PplWare Mobile

Coronavírus: Algoritmo de inteligência artificial deu alerta mas…


Autor: Pedro Pinto


  1. Ars says:

    depois de acontecer todos dizem que já tinham previsto…

  2. Justino, o Justo says:

    E porque não relativizar a coisa ? Compreendo a lógica do “cliquebaite”, no entanto não se justifica toda a chinfrineira histérico-mediática como a que temos assistido em toda a imprensa escrita, rádio e TV. Por exemplo: só no ano passado em Portugal, morreram 3 mil pessoas com gripe e ainda assim menos que no ano anterior. No entanto não me lembro de assistir a qualquer noticia sobre o assunto.

    • Luís says:

      Lá vêm os comentadores de café… este vírus é diferente de uma gripe comum, pois provoca uma infecção respiratória aguda. A gripe matou 3.000 pessoas no ano passado em Portugal? Se este não for controlado mata muito mais, por isso há quarentena na china, as pessoas usam mascara, etc. Senão a situação seria muitíssimo mais grave.

      • pascoal says:

        Lá vêm os arautos da desgraça. Com a gripe A foi a mesma histeria, e agora? Doentes com Gripe A são tratados como outra gripe qualquer. Este agora cria este pânico, daqui a uns meses vai estar mais disseminado, a sua letalidade é igual, mas vais ser tratado como outra gripe qualquer.

      • Justino, o Justo says:

        Isso, arruma as coisas nas gavetas do teu armáriozinho que é o teu conhecimento. Por acaso sabes o que é um coronavirus ? Conheces a história deste “bichinho”? Sabes da história da SARS ? Sabes o que aconteceu com a Gripe A ? Preferes a desinformação ou a informação ?

    • Fiu says:

      Tem que haver sempre uma história para os jornaleiros poderem ganhar algum dinheiro. Qualquer dia sairá o Afinal já todos sabiam, foram avisados disto e lançaram o virus de propósito, etc, etc, etc. Mais novelas jornaleiras.

    • Miguel says:

      És tolo?
      Nem a ver o que aconteceu e o que está a acontecer consegues comprar isto a uma gripezinha?
      Alguma gripezinha matava mais de 1000 italianos ou espanhóis por dia, e não esquecer que os italianos também estavam em quarentena os números chegaram acho que a mais de 1100 por dia.

      Deves fazer parte dos terraplanistas…

  3. Spoky says:

    Porque é que os mídia não falam do programa China’s biowarfare? Como os Estados Unidos tem a sua, no qual foram responsáveis por alguns vírus.

    Existe uma teoria que tudo indica, de que o virus não veio da comida, mas sim de um laboratório chinês. (Va lá, nem todos somos assim tão tapados, para percebermos que o que os chineses comem não é de hoje, mas sim desde a imenso tempo que comem estas “porcarias”.)

    Deixo aqui a noticia para que possam refletir um pouco: https://www.washingtontimes.com/news/2020/jan/26/coronavirus-link-china-biowarfare-program-possible/

    Impossível? Duvido! Mais depressa acredito nessa teoria do que no que eles comem, sim é verdade certas doenças são transmitidas por animais. No entanto duvido neste caso que tenha sido.

    Não esquecer que reduzir a população mundial é algo que muitos pretendem fazer, seja de que forma for. Se tiver que ser um vírus, bactéria será. A China é um dos países com maior população mundial…

    Não estou a insinuar que foi a própria China a fazer-lo, poderá ter sido outro pais quem sabe. Mas a teoria de ser uma “arma criada” em laboratório não pode ser esquecida!

    Isto sim, é uma bela forma de reduzir a população mundial (e não, não desejo nem acho piada a isso, só para que fique esclarecido) SEM ENCONTRAR CULPADOS.

    • Justino, o Justo says:

      Reduzir população mundial ? Não é por aqui. O que seria preciso para inverter o numero diário de mortes face ao numero diário de nascimentos : morrem 150 mil pessoas e nascem 350 mil diariamente, mais coisa menos coisa. Agora que este coronavirus, assim como outros coronavirus, é muito fácil de recriar em laboratório e alterá-lo geneticamente, isso é verdade… Agora é só pensar nisto.

      • Spoky says:

        Isso sei eu, que é possivel recriar. Não é ao acaso que muitas doenças que aparecem ai misteriosamente, têm quase sempre mão de alguem.

        O grande problema é descobrir quem, como e onde. Esse é o problema. Espalha-se os virus, reduz-se a população mundial, criar-se um “antidote” e disponibiliza-se nesse antidoto ou vacinas aproveitam e metem mais qualquer coisa la dentro. Ou então fazem um medicamento, lançam para o mercado e lucram com isso.

