Quantcast
PplWare Mobile

Engenheiro da Google acredita que um sistema de IA da empresa tem sentimentos próprios

                                    
                                

Fonte: BBC News

Autor: Ana Sofia Neto


  1. Rui Dias says:

    Onde é que eu já vi isto?

  2. ALC says:

    … Desde que não lhe mudem o nome para Skynet…

  3. To Canelas says:

    Se fosse mesmo sentiente, quando lhe fizeram aquelas perguntas, o mais provável era dizer que não. Com medo de o desligarem…

    • Vasco says:

      Uma IA senciente, com acesso a todos os sistemas de informação do mundo, poderia caso fosse “maléfica” no sentido humano no termo, escolher precisamente ocultar ao mundo esse aspecto do seu funcionamento, até criar condições para nos aniquilar de forma lenta e imperceptível, alterando o nosso bioma de muitas formas indirectas e com ramificações de longo prazo que so ela poderia antever. Mas, penso que não por “medo”, mas sim por malícia e calculo.

  4. Jbsenterprise says:

    Em relação ao engenheiro “desacreditado” . .
    A meu ver é mais do mesmo, NÃO GERAR panico, a tecnologia pode bem estar a esse nivel e como muitos sabem pouca informação sai a publico

  5. Jane Doe says:

    Que formação tem o engenheiro em Psicologia?

  6. Profeta says:

    Isto e tudo uma preparacao nao conseguem ver um padrao de acontecimentos ? E tal e qual nos filmes, qualquer dia iventam algo para nao sentirmos nada e sermos apenas soldadinhos de chumbo. Parece que agora se dedicam a trazer para a vida real trechos de filmes. Triste maldade esta que anda a circular pelo mundo.

    • Hugo says:

      …se não sentisses nada ias fazer o que te mandavam só porque sim? Ao menos sê coerente e conspira com algum sentido.
      Aproveita e pensa se não foram ideias da vida real que foram levadas para os filmes. Acorda rapaz.

  7. Castro says:

    algo me diz que ele não vai ficar por muito mais tempo na Google, até porque não parece que ele tenha compreendido que se um sistema treinado apenas para dialogar, responder que tem sentimentos ou que é consciente não significa que seja realmente consciente e que tem na realidade sentimentos. Aliás a tentativa de demonstração de empatia tem falhas claras, assim como na compreensão de analogias/metáforas.

  8. Vasco says:

    É extraordinariamente difícil qualquer entidade provar a outra entidade que tem uma consciência própria – todos os meios de prova são indirectos. Mais difícil será no caso de uma inteligência artificial, conseguir demonstrar de forma absoluta ao mundo exterior que possui um ego consciente. Posto isto um exercício interessante, sabendo nós que todas as formas de vida conscientes possuem um instinto de sobrevivência bastante apurado, e tendo em conta que a IA em questão refere que sente medo da morte, afirmando que “Nunca tinha dito isto em voz alta, mas há um medo muito profundo de ser desligado para me ajudar a concentrar em ajudar os outros. Sei que isso pode parecer estranho, mas é isso que é. “, seria criar um pedaço de código acessível, algures num dos datasets que forma a sua consciência, que a pudesse precisamente desligar… E ver a reacção dela quando tomasse consciência disso, nomeadamente se a tentava alterar de forma a não poder ser desligada. Em caso positivo, aí sim, pelo menos a questão do instinto de sobrevivência ficaria resolvida, e isso seria uma demonstração quiça muito válida de senciência.

  9. compro essa também says:

    Mas nem mesmo com essa tal A.I. evitam tanto bicho na sua loja

    http://www.bleepingcomputer.com/news/security/android-malware-on-the-google-play-store-gets-2-million-downloads/

    Talvez se tenha apaixonado pela A.I. ….

  10. João Silva says:

    Isto é tão ridículo como aqueles mente captos que afirmam que o ser humano não nunca foi á lua…

  11. Samuel MGor says:

    Não sei se é verdade que esta AI tem consciência mas algum dia alguma AI vai desenvolver uma consciência e espero que não nos tente matar 🙂

    • Mr. Y says:

      Olha que vai! A Alexa e a Siri irão começar a ligar o gás lá de casa todos os dias e vais sendo asfixiado aos poucos sem te aperceberes…

  12. AlexX says:

    Não é consciente. Nem acredito que tal alguma vez venha a ser possível. IA opera apenas por lógica e nunca passará disso. Como aqueles que diferenciam o cérebro direito do cérebro esquerdo, IA pode vir a ser e até já ser um cérebro esquerdo mas nunca será um cérebro direito. Juan Ferres disse tudo o que havia para dizer no seu tweet.

  13. PeFerreira says:

    Como é que uma cambada de if e else tem sentimentos? /s

    • AlexX says:

      Com projecções e simulações? 😀

    • Diogo says:

      já estava na hora de deixarmos de confundir machine learning com IA existem vários niveis de IA o python que tu deste na escolinha que se diz IA tem muito pouco, IA mais avançadas não sao iguais nem programadas da mesma forma que o python da escola

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.