PplWare Mobile

Escolhas Pplware 2016


Autor: Maria Inês Coelho


  1. Marco says:

    Embora escolhas sejam sempre subjectivas já que dependem de opiniões pessoais.
    Nas na generalidade concordo com as escolhas… Com a excepção do onedrive. Tenho onedrive 1T no pacote do office 365. E após um ano de uso…tantos eram os bugs.. Dificuldades pela atualização do office para versão 2016.. Mudei para o sync.com e tudo por magia se resolveu. Essa também é a opinião que recolho junto de alguns técnicos que prestam apoio informático no terreno.

    Bom 2017 e continuem assim.

  2. ssx says:

    com tantos portáteis forem escolher o macbook pro com touch bar?? sério mesmo. já agora no caso do smartphone porque também não colocaram o iphone 7 plus? LOL

  3. José Oliveira says:

    No geral concordo com a maioria dos gadgets escolhidos. No entanto, discordo totalmente da nomeação do MacBook Pro para computador pessoal do ano. Na minha opinião, o computador que devia ter sido seleccionado nesta categoria era o HP Omen, ou então, pela sua relação qualidade/preço, o Xiaomi Air 13.3″.

    • Pedro says:

      Exatamente. É uma escolha de uma redação pró-Apple.
      Até o fator de desempate entr o ios e o android foi o tempo que demora a chegar as actualizações aos equipamentos. Quando uma marca tem pouco mais de meia duzia de modelos e outra nem depende dela a atualização dos vários modelos das diversas marcas.
      E entre o ipad e o novo surface, prefiro mil vezes o novo surface (mas isto sim são gostos pessoais).

    • Vítor M. says:

      O Xiaomi nem o Windows traz em condições de utilização em Portugal. Depois é penalizações porque não está à venda nas lojas em Portugal. Só tem ainda capacidade de fornecimento ao nível de um país ou dois no mundo.

      Depois o Xiaomi, embora muito interessante realmente, não trouxe nada de novo, nem o seu aspecto (uma cópia dos MacBook Air).

      O HP Omen 17, por exemplo, é uma máquina lindíssima, gaming, o que marca o seu tipo de utilização, é mais dedicado a um segmento e nos é para um público genétiro, mas sem dúvida que esteve em cima da mesa por ser muito interessante, juntamente com outro gaming.

      Obrigado pelas sugestões.

  4. NT says:

    Desastre tecnológico o samsung Not 7?
    Foi bombástico!

    hihihi
    tinha que ficar a piadita 😛
    Bom ano… melhor boa vida para todos!

  5. Assurancetourix says:

    Aqui o Bardo da aldeia prefere, mesmo pagando o dobro, o Tidal ao Spotify.

  6. Fábio says:

    Na minha opinião na categoria “Comunicação” ficava o WhatsApp.

  7. Fábio says:

    Devia haver categorias direccionadas aos jogos de todas principais plataformas não apenas os smartphones.

  8. Pedro Abrunhosa says:

    Concordo com quase todos, exceto o mac que é mais do mesmo. Só queria que me explicassem porque tem o Google Docs e o Office simultaneamente como produtividade.

  9. Pedro says:

    Ainda que sejam sempre subjetivas as escolhas como por exemplo no portátil em que se calhar escolheria o DELL XPS 15 e no telemóvel o IPhone 7 ou mesmo o Google Pixel XL, não consigo entender MESMO o gadget do ano sendo a GOPro Karma. É considerado por muitos como um dos flops do ano, um produto que foi inclusivamente retirado do mercado pelo menos até Março do próximo ano. Não encontro justificação para o prémio por muito que tente…

  10. aae says:

    Uma coisa que me deixou a pensar após ler este artigo é que o mesmo é feito pela popularidade em vez de qualidade? Alguns pontos são questionáveis.. e também bastante específicos no mercado de Portugal, que poderia em vez, ser o internacional na minha opinião. Qualquer das formas, bom artigo. Por norma os artigos conseguem ser bastante abrangentes e redigidos de forma detalhada, em vários tópicos. Feliz Ano Novo! 🙂

  11. s_junior says:

    Acho que faltou o surface studio.

  12. Jorge RIBEIRO says:

    O Go Pro Karma, mas esses não estavam todos a cair sem mais nem menos e a Go pro os tirou do mercado?

  13. Aguamenti says:

    Gostei da lista de Escolhas. Apesar de, como outros leitores, não concordar pessoalmente com uma ou outra, apreciei a lista final.
    Bom Ano Novo everyone!

  14. Celso says:

    Em geral concordo com a lista, com excepção MacBook Pro…

    Também prefiro o Google Play Music ao Spotify, mas isso já é um gosto pessoal.

    Quanto a Android vs iOS, se vocês preferem o iOS nada contra, mas utilizar o argumento dos updates como critério de desempate parece-me um pouco descabido, tendo em conta as realidades tão diferentes dos 2 SO.

  15. Alberto José says:

    Concordo com quase tudo, para mim o jogo do ano foi Uncharted 4: A Thief’s End.

    A máquina foi o Razer Blade Stealth, em fotografia foi o Google Foto e o gadget escolhi o Amazon Echo.

    O resto concordo em absoluto.

    Parabéns pelas escolhas corajosas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.