Quantcast
PplWare Mobile

Então Intel? Processadores AMD já detêm 25,6% do mercado

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. NsFdA says:

    O próximo equipamento que comprar vai ser AMD, CPU e o GPU em termos de segurança e privacidade a AMD demonstra mais confiança do que a Intel .

    • frango assado says:

      por acaso não é verdade isso, mas faz o ke kizeres…..a estupidez nao tem limites ja dizia o Sr. do E=mc2

      • Ricardo Gomes says:

        Depende de como olhares para a situação: Neste momento a AMD tem muitas vulnerabilidades nos GPU VEGA e algumas nos CPU’s (em todos). Facto é que nenhuma dessas vulnerabilidades é considerada de alto risco e so ser possível tirar um partido parcial da mesma quando em frente ao proprio hardware e com conhecimentos de acesso. Alem do mais são todas corrigíveis com um update AGESA (em teoria). Basicamente isto tem acontecido face a longevidade do socket e limitações no tamanho disponivel + compatibilidade do AGESA através de varias gerações. Os problemas que a Intel teve e ainda tem, foram e são bem mais severos e já ninguém mais fala deles apesar de continuarem presentes em todos os CPU’s, mesmo nos mais novos: https://pplware.sapo.pt/gadgets/hardware/tudo-os-problemas-spectre-meltdown/ entretanto já passaram 4 anos e syscall ainda é possivel e facil de provar… mas esta tudo bem 😉

  2. Estefâneo Empregos says:

    Neste momento a AMD é melhor que a Intel.

  3. Jota says:

    “já detêm” ou “só detêm”? Ao que eu ouço falar até pensei que a AMD já era líder do mercado! Se a Intel tem 74,4% (e não é à toa, porque as pessoas não são burras) é uma diferença muito grande!

    • Keyboardcat says:

      Isto não é share de vendas mas sim de mercado. Existem muita gente que raramente atualiza os equipamentos, e muitas dessas pessoas ainda tem CPUs Intel. Já para não falar que a marca Intel tem melhor reconhecimento entre as pessoas menos técnicas e que não seguem as últimas tendências.

      Tendo em conta tudo isso, os números atuais até não são nada maus.

      E a AMD parece continuar competitiva na próxima geração. Por isso vai conseguir manter ou melhorar esses números.

      • Zé Fonseca A. says:

        “Já para não falar que a marca Intel tem melhor reconhecimento entre as pessoas menos técnicas e que não seguem as últimas tendências.”
        Uma novidade para ti, também tem melhor reconhecimento entre as pessoas mais técnicas e que seguem as ultimas tendencias.
        3,9% enquanto a intel dormia e em 2 anos que se venderam todos os computadores das parteleiras é um underachievement, a mim só me diz que a AMD não tem capacidade de penetração de mercado, e só vai piorar pois a intel e apple têm prioridade na TSMC.

        • Ricardo Gomes says:

          Estás errado num ponto e certo no outro: na TSMC não existem prioridades, existe sim a compra de X recursos por um período de tempo. Agora a AMD está a crescer lentamente… se tu fosses CEO mesmo sabendo que tinhas um melhor produto que a concorrência ainda tinhas que assinar contratos primeiro e fazer cálculo a quantidade realista de venda. A AMD aumenta o nível de produção em 50% de 6 em 6 meses… se a AMD continuar a ser superior a concorrência só em 2028 é que terá mais mercado que a Intel e só em 2032 é que ultrapassará a Intel. A AMD teve primeiro que ganhar confiança dos grandes OEM que levou 3 anos, ao 4to ano começaram a produção reduzida, este ano aumentam um pouco mais e assim sucessivamente. A AMD já tem os contractos assinados com a TSMC até 2025, incluindo o aumento de volume em 50% a cada 6 meses. Agora a Intel podem produzir mais porque tem outro tipo de contractos assinados com os oem já há décadas.

    • Al says:

      Se calhar deve se ao facto de os processadores da série 5000 serem tão bons que não dão para dar upvolt.
      O meu colega comprou o 5600 e estava todo contente da vida até perceber que o processador não funcionava como pretendia. Depois de dias de tentarem simplesmente foi aos fóruns e outros tantos com o mesmo problema levou o a devolver e a comprar Intel.
      Estava para comprar o mesmo processador, e agora já fico de pé atrás.
      Não se esqueçam que são 300 paus alguns e nem gráfica integrada têm, tem de se comprar a parte. Se acontecer algo com a gpu ficam sem PC. São coisas a ter em conta e a não esquecer ainda mais no mercado de GPUs de hoje em dia que tens de vender um rim.

