Quantcast
PplWare Mobile

Questão: 56% não concordam com a mineração de criptomoedas

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. Helder Correia says:

    Não percebo a pergunta… É o mesmo que perguntar se concordamos com a mecânica do dinheiro “tradicional”?!

  2. paulo says:

    90% votou nao porque nao estoque de graficas e nao perce o que é a mineracao!

    • iDroid says:

      Eu uso placas gráficas para trabalhar,e neste momento não posso comprar nenhuma. Só isso é que interessa.

      • RPG says:

        Usas placas gráficas, que supostamente são desenhadas para jogar, para trabalhar? Muito fácil de arranjar Graficas profissionais para trabalhar.. n vejo ruptura de stock das quadro por ex

        • iDroid says:

          A grande diferença entre as quadro e as geforce é a quantidade de memória.
          Se a cena 3d couber em 12GB de VRAM (a maior parte cabe), então para a grande maioria dos profissionais 3d as quadro não compensam.

          Compra-se duas ou três RTX 3080 (se for necessário ligam-se em nvlink) e tens melhor rendimento e gastas menos dinheiro do que se comprares uma quadro de média gama.

          • RPG says:

            Também me queria parecer que os miners não são os únicos responsáveis pela falta de gráficas tradicionais para jogar 😀
            Se desenvolves conteúdo gráfico, talvez seja boa ideia fazeres uma pesquisa profunda sobre o que são NFTs, e quem sabe venhas a ganhar em 1 ano o que ganharias em 20 a fazer o que fazes hoje em dia. My 2 cents

          • rjSampaio says:

            Entoa e o float point?
            A vram é o menor dos problemas…

          • Toni da Adega says:

            RTX 3080 não suportam nvlink e RTX 3090 é o ultimo modelo Gforce a suportar nvlink.
            Se as Quadro com 48 GB não serve para os profissionais, então serve para quem?

          • José Fonseca Amadeu says:

            Quadro hoje em dia são usadas mais em servidores, nomeadamente com VDI, onde consegues atribuir os recursos de uma Quadro para 4 ou 5 gajos em simultaneo.

            Problema dos profissonais liberais que fazem 3D é não terem muito dinheiro disponivel para investimento então tipicamente optam por gráficas tradicionais.

          • iDroid says:

            @RPG NTF são uma fraude e um causam um consumo energético absurdo.

            @Toni da Adega Tens razão, a RTX 3090 é a única que suporta nvlink. De qualquer forma uma RTX 3090 tem 24GB de VRAM, o que é mais do que suficiente para 99% dos criativos.

            @José Fonseca Amadeu DIsseste tudo melhor do que eu poderia dizer.

  3. Miguel Nóbrega says:

    Então vão comprar ETH

  4. F. says:

    Maior parte das pessoas que votou, não compreende o que é a mineração de criptomoedas e os riscos/vantagens que isso acarreta. Eu como também não tenho opinião formada sobre isso, não votei

  5. Luis Henrique Silva says:

    Se houver pessoal que não use software pirata, é estranho ou têm dinheiro…..eu uso alguns, pois pagar mais de 200€ ano é muita guita…..por isso……..
    Neste aspecto não há volta a dar, não irão conseguir vencer a pirataria, com certos preços absurdos, então agora com planos anuais e altos, é como se tivéssemos de comprar todos os anos software novo.
    Antigamente íamos à loja comprávamos um software e era pra toda a vida, ou quase toda, agora deu na moda isso pronto…….agora vem ai o pagamento do office 365 até vai doer…….:/

    • Sardinha Enlatada says:

      Nao te enganaste a comentar ? lol

    • Cortano says:

      Não é preciso ter dinheiro para usar software legal a nível particular!
      Há alternativas grátis ou muito baratas para quase tudo o que é software pago e direccionado para uso profissional.
      P.ex., eu a nível profissional e no computador da empresa uso o Adobe Suite todo. A nível particular e no meu computador pessoa uso alternativas grátis porque é só para uso pessoal.

      Tenho o Office 365 também, mas com o office 365 não estamos só a pagar o word, o excel ou o PPT. Estamos a pagar um serviço muito mais vasto. Se não precisas, compra o Office normal como sempre existiu e é teu para o resto da vida.

