PplWare Mobile

Grupo acusado de disponibilizar “TV pirata” absolvido em tribunal


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Vitor says:

    Se a acusação era a adulteração das boxes e a acusação não apresentou nenhuma box adulterada…não conseguiu provar o crime de que desconfiava! E acho que,por enquanto,as “desconfianças” não constituem crime…penso é que o “investigador” deveria ser despedido com justa causa por incompetência!

    • Nuno Daniel Carneiro Meireles says:

      E tu davas um bom político para roubares o povo, amigo aonde há fumo há fogo e não se acusa ninguém sem alguns indícios de crime.
      Vais querer dizer me que pirataria é legal e que ele é honesto?

      • ricardosilva2 says:

        sim aquele que nunca viu um filme online ou nunca fez download software ilegal , ou ate mesmo usar como office atire a primeira pedra

      • Flavius says:

        @Nuno, a tua lógica e um pouco distorcida :
        Vou fazer grelhados, hmm saí fumo…chamem os bombeiros.
        “Não se acusa ninguém sem alguns indícios de crime.” …loool
        Há assaltos, em quais os ladrões usam um carro para fugir, de uma marca com uma cor, por “coincidência” existem N carros com estas características, vamos supor que tu também tens um, neste caso há indícios de crime, passas a ser suspeito tu e mais milhares de indivíduos com o mesmo tipo de carro….loool
        A sério….?

      • fak says:

        onde há fumo nem sempre há fogo…
        há quimicos que fazem fumo sem fogo, aliás, até o gelo faz fumo lol.

        a coisa está que muito provavelmente a policia até podia desconfiar do esquema, mas podia não saber a quem é que os equipamentos eram vendidos a fim de arranjar um como prova… depois certamente que o grupo “fabricava” as TV pirata por demanda, pelo menos era o que eu fazia, eu não iria querer ter um stock de equipamentos, só me estava a enterrar em areia movediça…

      • Vitor says:

        Tu darias um mau politico porque não tens capacidade para interpretar o que o eleitor (eu!) escreveu…em que local do meu comentário eu “defendo” a pirataria seja do que for?? Eu apenas lamento (muito mesmo!) que um qualquer “investigadeiro” do MP ou da PJ tenha levado a julgamento um caso de que não apresenta o que seria a prova para a condenação…mas para ti deve ser difícil de saber e depois perceber que quem acusa é que tem de provar a acusação!

      • DANIELPALMA says:

        Em primeiro lugar, compete ao ministério publico provar a acusação. Perante o tribunal toda a gente é inocente até prova em contrário. Ora o ministério publico pretende provar que houve adulteração de boxes sem apresentar uma sequer ? Então se eu o acusar a si de um crime qualquer, compete-me a mim provar que a acusação que fiz é verdadeira, ou compete-lhe a si provar que é falsa ? Convenhamos que não faria sentido nenhum.

  2. Marco says:

    Até a malta do Tribunal já percebeu a chulice dos serviços que temos neste pais e deixou sair o grupo do “género vão lá para fora disponibilizar serviços mais em conta que a malta agradece” :)!
    Agora falando mais a sério que é ilegal é, não é novidade e toda a gente sabe agora que é bem feito para as operadoras pelos preços que praticam / serviços e conteúdo que oferecem é, e deviam dar uma olhadela em outros países, mas não se dando ao trabalho pelo menos nos pacotes que têm e serviços que oferecem onde tudo se paga Telecines, TV & Series, Sport TV, Pack de Canais HD pelo menos na NOS e Vodafone, Benfica TV, Eleven Sport entre outros. É certo que muitos destes serviços são de empresas externas Sport TV, BTV, Eleven Sports mas aqueles packs que oferecem 3 meses em novos contratos, em campanhas etc que são as operadoras que gerem não podiam dar o passo e uniformizar? Por exemplo falando na NOS criar o Pack cinema e colocar Telecines, TV & Series, NOS Studios, NOS Play… a um preço acessível? E tentarem levar a ideia as ditas empresas de canais externos e negociar valores justos para todos inclusive os clientes? É possível esses canais precisam das operadoras como as operadoras desses canais, e o típico caso mais vale ter 1000 clientes a pagar 10€ que 100 clientes a pagar 20€.
    Ok já sei que muitos iluminados/as vão dizer paga e têm os canais quem quer, certo mas vejam da mesma maneira o outro lado que é só adere e paga TV pirata igualmente quem quer, ninguém é obrigado tanto para um serviço como para outro!

