PplWare Mobile

Amazon em Portugal? Há essa possibilidade


Gestora de conteúdo e de redes sociais do Pplware. Mestre em Economia, foi o fascínio pelo universo da tecnologia e da comunicação que falou mais alto.

Destaques PPLWARE

  1. David Guerreiro says:

    O problema que estou a ver, é que a menos que construam um “fulfillment center” grande, não vai ter metade das coisas que o centro de Madrid.

    • Jt099 says:

      A Amazon pode aproveitar o de Espanha para enviar para Portugal, julgo eu.

    • AiOGajo says:

      Calma… basta que comecem por x quantidade para depois largarem a escala.

    • okapi says:

      Só na Escócia e que é metade de Portugal e tem metade da População, tem 2 enormes armazéns . Se forem para a Boavista deve de ser algo como as Box que existem nos supermercados. Há algo que não está a bater certo ou quem lançou a noticia cá para fora não tem ideia da dimensão de cada Centro Amazon.

      • António Fagundes says:

        Deve ser uma Amazon Go.

      • Daniel says:

        Pois, mas compara lá o poder de compra da Escócia e de Portugal… o mercado britânico na ilha Britânica (que inclui a Escócia) é o terceiro maior mercado da Amazon fora os EUA.

        • okapi says:

          mas o que não deves de saber é que na Inglaterra têm mais 5 armazéns enormes. O mercado da Escócia é pequeno e que eu saiba a Amazon não vende nem cerveja nem Bucky. 😉

          • Daniel says:

            Não assumas pois sairás sempre errado. Conheço bem as Ilhas britânicas (em toda a sua extensão, muito tempo passei lá – on & off –
            em projectos e muito usei a amazon).
            O mercado Português é uma gota de àgua comparado com o Escocês (e a Escócia tem metade da população de Portugal), quanto mais o resto do mercado britânico…

          • De Cima says:

            A Amazon nao vende o quê? A Amazon tem quantos Fullfilment Center no Reino Unido? Amigo não fale do que nao sabe, só no Reino Unido tem 17 FCs e vão abrir mais 2 em 2018. O mercado na Amazon é global vende-se praticamente quase tudo e sim vende-se cerveja.

      • Toder says:

        e tu só sabes te queixar de tudo e de nada, típico português que só se sabe queixar e depois pergunatam-se porque tudo aqui é caro, ou porque não temos o que os outros países têm etc etc etc

        • okapi says:

          Estás enganado eu não me estou a queixar, e nem tenho razões eu quando faço compras na Amazon ,tenho no dia seguinte à porta. Agora onde pôes na Boavista um armazém enorme como os que eu conheço, não estou a ver aonde. Explica lá isso só se for na SCPT onde estão os autocarros, e não sei, já não passo por lá á mais de 15 anos. Não ponhas na boca dos outros aquilo que pensas ou fazes.

    • eu says:

      O tuga nunca está satisfeito, nunca.
      Isto e a Google por cá, é muito bom (ponto).
      Os empresários com mentalidade de vão de escada agora vão ter concorrência.

      • António Fagundes says:

        Era melhor ter a Amazon do que a Google.

        • eu says:

          Mas pelos vistos há a hipótese de ter as 2 gigantes por cá, o que é excelente.
          Baixa a taxa de desemprego no geral e no caso da informática que felizmente apesar de mal pago, a taxa de desemprego é muito baixa ou praticamente inexistente, cria pressão nos empregadores de mentalidade de meia tigela (se isso não acontecer, pela menos o primeiro argumento continua válido).
          É sempre positivo, excepto para os exploradores.

          • António Fagundes says:

            A Amazon a vir é com coisas pequenas, não vai ter expressão.
            Em IT não existe desemprego, logo não baixa taxa nenhuma, também não são 1000 ou 2000 postos que fazem mossa na taxa de desemprego, além que nos sitios que se fala, Lisboa e Porto não existem trabalhos de IT mal pagos. O que vai acontecer é que vão buscar alguns às faculdades e outros vão transitar entre empresas, deixando o GAP de profissionais de IT ainda maior do que já é.
            Hoje em dia para contratar alguém de IT são no mínimo 2 a 3 meses de procura, e nunca vem alguém com o perfil pretendido.