      • Luis Henrique Silva says:

        Sim há software que se consegue ir para um bom gratuito, mas outros que não batem se quer os pagos. Nem de perto.
        Office 365 dájeito usar o que pago, pois não é só para mim.

    • Hugo Lopes Antunes says:

      Sou freelancer e não uso nenhum software pirata e não gasto mais de 200 euros ano

  6. Eduardo Jacob says:

    Esta reportagem está cheia de “gaffes” infelizmente. Em primeiro lugar, não se deve usar a expressão “dinheiro digital” para nos referirmos ás criptomoedas uma vez que o dinheiro tradicional também é digital. Em segundo lugar, o texto dá a impressão que toda a criptomoeda tem de ser minerada, o que não é verdade pois há criptomoedas que se baseiam em outros mecanismos de consenso. De seguida fala-se que os mineradores poderão ficar com “um problema nas mãos” o que também não é plausivel, pois quem investe vastos milhões em centros de mineração certamente não há-de ser estupido. Finalmente terminam com outra meia verdade quando falam em países como a India que pretende proibir criptomoedas, sem referirem que pretende sim substituir as outras criptomoedas para lançar a sua própria criptomoeda indiana.

    • Marisa Pinto says:

      Vamos por partes. Não se deve usar dinheiro digital porque..?
      O texto dá impressão que todas devem ser mineradas? O que leste que te leva a dizer isso? Isso NÃO está em lado nenhum.
      Depois “quem investe vastos milhões em centros de mineração certamente não há-de ser estupido”, a estupidez de quem quer que seja não cabe nem a mim nem a ti avaliar, simplesmente é um problema que podem ter em mãos. Quando ao artigo da Índia, tem lá bem escrito que a Índia quer promover a sua própria moeda.

      Portanto, não vi gaffes nenhumas.

  7. David says:

    Sem mineração a cryptomoeda não existe… Bem ao menos que este post desperte mais a curiosidade das pessoas a pesquisar sobre o mesmo.

    • scp says:

      Proof of stake. É uma blockchain onde as moedas são criadas no início e vão sendo distribuídas à comunidade ao longo dos anos até ao limite final, por exemplo 10 mil milhões. Não precisa de mineração e não gasta energia.

      • David says:

        Eu vou explicar para os mais leigos no assunto.
        A mineração de criptomoedas nada mais é do que tentar descobrir transações criptografadas na blockchain. Sem essa tal mineração seria impossivel validar uma transação e o conceito de blockchain seria inválido, pois sem a mineração desses blocos criptografados não existiria registo, ou seja, podias falsificar quantas transações quisesses.
        Por isso é que existe a mineração das moedas, nada existe á toa meus amigos… Mas convido-te a estudar mais um pouco sobre o assunto, não perdes nada.

        • Tiago André says:

          alguem com cultura aqui =) o dinheiro da mineracao é apenas uma especie de forma de pagamento por manter a rede viva

        • paulo says:

          A mineração de criptomoedas nada mais é do que tentar descobrir transações criptografadas na blockchain???????????? errado!
          descobrir o algorritmo hash para provares a rede que o descubriste e poderes gravar o bloco na rede das transacoes de btc!

        • scp says:

          Em Proof of Stake, ao contrário de Proof of Work, não existe mineração de moedas, elas foram criadas no início do projeto. Tu é que devias estudar mais sobre o assunto porque há bastante tempo que o bitcoin deixou de ser a única blockchain, e não é preciso minerar para se manter fiável.

          “Sem essa tal mineração seria impossivel validar uma transação e o conceito de blockchain seria inválido, pois sem a mineração desses blocos criptografados não existiria registo, ou seja, podias falsificar quantas transações quisesses.”

          Olha que não é impossível, pesquisa mesmo sobre proof of stake para perceberes realmente que não é preciso mineração para a criptomoeda e o registo das transações serem confiáveis.

    • Miguel says:

      ETH, Cardano, pesquisa-as, se não és a favor de mineração, tens opções, neste mundo não tens de ter Euros porque vives em Portugal, és livre de ter e usar qualquer moeda. 🙂

  8. Jota says:

    O titulo devia ser: “A maioria não concorda com a mineração de criptomoedas”

  9. Gervas69 says:

    Por mais artigos que leia sobre as criptomoedas, sejam elas quais forem, nunca entendi como é calculado o valor das mesmas.
    Neste momento o valor é especulativo devido a atenção da comunicação social, a procura aumenta e assim aumentando o seu valor.
    Estou muito céptico em relação às criptomoedas, posso estar enganado, mas acho que mais dia menos dia vai dar Crash idêntico ao de 1929.

