TV Pirata: Portugueses apanhados em esquema com 450 clientes


Destaques PPLWARE

74 Respostas

  1. Tuga 2017 says:

    Obrigado piratas por me ajudarem a poupar 95€ por mês 🙂

    • APereira says:

      Um dos argumentos do pessoal da pirataria é dizer que na verdade eles dizem que sao prejuizos mas na verdade nao sao, pois caso nao existisse a pirataria as pessoas nunca iriam subscrever.

      Logo, por essa ordem de ideias nao nao estas a poupar 95Euros por mes…estás a gastar X para dar a alguém que nao tem custos nem é legal.

  2. Antonio says:

    Empreendedorismo!

  3. Joao Costa says:

    Ainda recentemente houve aumentos em alguns operadores muito por culpa dos patrocínios absurdos a clubes de futebol.
    Apoio totalmente este tipo de iniciativas piratas!

  4. Catarino says:

    Não levem a mal mas acho que este comentário não é propriamente lógico.

    “Estima-se que as perdas das operadoras rondem os 600 mil euros por mês.
    Em Portugal o preço mensal de uma subscrição para ter TV+Internet ronda os 31.4€.”

    Nada garante que essas pessoas que tenham TV pirata iriam colocar o serviço deles, ainda para mais quando se trata de valores “astronómicos” comparados aos dos serviços pirata.

    Por alguns comentários que li e ouvi diria que a probabilidade de alguma dessas pessoas colocar um subscrição seria de 0,01%

    As pessoas realmente aderiam a uma subscrição se esse valor fosse anual e não mensal.

    Cumps

    • ervilhoid says:

      vinha ca dizer o mesmo..

      Acontece também com filmes jogos etc.. e também quando o governo introduz um imposto sobre algo esperando uma receita extraordinaria de X

    • RuiZ says:

      O problema não é esse.

      O problema é que muita gente com subscrição, poderia tirar a subscrição se a pirataria fosse mais forte.

    • Pedro S says:

      A mim parece-me lógico. Se pensares o seguinte:
      Tu forneces pão a um preço de 0.50€, se eu te comprar pão legalmente tás a ganhar 0.50€. Se não te comprar não ganhas nada, mas também não perdes. Mas se te roubar o pão, tens prejuízo de 0.50€. Se for uma prestação de serviços a lógica é a mesma.

      • Catarino says:

        Partindo do principio que a pessoa compra o pão, certo?

        Mas compreende que não é esse o caso, a maioria das pessoas simplesmente não compra o pão porque ele não é a 0,50€ mas sim 12 vezes mais caro.

        E eu percebo perfeitamente que as operadoras tenham de pagar a trabalhadores e publicidades etc etc, mas a questão é que nem essa margem lucro é reflectida nos trabalhadores, quem ganham são sempre os mesmo, vejam o caso do Sócrates com negócios na PT.

        Por exemplo o meu caso com a Meo que eu pagava mais por um serviço de adsl 8mb/1mb com 120 canais de tv que uma fibra a 1gb/100mb da vodafone com 170 canais e ainda 2 telemóveis com de 3gb cada.

        Onde está a lógica? Nesta situação assim como na tv pirata as operadoras só perdem por querer ganhá-lo todo de uma só vez.

        E agora apanharam 2 mas de que serve se aparecem mais 10 para completar esses que desaparecem.

        É como acabar com os torrents, fecha 1 abrem 10.

        As operadoras que baixem os preços que não ganham só esses 450 clientes ganham muitos mais…

        • APereira says:

          O problema nem é esse…
          A operadora para transmitir os conteudos tem custos associados a essa mesma transmissao…pagam impostos e ainda que baixos pagam salários aos seus funcionários…

          Agora vejamos o que fazem os que te oferecem esse servico pirateado.