    • Marco says:

      paulo rodrigues

      Box adulterada é uma box mexida de forma neste caso a teres conteúdos que não tinhas originalmente, ou seja Sport TV tens de pagar 27€, BTV 9.90€, Eleven Sport outros 9.90€ e por ai fora isto preços de operadora, box mexida/alterada tens todos esses e os restantes canais por um preço muito mais barato por exemplo pagas 10 ou 20€ e tens todos os canais incluindo os Premium sem “pagar nada”.

      Para mim sem dúvida Márcio Graveto!

    • DANIELPALMA says:

      Existem serviços que são essenciais, como a eletricidade ou a água. Existem serviços que, digam o que disserem, não são essenciais, como ver filmes e séries. Sim, pode ser interessante ou divertido, mas não são essenciais. Se eu pretendo usufruir de um serviço devo pagar o valor que o fornecedor pede. Se não gosto ou acho caro, não usufruo. Nada me dá o direito de usar sem pagar. É como eu querer ter um ferrari, mas acho caro, então vou e roubo o carro. Afinal eu quero ter um ferrari e devo ter direito a ele mesmo sem pagar, não é ?

      • Marco says:

        Claro que não, nem têm nada haver uma coisa com a outra, que comparação… Como disse no meu post e redigo da mesma maneira que só usufrui dos serviços via operadora/legal quem pode/quer e quem não pode/quer não usufrui e só tem de se respeitar, temos de ver a coisa da mesma maneira para o outro lado mesmo que não concordemos.
        Só usufrui de serviços pirata quem neste caso e a grande maioria não pode ter pela via legal/quer. O resto é opinião de cada um e só cabe a 3os respeitar, uma coisa é certa ninguém é santo e há-de nascer e se tornar adulto a 1a pessoa que nunca cometeu uma ilegalidade na vida seja de serviços de TV, seja no transito, encostar em 2a fila, estacionar no lugar parqueado 5m enquanto se espera alguém, o se foi ao MB, a farmacia, café etc… e não meter a moedinha no parquimetro! Pode-se concordar ou não e isso é legitimo agora criticar, sensurar quando todos temos telhados de vidro… Ah e ninguém está a roubar nada, o serviço é pago, simplesmente não a operadora, se é correto? Claro que não, mas é uma alternativa que só recorre quem quer, se não pela lógica muitos sites legais em que os users colocam artigos novos e selados a metade do preço das marcas e revendores oficiais, quem os compra por essa via também estão a cometer um crime porque se não têm dinheiro para o artigo novo não usufruem, porque não lhes dá o direito de comprarem por outra via sem ser pela marca ou revendedor oficial não é? 😉

  3. paulo rodrigues says:

    Alguém aqui pode-me explicar o que é uma box adulterada? De que box se trata, o que é adulterado….

  4. Márcio Graveto says:

    Ou seja a que dar continuidade a este óptimo serviço hahaha

  5. SANDOKAN 1513 says:

    “Um estudo de 2016 revelava que no nosso país havia,pelo menos,220 mil casas com TV Pirata em Portugal.” Que vergonha,eu até tinha nojo em viver assim,na ilegalidade !! A roubar o que não é meu !! Agora,seguramente,e passados 3 anos,serão muitos mais os/as gatunos/as que se metem nestas “andanças”.

  6. Daniel says:

    Verdade seja dita, num país onde Salgados, Berardos, Sócrates e afins, que tanto roubam e tanto prejudicam, andam livres, não fazia sentido que este grupo fosse punido… Mas também não me estranharia… Cá, pune-se mais rapidamente aquele que roubam centenas ou milhares, do que os que roubam milhões… E ainda são condecorados…
    Eu adoro o meu país… Mas a nível de justiça, há algo muito mal cimentado…

  7. Oliveira says:

    A ganância, a incompetência, os abusos sobre o consumidor por parte das empresas de telecomunicações pouco sérias, predatórias e mafiosas, é que propiciam este tipo de comportamentos….

  8. informado says:

    Não vejo TV 🙂 ehehehe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.