PplWare Mobile

5 fantásticas distribuições Linux baseadas no Ubuntu que tem de experimentar


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Carlos Almeida says:

    Por algum motivo o meu portátil não é compatível com o Ubuntu e tive de optar pelo manjaro. Que se diga é igualmente fácil.

    • Pedro Santos says:

      Instalei manjaro também no meu lenovo yoga 520. Com ambiente gnome. Tem um “bug” . As letras ficam muito pequenas tem de se activar em “acessibilidade” a opção letras grandes. E por o browser com zoom 125% senão parecemos míopes a ler
      Está previsto update para corrigir isto não se sabe é quando. Acho que problema tem a ver com facto de ser ecrã FHD.

    • William says:

      Pode ser pelo kernel.

  2. IKAROS says:

    Kubuntu é também o meu favorito.

  3. Gonçalo Matias says:

    Para quem gosta de fotografia, video, e musica, Ubuntu studio

  4. arc says:

    Pois eu, NÃO gosto de UBUNTU!

    • jaugusto says:

      archaico !!!

    • William says:

      Eu também não gosto, mas há que se respeitar quem goste.

      • arc says:

        Claramente de acordo, caro @William.

        Simplesmente nao gosto de Ubuntu, por razões que não interessa NADA, para este tópico.

        O mais importante para mim, é que uma qualquer Distribuição de Linux, atenda as necessidades do seu utilizador.

        Essa é uma das razões, porque NÃO indico uma Distribuição de Linux a NINGUÉM.

        Se é Ubuntu, Debian, Arch, Mint, Solus, Gentoo, etc….NÃO me interessa nada!!!

        Claro, que muitos sabem, que gosto de Debian e Arch…mas isso também NÃO interessa NADA, e muito menos deve ser motivo para OUTROS FICAREM A GOSTAR.

        • arc says:

          Completando….deixo para o Pplware fazer o papel de Divulgador e Facilitador de Distribuições, que certamente muitos nem conheciam.

          E…viva a LIBERDADE de ESCOLHA em Open Source.

  5. António Paulo says:

    Os últimos links para as respetivas distros vêm todas a indicar Pop!_OS

  6. William says:

    Corrijam: Cinamon para Cinnamon na linha 14

    Não há o que se negar que o Linux Mint é uma das melhores opções pra quem está iniciando e também para quem não quer ter dor de cabeça.

    ZorinOS é uma ótima distro também, porém os pacotes estão desatualizados, já que a mesma ainda deriva do Ubuntu 16.04, quem quiser usar o Zorin, sugiro que esperem até Outubro quando será lançado a nova versão baseado no Ubuntu 18.04.1

    Pop!_OS nada mais é que um Ubuntu remasterizado pela empresa System76 que NA MINHA OPINIÃO, ficou melhor que a Canonical. Há também um preocupação para quem usa Intel e Nvidia, há isos específicas no site oficial nesse quesito. Sem contar que não tem tanto lixo instalado, apenas o essencial. O único contra é fato de você não poder remover nada da distro sem levar todo Gnome junto.

    elementary OS (Uma das distros mais bonitas). Discordo totalmente, ela FOI UMA DAS MAIS BONITAS, até o Deepin ser criado. eOS tornou-se “outdated”, mesmo com o design visual mac-like, está um tanto quanto ultrapassado. E sugiro esperarem o lançamento da tão prometida versão Juno.

    Kubuntu está com qualidade questionável, sei que é uma boa distro e tem os dedos da Canonical por trás, mas ainda acho que o Manjaro KDE é superior.

    Acho que faltou citarem distros como: Nitrux, DeepinOS, Solus Budgie.

  7. Pedro says:

    O ano passado tentei instalar o mint. Durante a instalação o computador reiniciava.
    Uma investigação revelou que as ventoinhas não ligavam e que o reboot era para evitar sobreaquecimento.
    Seria isto problema de kernel?
    Será que está resolvido? Hum…

    • arc says:

      Uma investigação?
      Como foi feita?
      Seria interessante conhecer esses procedimentos, se não der muito incomodo, assim todos ficaríamos esclarecidos.