            Nota: atenção que não estou a falar de desenvolvimento, isso infelizmente é mato e ou são muito bons ou então são mal pagos.

      • Joao says:

        +1 Perfeitamente de acordo. Queixamo-nos por tudo e por nada. Se não vem é porque não vem, se vem é porque vem…

    • Jorge Carvalho says:

      A Amazon já algum tempo usa o armazem de espanha para tudo o que vem para Portugal.
      Mesmo que comprem em Inglaterra, se o armazem espanhol tiver o mesmo produto, é de lá que ele vem.

      Abc

      • David Guerreiro says:

        Não necessariamente. O sistema da Amazon envia conforme a disponibilidade. Ou seja, pode-se comprar da Amazon.co.uk, e o item existir em Espanha e UK, até pode vir da Alemanha, basta que os centros de Espanha e UK estejam atolados de trabalho.

  2. nocode says:

    Pelo menos o endereço Amazon.pt existe e está registado e a redirecionar para o espanhol.

  3. MF says:

    Mais importante que o tamanho é a possibilidade de poder adquirir os produtos e serviços deles: Fire, Echo, Kindle, Prime, etc!

  4. Diogo says:

    Isto é tudo muito bonito e eu espero mesmo que resulte, no entanto se os preços forem muito diferentes (para pior) eu é que não compro… Já comparando preços da amazon UK com a amazon FR são mais baratas que a amazon ES, por isso infelizmente em PT vai ser ainda mais cara, estou mesmo a ver…

    • mlopes says:

      a minha experiência não é igual à tua. no meu caso tenho a ideia que os preços nas várias amazon variam muito de produto para produto e de momento para momento.
      para além disso temos que ter sempre em atenção as taxas de iva aplicáveis em cada país de “origem”. ao nível de pequenas empresas com número vat válido, compensará sempre comprar uma amazon que não seja .pt uma vez que, nos produtos vendido e enviados pela amazon, não pagarão o iva liquidando-o e deduzindo-o à posteriori em portugal. a aperação fica neutra e ganha-se em termos de tesouraria

      • David Guerreiro says:

        Vai dar ao mesmo no final. Se comparares numa Amazon fora de PT, o IVA é logo retirado, e se venderes o artigo, depois pagas essa IVA ao Estado. Se comprares em Portugal, pagas o IVA e depois é deduzido trimestralmente.
        Inicialmente pode parecer que a aquisição logo sem IVA é mais vantajosa, porque exige menos encargo, mas numa empresa que venda muito, depois vai ter uma batolada de IVA para pagar, enquanto se comprar aqui o valor é diluído no valor trimestral a liquidar.

    • Fernando says:

      Nao é bem assim, faço compras muito frequentemente no amazon, em todos os dominios europeus digo já. E do que vi ate agora, o italiano é o amazon mais caro, o alemao é o mais competitivo, nao so tem os melhores preços, como tem mais oferta, mas a diferença é minima para o espanhol e frances. O amazon espanhol é muito bom, os preços sao ao nivel dos outros, andam sempre equilibrados, muits vezes depende do que se compra, pode ate encontrar algo mais caro mas tb encontra mais barato. Fora dos portes gratis em 29€+ que é fantastico…

    • jonas says:

      faço a comparacao de todas as amazons antes de comprar algo e normalmente sai-me mais barato comprar na amazon ES ou DE. a DE normalmente é mais barata do que a ES mas como paga-se portes a de ES costuma sair mais barato. a UK é a mais cara de todas nao sei onde foste buscar a ideia que na UK é mais barata. deves so ir buscar produtos vindos de HK ou parecido….

  5. Bruno M. says:

    Independentemente da “grandeza” do centro de distribuição em PT, é indiferente usarem apenas um centro em PT ou usarem igualmente o de espanha.

