Quantcast
PplWare Mobile

Rumor: parceria Apple, Hyundai, Kia para o ‘Apple Car’ pode estar em perigo

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Jota says:

    Com jeitinho a Apple tinha o lucro todo e a Hyundai apenas com a parte para pagar aos funcionários! Júlios como eles são, não me admirava nada que fosse isso!

    • GFan says:

      Pois… patentes de mecanica automovel a preço de saldo.

    • Vítor M. says:

      Pode ser, mas vou mais para a capacidade de produção. Isto porque a ser verdade, a Apple, tal como acontece nos outros segmentos, faz um contrato de “X milhões de unidades dos componentes”, e a empresa tem de cumprir. Se for apenas produtora para terceiros, tipo uma Foxconn, sigam, é fabricar até não poder mais. Se for uma produtora e consumidora, como uma Samsung, é fazer contratos mediante o que já conhece do seu consumo.

      Aqui, a Hyundai tem “receio” de se comprometer e depois não conseguir colocar os seus carros por falta de capacidade de produção. Ao invés disso, tem a Apple a encharcar um mercado.

      Se a Apple nos EUA, para lá das outras grandes marcas, invadir o mercado com o seu produto, qual será a margem da Hyundai nesse mercado? Seguramente vai encolher bastante e a empresa pode passar a depender das encomendas da Apple 😉

    • Rrrr says:

      Para de fazer negócio é sempre preciso chegar a acordo…

  2. ... says:

    Faz a Hyundai muito bem… Que sejam veiculos Hyundai e não Apple.
    Aqui não se trata de componentes para telefones. É o Know How, a tecnologia e acima de tudo a infrastutura.
    Tudo pontos em que a Apple tem ZERO conhecimentos!

  3. Nick says:

    Muito bem, foi ao fundo mais uma tentativa da apple de construir carros, e’ uma historia triste…

  4. falcaobranco says:

    A apple queria o bolo todo… tramou-se! Com os gigantes automóveis não se brinca!

    • Vítor M. says:

      Tramar não se tramou, até porque ainda estará a auscultar o mercado. E quem se tramou, numa primeira fase, foi a Hyundai ao anunciar algo que fez as suas ações subir e que agora poderá ver as suas ações a perder valor porque está com “dúvidas” do que anunciou. Não foi a Apple a anunciar, o que parece haver aqui uma precipitação por parte da marca sul-coreana.

      Agora, a Apple, na minha opinião, deverá andar a auscultar o mercado nas melhores marcas a fabricar automóveis e que tenham a linha de fornecimentos completa. Isto é, que fabriquem tudo o que um carro precisa (os componentes preponderantes), que neste caso serão o motor e a bateria (além dos sistemas de refrigeração, segurança, navegação, etc).

      Depois a Apple altera o design exterior do carro e os interiores. A marca coreana produz à medida do que a Apple entregar para fabrico. A esta altura do Project Titan, a Apple terá já uma ideia e tecnologia para o habitáculo e para a gestão tecnológica do carro. Eeventualmente terá já o sistema operativo pronto, além de outro software.

      Claro que a Hyundai vai ganhar muito dinheiro, eventualmente vai passar a ser uma das maiores marcas a fabricar do mundo. Mas pode aqui ter de lutar para manter a própria marca forte no mercado onde a Apple vai vender, isto é, nos maiores mercados do mundo (americano, europeu, asiático).

      Imagina a Apple com um carro elétrico com a excelente construção da Hyundai e com tecnologias desenvolvidas pela Apple com integração num sem número de serviços da própria empresa. Quantos carro venderá? Não é fácil e eles na Coreia devem estar a ponderar isso.

      Mas, a Apple, como é normal, deve ter já várias alternativas. Vamos ver os próximos capítulos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.