          Nao tem custos associados a transmissao porque na verdade estao a pegar nos servicos que já existem e a re-transmitir os mesmos.
          Nao pagam 1 centimo de impostos no entano receberm dinheiro dos seus subscritores.
          Como nao pagam impostos, consequencia de prestarem um servico ilegal, nao declaram qualquer tipo de rendimento, no entanto muitos deles recebem subsídios do estado, tais como RSI (conheco alguns a vender estes servicos, vivem em casas camarárias e ainda recebem RSI).

          Conclusao?
          Entre ambos os casos, as operadoras que te roubam como referes e os que te “dao” o servico sem pagar um centimo de impostos, quais dos dois está a fazer melhor pelos Portugueses e pelo país?

          Epah acho que a resposta é um bocado óbvia…

          Quanto a diferenca de precos que referes, sim isso acontece e ainda bem, assim as pessoas podem mudar para um servico melhor/mais barato se assim o pretenderem.

          Se ainda assim continuas a achar que os heróis sao os que te vendem um servico ilegal, nao te preocupes…é só sinal que algo está muito mal em Portugal e com o que as pessoas pensam relativamente ao que está certo e errado e nesse caso, merecem ser escravisados, mal tratados no posto de trabalho e no final de contas levar 500Euros/mes para casa.

          • Catarino says:

            @ aPereira
            1º Para mim não existe heróis nem deixam de haver porque eu também nunca referi que tinha algum desses serviços.

            2º a todo esse comentário, a resposta está no meu.
            Se não consegues perceber o óbvio…
            Enquanto continuarmos a dar de “comer” a quem não merece e achar que tudo está bem, só prova bem a ignorância de alguns portugueses.
            Se calhar eu sou uma das pessoas que já mais fiz chegar a “palavra” às operadoras relativamente às fraudes que eles exercem sobre os clientes, nomeadamente cartas à Anacom e textos no livro de reclamações.
            Aposto que tu nunca o fizeste, mas tens a capacidade de vir para aqui argumentar e defendê-los não é?

            Lá por ser legal ter de pagar valores exorbitantes pelos serviços não tenho de concordar com eles correcto?

            @ Pedro S
            1º Continuas a fazer contas de matemática partindo do principio que a pessoa iria colocar senão fosse o serviço pirata. O pão não é um bem adquirido.
            Retires 0,50€ a 0 de que forma tirares nunca vai dar um valor positivo.
            É matemática….

          • um gajo na net says:

            Pessoas com este tipo de pensamento como o APereira demonstram o que algo de muito errado esta no nosso pais, a lavagem cerebral é demasiado forte…

          • Peter pan says:

            Eu não posso ir ao continente comprar batata para plantar e depois vender a batata mais barata que o continente?
            Sou pirata se o fizer?
            Ah, pois eu não vou ter custos posso vender mais barato, não tenho de pagar a batata que planto, o adubo, o agricultor, etc… Claro que não vou ter tantos clientes como o continente pois não quero gastar dinheiro em publicidade, porque quem precisar de batata sendo a minha a mais barata de certeza que mais cedo ou mais tarde me vai encontrar.
            E assim me posso eu ou qq outro português sustentar, é trabalho honesto? Ou pirata quem o fizer?
            Acredita que quem fornece iptv, cardsharing, etc tem custos e não são tão poucos.
            Se as operadoras não conseguem ajustar o preço ao orçamento médio mensal de uma casa portuguesa, o português tenta ajustar o orçamento, como eu que tenho 3 empregos tenho de trabalhar note e dia, assim tenho dinheiro para ter todos os serviços das operadoras, só não os posso contratar pois como me obrigam a trabalhar noite e dia para os poder pagar não tenho tempo para usufruir deles.

        • Pedro S says:

          Estás a misturar uma série de coisas. Á lógica dos cálculos apresentados não depende dessas questões. Se te roubo o pão, estás a perder 50 centimos mesmo que o teu vizinho venda a 20, ou mesmo que eu ficasse sem pão por não te roubar e não ter dinheiro para comprar. Uma coisa é o que achas justo outra coisa, são os calculos que se fazem para ter uma percepção dos valores que as operadoras estão a perder com a pirataria. É matemática… Atenção que não os estou a defender, alias, nem tenho cabo em casa. Achos os preços exagerados para os problemas e qualidade que apresentam.