    A mim, basta que activem o Prime para PT e que este funcione como lá fora!

    O resto são peanuts!

    A Amazon funciona bem, os preços são extremamente competitivos, e os tempo de transito se gestionado pela amazon são muito bons!

    Que venha para PT e que fique em qualquer zona do Pais! Mas que tenhamos Amazon PT!

  6. Ricardo Silva says:

    A Amazon só nao entrou no mercado nacional devido a governos anteriores terem dado preferencia “SEMPRE” às wortens, fnacs, pixmanias …… !

    A Amazon ja tinha vontade de operar em PT à anos.

    • Alibaba says:

      Não estando a duvidar de ti, mas podes fornecer fontes que indiquem que a Amazon já tinha vontade de operar em Portugal?

    • Daniel says:

      A Amazon só não entrou no mercado nacional porque é insignificante e tem um mercado enorme no país ao lado onde já tem operação montada. Só se expande agora para Portugal (se se expandir, até ver é só rumores) depois ter aberto diversos centros no país vizinho…. estatísticamente alguma vez haveria de acontecer, nada tem a ver com mérito ou condições.

  7. Joao says:

    que comprem os ctt.

  8. JR says:

    Outra vez? Da última vez tentaram e duraram apenas uns meses… será que mudou realmente alguma coisa? Desconfio é que o farão como uma extensão do serviço espanhol.

  9. joao says:

    Acho que não deviam de redirecionar o dominio para o espanhol e sim qual é o mal de estar em Portugal. Parecem que não querem que haja mais trabalho

    • Jona says:

      A longo prazo duvido que de mais trabalho a alguem. Ate acho wue va tirar bem mais. Primeiro quase tudo ke vendem vem de fora do pais ou seja divisas a sair. Ja estou a ver wortens e afins quase todas a fechar ou as lojas pequenas a serem reduzidas ao minimo. Sem preparacao para a concorrencia e precos desiguais vindos da china é uma desgraca economica nao so para portugal como para qualquer outro pais desenvolvido. Quando a china comecar a fazer produtos de qualidade com marcas proprias kero vender onde vao parar as marcas europeias e americanas…

      • David Guerreiro says:

        O impacto nas lojas físicas Worten é nulo. O cliente típico da Worten é o tuga que não faz compras online, e que se habituou a pagar tudo caro. Esse tipo de cliente não é pela Amazon estar em Portugal que vai passar a comprar. Porque a Worten tem lojas físicas na maioria das cidades portuguesas, e a bem ou a mal, a maioria dos portugueses prefere comprar as coisas numa local físico do que comprar online. Não esquecer que estamos num país com uma população muito envelhecida.
        Em relação aos preços, o problema é que as margens de lucro no retalho em Portugal são altíssimos. A Worten que é um gigante e compra em quantidades colossais consegue ter preços mais caros do que muitas lojas de eletrodomésticos de bairro.
        Eu recuso-me a pagar os preços que a Worten e afins cobram pelos bens, tendo bem mais barato na Amazon. Da minha carteira sei eu, e se eu não tiver dinheiro para comer, não é a Worten que me vai meter comida na mesa.

        • Jona says:

          O cliente tipico qie referes que vai as lojas fisicas esta a mudar. Cada vez mais se compra online, e la fora. Vai as grandes superficies e ve a quantidade de empregados que la estao. Cada vez sao menos. Os que a ainda compram nas lojas sao como referes mas cada vez mais a povo informado e que pede a amigos que comprerm por eles na net. Sinceramente, sou como tu raramente compro numa grande superficie. Quase tudo que compro é em casas pequenas de bairro e quando a diferenca de preco é muito alta compro online. So nao o faco mais vezes pq as vezes nao é por 5 euros que vou ficar mais pobre e pelo menoa ajudo mais uma familia tuga a pagar os seus impostos….problema é que ha povo ke para poupar um euro é capaz de mandir vir da indonesia em vez de ajudar o mercado local. La fora fazem isso. Aqui a mentalidade é como a maioria dos comentarioa aqui…desde que eu poupe um euro ke se lixe o vizinho…pais pobre…mentalidade pobre…

  10. RichardCooper says:

    Se o projecto é para a distribuiçao na peninsula iberica, no minimo era simpatico dessem ao trabalho de traduzir a site para portugues ja era um passo relevante!

