Quantcast
PplWare Mobile

Tesla aumentou em segredo o preço dos seus carros elétricos na Europa

                                    
                                

Fonte: Reuters

Autor: Pedro Simões


  1. ToFerreira says:

    Como é que se aumenta um preço em segredo?

    • Não se comunica essa ação e faz-se a coisa de forma discreta. Altera-se as tabelas em silêncio e não se alerta isso. É só um exemplo…

    • Augusto says:

      A Tesla consegue fazer isso, pois todo o processo de venda é feito online. Mesmo quando se visita o stand e se faz uma encomenda, é tudo feito online. Dai que não existam descontos nem promoções. Tanto faz compara 1 carro com 50 carros.
      Para alterar os preços em segredo basta fazer um update ao preço sem avisar ninguém.

    • Manuel da Costa says:

      A Tesla não tem tabela de referência. Os preços são definidos pela estrutura, assim como o software que é instalado. Você vai ao site, encomenda, paga os 4500 euros de reserva, espera que lhe digam que o carro está a caminho de Portugal e que tem de pagar mais 50000 euros. Quando fez a reserva não sabe quanto vai pagar, nem que serviços virão instalados no computador de bordo. Quando chega, recebe a notificação que a matrícula foi emitida e que deverá estar em casa no dia xxxxx, já tendo o seguro automóvel validado. Nesse dia, recebe o automóvel, testa e assina o contrato.
      Uma das formas que a Tesla tem aumentado (e já vai sem 27000 euros) é na redução de serviços do carro. Com a venda de software, a empresa bloqueia opções disponíveis que só são disponibilizadas (como o carregamento ultra-rápido (ainda não existe em Portugal), utilização da bateria de emergência, utilização da condução autónoma e o sistema de caixa de velocidade, entre outros) pelo pagamento de uma mensalidade ou um valor gordinho. Segundo é dito, a partir do próximo ano, vão disponibilizar o StarLink por 200 dólares mensais ou 2000 anuais, para já só nos EUA.

      • IonFan says:

        Que grande trapalhada que para ai vai…

        Até começou bem com o facto dos preços serem definidos pela estrutura, mas a partir dai foi tudo ao lado.

        A reserva depende do carro, mas é normalmente 2000€. O restante só tem que ser pago (ou financiado) antes de levantar o carro (no meu caso foi no dia anterior). O preço da data da reserva é honrado ou até pode ser mais baixo caso o preço tenha descido (já aconteceu).

        Os serviços do carro nunca fora reduzidos, antes pelo contrário. Neste momento todos os carros vêm com Autopilot de série, por exemplo. Isso não acontecia antes e a Tesla não aumentou o preço por isso. A Tesla nunca bloqueou opções disponíveis (o que aconteceu foi bloquear funcionalidades que estavam activas por lapso mas não tinham sido pagas), aliás, o meu carro tem agora uma boa dúzia de funcionalidades que não tinha quando o comprei. Não paguei mais por isso.

        Todos os carros têm acesso à velocidade máxima de carregamento em cada modelo e saúde da bateria sem nenhum pagamento extra. Neste momento já existe um Supercharger V3 (Loulé) que permite chegar aos 250kW máximos. Os restantes vão até 150kW, que também é considerado ultra rápido.

        As baterias não têm modos de emergência. O que acontece é a Tesla desbloquear energia extra em packs limitados por software em casos de emergência (furacões, incêndios, etc.). Esses packs já não são vendidos e, nos que o foram, os proprietários só pagaram pela capacidade desbloqueada e não pela capacidade total.

        O sistema de condução autónoma não está disponível na Europa, mas quando estiver vou ter acesso a ele sem ter que pagar nada a mais do que já paguei por esse extra.

        Nenhum Tesla tem caixa de velocidades.

        O único pagamento mensal que existe na Tesla é o pacote de conectividade premium. Dá acesso a se poder usar o Spotify e outros serviços conectados no carro. É opcional e não limita nenhuma funcionalidade sem ser no sistema de entretenimento.

        O StarLink custa 100$ por mês.

        Gostava se saber que é a fonte de tanta desinformação…

        • O bastardo says:

          +1

          ele é uma fonte de desinformação! Quanto ao teu pacote de condução autónoma lamento informar que a UE não o permitirá nos próximos anos, só permitem ajudas. A tesla pode é complementar as ajudas a quem pagou, mas autónoma como nos EUA não vai acontecer nos próximos anos.

          • IonFan says:

            Eu acho que só a parte de fazer aquilo tudo sob minha supervisão (mantendo se assim como uma “ajuda”) já vale o dinheiro que paguei. Quanto à parte da autonomia total sem supervisão, acredito que a UE não vai poder continuar a atrasar depois de ficar estatísticamente provado que é mais seguro, o que não vai demorar muito a acontecer. Veremos se a fábrica de Berlin vai dar um empurrão para a UE deixar de ficar refém de alguns interesses 😛 Eu tenho fé 😉

      • Paulo Pereira says:

        “(como o carregamento ultra-rápido (ainda não existe em Portugal)”
        Você percebe tanto de Tesla como eu de agricultura biológica.

  2. ervilhoid says:

    Se baixassem o preço comunicavam?

  3. Pedro says:

    Porque quando qualquer empresa aumenta ou baixa preços faz comunicados e conferências de imprensa? Os preços não são segredo, vai-se ao site, estão lá os preços e variam. Tal como qualquer outro produto.

  4. ze says:

    É assim que se cativa o publico na compra dos electricos. Que fiquem com eles

  5. Hélder Martins says:

    O preço aumentou, pelo menos no model 3, devido o aumento do pack de baterias de 75kwh para 82kwh, mais a mala com abertura automática, os vidros duplos…
    Quanto ao model S, acredito que seja pelo modelo novo que já deve sair para o ínicio do ano.

  6. Infetado says:

    Tenham cuidado com o que dizem sobre a Tesla. Só estou a avisar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.