Quantcast
PplWare Mobile

Processador do iPhone 12, o A14, será o mais poderoso alguma vez feito para smartphones

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Zézinho says:

    Também se não fosse qual era o ponto?

  2. Ze says:

    Como todos os outros chips pré-A14.
    A13
    A12
    A11
    A10
    A9
    etc.
    Todos foram os mais poderosos, quando sairam.

    • Abreu says:

      A qualcomm anda a dromir!

      • acs says:

        Não é a questão de andar a dormir. A apple precisa de um chip 2x mais rapido para vender o novo iPhone. A Qualcomm não precisa de vender telemóveis. Vai continuar a vender os chip porque mal tem concorrência. Aconteceu o mesmo no x86 com a Intel.
        A qualcomm é a unica a par da apple que apenas comprou os direitos para usar as instruções da ARM, de resto o chip é completamente feito por eles enquanto que a Samsung e os outros comparam o direitos dos cores ou chips já desenhados daí serem mais fracos que os da qualcomm.

  3. Tadeu says:

    Uma observação. Apple Silicon não é o “processador” para Macs, é apenas o nome da família de “processadores” da Apple, que também abrange os SoC para iPhones, iPads, etc.

  4. Monte Gordo says:

    E agora a pergunta mais importante de todas: com a exceção do 8K 30 fps / 4K 120 fps, o que se vai poder fazer mais neste iPhone que não se faça com os últimos 2-3 modelos e que faça uso desta potência toda?

    É o mesmo que ter um Lamborghini para ir às compras numa estrada limitada a 50. A diferença entre 100 ou 700 cv é nenhuma.

    Se o iPhone tivesse modo desktop, aí até valia a pena a potência acrescida, agora para um smartphone ou iPad a potência extra não interessa para nada.

    • acs says:

      melhores jogos, melhor performance em certas apps, mais tecnologias no chip que permite fazer cenas on chip em vez de emulado, etc. Para não falar que ficar future prof para os próximos 4/5 anos. Agora claro que este iphone não é para quem comprou o iphone do ano passado. É para os que comprou à 2 a 4 anos e está a precisar ou a querer algo novo.
      Trocar de telemóvel todos os anos é dinheiro ao lixo.

      • Diana Nogueira says:

        Não é bem dinheiro deitado ao lixo, porque uma noticia recente aqui no PPLWARE, indicou que o preço dos iPhones é superior ao das outras marcas, na altura de trocar de telemóvel.
        Mas percebo o teu ponto de vista. Este iPhone seria mais para quem quer trocar o seu de 3/4 anos.

    • Tadeu says:

      melhorias na inteligência artificial (que se pode aplicar a diferentes áreas), realidade aumentada, qualidade gráfica, melhorias no consumo em muitas aplicações, etc! Lá porque achas que está numa “estrada”, não significa que tenha velocidade ou produtividade limitadas. Há tanta coisa que tu usas hoje e que parecem simples e no entanto requerem grande capacidade de processamento que não existia há uns anos atrás.
      O iPad faz muito mais do que pensas!

    • João Duarte says:

      Mesmo que seja verdade, aplica-se a todas as marcas.

  5. Yepp says:

    Seja como for prefiro a SAMSUNG!!!!!!!!!!!!!!

  6. miguel says:

    5nm de tudo foi o que me chamou mais atenção , ainda dizem por ai que a lei de Moore pode ter chegado ao fim mas a Apple com este processador diz que não!

    A AMD em principio em 2022 já estará nos 5nm no entanto os planos da Intel indicam só depois de 2023.

    Processo 5nm
    Apple – A14 (2020)
    Huawei HiSilicon – Kirin 1000 (2020/2021)
    QualComm – Snapdragon 875 (2021)
    MediaTek -2021
    AMD – ZEN4 (2022)
    Intel -(2023)

    O que indica que a Apple a nível de processadores anda 2 a 3 anos a frente de outras marcas não admira que vão começar a usar os seus próprios processadores nos seus computadores.

    • Tadeu says:

      Com as sanções dos Estados Unidos dificilmente a Huawei irá ter processadores a 5nm nos próximos tempos.

      • miguel says:

        Muitas sites indicam o contrário, pode ainda chegar no terceiro trimeste de 2020 o Kirin 1000/1020 de 5nm talvez presente no Huawei Mate 40.

        • Tadeu says:

          O fabricante dos processadores (TSMC) já cancelou a produção para a Huawei. É oficial.

          • miguel says:

            Para a 14 Setembro de 2020, existe em produção 700 milhão de dólares em chips que vão ser entregues até Setembro incluído os de 5nm.

            A partir dessa data já se sabe que a china tem em estudos uma máquina de litografia a laser de 5 nm, os chinos não param.

            Fonte: https://pt.gizchina.it/2020/07/huawei-tsmc-stop-fornecimento-de-chipset-14-de-setembro/

          • Tadeu says:

            Dificilmente incluirá número suficiente de 5nm, já que a Apple tem prioridade – 700 milhões nem sequer representa um número elevado de unidades (cerca de 20 milhões) face ao número de aparelhos que são vendidos por mês.

            Ter uma nova fábrica capaz de fabricar com nova litografia demora anos – e isto quando já se tem as máquinas desenvolvidas.

    • Diana Nogueira says:

      Por alguma razão, a Apple mudou dos PowerPC para a Intel. Nessa altura foi quando foi possível instalar os Windows num mac com muita facilidade. Agora, se a Apple vai usar os seus próprios processadores (que faz sentido, uma vez que estão assim tão bons), essa funcionalidade de usar o Windows num mac é capaz de acabar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.