  11. Fernando says:

    O amazon vai representar a “justiça” que ha muito nós portugueses mereciamos. A descriminaçao nos preços é gritante nas lojas portuguesas comparadas ao amazon. Há itens que soa a ridiculo a diferença de €, fora a oferta que é muito maior e muitas mas mesmo muitas vezes nao se encontra em Portugal a venda. Mas é obvio e como ja foi referido num comentario, o Amazon nao vai entrar agora só por acaso…Os interesses dos grupos poderosos em PT foram provavelmente o que nao deixou entrar essa multinacional em pt ate agora, essas mesmas empresas que roubam os portugueses a torto e a direito. Falo da Worten e Fnacs, Mediamarkt e muitas outras lojas. O estado apercebeu-se que há cada vez mais Portugueses a comprar no amazon europeu, se bem que ainda muito poucos, talvez por desinformaçao. Logo o estado ja esta a meter as maos ao bolso aos Euros em impostos que vao arrecadar. É tudo uma questao de € e quem é prejudicado e sempre os mesmos.

    • David Guerreiro says:

      O Estado já arrecada imposto, quando compras na Amazon europeia. Tudo o que compras em qualquer Amazon na UE, é taxado a 23% sendo que o Estado Português recebe esse IVA.

  12. Marco says:

    Terem a sede em espanha e gerir tudo em espanha é muito mais vantajoso para eles. Pagam menos impostos, só será vantajoso se cá vierem buscar subsídios … e pagar baixos salários.

  13. jonas says:

    voces ficam muito felizes porque a amazon esta a pensar vir para ca…eu ficava mais se uma empresa portuguesa fosse la pra fora…portugal ainda nao saiu da crise e ja todos pensam em comprar casa nova e carro novo…daki a 10 anos la voltamos nos ao mesmo…nao aprendemos nada. todos endividados como os gregos que tem mais olhos que barriga…queremos ter tudo e pagar quase nada. se vier la de fora com 1 euro de diferenca que venha ele donde vier. continuem com o consumismo desenfriado que depois nao culpem o governo das decisoes conscientes que tomam. nao se esquecam que o pais vive de importacoes/exportacoe. se ja se comeca a ter sensibilidade para a ecologia (vidroes) tambem deviam ter nos produtos portugues. la fora sao quase todos mais nacionalistas nos seus produtos que nos e por coincidencia ou nao…todos ganham mais e vivem melhor que nos…nao estou a tentar ser radical e para pararem de consumir outros produtos nao nacionais…seria impossivel viver sem eles hoje em dia…so estou a alertar para serem mais racionais nas escolhas e na necessidade deles.

  14. Ricardo Gomes says:

    Venha é a língua em português para os echo.

  15. Tiago Costa says:

    Estou a adorar os comentários de hoje sobre a Amazon. Embora também ache interessante ter um armazém da mesma em Portugal e até ter mais produtos Portugueses por lá, tenham noção que a Amazon não é so a loja online. É sem duvido o que as pessoas conheçam mais etc.. mas um outro negocio enorme da amazon é o AWS. A solução de Cloud em que são lideres de mercado. Quem é que disse que não é esta area que vem para Portugal? e não estou a falar de um DataCenter, estou sim a falar numa equipa de engenharia, suporte, etc….

  16. O Senhor Jesus says:

    O problema dos preços enormes cá em Portugal é o facto de Worten, FNAC e companhia receberem os mesmo por fornecedores intermediarios. E claro está, cada um recebe a sua fatia do bolo. Creio que a Amazon vai diretamente ao fabricante, daí apresentar geralmente preços mais competitivos. É sempre menos uma engrenagem na geringonça.