    • scp says:

      Os projetos de criptomoedas são lançados com ICO (initial coin offering) a um certo preço para os investidores. Depois quando chegam ao mercado às plataformas de compra e venda as pessoas colocam os preços de compra/venda para que estão dispostos a trocar essa criptomoeda por euro, dollar, bitcoin e esse preço é influenciado pelo preço de pré-venda. Às vezes o preço de ICO pode ser 2€ e baixar logo porque as pessoas não acham que vale tanto ou então iniciar com 15€ e manter-se acima desse valor porque é uma criptomoeda mais valiosa graças à sua utilidade ou o que poderá fazer ao longo do roadmap estabelecido pelos desenvolvedores.

      O crash vai acontecer sempre, mas a subida também. É muitas vezes influenciado por notícias do mundo das criptomoedas e outras vezes por notícias do mundo em geral. Por exemplo em Março de 2020 o bitcoin (e tudo o resto) desceu para 3000€ e passado um ano subiu para 50000€. Mais alguma ação de uma empresa teve tamanha valorização e em tão curto período? A coisa da bitcoin é que mesmo se comprares ao preço histórico mais alto se esperares tempo suficiente vai haver alguém que a queria comprar ainda mais caro. As criptomoedas alternativas (tudo que não seja bitcoin) são altamente influenciadas pelo sobe e desce do bitcoin.

      • Matreco says:

        “Mais alguma ação de uma empresa teve tamanha valorização e em tão curto período?” – esta parte é que me faz muita confusão: se uma empresa que possui e produz activos reais e tangíveis não consegue atingir estes níveis de valorização alavancados no produto da sua actividade, como é que é possível as criptomoedas fazerem-no sem se tratar de especulação pura? Baseiam o seu valor em quê?

        “se esperares tempo suficiente vai haver alguém que a queria comprar ainda mais caro” – já isto soa-me muitíssimo a esquema de piramide. É comprar enquanto há na esperanca que venha alguém posteriormente e me tire a batata quente das mãos.

        • Toni da Adega says:

          No ultimo ano, houve empresas a valorizar mais que a Bitcoin.
          “se esperares tempo suficiente vai haver alguém que a queria comprar ainda mais caro” – Isto é como funciona a bolsa e a compra e venda de accoes

          • Matreco says:

            Concordo em parte, porque o valor das acções de uma empresa estará relacionado com a performance da mesma. Se a empresa lança um produto ou servico de sucesso e isso se reflecte nos seus resultados anuais, valoriza, se não sucede o inverso (exemplo simplista apenas para abreviar a conversa).
            Já o valor da Bitcoin e afins flutua em função do quê, simplesmente da oferta e da procura? É que se for assim, tenho uma linda ponte para vender chamada “Vasco da Gama”…

          • José Fonseca Amadeu says:

            Matreco, flutua conforme investimento de empresas na bitcoin e conforme hacks de ransomware com disclusure publico.
            Neste momento aumenta só porque existe pessoal a investir em mining.

          • Matreco says:

            José, isso para mim traduz-se tudo em oferta e procura que vem de encontro ao que eu pensava. Mas o teu comentário levou-me a pensar em situações interessantes: imaginemos que eu sou um hacker que tem algumas bitcoins.
            Faço um ataque de ransomware bem sucedido a uma empresa de renome, coloco as minhas bitcoins á venda e contacto a empresa que entretanto decide pagar-me. Com sorte, vendo todas as bitcoins que coloquei no mercado, recebo as do resgate e como sou um tipo porreiro ainda divulgo tudo nos media, levando a cotação a subir ainda mais. O crime compensa triplamente: encaixo um valor em dinheiro real que agora está perfeitamente lavado, mantenho o stock de bitcoins ao receber as do resgate e o valor destas ainda sobe.

            Cada vez mais me convenço que aplicações reais para a economia são zero e que só serve de motor para o crime.