        A Saúde é lucrativa, só não vê quem não quer. Um laboratório que queira ganhar dinheiro ou uma pessoa mal intencionada, rapidamente pode fazer estragos pelo mundo fora.

        Não há como ter vigilância nisso, o “bioterrorismo” (algumas pessoas não gostam desta denominação, não sei porquê conhecido como biowarfare entre outras) é uma arma letal, que quase ninguem tem capacidade de prever, ou impedir alguem de o fazer.

        E os rastos são bem poucos! Gostei do meu comentário poderias abordar ou aprofundar mais esta parte? «muito fácil de recriar em laboratório e alterá-lo geneticamente»?

        • Jonas says:

          Eu vou mais pela teoria de arma biológica, no sentido de guerra (estar a ser criada e haver um acidente, ou qq coisa) do que pelo controlo populacional. Para controlo populacional imagino a funcionar melhor uma patologia qualquer que reduza os níveis de fertilidade. É mais discreto, produz resultados a médio/longo prazo (que é o que o planeta precisa), não há um pânico generalizado pelo mundo, dando tempo de se espalhar e tal….

          Mas isto é só teorias da conspiração,…. mas de facto não penso que seja nada de deixar de lado. Houve em tempos um gajo que achava que a terra era “redonda”, e afinal só ele é que estava certo.

        • RPG says:

          Por mais sentido que essa teoria possa fazer, falha redondamente no simples facto de que reduzir a população mundial com este tipo de vírus, é um FAIL com letras grandes, isto é, mal tem efeito no número de mortes médio diário, semanal, mensal, whatever.. Se alguém realmente pretender reduzir drasticamente a população mundial, penso que lhe basta 2 dedos de testa para saber que não é por via de um coronavirus. Agora se me disser que possa ter sido dispersado pela população com a finalidade de algumas entidades fazerem uns bons milhões de euros, e causar problemas noutras, aí já faz mais sentido.

    • Renato Nismo says:

      e eu que não leio nem vejo noticiários, e do pouco que li de onde veio o coronavírus.. falavam-se dos animais crus etc etc

      já há milhares de anos e em milhares de cidades chinesas que o mercado é assim e nunca aconteceu nada

      não é preciso pensar muito

      • Pedro says:

        Mais Preocupante é a leviandade com que dizes que não lês nem vês telejornais…! Isso sim deveria ser preocupante…a ignorância agora parece que é uma coisa boa! Irónico acabares o teu comentário com a frase “ não é preciso pensar muito”. Depois os shampos tem que ter instruções e nós não percebemos porquê…!

        • Renato Nismo says:

          quer dizer que engoles tudo o que a mídia passa informação,
          aquela mulher que levou queixa não fez nada.. é vítima de racismo,
          coronavírus veio dos animais em decomposição
          ouvir promessas e fofocas de cada partido
          debates a falar do que o governo fez nas últimas décadas
          tudo relevante para mudar a tua vida

          quanto a mim, eu tenho necessidade das legendas, houve uns tempos em que canais genéricos tinham tecnologia das legendas automáticas em teletexto e no entanto foi abandonado, do pouco que vi.. não tenho nada a perder até hoje, noticiários cá em pt é dos melhores do mundo.

          só eu é que não como gelado com a testa.

          • Jonas says:

            Continua a haver legendas com teletexto em alguns programas. E já agora… não eram automáticas.

          • Pedro says:

            não como tudo o que me dão! Obviamente! É preciso filtrar! Mas para filtrar tens que te informar, tens que ler, tens que ver telejornais, etc etc etc, e depois com espírito crítico avaliar e formar uma opinião! Nem sei de onde tiraste o argumento que engulo tudo o que me dão…! Mas entre nós que ninguém nos ouve, já paraste para pensar que essa tua dificuldade em formar um argumento lógico com início, meio e fim, está diretamente ligado a esse teu aparente orgulho de não ler nem ver telejornais ? Mas continua assim…se achas que estás bem! Pior é o teu voto valer tanto quanto o meu…! Com tempo pode ser que entendas que a boca esta mais em baixo, e deixes de comer gelados com a testa.

      • RPG says:

        Na “história moderna” já há alguns casos conhecidos.. um deles nem há 20 anos lol.. A china no passado já passou por dezenas de casos de mortes na casa dos milhões, que a história atribuiu sempre a fome, falta de comida… talvez não tenha sido sempre esse o caso, mas sim derivado a viroses em alguns casos, mas há 200, 300 anos ou mais, sabia-se lá o que era um vírus. Pois..