      • Ricardo Gomes says:

        Mas o que é que estás prai a dizer? Aumentar a voltagem nun ryzen 5000 para que? Explica-me lá isso sff se o IPC máximo possível atinges com absolutamente o oposto (undervolt). Os Ryzen 5000 como todos os outros ryzen funcionam na perfeição… e se alguém trocou por um Intel… só tenho pena da inteligência de quem o fez.

        • Al says:

          Perfeição? Realmente vive debaixo de uma pedra. Se procurar 5600x e b550 vê o monte de pessoal a reclamar. Aquilo chegou a um ponto que ele já n conseguia fazer nada o pc tinha crashes constantes, já nem dava para ligar.
          Muito bom como tu dizes, mas só mesmo para ir para o lixo.
          Realmente foi mais inteligente, até hoje nunca teve um problema.
          Ah e o da Intel foi mais barato e tinha gráfica integrada, bom de mencionar.

          • Ricardo Gomes says:

            Nabos existem em todo lado 😉 passa tudo saber manter o registro HEX limpo… se não sabes Opa paciência. O mesmo acontece com Nvidia ou Intel.

  4. Secadegas says:

    Daqui a 2 anos falamos… Os novos Intel já provaram serem superiores, e assim que saírem as próximas gerações com uma superioridade ainda maior depois falem. É óbvio que os Ryzen tiveram um excelente sucesso e são bons processadores, mas apesar da Intel ter andado meio a dormir não significa que não passem ao ataque com produtos de qualidade.

    • PAULO SILVA says:

      A Intel não andou a dormir… andou foi a vender o mesmo sem ter gastos, sem respeito pelo consumidor, agora com a 12th gen, vamos ver, pois não é assim tão grande a diferença para os novos AMD 3D.

    • fenixcload says:

      os processadores de alto desempenho da intel estão esquentando bastante e nem os wc mais fortes dão conta de reduzir a teperatura

  5. iDroid says:

    A Intel adormeceu durante décadas na sua posição dominante no mercado…
    No entanto, espero que lancem rapidamente produtos de elevada performance (e baixos consumos), e se possível a um preço um pouco mais baixo; a competição beneficia todos os consumidores.

    • Juanito says:

      12th gen e muito superior a amd. A intel percebeu que precisava dum hibrido com arm e a amd continua a apostar apenas em x86 e vai acabar na mesma posicao de ha anos

      • iDroid says:

        Aí está, a competição a funcionar em pleno.

      • PAULO SILVA says:

        Eu gosto da ideia do híbrido, mas neste momento não existem aplicações para o CPU!!, por isso vamos andar algum tempo, a ter recursos que não tem utilidade, além disso um conjunto CPU+Motherboard da Intel com DDR5 custa muito mais que um conjunto da AMD, e comparando Custo/Performance, a AMD é a melhor escolha.

      • Ricardo Gomes says:

        Juanito…não é nada… A intel simplesmente por mais TDP em cima e obviamente que consegue mais performance porque tens mais energia mas isso também resulta em muito mais consumo e mais calor… O mesmo esta a acontecer nos portáteis. No fundo a AMD esta a seguir uma estrategia mais comparada a apple em ter CPUs e GPUs mais eficientes e a Intel quer a todo o custo ser o mais rapido… mesmo assim não vai conseguir porque também já estão ai os samples do Ryzen 7000 e estes dão novamente um salto gigantesto. Chegamos até ao ponto que a AMD apenas esta a lançar um CPU ja existente com algumas melhorias (X3D) para fazer frente ao High-End da Intel tendo apenas quase metade do TDP.

  6. Manuel Rocha says:

    Entao intel? Detem 70% e estao preocupados com o pequenito dos 25 so rir

    • Ricardo Gomes says:

      Mercado não significa vendas…. se tu usas um intel ha 10 anos, esse faz parte do volume do mercado da intel e para AMD já ter +25% significa que atualmente 80% compra AMD.

      • Ricardo Gomes says:

        Não não significa…. Se não sabes o Wikipédia ajuda-te… lês muito pouco e sabes muito pouco para chamar alguém de aldrabão ou ignorante. Mas como já o disse várias vezes já estou mais que habituado quando um funcionário do supermercado sabe mais do que eu na minha própria profissão 😉

      • Joao Santos says:

        Lol. Sabes que não é isso que quota de mercado significa?
        A intel vende mais por quarter que a amd por ano.

