Quantcast
PplWare Mobile

NSA consegue aceder a computadores sem acesso à Internet?

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Nelson says:

    Um acrónimo: LOL

    • Nelson says:

      O Steve Jobs sempre estava certo em não incluir uma porta USB no iPad/iPhone

      Estão a ver porquê?

      • arkan says:

        acredito que o booobs nao quiz incluir um usb no ipadiot, porque ele queria lucrar com os adaptadores para usb.

        nada tem a ver com isso de hoje em dia, booobs so visava lucrar, e isso de ‘apple faz produto de qualidade que varios produtos’ é balela.

        nao colocou usb pq queria ter lucro, e tb pq ele era fresco e deve ter achado q usb ali iria ser feio demais.

      • Deus says:

        Eu não sei quanto te pagam para dizer essas coisas sobre a maça, mas se pagarem bem eu também posso concorrer à vaga?
        A minha namorada também diz que eu as vezes não digo nada de jeito por isso devo ter as qualificações necessárias 😀

  2. Telmo M says:

    Desde que os ferros de engomar passam as rede Wifi até aos colarinhos, já não me espanta esta notícia.

    Desconfio muito é também dos antivírus, mais propriamente os gratuitos…

  3. Asdrubal says:

    Epá… tipo… coiso e tal!

    Espero que não tenham nada para ler a nossa mente. Afinal estamos a falar de suposta ficção.

    • Bruno Lopes says:

      Espero realmente que nao tenham mesmo como ler a nossa mente…
      Pois iria preso… Já pensaste bem o que seria eles saberem que eu ando a pensar “Que estes cabr**s da NSA deviam ser enrabados a sangue frio”?!
      Davam-me logo 10 anos de prisão…
      Acho ridiculo a NSA ser alvo de tudo isto, era escusado tal “trabalho” deles

  4. Agnaldo Lucindo says:

    Pra mim nao e problema meu computador nao tem ma peça nova sequer!Sei la acho que ele tem uns 15 anos ou quase 🙂

  5. Fornost says:

    temos que revestir nossas casas com chumbo/cobre agora… já pensava em fazer algo assim por motivos outros, agora é só um incentivo a mais 🙂

  6. jack madruga says:

    Penso que o Mundo está a entrar em paranóia, isto podem ser lebres largadas de propósito para alarmar, e quando assentar a poeira então vai ser a sério. Por acaso já pensaram na hipótese de o espião fugitivo ser ao contrário um espião por conta da NSA???

  7. Sherlock says:

    Meus caros,

    Não é: Até conseguem aceder aos computadores sem acesso à Internet.

    O objectivo deste tipo de acesso via rádio é precisamente para fazerem o bypass às protecções de segurança de rede como firewalls e afins e acederem directamente aos computadores.

    Basta estacionar um carro em Bruxelas e têm acesso directo ao centro de decisão Europeu sem se preocuparem com a rede.

    Percebem?

    EnGard

  8. Daniel Isidro says:

    Eh pá não sei porque mas torço um bocado o nariz a esta noticia!
    Dispositivos de pequenas dimensões, capazes de transmitir dados a 8 milhas (12Km)?

    Em que faixa de frequênicias? Qual a potência de sinal? Qual a taxa de tranferencia de dados? Esse alcance é o máximo em campo abeto ou com obstaculos? Etc…
    Não digo que não seja possivél, mas quem desenvolveu esta tecnologia deu um salto quantico no estado da arte e rescreveu algumas das leis da transmissão de sinal!!

    • Chrono says:

      Verdade ou não… lembra-te que a tecnologia de agora andava a ser desenvolvida pelo exército e afins durante a 2ª Guerra Mundial e Guerra Fria. Logo, pode muito bem ser possível esse salto quantico, e apenas vejamos isso exposto para uso civil daqui a 40 anos. Por exemplo, e como curiosidade, há pessoas com dentes chumbados que pensavam que ouviam vozes, quando na verdade era o preenchimento dos dentes que apanhava frequencias rádio e faziam vibrar os ossos do ouvido, apanhando assim estações de rádio. Embora tenham sido puros acasos, se estes fenómenos foram estudados e criados equipamentos que provoquem este tipo de comportamento, é bem possível que haja praí um e-pc todo artilhado com antenas a tentar captar inforamaçoes de cabos que deixem escapar frequencias. Pode é ser dificil compilar as informaçoes que soltem… e seleccionar o computador certo… e a frequencia certa…

    • Bruno M. says:

      Se me disserem como é possível aceder a um pc não estando ligado (aceder a dados, estando o pc/disco/memórias, etc..) sem energia..