  4. George Orwell says:

    Estou muito preocupado com o coronavírus. Muito mesmo. Direi mesmo que na minha vida jamais deparei com uma ameaça global emergente tão real e presente.

    Ainda mais, depois de saber da extraordinária coincidência de que, não muito longe do mercado de Wuhan onde supostamente o vírus terá feito as primeiras contaminações, existir o Instituto de Virologia de Wuhan, um laboratório que, anos atrás, teria provocado mutações no coronavírus comum para efeitos de investigação, vírus esse cujo aparecimento coincide estranhamente com o início do ano chinês, logo a estação do ano em que os chineses mais viajam.
    Mas, tenha tal vírus vazado de uma mutação provocada artificialmente ou transmitido directamente de um animal ( cobra, morcego, etc.), a verdade aterradora é que ele é transmissível entre humanos ainda que o humano transmissor se encontre assintomático, ou seja, o portador do vírus pode passar todas as fronteiras sem que o dito seja detectado, ignorando que é simultaneamente portador e transmissor do vírus para todos aqueles que se encontrem numa relação de proximidade, foi o que aconteceu na contaminação detectada na Alemanha, passando o filtro de quaisquer “fake news” conspiratórias e alarmistas. A OMS já declarou o risco global desse vírus como “alto”, vírus que não vai bater em retirada por conta própria e cuja cura ainda não há notícia e cujas mutações futuras são imprevisíveis, aliás, pela primeira vez, a inteligência artificial superou a OMS na notícia do fenómeno.
    Poderá haver contaminação biológica mais insidiosa ?

    Aterradora é também a possibilidade de, ao momento, as autoridades chinesas poderem estar a omitir e minimizar informação sobre a situação real no sentido de evitar o pânico geral. Circulam pela web imagens desaconselháveis para mentes mais sensíveis, testemunhando caos nos hospitais, denúncias por profissionais de saúde locais, corridas aos supermercados e às máscaras, camiões com suspeitos de portarem o vírus com destino desconhecido, doentes nos corredores em convulsões, os seus últimos frémitos de vida, ao que parece, sucumbindo por insuficiência respiratória, som de salvas continuadas de tiros com armas ligeiras, e …. , fico-me por aqui, porque não posso assumir a respectiva autenticidade, oxalá fossem apenas “fake news”, deturpações de muito mau gosto.

    É como se o descrito na obra “The Stand”, a mais longa e respeitada obra de Stephen King ( “Dança Macabra” na trad. Pt e “Dança da Morte” na trad. Br) cuja acção estava prevista para os anos 80, se tornasse uma crua realidade neste ano 2020, obra esta para a qual remeto toda a informação sobre um possível cenário post-apocalíptico de uma contaminação global.

    E esse coronavírus, apesar de se rir das quarentenas e dos antibióticos, é um menino de coro comparado com as armas biológicas e químicas estoicamente conservadas nos arsenais militares que ansiosamente aguardam por uma oportunidade para uma acção “humanitária” como é timbre desses meios, para não falar numa maior incidência e agressividade do dengue e zika que cada vez mais ameaçam latitudes setentrionais.

    Será em 2020 d.C. o início do ano da besta apocalíptica ?
    Quem me dera que eu estivesse muito enganado, seria o meu mais amado erro.
    Na verdade, momentos há em que o erro supera um qualquer pretenso saber.

    • Pedro says:

      Não o que bebeste ao jantar, mas aconselhava-te a reveres a tua dieta alimentar. Há lá qualquer coisa que não te faz bem. Procura um médico ou mete mais tabaco nisso.

      • Hugo says:

        Verdade seja dita, o comentário dele é deveras mais interessante que o teu.

        • BC says:

          Interessante? Parece que pegou em todos os comentarios pró-teorias da conspiraçao que andam no facebook e os juntou todos no comentário! De interessante nao tem nada! Parece mais um troll a lançar fake news, com base em coisas que ele próprio nao entende!

          • Justino, o Justo says:

            Principalmente quando diz que “circulam imagens na web” e acha que os virus tratam-se com antibióticos…

      • Spoky says:

        Pedro o unico que devia procurar o médico és tu. Não ele, ao contrário de ti fez um comentário muito interessado, que em relação ao teu é uma miséria (inútil) não agrega nada a sociedade nem ao comentário. Ou seja, um comentário transparente sem qualquer tipo de importância como o teu.