      • ervilhoid says:

        @Pedro S eu falei por mim, vejo um jogo ou outo em casa por p2p, se não houver transmissão, das duas uma, ou não vejo ou vou ao café, a primeira é mais provavel, mas subscrever o serviço nem pensar

        • Pedro S says:

          Eu não estou a criticar as vossas opiniões/opções, apenas comentei a lógica da frase que o @Catarino colocou em questão.
          Como comentei mais acima, não tenho nenhum serviço de cabo em casa, exactamente porque não concordo com as politicas das nossas operadoras.

  5. Nuno Santos says:

    Talvez se os operadores reduzirem os valores talvez mas so talvez se consiga alguma coisa e nao se veja tanta pirataria.

    • Eduardo Melo says:

      Concordo! Ou pelo menos se esforçassem por manter o cliente com o máximo de conteúdos possíveis e com actualizações até mesmo de hardware. Contudo, acredito que ainda vamos chegar ao tempo em que cada um compra a box/smartTV que quer e instala o serviço da operadora à qual tem contrato.
      Quando mais presos os clientes estão, mais vontade terão de procurar alternativas mais flexíveis.

    • Sómaisum says:

      Conheço alguns trabalhadores de uma empresa de telecomunicações portuguesa, daquelas que existe à muito tempo, em que nenhum deles paga pelo serviço de TV.
      “Ah, mas isso é normal terem algumas regalias….” É sim senhora.
      Compraram uma box na “candonga” pagam 50€/ano (não me lembro ao certo), e tem acesso a todos os canais. O dito fornecedor, não está em Portugal.

      Pessoalmente, tenho Vodafone, porque era o preço mais barato de net que existia. Por acréscimo trás TV com uma porrada de canais (nenhum premium, não uso). Pago por Netflix (facilidade de eu usar, e os meus progenitores safam-se bem com o serviço. Se não chega… tá lá o Kodi!
      Tenho os métodos legais, se os mesmo não me satisfazem, tenho de ir buscar a algum lado.
      Podem me culpar de muita coisa, e com razão, mas eu tentei xD

    • Paulo Santos says:

      Concordo. Só por causa dos contratos principescos do futebol (só mesmo neste país), aumentaram as mensalidades. Mandei-os pastar. Poderaim ter contratos low-cost sem aquela catrefada de telelixo. Quem queria canais primium, tinham que pagar, exemplos dos sporttvs e companhia.

  6. Bruno says:

    só não tenho porque ainda não consegui encontrar quem me faça o trabalho!

  7. Goncalo Pinto says:

    Oferecam-me a possibilidade de ter TV Portuguesa por IP fora do territorio Nacional, e depois falamos, entretanto tenho de recorrer a servicos de IP de terceiros, que “podera muito bem ser pirataria”, mas e a unica forma de ter TV Portuguesa por ca.

  8. Alexandre says:

    Ninguém se preocupa de termos os serviços de TV mais caros da Europa.
    Coitadinhas das operadoras!!

    • Bruno Lopes says:

      Concordo plenamente contigo. Temos de a tv por cabo mais cara da Europa, que eu saiba os outros também teem os canais que José temos é sai muito mais barato. Eles são chulos. Temos pena. Ainda não tenho pirata mas um dia desses meto em casa. Quem não estiver bem. A bananas a venda. Comam por onde gostarem mais. Abraços a todos ( tenho o serviço meo ADSL que é uma porcaria e por aquele preço fantástico de 32 euros.)