      Só se forem os extra-terrestres ou num plano mais real, só se esse dispositivo usb armazenar algum tipo de dados e permaneca em modo temporário de modo a que os dados sejam transferíveis depois de o pc ser desligado e isto com alguma fonte de energia…

    • pixar says:

      Nem mais. Também não digo que seja impossível, porque isso não existe. Mas isto, parece um bocado forçado. A partir do momento que protocolos de encriptação foram comprometidos (???), qual o interesse desta tecnologia? Espiar PC que não estejam ligados à Internet? Isso quase não existe (refiro-me a computadores com algo de interessante para espiar, não o do Sr José que utiliza para jogar copas).
      Para emitir um sinal a 12,8km ainda é necessária alguma potência, bem superior aos 0,25W dos nossos AP da wireless.
      Mais uma vez digo, impossível não, mas um bocado forçado…

      • LErdo says:

        Não se trata de espiar PCs desligados da Internet trata-se de obter informação.

      • Luís Garcia says:

        Diz isso porque está a pensar nas altas frequências.

        Sou rádio amador, e digo-lhe que consigo por um sinal digital na Australia com meio watt de potência.

        Basta escolher uma baixa frequência de hf e um bom Enconder bem robusto e bem lento com FEC ou qualquer outro controle por bit de paridade. Quanto á antena, também é fácil, á volta de um pc há muito fio / METAL que dê para irradiar um sinal tão fraco sem SWR aparente.

        Não existeM tecnologias velhas, o que existe é a mania de enviar tudo em altas e muito depressa…

        E esta heim 🙂

        73,

        CS7AEL

        • Gooz says:

          OLD BUT GOLD……..True Story

        • pixar says:

          Sim eu sei disso tudo.
          Mas como disseste, não podes operar com altas frequências como no caso das wifi nos 2,4GHz.
          A questão é que se usares uma portadora de baixa frequência, nunca mais recebes os dados que tanto desejas. Nunca esquecer que o método descrito implica que alguém esteja à “escuta”. AM e afins é muito bom para emitir sinal de voz, no campo da informática tem as suas limitações.
          Por outro lado, a questão da antena, sendo tu rádio amador, sabes que uma antena não é um monte de fios à balda. Aproveitar os fios do PC ou os que estão ao redor pode servir ou não.
          E já agora, eu não falei de tecnologias velhas, porque eu sei que a base das novas tecnologias remontam todas ao sec XIX de Hertz e Lodge.
          Repito, não vou dizer que é impossível (não me refiro ao ponto de vista técnico), mas pouco provável. Não tem lógica andar a perder tempo com isto quando os protocolos de cifra foram comprometidos.

          • Luís Garcia says:

            Erradisssimo meu caro. AM? O que é isso? hehehe . Portadora de voz? ?? Nada disso, mesmo nada 🙂

            Há muito tempo que se practica modos digitais em amadorismo, de grande robustez. Porem lentos, mas também os há mais rápidos. Vai depender dos dados que se pretende. Já pensou que o objectivo pode não ser roubar o que está dentro de um disco, mas sim os sons que o teclado produz por exemplo? E mesmo que fosse de modo lento, já viu o que uma portadora, modulada com o protocolo binário correcto consegue “mandar” para o outro lado em 24/7, 4 semanas por mês? Mais uma vez, para quê velocidades extremas? Para quê canais de largura de 40 mhz?

            Quanto á antena, também está enganado. Uma baixa potência, digamos 20 mW, não precisa de estar em perfeita ressonância, pode estar desbalanceada, que o sinal sai na mesma, mesmo que não esteja no seu pico de eficiência de VSWR. Aqui importante, é a codificação do binário e o seu comportamento de propagação.

            Lamento que a imagem que existe de um rádio amador é um cuspidor de microfone em Amplitude modulada (o seu AM), nada mais dispare dessa imagem.

            Os rádio-amadores são hoje os pais da actual astronomia, e do telemóvel que traz no seu bolso. O que pensa que o seu telemóvel é, a não ser um rádio emissor em full duplex?

            Tem um sistema operativo, claro que sim, mas a sua génese é enviar e receber dados modulados em pacote digital ou estarei errado? É preciso pensar fora da caixa meu caro. Aconselho a procurar mais informação sobre as praticas do rádio-amadorismo, que prometo que vai ficar estupefacto!