    • George Orwell says:

      @ Hugo
      Obrigado !
      Poucas horas depois de ter feito o comentário saíram as notícias seguintes :

      – A OMS reuniu de emergência esta quinta-feira e dela deve sair um “ update” e provável declaração de emergência internacional ;
      – A Federação Russa encerrou as fronteiras com a R. P. China ;
      – A Bolsa de Tóquio afundou ;
      – O sector dos casinos de Macau afundou ;
      – São já estimados grandes prejuízos no sector do turismo, transportes, especialmente no sector dos cruzeiros ;
      – Cientistas detectaram não uma, mas cinco características do vírus que exponenciam a preocupação.

      Mas, para alguém, tudo se reduz a um problema de dieta ! Antes fosse.

      • Spoky says:

        Não ligues a esse tipo de comentários, sabes como é. São malta que pensa que vive num mundo da bela e do monstro, onde tudo fica bem e tudo acaba bem.

        Não existem interesses, vinganças, terrorismo, pânico, criação de vírus em laboratórios etc… São pessoas geralmente ofuscadas pelo seu próprio pensamento.

        Acreditam que tudo o que acontece é culpa dos animais, os humanos não tem culpa! Vê la tu, a maioria dos incêndios até no inverno foi causado pelo homem? Que disparate! O homem a causar um incendio? Não, não! Isto foi o tempo! A culpa é do tempo (ironia off)

        • RPG says:

          Isso tudo é válido. É também válido que muito antes do ser humano ser capaz de criar/alterar vírus em laboratório, já a população humana tinha sido dizimada pelo mundo fora graças a viroses como esta e piores. É sempre bom ter uma mente crítica e desconfiar, mas acreditar em algo sem factos concretos é como acreditar que deus é o Ronaldo.
          Eu até prova em contrário, acredito que a propagação do vírus tenha sido fruto de uma péssima higiene que habita de forma geral os “wet markets” na China.. se tivesses ído a algum destes mercados e experienciado como as coisas são feitas nesses locais, talvez tivesses uma opinião mais realista. É impressionante que até em cidades Tier 1 como shenzen ou shanghai, em zonas do mais desenvolvido que possas imaginar e que existem neste planeta, depois tens mercados destes em que galinhas são mortas ali à tua frente e lhes tiram o sangue, metem num saco de plástico e siga para a próxima, sem usar luvas ou lavar as mãos, é sempre a dar-lhe hahah. Já para não falar nos animais exóticos que são vendidos “por baixo da mesa”, que é ilegal, e ninguém sonha de onde eles vieram ou como foram ali parar.. mas há quem compre e os consuma. Depois admiram-se.

    • AzoreanRoot says:

      Esses “tiros” que se ouvem em vídeos que falas não são de armas mas sim foguetes e cracker bombs/bombas de carnaval que são usados tipicamente na passagem do ano novo Chinês, e aliás aconteceu antes dos militares chegarem.
      A situação ainda não está assim tão mal, acredito que ver esses vídeos sem contexto deve ser assustador.
      Agora, quando começar a faltar comida e a logística militar/apoio não funcionar para 11 milhões de pessoas aí sim ficará mau, sabendo ainda por cima que uma vacina demorará há volta de 3 meses.

    • George Orwell says:

      @ Spoky
      Muito obrigado pelas teus comentários cujo conteúdo são hipóteses de trabalho a considerar e amerecer toda a atenção.

      @ AzoreanRoot
      Muito obrigado pelo comentário e contributo . Oxalá seja isso mesmo, sons relacionados com festas do Ano Novo chinês.

      @BC
      O “troll” perfeito é aquele que comenta um comentário sem esboçar uma única verdade alternativa. Limita-se a achincalhar o comentador deixando este sem qualquer possibilidade de contraditório possível. É bem mais fácil e cómodo e feliz para si. Sorria!

      @ Justino, o Justo
      Eu escrevi que os vírus riem-se dos antibióticos e que não havia ainda cura à vista e Justino, o Justo entendeu que aquilo que eu quis dizer foi que os vírus combatem-se com antibióticos.
      Será isto justo, Justino, o Justo ?

      UPDATE

      – Tal como eu previ na minha última mensagem, os piores receios tornaram-se realidade, a OMS acaba de declarar a epidemia como emergência de saúde mundial ;

      – Foi oficialmente detectado um portador do vírus que contagiou 14 pessoas. Se pegarem nas calculadoras e utilizarem as progressões e exponenciações matemáticas aplicadas aos números de portadores que vão sendo anunciados, tendo em conta que tais números ainda pecam, e muito, por defeito, podem tirar as vossa ilações em relação ao poder de contágio deste coronavírus.

