Quantcast
PplWare Mobile

Marca chinesa pretende rivalizar com processadores Intel e AMD

                                    
                                

Imagem: Zhaoxin

Autor: Vítor M.


  1. luis says:

    O processador KaiXian KX-6000, lançado no verão deste ano, faz uso de uma arquitetura um pouco desatualizada, oferecendo apenas 8 cores e 3 Ghz de velocidade.
    quando disseram que arquitetura um pouco desatualizada eu pensava que era a preto e branco , já tem 8 cores muito bem

    • ptbman says:

      “[…]linha de processadores LuJiaZui. Esta foi construída com o processo de fabrico de 16nm e com base numa microarquitectura de 32 bits.”. Estão só 20 anos atrás, portanto. De que vale terem processos de fabrico de 7nm (aí à frente da Intel que ainda não passou dos 10nm) se ainda usam arquiteturas do século passado?

      • Miguel says:

        16nm é 20 anos atrás? A sério, acredita mesmo nisso? É que à 20 anos atrás,a tecnologia de ponta dos processadores intel era o Pentium MMX com um processo de fabrico de 0,6 micrometro, ou seja, 600 nm.

    • Hugo Nabais says:

      Já me aconteceu levar respostas dessas a nível profissional.
      Realmente muita gente adoptou o “core” em vez do núcleo! estrangeirismos…

    • silva says:

      quanto mais concorrencia e melhor pra no´s pobres, que venha os processadores chineses, so seu que não posso pagar 7 mil reais num processados da intel ,,,eu vou ser o primeiro a comprar se vier pro brasil

  2. David Cordeiro says:

    E que boards existem para esses processadores? De marcas tipo asus, gigabayte, ou apenas marcas chinesas?

    • Hugo Nabais says:

      Asus e Gygabyte são marcas da china (Taiwan é parte integrante da China)

      • F Silva says:

        eu acho que os tailandeses iriam discordar sériamente com o teu comentário

        • F Silva says:

          Que erro mais horrível da minha parte. Taiwan não Tailandia. Ao contrário do que o governo da República Popular da China possa querer , Taiwan é um País separado da China

          • silva says:

            Taiwan sempre foi territorio chines, aquela ilha foi invadida por rebeldes que fundaram um pais dentro de outro pais,,, se eu invadir sua casa e alegar que tenho direito faço documentos falsos vc aceitaria

      • Eurico Daniel Rato says:

        Taiwan não é parte integrante da China, o nome oficial do país é Republica da China, por oposição à parte continental que se designa Republica Popular da China. Ambos são países independentes sob a designação China.

  3. Alfie says:

    E trás quantas backdoors?

  4. Jnuc says:

    Em termos de patentes este processador deve utilizar muito do que a Via (ainda se lembram?) criou, mas implementar as características mais modernas deverá colidir com as patentes da Intel e da AMD. Que não deverão facilitar a vida a este processador, que deve ser mais para consumo interno. É sempre bom ver algo novo, mas o impacto para nós, em Portugal, deve ser baixo ou nulo….

  5. Hugo Cunha says:

    Terá o mesmo destino que os velhinhos Cyrix??

  6. Eurico Daniel Rato says:

    A Zhaoxin é apenas uma joint-venture do governo municipal da cidade de Shangai com a VIA. É apenas uma maneira de o governo chinês abandonar o hardware de empresas estrangeiras até 2023.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.