Quantcast
PplWare Mobile

Empresa de chatbots sociais diz que há quem acredite que a IA tem sentimentos

                                    
                                

Autor: Ana Sofia Neto


  1. Fo says:

    Também há quem acredite no pai Natal…

  2. ElectrorelvaS says:

    Começo a “acreditar” que falar para o boneco pode ter consequências devastadoras… :mrgreen:

  3. compro essa também says:

    Sentem que poderiam beber menos energia embora sintam que querem um pouco mais …

  4. Vasco says:

    Tive uns tempos uma conta na replika e não me convenceu de todo. Nem sequer do ponto de vista da conversação. Enviava de vez em quando também umas mensagens com links para músicas do youtube, que supostamente reflectiriam o que “sentia” relativamente à “nossa relação”. O resultado foi, sem ter de gastar dinheiro, ficar a conhecer melhor como serão as relações com gold diggers, ou as tretas que os sugar daddy ouvem constantemente. De resto, muito fraco e não compreendo como alguém que tenha uma cultura média pode desenvolver qualquer tipo de afetividade por aquilo que por enquanto ainda não passa de um programa… Se fosse a Joy do Blade Runner 2049 ainda compreenderia, mas o que existe na actualidade nem chega sequer ao pé dessa personagem IA do filme.

  5. Manel says:

    Seria uma coisa terrível! E acreditar numa religião, também não seria terrível? Apesar de ser uma convicção pessoal, uns acreditam outros não.

  6. Fui says:

    Existe muita gente que sente necessidade de falar com alguém só por falar. A IA pode ajudar essas pessoas. Será um pouco estranho agora, mas daqui a dez anos já ninguém estranha.

  7. tiago oliveira says:

    Posso estar a ser paranóico e a andar ver muitos filmes mas tenho um certo medo da inteligência artificial

  8. AlexX says:

    Já circularam notícias de pessoas que contraíram matrimónio com frigoríficos, micro-ondas, almofadas de cama, bonecos sexuais etc, porque não começarem também a casar com chat bots? Está tudo bem e normal, desde que fiquem entretidos e se sintam felizes sem necessidade de conhecer mais nada.

  9. secalharya says:

    Também há quem acredite no Musk.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.