            E eu não falo em AM, muito menos tenho conversas moduladas em fonia, com tanto que se pode praticar neste hobbie, até radar você pode fazer, sabia? Fica o convite …

            73,

            CS7AEL

    • Luís Garcia says:

      Diz isso porque está a pensar nas altas frequências.

      Sou rádio amador, e digo-lhe que consigo por um sinal digital na Australia com meio watt de potência.

      Basta escolher uma baixa frequência de hf e um bom Enconder bem robusto e bem lento com FEC ou qualquer outro controle por bit de paridade. Quanto á antena, também é fácil, á volta de um pc há muito fio que dê para irradiar um sinal tão fraco sem SWR aparente.

      Não existem tecnologias velhas, o que existe é a mania de enviar tudo em altas e muito depressa…

      E esta heim 🙂

      73,

      CS7AEL

    • lmx says:

      boas…

      concordo com o que dizes em parte…

      É possivel criar equipamentos de pelo menos ha uma decada para cá, caazes de milagres á luz da população…

      Por exemplo sensiblidades de recepção muitissimo altas, ao ponto de um sinal que chega…com um nivel tremendamente baixo, ser recuperado…

      Mas isto custa fortunas…e nos equipamentos de consumo tens sensiblidades na ordem dos ~ -90 – -180 dbm porque estes equipamentos podem chegar ao mercado a preços baixos….imagina o que era teres um equipamento de transmissão com -500dbm ou mais…era uma loucura…

      cmps

      • Luís Garcia says:

        Não precisa nada desse exagero, a não ser para a astronomia.

        Eu consigo descodificar sinais digitais muito abaixo da margem do ruído, com medições de – 30 db SNR, com protocolos digitais como JT65, JT9, modo ROS, OLIVIA, entre outros. Muito, mas mesmo muito abaixo do ruído (estática)

        Procurem informação sobre estas praticas digitais, vão ver que ainda se vão apaixonar pelo “father of all communications ” heheh 🙂

        Gente inteligente precisa-se neste belíssimo hobbie, bem como sangue novo heheeheh

        73,

        CS7AEL

        • lmx says:

          acredito…

          A essa area também me fascina…o problema é que tive de fazer um “shift” para a informatica apenas 🙁 pois em Portugal é complicado….

          Mas a fisica é uma das Areas que adoro 😉

          Eu não conheço esses métodos, mas sei que é possivel com processamento digital de sinal fazer milagres.

          Mas calculo que a taxa de sucesso não seja constante…quero dizer a taxa de recuperação com exito deve variar consoante n variaveis, que muitas das vezes não se podem controlar…digo eu, que não enveredei por uma das minhas paixões 🙁

          É uma area muito bonita 😉

          cmps

          • Luís Garcia says:

            Podes começar de uma forma económica. Uns meninos hackers mal comportados de linux, hackaram uma dongle baratucha de 10 dolares de recepção TDT, e a transformaram num analisador de especto de banda corrida do hf até aos gigaherts, como uma sensibilidade razoável. Com esta pen e o software ( É MUITO FÁCIL), têm-se acesso a todas as frequências, inclusive as de amador:

            https://www.youtube.com/watch?v=nzU4FpUShLA

            https://www.youtube.com/watch?v=Rf4AYdaeQi8

            Satélite:

            https://www.youtube.com/watch?v=fopnIkYnFPI

            Este fala por si ( uma dongle de 10 dolares e o nosso amigo kali linux heheheeh):

            https://www.youtube.com/watch?v=BfCoiZRHTbk

            modo ultra-robusto e lento JT9 em amadorismo, com 4 watts e milhares de kilometros percorridos:

            https://www.youtube.com/watch?v=2PLTr68cikA

            Meus amigos, aqui por estes exemplos e com pouco dinheiro temos o perfeito emparelhamento entre informática e programação, modos digitais e encriptação, propagação e radio-amadorismo, e somente com uns simples herts de largura de banda!!!!

            Libertem-se do HI-FI, isto sim é ultra tech e old school hehehe

            Existem micro-placas emissoras de hf, que com poucos componentes e alguma cosmética, é possível fazer de um cabo extensor USB, num potencial espião, usando low-tech.