    • Helder Correia says:

      Tal como tudo num mercado liberalizado o valor de uma criptomoeda é aquilo que o mercado (Leia-se as pessoas) estão dispostas a pagar, tendo em conta a sua expectativa relativamente ao valor futuro. Exemplo, um jogo qualquer para uma consulta que curte novo 50€ às data de lançamento, se os “mercados” acharem que é um produto com potencial de valorização poderão começar a oferecer mais que os 50 de modo a assegurar que conseguem comprar. Isso não é especulação isso seria de eu fizesse ofertas falsas sobre o produto sem intenção de o comprar apenas para subir ou baixar o seu valor – onde acontece muito isso é no mercado da valores mobiliários e no dinheiro tradicional, neste aspecto a criptomoeda é mais segura.

      Continuo é sem perceber é com o que que se tem de concordar ou não…. Existência das criptomoedas? A falta de um organismo regulador/manipulador?

  10. Valter says:

    Não é a primeira vez que se fala de crypto moedas aqui na PPLWARE.
    Sou portugues, mas não moro em Portugal, trabalho num pais onde o preço da electricidade não existe (0.00€).

    Eu minero algumas, comecei em 2013 até 2016 no investimento inicial de 2 placas graficas 7790 Radean, ao fim de 4 meses estavam ambas pagas. no natal de 2020 resolvi ver o que tinha parado desde 2016 nas minhas 27 carteiras (varias moedas, Doge, Litecoin, Bitcoin, etc), a prenda de natar devido ao cambio actual foram 879€, deu para comprar as prendas da familia e o minerador Antminer L3+ que tem um rendimento medio de 3 a 4€/dia, quando em Maio voltar a Portugal, vou comprar outro Antminer L3+ (Scrypt) ou um INNOSILICON A10 Pro (ethash) para fazer companhia a este que está muito sozinho.

    Os euros já passaram a ser digitais há muito tempo, o banco central europeu tambem os imprime, sem estarem sustentados em nada… mas cobram/roubam todos os cidadãos da EU.
    Nestas crypto moedas não existe ninguem que saiba o que eu tenho nem quanto tenho… não me interessa se hoje valem 50 000€ e amanha 5€ é o mesmo que as açoes em bolsa, e a brincadeira que os bancos fazem com o nosso dinheiro, dai terem dividas astronomicas pois apostaram no cavalo errado….

  11. Alwxandre says:

    Não sou contra pois tenho investimentos nessa área, contudo também não acho que seja o futuro pelo menos na sua “forma” atual. Quando essas moedas comecarem a ter grande impacto, tanto os bancos como os governos vão-lhes cair em cima, além de que essas moedas estão a causar “sensação ” pela pior razão… a sua volatilidade…ora uma moeda não pode ter esse tipo de volatilidade… como é? Recebo o meu ordenado hoje avaliado em 2000€ e na semana seguinte vale 1000€ ou 3000€?

  12. Sardinha Enlatada says:

    O principio e o mesmo em todo o lado, este negocio das criptomoedas e valorizado pela ganancia das pessoas. Pelo que nao existe nenhum produto a venda, apenas uma especulacao. No dia que as pessoas nao ganharem dinheiro com isso vao deixar de as usar. E tao simples como isso. Para alem de como ja tinha referido, se algum dia as cryptomoedas tiverem mais sucesso que o habitual, nao se enganem, a mao do governo vai estar la. Por isso quem anda nisso e aproveitar agora, depois acaba-se a mama. E nao preciso de entender sobre cryptomoeadas para saber como as coisas funcionam numa economia. Essa moeda de economia nao tem nada, para mim.

    • scp says:

      A criptomoeda é um resultado/recompensa, a base que é a blockchain e o projeto que está assente na blockchain é que interessam. É daí que vem o valor das criptomoedas. Pela empresa montada em cima da blockchain, que fornece serviços reais às pessoas. As criptomoedas dentro desses serviços são usadas para transações. Tal como o Euro.

  13. piteiras says:

    Este resultado só vem mostrar o quanto de ignorância existe no povo português em relação a criptomoedas, e só votou um misero da população, continuem assim…

  14. O pirata says:

    Com este resultado num site de conteudo informatico até mete medo… Portugal já é um pais atrasado e esta sondagem é a prova disso…
    Como é que não perder 3 ou 4 horas a estudar BTC ou ETH?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.