      – Na sequência da declaração de emergência mundial de saúde pela OMS prevejo uma queda progressiva a partir de amanhã em em quase todas as praças financeiras mundiais. Prevejo também um movimento recessivo da situação económico mundial preocupante que se vai reflectir nos PIB(s) de cada país, tendo potencial para criar uma situação de grande depressão económica se os aeroportos internacionais forem encerrados na sequência do encerramento das fronteiras, tendo em conta que quando a China se engripa todas as economias do “tigres” asiáticos ficam desde logo constipadas e, sucessivamente todo o comércio mundial. Todavia a minha preocupação vai muito mais para as vítimas deste novo e claro perigo para a humanidade.

      Se isto se revelar “fake news”, desculpem qualquer coisinha, eu apenas sei o suficiente para poder dizer que nada sei e, reafirmo a minha grande preocupação expressa no meu primeiro comentário, a única singela razão que me fez comentar e partilhar os meus receios, desejando até que tudo não passasse de um rotundo erro meu.

  5. H.C. says:

    É tudo muita coincidência. Isto é Terrorismo internacional.
    O vírus foi espalhado logo no novo ano Chinês e que por si existe muito mais turismo nesta altura do ano nas cidades afetadas.

    • Vítor M. says:

      Eilá, estás a lançar um boato complicado. Uma teoria da conspiração macabra.

      • Spoky says:

        Boato? Assim como existem criminosos, terroristas que fazem “decapitações” a seres humanos, existem laboratórios cujo o interesse é o dinheiro, e ainda temos os governos e paises interessados numa guerra ou numa possível vingança contra um regime.

        Pode até ser conspiração, mas eu ainda estou para saber porque pensam que é “macabro”, quando dizes isso é uma força de expressão, ou não acreditas que um virus possa ser modificado geneticamente e ser posto a infectar milhões de pessoas?

    • RPG says:

      LOL O primeiro paciente com sintomas foi identificado no dia 1 de Dezembro de 2019. No dia 31 de Dezembro já tinham identificado 27 casos. Se há aqui algum tipo de terrorimo é por parte do governo chinês ao ter subestimado toda a situação, e ter abafado ao máximo de forma a “evitar o pânico”, tendo inclusive prendido pessoas e um médico por “espalharem rumores”, quando apenas tentavam alertar para o facto da existência deste vírus. Esse mesmo médico acabou por ser contagiado pelo vírus, estando em estado crítico. A verdade é que podiam ter evitado que tomasse este tipo de proporções de forma tão rápida, se tivessem atuado de forma transparente, com responsabildiade e atempadamente. Agora já vão tarde e a revolta por parte do povo chinês já é muita por mais que tentem desviar as atenções colocando a culpa em algum “inimigo” e por mais que censurem a internet.

  6. Técnico Meo says:

    … as opiniões aqui estão todas um pouco mais ou menos certas…mas…. segundo o mapa do vírus, se fizerem a conta tem uma taxa de mortalidade superior a 50%…. não me parece que seja uma gripe comum… mas … não sou imunologia.

    • Técnico Meo says:

      Imunologista 🙂

      • RPG says:

        Nem matemático 😀 haha
        Então segundo as tuas contas já existem mais de 4000 mortes devido a este vírus? Ou existem apenas cerca de 300 pessoas infetadas? É que segundo os números “oficiais”, neste momento existem 8200 infetados e 171 mortes. Números são certamente maiores em ambos os casos, mas bem longe dos 50% felizmente.

        • Tecnico Meo says:

          Pois…
          estava a tentar perceber no mapa no canto superior direito, uma relação entre os Total recovered e os falecidos. Os recovered está com 143 e os falecidos nos 171.

          Estava a fazer mal a estatística, mas realmente se dividirmos um pelo outro dá mais de 50%. No entanto, não estou a perceber como colocar no calculo da mediana os casos infectados, que ainda não transitaram para recuperados ou falecidos. Falta-me aqui um indicador pelo menos para se fazer uma relação. Tens razão

  7. Quim Bolas says:

    Entretanto aparece os advogados de Rui Pinto a dizer que ele tinha documentos sobre isso. #coronaleaks

  8. Altamente says:

    Isto esta a dar vontade de jogar Plague Inc.

  9. Acarlos says:

    Coronavirus, ou apenas duas torres jemeas ? Qual é a nova ordem mundial? após as,eram uma vez duas torres já sabemos, qual é a desta vez. !?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.