            Citando sun-tzu, ” não é o aparato do inimigo que lhe garante a vitória, mas sim a astucia em confundir o inimigo usando métodos completamente simples e inesperados! ”

            73,

            CS7AEL

  9. Acho que estamos a entrar já em demasiada mania da perseguição!

  10. FXX says:

    Acredito que seja verdade mas é utilizado em situações especificas. Não é um sistema que esteja a ser posto em tudo o que é PC’s e depois andam ai uns gajos na rua com receptores a ver o que o pessoal faz como alguns pensam.

  11. navyseal says:

    A noticia dos ferros de engomar é um engodo anti produtos chineses, há imenso tempo que se fala no manchurian chip teoria essa curiosamente lançada (e usada) pelos EUA. A noticia surgiu na altura num site russo, sem qualquer evidência até hoje apontada por nenhuma outra fonte diferente e em horas a mesma noticia foi replicada pela web rapidamente, isto para mim mostra apenas 2 coisas: inocencia de quem replica a mesma e sede por hits nas páginas, pois este tipo de noticias atrai muito visitante, já se são verdadeiras ou falsas ninguém parece querer saber. Portanto acho que devia ser removida a sugestão do link para a noticia dos ferros de engomar dado que até ao presente momento não há qualquer outra fonte viável a comprovar o mesmo.

    Quanto à noticia da NSA, para a maioria dos países isto de bombástico não tem nada, pois não vemos ninguém preocupado, os Governos são cumplices nestas práticas, o povo acha que não é espiado pois aparentemente diz que não tem nada a temer. Ainda ontem o chefe do SIRP foi ouvido à porta fechada e nem um pio se soltou porque não convém.

    O maior problema desta espionagem é o roubo de segredos comerciais, industriais, militares, cientificos etc, a informação e o acesso exclusivo a dados é cada vez mais poder.
    A grande questão que poderia ser trazida a debate seria: E Portugal o que está a fazer na área da espionagem e contra-espionagem?

    • hugo says:

      a deixar tudo á mostra,por exemplo:
      vão-se gastar + de 600 milhoes na rede de comunicaçoes e segurança, que não funciona, e ouvi que podia ficar por +-80 milhoes. agora vejam se nem para comunicar, se conseguem orientar, quanto mais para esconder alguma coisa……

    • lmx says:

      Quanto a Portugal não sei…

      o que sei é que depois destes segredos serem revelados…o ISEL em lisboa, ja entregou uma serie de novas chaves criptograficas, etc a determinados elementos do estado e forças armadas 😀

      Presumo que este sistema que esta a ser desenvolvido, tenha mesmo em vista a protecção de segredos de estado…

      cmps

  12. Redin says:

    É pr’o lado em que eu durmo melhor, sabiam? 😉

  13. moedinha says:

    Só uma perguntinha : isto é tudo antes ou depois dos homenzinhos verdes terem aterrado depois de terem levado umas vacas e milho e mais não sei o quê ?

    Agora a sério, o que quer se seja que esses jornalistas fumam, é do melhor.

  14. Krasy says:

    mas desde os anos 60 que se conseguia ver o k estava-mos a ver no ecran bastando para isso captar as ondas emitidas pelo mesmo.
    basicamente esta tecnologia foi apenas “one step foward”.
    se bem que concordo que se trata de tecnologia ultrapassada.

  15. Manuel says:

    Estas notícias cada vez menos me surpreendem porque cada vez mais os Americanos tema vida facilitada porque todos nós os colocamos dentro da nossa casa. Ele é Android, ele é Google, ele é Apple, ele é Facebook, Twitter, etc, etc…

    Tudo “obra” dos amigos americanos para facilitar o nosso dia-a-dia e por tabela o deles.

    Fomos sendo envolvidos nesta teia que dificilmente nos vamos ver livre.

    Chamo a atenção à forma como os EUA conseguiram atrasar o projeto nuclear iraniano que tem muito a ver com esta notícia divulgada agora.

    E se estas notícias vão surgindo agora eu imagino o que eles já conseguem fazer…

    Comparo isto a libertação das resoluções de alta-definição das imagens de satélite comerciais. Quando hoje se consegue ter resoluções de 60cm de forma comercial é imaginar o que a tecnologia militar já consegue! E não é ficção!!

    Aliás, eu defendo que o Edward Snowden está a fazer um histórico serviço à espionagem americana. Nunca saberemos mas para mim este menino é um contra-espião como nunca se assistiu até agora.