      • Pedro says:

        Vendo a temperatura que os sensores indicavam na BIOS, antes e logo após se desligar.
        Para além disso, e para nao haver duvidas, abri o portatil para verificar que não só as ventoinhas não estavam a funcionar a baixa velocidade como não funcionavam de todo.

        É pena, porque me acontece apenas nesse portatil, noutro que tenho funciona tudo na perfeição. Pode ser que esteja corrigido nesta nova versão.
        (contudo a placa de rede Killer Wireless nunca tem suporte nativo de drivers e é preciso sempre perder um tempo valente a “dar a volta” já que as drivers oficiais também são o que são. Com isto aprendi que portateis gaming com hardware específico não se dão bem com estas dists)

  8. samuel says:

    Não se pode classificar um linux como Mint 19 para iniciantes 🙁 Eu não sou iniciante mas uso o Mint 19 e de vez enquanto tenho de usar a consola/ terminal de comandos. Então o que dizem a isto?? É para iniciantes??

    O ubuntu é que é para iniciantes 🙂

    • arc says:

      Caro @Samuel, permita eu discordar, ok?
      É um iniciante, noutro runlevel.

      “just simple as that”!!!

      • Pedro says:

        @arc lá por “correres arc linux sem ambiente gráfico”, passo a expressão, não quer dizer que os outros users sejam básicos.

        Nem tanto ao mar, nem tanto à terra.

        Também não é preciso ter o Kali para fazer pen testing, essa é a beleza do Linux.

        • arc says:

          Hein!?!?
          @Pedro, será que não entendeu “É um iniciante, noutro runlevel.”?

          Como parece, que não entendeu o trocadilho aí vai.

          Já nem questiono se sabe o que são runlevels em Sistemas Operativos Linux, mas traduzindo para pt_PT, mal e porcamente,

          runlevel = patamar!

          Assim, vou reformular a frase para o @samuel:

          “É um iniciante, noutro patamar.”

          Ficou melhor o retrato, @Pedro?

          E por último, eu mesmo que tenho mais de 20 anos “nisto”, continuo a ser um Iniciante todos os dias e não me importo nada.

          O mal são as minhas artroses e de vez quando o meu lado mais satânico, que a qualquer momento pode despertar e se apodera do mim!!

        • arc says:

          SIm, e para mim, o Kali nem é a melhor Distribuição para Auditoria Forense.
          Mas isso dava um grande debate mesmo.

  9. Rui Fernandes says:

    A Canonical tem feito um trabalho enorme na “creditação” do Desktop Linux.
    A Ubuntu quer se goste ou não, é uma distribuição polida e de qualidade. Não é a melhor nem pior, mas é um “farol” que as restantes (mais ou menos) acabam por ter em conta.

    • arc says:

      SIM, é verdade, como venho a dizer, apesar de NÃO gostar de Ubuntu, Eu reconheço o ENORME contributo que deu e vem a dar a Canonical, para uma lufada de ar fresco no Sistema Operativo Linux e APLAUDO Isso mesmo.

      Muito provavelmente, sem o envolvimento da parceria Canonical/Ubuntu, tudo seria..ligeiramente DIFERENTE!

      Contudo, para mim, TENHO de NÃO poder concordar com algumas atitudes que a Canonical quer IMPOR para a Comunidade Open Source e até mesmo em grande medida para o Sistema Operativo Linux.

      No fundo, as minhas DISCORDÂNCIAS, é um outro lado menos prático do problema, que NÃO tem interesse colocar em debate.

      O IMPORTANTE, é utilizar o Sistema Operativo Linux, o qual atenda as nossas necessidades diárias, seja ao nível pessoal/domestico, académico, corporativo, etc., etc.

      Se é a Distribuição Ubuntu, AntiX, Gentoo, Arch, Devuan, Debian, etc…quero lá saber, como da mesma forma, NÃO me interessa mesmo NADA qual o DE que usam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.