão dar ao pacífico e só assim por acaso, maioria do oxigénio vem do mar e andar a poluir o maior oceano é que devia ser condenado por todos

          • Nuno V says:

            É verdade que a China ainda têm graves problemas ambientais a resolver. No entanto, desde 2014 que têm havido drásticas melhorias no que toca à poluição. Por alguma razão a China em 2013 era o terceiro pais mais poluído, e nem uma década passou e conseguiu descer para a nona posição. É também neste momento o país que mais investe na redução do impacto ambiental, como por exemplo, um enorme investimento nos transportes públicos, um grande investimento na reflorestação,…

        • António says:

          A ÍNDIA JÁ TEM MAIS.

    • maxim says:

      também desequilibramos as nossa cabeças. we are doomed, doooomed

  4. Jonas Podar says:

    A terra sobreviveu 4 ou 5 episódios de extinção em massa, não é nada que possamos fazer contra os ciclos de idade do gelo e posteriores que antes dos humanos já existem por milhões de anos, é um pouco presunçoso pensar que antes de nós não existia anomalias atmosféricas neste planeta, aquecimento global é inevitável, aconteceu no passado, vai acontecer de novo, humanos vão-se extinguir e o planeta continua onde está, espécies desaparecem, novas aparecem, e não á nada que possamos fazer, e não revertemos nada durante COVID, notícia da treta para encher o olho a analfabetos, seria bonito se nenhuma especie se extinguisse, tavamos a nadar agora em trilobitas ou afins.

  5. Joao Ptt says:

    Depois da extinção em larga escala de nós seres humanos e dos animais, quer por via das guerras em larga escala, quer das alterações em larga escala na própria natureza, depois de ultrapassado isso, se alguém sobreviver, virão melhores tempos, não no sentido de não fazer nada, mas no sentido de serem muito laboriosos e de começar a existir verdadeiro evoluir espiritual.

    Até lá vamos assistindo a este discurso idiótico de que é possível fazer alguma coisa para reverter as coisas… vejamos, é um enorme cometa/ planeta que está a provocar as alterações desde há décadas, e que só irá agravar as coisas, por causa da sua interacção com a energia presente neste planeta, que não sendo boa só pode trazer desgraça para quem cá está. Pior, não dá para ver tal enorme cometa/ planeta, só quando estiver mesmo muito próximo fisicamente falando, e por isso será negado até não dar para negá-lo mais. Não sei quando aparecerá, mas é possível que ainda demore umas décadas… por isso as coisas não vão melhorar por muito tempo, façam as pessoas o que fizerem.

  6. Profeta says:

    Entao os efeitos dos gases em estufa nunca existiu ? O buraco de ozono tambem nao ? E tudo mentira ? Andam a enganar-nos ? Ou anda alguem a aproveitar-se da falta de conhecimento das pessoas e a vender o produto das alteracoes climaticas ? Isto cada vez esta pior, ja ninguem sabe o que e verdade ou mentira.

  7. Antonio Duarte says:

    Com a quantidade de mascaras inúteis a flutuar no oceano, vamos ver o que a pandemia ajudou para combater as mudança climáticas ???????????????

  8. Luís Costa says:

    “Nível de gases do efeito estufa bate recorde apesar da pandemia”

    “Embora tenha havido uma redução temporária das emissões em 2020, concentração de gás carbônico atingiu novo patamar no ano e governos estão longe de metas para o clima, diz relatório da ONU”

    • Vagueante says:

      Exacto. as emissões do CO2 diminui, só isso, na prática não teve nenhum efeito nas alterações climáticas, como qualquer cientista sério o sabe (até os do ipcc, basta ver os emails que sairam). O efeito de estufa é causado na quase totalidade pelo vapor de água, e o que mais influencia o clima na terra é o nosso amigo SOL.

      • Nuno V says:

        Apenas existe um problema com a tua retórica, é que faz décadas que medimos a energia emitida pelo sol, e claramente esta não é responsável pelo aquecimento global.

        Vapor de água é o gás de efeito de estufa que se encontra mais presente na atmosfera, bem como o que contribui mais para o aquecimento da terra, no entanto, contrariamente do que te disseram, não é o vapor de água que controla a temperatura, é o inverso. Quanto mais quente, mais a atmosfera consegue suportar vapor de água, e a atmosfera está quase sempre saturada de vapor de água. Quando a temperatura aumenta, pouco tempo depois existe uma subida na quantidade de valor de água na atmosfera, não o inverso. O mesmo se diz quando há uma descida de temperatura. Também as moléculas de água mantém-se, em média, dias na atmosfera. No caso de CO2 estas aguentam entre séculos a um milénio. Por essa razão é que mesmo com a redução da emissão de CO2 conseguimos atingir um novo patamar da concentração deste gás na atmosfera. Mas claro que para os negacionistas, mais de 99% dos cientistas são mentirosos.

        No que toca aos e-mails, estás-te a referir ao CRU e não ao IPCC. Independentemente, por muito que os negacionistas queiram, não houve qualquer indicio de fraude. E olha que o incidente foi visto por várias entidades internacionais, algumas delas com altos interesses em desacreditar a CRU, mas nenhuma conseguiu.

        • António says:

          As narrativa são elas que criam as realidades ? Afinal nos anos 80 ate 2000 o que diz seria considerado o que Mesmo ????

          • Nuno V says:

            lamento, mas vais ter que ser mais especifico com as tuas perguntas que fiquei a perceber o mesmo. Será que eram para outra pessoa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.