      • PL says:

        Isso não é verdade, não posso falar da realidade de toda a Europa, mas aqui em España pago mais por menos canais e internet ao nível de Portugal em 2010

        Quanto a piratear, costumava descarregar muita música, mas agora com Apple e antes com Spotify são mensalidades que posso pagar

        Cuando aparecer o memo serviço para os filmes e séries passo a estar legal, até lá …
        PS, o Netflix não conta, a mensalidade é aceitável mas o facto de as séries virem com mais de um ano de atraso …

  9. OLHO DE VIDRO says:

    Não há respeito pelos pobres…quando os pobres têm oportunidade de verem os canais codificados, aparece o poder forte com os “pequenos” e fraco com os “grandes”!

  10. Pois says:

    Pois.

    Paguei Sporttv durante meses com o pacote HD + acesso por tablet. Pagava 30 euros.

    Os jogos de futebol davam com 3 minutos de delay. Qualquer mudança de contexto na tablet onde estava a ver, fazia logout e muitas vezes nem notava que o logout tinha sido feito, ficando largos minutos à espera do timeout. No meio disto tudo, a qualidade de sinal era péssima, chegando ao ponto de nem ver bem a bola em jogos como ténis.

    Assinei um serviço destes por curiosidade, só para experimentar. Estranhamente o serviço deles é infinitamente melhor. Depois de configurado, nunca mais tive problemas de login ou logout. Vejo os jogos em HD real (que não via nem na tv nem tablet com o serviço oficial).

    Agora expliquem-me porque é que vou pagar 3 vezes mais por um serviço pior? Até nem me importaria de pagar pela porcaria da Sporttv se as aplicações da NOS e deles funcionassem sem problemas e se a NOS transmitisse os jogos em verdadeiro HD no pacote base (fica-se nos 720p que creio nem serem reais), mas tal não é o caso.

    Em comparação, deixei de fazer o download de 90% das séries que vejo desde que tenho netflix. Quando um serviço tem qualidade e um preço razoavel, ninguém se importa de pagar.

    • pintor says:

      O serviço pirata tem mais qualidade que o não pirata o que não deixa de ser fantástico.
      Podiam referir no artigo que o “crime” esta em fornecer o serviço não em adquiri-lo.
      (os operadores que vendem o serviço como todos nos sabemos são empresas de bem muito preocupadas com a qualidade do serviço que prestam sendo os preços que praticam justo e onde impera a concorrência ninguém tem duvidas que não funcionam em cartel para manter os preços o mais elevado possível enfim são excelentes empresas)
      Nisso nem há duvidas e o preço por ano ser igual a duas mensalidades da sport tv é ouro sobre azul

  11. navyseal says:

    A pirataria é a resposta a serviços que não correspondem ao que os clientes pagam e procuram. Já várias vezes deixei sugestões de canais e serviços, nunca quiseram saber, bate sempre no tecto. Como eu muita gente já o fez e infelizmente a resposta é igual para todos.

  12. Nuno Laranjo says:

    Com a antiga quarta classe??? Parabéns! Temos engenheiros formados que nem isso conseguem fazer.

    • Homo Erectíssimo says:

      Ah,ah,ah,esta é boa.Mas olhe que tem muita razão no que diz,Nuno Laranjo.Há casos de engenheiros/as formados/as que nem com palas nos olhos dão uma para a caixa,como se costuma dizer.Sinceramente. 🙂

  13. Bruno Jesus says:

    É o que da oferecer milhões aos clubes de futebol em vês de oferecer um serviço decente.

  14. pph says:

    Cardhsaring é difusao de serviço de TV?

    Esta é boa.