  16. Unknown says:

    Acho que este assunto da NSA chegou à absurdo. Sim, tudo o que fazemos na internet/telemóveis/whatever é indexado e a NSA tem acesso a isso. Mas chegar ao ponto de andarem a espiar um computador sem acesso à internet já é ficção, desculpem. Compreendo que NSA neste momento é um assunto que está na moda mas havemos de não perder a cabeça.

    Para desmentir isso, basta abrir qualquer cabo usb e perceber que não tem ali nada “implantado” senão isso já gerava polémica entre empresas que produzem há imenso tempo.

    Dou mais 3 meses a este assunto da NSA.

  17. Dr. Maral says:

    a NSA consegue aceder a qualquer computador desde que esteja ligado à rede eléctrica. eles têm capacidade de sacar as informações pelos cabos de alimentação

  18. Diogo says:

    12km de distancia? Como é que um dispositivo de 2w de potencia consegue alcançar essa distancia para transmissões? fora que se estiver dentro dum rato/cabo a potencia irá descer caso contrário o dispositivo começa a falhar.

    Andei a comprar um router wifi nao sei para quê, ja que temos mais eficientes espalhados pela casa.

    • Pedro Pinto says:

      pensa ao contrário, ser a antena a ir buscar o sinal

    • Luís Garcia says:

      Diz isso porque está a pensar nas altas frequências.

      Sou rádio amador, e digo-lhe que consigo por um sinal digital na Australia com meio watt de potência.

      Basta escolher uma baixa frequência de hf e um bom Enconder bem robusto e bem lento com FEC ou qualquer outro controle por bit de paridade. Quanto á antena, também é fácil, á volta de um pc há muito fio que dê para irradiar um sinal tão fraco sem SWR aparente.

      Não existe tecnologias velhas, o que existe é a mania de enviar tudo em altas e muito depressa…

      E esta heim 🙂

      73,

      CS7AEL

      • lmx says:

        boas… Luis..

        Mas isso é usando a nossa atmosfera para fazer reflexão das ondas correcto?

        É brutal…meio watt é apenas meio watt, mas secalhar do outro lado tem que fazer “milagres” para recuperar o sinal?Ou não?

        cmps

        • Luís Garcia says:

          Não, hehehe.

          O meu rádio multibanda custou 500 euros, e estou a usar software freeware desenvolvido por amadores que só precisam de um phentium 3 e uma vulgaríssima placa de som integrada ou não de 16 bits até 44000 hertz.

          Mas podes começar de uma forma económica. Uns meninos hackers mal comportados de linux, hackaram uma dongle baratucha de 10 dolares de recepção TDT, e a transformaram num analisador de especto de banda corrida do hf até aos gigahertz, como uma sensibilidade razoável. Com esta pen e o software ( É MUITO FÁCIL), têm-se acesso a todas as frequências, inclusive as de amador:

          https://www.youtube.com/watch?v=nzU4FpUShLA

          https://www.youtube.com/watch?v=Rf4AYdaeQi8

          Satélite:

          https://www.youtube.com/watch?v=fopnIkYnFPI

          Este fala por si ( uma dongle de 10 dolares e o nosso amigo kali linux heheheeh):

          https://www.youtube.com/watch?v=BfCoiZRHTbk

          modo ultra-robusto e lento JT9 em amadorismo, com 4 watts e milhares de kilometros percorridos:

          https://www.youtube.com/watch?v=2PLTr68cikA

          Meus amigos, aqui por estes exemplos e com pouco dinheiro temos o perfeito emparelhamento entre informática e programação, modos digitais e encriptação, propagação e radio-amadorismo, e somente com uns simples herts de largura de banda!!!!

          Libertem-se do HI-FI, isto sim é ultra tech e old school hehehe

          Existem micro-placas emissoras de hf, que com poucos componentes e alguma cosmética, é possível fazer de um cabo extensor USB, num potencial espião, usando low-tech.

          Citando sun-tzu, ” não é o aparato do inimigo que lhe garante a vitória, mas sim a astucia em confundir o inimigo usando métodos completamente simples e inesperados! ”

          ESTOU A PENSAR SERIAMENTE EM FAZER UM ARTIGO SOBRE O POTENCIAL BRUTAL DO MEU HOBBIE Á PEOPLEWARE !!!