    • David Guerreiro says:

      Mas isso é problema deles, eles se querem ser competitivos têm de encontrar que lhes forneça a melhor preço. Não podem justificar os preços elevados, com o facto dos intermediários. A Worten ou a Fnac não são propriamente lojitas de bairro, e compram imensas quantidades, podem perfeitamente conseguir preços vantajosos.

    • Fernando says:

      Todas essas empresas portuguesas encomendam diretamente do fabricante, ate mesmo lojas pequenas o fazem. A unica diferença é que gostam de roubar e muito, para alem das despesas com espaços fisicos e funcionarios que engloba tudo. Por isso é que os preços sao quase sempre superiores e muitas vezes a soar o ridiculo em lojas grandes. Eu ja sou cliente do Amazon ha 5 anos, e é muito raro comprar algo em lojas portuguesas, nao so pelos preços que sao muito superiores, o serviço pos venda do amazon é do melhor que ha, do melhor que alguem pode pedir. Coisa que em Portugal tá no tempo da Idade Media. É por isso que a vinda do amazon para PT é fantastico para os consumidores, nao estou minimamente preocupado com os retalhistas que enchem o bolso a roubar aos portugueses.

  17. Fernando says:

    Todas essas empresas portuguesas encomendam diretamente do fabricante, ate mesmo lojas pequenas o fazem. A unica diferença é que gostam de roubar e muito, para alem das despesas com espaços fisicos e funcionarios que engloba tudo. Por isso é que os preços sao quase sempre superiores e muitas vezes a soar o ridiculo em lojas grandes. Eu ja sou cliente do Amazon ha 5 anos, e é muito raro comprar algo em lojas portuguesas, nao so pelos preços que sao muito superiores, o serviço pos venda do amazon é do melhor que ha, do melhor que alguem pode pedir. Coisa que em Portugal tá no tempo da Idade Media. É por isso que a vinda do amazon para PT é fantastico para os consumidores, nao estou minimamente preocupado com os retalhistas que enchem o bolso a roubar aos portugueses.

  18. falcaobranco says:

    O que mais este país precisa é de concorrência… senão não evoluímos!!!

    A seguir a ela, certamente devem vir mais empresas de renome!!

  19. De Cima says:

    Não necessariamente… por acaso tem ideia de quanto recebe um funcionário de nivel T1, que trabalhe em qualquer um dos FCs existentes em Espanha? Eu respondo por si, 1200€ limpos em numero arredondado. E ja agora sabe qual é o salário minimo aqui do pais vizinho? 707€.

  20. Hefesto,o Grande says:

    A Amazon a vir para a cidade do Porto é uma excelente notícia.Que venha ela que será muito bem-vinda.É muito justo para a cidade do Porto que tal aconteça,tal como a mudança do Infarmed e outras empresas por arrasto.Só fazem bem. 🙂

  21. Joao ptt says:

    A Amazon que vá mas é para Pombal, têm lá comboio e auto-estradas, mais ou menos no centro do país, e sempre está mais longe do Oceano Atlântico o que é bom em caso de Tsunami.
    É que esta conversa de só Lisboa e Porto levarem com grandes empresas já chateia…. e o resto do país fica a vê-las à distância?
    Se for um centro de dados que arranjem um local fresquinho tipo Covilhã.

  22. Diogo says:

    Se esta localizacao for correcta isto nao sera para distribuicao. ou muito me engano ou sera para AWS. um centro de distribuição requer espaco e poico trânsito para tudo fluir. ora se olharmos para a Boavista, e tudo menos pacifico.

  23. Carmen Silvia Morais Cardoso says:

    Ainda bem que recebo esta notícia. Espero que seja verdade e que efetivamente se concretize. Os melhores produtos, na minha opinião, são retirados do mercado e o consumidor não tem acesso aos mesmos…. Terá que existir este tipo de empresas para que esta brincadeira deixe de se verificar! Bem haja a quem tem este tipo de iniciativas e contribui para a melhoria social.

  24. Giuliano says:

    Aqui na Itália Amazon trabalha muito, tem mais de um armazém espalhados nas maiores regiões do pais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.