  15. Daniel F. says:

    Para ter pirata tem que se ter obrigatoriamente internet resumindo obrigatoriamente uma pessoa tem que se fidelizar durante 2 anos a uma operadora 🙂 resumindo uma operadora tambem sempre mais um cliente 🙂

  16. Estrangeiro says:

    O segredo está no preço em Portugal todos querem enriquecer muito rápido e o preço das assinaturas não está minimamente de acordo com o poder de compra… enquanto for assim haja pirataria

  17. Euzao says:

    Uso um serviço IPTV pirata à cerca de dois anos e não quero outra coisa… Até baixarem os preços de btv e Sport TV vou continuar… Acreditem que até 10/15€/mês pagaria. . Agora os preços praticados são incomportáveis

  18. Joao says:

    Para além dos canais disponíveis na TDT não vejo mais televisão (basicamente só os noticiarios), mas gostava de ter SportTV, como não quero pagar à volta de 20€ para ter um serviço de TV com 200 canais onde só vejo 4, não tenho hipótese de ter a Sporttv. A única solução é ser como o amigo Inácio.

  19. C0rrupt3D says:

    Xulos… Qual o salário do presidente da NOS ???
    Não será isso um roubo??? Ainda por cima foge ao fisco com os milhões que ganha. Mas esses não são criminosos. Criminoso é o gajo que paga a assinatura e partilha com o povo… Falam em cobranças e lucros, mas existe alguma fatura disso ??? A única fatura que existe é da NOS a fornecer o serviço ao pirata.
    Tudo resto são especulações e acusações… Um bom advogado se calhar resolve facilmente a situação minimizando o problema. Digo eu que só tenho a 4 classe.

  20. Freitas says:

    7.50 com canais, portugueses e de outros países durante um ano, não sei qual é a operadora que bate isto. Isto é só um exemplo de que encontrei.

  21. P.m says:

    Se os preços fossem mais baixos concerteza não haveria nada disto ou então seria MT reduzido o número de pessoas que iria aderir a pirataria. Eu pago 60€ na NOS. Tenho o pacote com TV cine mas não tenho sport TV nem nem outros canais pagos. Tenho internet e dois Telm e além disso o mono do telefone fixo PK está no pacote que pago. 60€ já não é mt dinheiro para ter tudo a dar? Pagar 25€ só para ter sportv não é demasiado?
    Ajustem os preços a realidade do País e decerteza q a pirataria diminui mt

  22. koelhon says:

    Os programas de IPTV são considerados ilegais?

  23. pplware reader guy says:

    eu tenho iptv de portugal gratis <.<

  24. Wwbdouro says:

    Mas afinal, já não se pode fazer investigação, qual pirataria qual o quê, Investigação

  25. Homo Erectíssimo says:

    Uma coisa é certa,pirataria é crime !! E se a NOS quisesse processar todos aqueles 450 clientes ?? Estava no seu pleno direito !! E as coimas,muito cuidado com elas,não se brinca com as operadoras de telecomunicações,pois elas têm um staff de advogados que não perdem um caso !! Quem se mete com a MEO,a VODAFONE,a NOS ou a NOWO,em termos processuais e em casos destes apanha uma multa,meu Deus do céu !! E mais—»”Os esquemas de TV pirata em Portugal não são propriamente um novidade.Segundo dados de 2016,existem mais de 220 mil casas com TV Pirata,ou seja,mais 20 mil que existiam em 2014.” MAS O QUE É ISTO ?? As pessoas estão parvas ou quê ?? Estas 220 mil casas provavelmente significa que mais de meio milhão de pessoas andam a ver televisão por vigarice !! Isto é uma fraude,é desonesto e ilegal !! Para além de configurar uma burla que é inaceitável por causa destes chamados “esquemas” fraudulentos !! Eu,pessoalmente,até tinha nojo e vergonha de participar numa trapaça destas !! Estes logros devem ser combatidos por todos os meios !! E os tribunais cíveis haviam de ter mão muito pesada com todos estes infractores.Não só com quem fornece o serviço mas também por quem usufrui dele ilegalmente.Vocês viam se isto acontecesse se o pessoal continuava depois com estes “esquemas”.Era bom,era !! Para estas pessoas só há uma palavra—»VERGONHA !!

    • PG says:

      Claro que sim, quem tem de ser protegido são as operadoras o consumidor que se lixe.
      Mas havia uma solução que podia pelo menos diminuir o absurdo que são preços cobrados e que era acabar em definitivo com as fidelizações.