          73,

          CS7AEL

  19. says:

    Por favor não escrevam este tipo de erros: “sistema operativo SCADA”.
    SCADA não é nenhum sistema operativo. Chamamos SCADA ao conjunto de sistemas (RTU’s, PLC’s, HMI’s, Telemetria, etc.) que permitem o controlo e automação de equipamentos industriais e que são encontrados em fábricas, centrais de energia, entre outros.
    Imagino que ter muitos leitores dos vossos artigos, seja motivo de orgulho, mas também deveria ser sinónimo de enorme responsabilidade e não de escrita ad-hoc.

  20. Freud2004 says:

    Boa tarde,

    Milho para pombos, é o que esta noticias são…

    Desviar a atenção, sobre como realmente são acedidos os PCs, telemóveis, etc. O melhor é perguntar quantas das grandes empresas americanas, com acções que valem muito mais que o valor real da companhia, não estão envolvidas neste esquema…

    Microsoft, apple, google, com uma actualização abrem as portas ou fecham, tão inocentes os users, a NSA tem e sempre teve a colaboração dos gigantes americanos na sua actividade, os buracos nos SOs, quantos serão falhas no código ou quantos são propositadamente criados?

    Quem tiver algo a esconder, utilize o Linux, de preferência algo desenvolvido na Europa, pois os gigantes americanos têm muito a perder com um rebentar da bolha das acções das companhias informáticas, logo colaborar não é uma hipótese é uma realidade.

    Abraço, não sejam tontos, para quê tanto trabalho quando se abrem portas ou fecham via updates….

    Tantos bugs que a Microsoft, apple e a google, têm e tão convenientes…

  21. Mário Guerreiro says:

    Boas, deixo-vos um link para o um video no Youtube onde poderão ver algo do género em funcionamento.

    https://www.youtube.com/watch?v=AFWgIAgMtiA

  22. Gooz says:

    Será que é só “hackaros” por aqui que tanto temem NSA??
    Ja a alguns anos que aqui em portugal existe uma centro de espionagem e nunca nimguem se preocupou talvez pk não sabiam o que era mas devido ao facto de ter uma segurança tao apertada e tão anónima coisa boa não poderia ser…
    Independentemente de que forma se tentem proteger há sempre forma de localização “SNIF” dados redes moveis, fixas…
    Cabe a cada um usar as ferramentas menos legais ou curiosidades menos legais de forma “anónima” e nunca em localizações em que de imediato associem a “VOCES” a varias formas de ser mais difícil de ser identificado mas nao deixa de ser possivel.

  23. Ricardo Silva says:

    Até aqui nada de novo, não é a toa que o terrorismo por todo o mundo tem usado “correio” sempre em mão.
    Que estavam a ser espiados pela NSA já eles tinham percebido, podiam não ter a certeza, porém pelo sim pelo não ia tudo de mão em mão.

    Cumprimentos e Larguras.

  24. Vitor says:

    Eles fazem tanto, tanto, tanto… e conclusão, entram pelos EUA dentro, dizem que já se sabia dos tais planos dos terroristas mas (há sempre um mas! ) a bomba rebenta sempre e faz vitimas. Talvez quando se lembrarem que o mundo não tem de lhes ser subserviente, resolvam o problema do terrorismo. Acho que não há ninguém no mundo que goste que estranhos lhes vá dar ordens no seu “quintal”.

  25. pedro says:

    bem a cerca de um ano deixei aqui 1 pergunta ao pplware para verificarem autenticidade de uma informação que 1 amigo meu que trabalha na administração da IBM portugal teve quando foi com outros administradores a america para ver novas tecnologias , a noticia que ele trouce foi a seguinte.
    a intel ira criar 1 cpu que alem de grafica vira com 1 chip espião,que traria conecção wireless ou 3/4g que mesmo com o computador desligado e existindo alimentação (stand-by)o dito chip tem a capacidade de ligar o disco rigido aceder aos dados e conectar-se a uma rede usando programas de descodificação de passwords e reenviar os dados obtidos .

    • lmx says:

      pois…
      o problema é que não é so a china com os seus ferros de engomar, e os routers e sei la o que mais…o problema é que os Capitães America, também ca andam…

      A europa ha muito que ja nem sequer tem uma marca a sério de equipamentos informaticos…a ultima salvo erro foi a packard bell…vendida a ACER.

      estamos na mó de baixo, e á mercê de tudo e todos…

      cmps

  26. PTO says:

    Estou-me positivamente a marimbar se a NSA consegue ver os meus mails, ou sms’s ou fotografias ou seja lá o que for.

    Que façam bom proveito e principalmente que não me f*dam o portátil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.