    • Freitas says:

      ups alguém que foi lesado aqui a reclamar. força processa toda gente, até quem compra coisas falsificadas que vai Portugal de cana.

      • Homo Erectíssimo says:

        Olhe,eu não vou dentro de certeza.Concerteza não me conhece,a mim e a quem é honesto por natureza.Se olhasse por si abaixo era o que faria melhor,”Freitas”.

        • Freitas says:

          És santo, nada de falsificação ou pirateado, nem um mísero programa, vais ser beatificado só pode. Até alguém com dinheiro o faz mesmo inconsciente.

    • Daniel F says:

      Tu um grandalhao dentro de uma rede telecomunicações ou es frustrado com a vida …
      Qualquer inteligente sabe que para ter pirata tem que ter internet obrigatóriamente tem que se ligar a uma operadora e depois podem apanhar todos servidores de IPTV em Portugal porque vais Ebay nao faltam gajos a vender linhas de IPTV …. no ebay tem uma linha com canais portugueses a 20€ ano sem falhas como queres que um pessoa mude para isso LOL

  26. Ze pequeno says:

    Nao pago. Tenho tv aberta nos satelites astra, hispasat e hotbird. Os canais franceses Canal + mudaram a encriptacao mes passado, de nagra pra kk coisa nova, passado 5 dias em enigma já se via normalmente. Os bofias que passem no olx e custo justo, nao falta gente a vender linhas até com referencias multibanco…

  27. Rsrsrsrsr says:

    ESTÃO A ESPERA DE QUE ?!?!!? A SERIO QUE NÃO SABEM ? Dão milhões a quem tem (clubes) e depois o ze povinho tem de pagar ?
    Ninguém devia para a conta durante dois messes, isso é que era !

  28. JV says:

    Eu neste momento tenho serviço de um operador apenas para ter internet. Assim que acabe a fidelização vou optar por um pacote que ofereça apenas internet. Não faz sentido os valores que cobram pelos canais, prefiro pagar o Netflix, sinto-me melhor servido.

  29. Daniel says:

    Não estou a desculpar a pirataria ou quem a faz, acho que deve haver punição para quem é apanhado a lucrar com isso, mas 5 anos de prisão?
    Há um artista que era CEO da PT que fez desaparecer 900 milhões de euros e ainda não o vi a bater com os costados na choldra!
    900 milhoes de euros dava para baixar o preço dos pacotes a nivel nacional ao ponto fazer autentica concorrência à pirataria! Mas isto sou eu a pensar alto!

  30. oder says:

    …é só procurar, há dezenas a oferecer na internet lá fora…, é so escolher o mais barato

  31. Saxo CUP says:

    Deve ser deve, o que faz diminuir os contratos dos canais codificados é o preço, bando de macacos.

  32. Depeche says:

    Só gostava de saber como se consegue ter IPtv sem um serviço de internet contratado…

  33. alfredo says:

    Tenho acho que 100 canais pela vodafone e não vejo nenhum, apenas tenho este serviço para acesso à internet e disseram-me que tinha de pagar pela porcaria do pack de TV juntamente.
    faz-me espécie como é que alguém de dá ao trabalho de fazer acesso ilegal a canais de tv sendo quase todos uma porcaria que não vale sequer 1 cêntimo.
    Grande parte dos canais estão sempre a repetir o mesmo, outros só dão a porcaria do CSI e outras porcarias.
    Foram os rapazes punidos por aceder a uma coisa que não presta para nada.
    Os clientes poderiam poder oferecer os canais a outros já que não os usam, eu poderia oferecer os meus canais que não vejo e que tenho de pagar a alguém sem possibilidades de acesso a isso.
    Essas coisas TV e Internet ainda haveria um dia que é tudo público.

  34. Iguano says:

    Bem dito Alfredo. Também tenho os mesmo canais da Vodafone e já nem ligo a TV.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.