        • Ricardo Gomes says:

          Estás a ver isto dum prisma incorrecto que é só porque é reportado dessa forma não significa que seja medido desta forma… primeiro existem diferenças entre Market Share e o período em conta (1 mês, 3, 6 meses, 1 ano, 5 ou 10) a qual te estás a referir? Geralmente quando vês market Share em qualquer plataforma este refere-se-lhe ao número de utilizadores que usam a ou b como o faz a Mercury Research. Nem a Intel nem a AMD tornam publico quantos CPU’s ou GPU’s venderam num periodo especifico de tempo. Quando vês o market Share reportado pela AMD e Intel este muda sempre conforme as conveniências, por vezes apresentam apenas um trimestre por vezes um semestre por vezes um ano, o ano passado a Intel até usou salvo o erro o market Share combinado de 10 anos. Sobre os CPUs vendidos… a Intel produz um vasto leque de CPUs e GPUs, mas não faz nenhuma segmentação. A AMD também resolveu então há pouco mais de um ano reduzir igualmente a segmentação. O que quero dizer com isto: pela tua forma de ver as coisas um microprocessador Intel seja ele apenas um chip iot vale é igual a 1 unidade vendida e um ryzen desktop também vale 1… pelo menos é assim que tu estás a fazer as contas. Se é assim que tu vês o mercado parabéns tens razão. Mas se vires o mercado como a bolsa o vê ou pelo menos a grande maioria dos bolsistas e Share holders (daí existirem os Investors days) então nesse caso a segmentação é muito mais específica. Da última vez que era investidor da Intel a Intel tinha só em CPU’s cerca de 3% FPGA, 6% IOT, 33% Datacenter, 50% Client CPU. Ao qual o Client CPU estava a 70% Portáteis, 25% Builders (HP, Lenovo etc), 5% (Peças), nos últimos 5 anos a intel aumentou significativamente o mercado em FPGA, IOT, o mercado Datacenter reduziu para metade, Client CPU Builders esta a ser reduzido aos poucos e temos este ano depois da aceitação do mercado em 2021 dos AMD em Laptops, pela primeira vez um ataque ao mercado (Verificar o Market Attribution Model)… bom so por aí já vez que a AMD só está em 2 mercados, Datacenter e Client CPU, e no mercado Client CPU só entrou no mercado Laptop e Builders há muito pouco tempo… no mercado de peças já é líder há muitos anos desde Ryzen 2da geração. Basicamente aconselho-te a investires em ações de ambas as empresas e a assistires ao Investors Day de ambas as empresas… visto que a pergunta ao mercado real é logo das primeiras a ser respondida…. Caso não queiras ainda podes com várias pesquisas chegar a esse número por ti mesmo… também existem outros números importantes que são a prospeção de mercado etc… como vez não é assim tão simples como tu queres fazer parecer.E igualmente a AMD está sempre limitada a produção possível e não ao mercado o que a torna basicamente num investimento muito mais seguro que Intel mas isto é outro tema. Facto é que no mercado onde a AMD se quiz posicionar desde o primeiro ryzen, AMD domina com 86%… os outros mercados estão a ser ganhos aos poucos. E no fundo para responder a tua pergunta o market Share a 10 anos é o que está a ser bem aceite pela comunidade investidora, ao qual a AMD tem um crescimento de 50% por ano e muito superior a Intel Igualmente num mercado onde não sabes qual o volume efectivo de vendas e qual segmentação também não é assim que se mede o market share porque esse tipo de medição nem sequer ser possível. Para chegar mais perto do número que pretendes podes olhar para as tendencias num mercado especifico como por exemplo aqui https://wccftech.com/amd-ryzen-5000-ryzen-3000-decimate-intel-10th-9th-gen-cpus-in-sales-figure-november/ e este numero ja explica muitas coisas mas apenas num segmento do mercado. Espero ter sido esclarecedor.

        • Ricardo Gomes says:

          Deixo ja agora aqui um outro Link com dados mais atuais: https://businessquant.com/amd-and-intel-sales-volume

  7. Samuel MGor says:

    A Intel têm um grande problema!! Todos os CPU/GPU que lançam “comem” energia como um Ferrari mama combustível. O preço elevado também é outro fator preocupante. No meu entender a AMD será sempre superior à Intel por causa de tudo que já falei.

  8. JP says:

    Haja concorrência para beneficiarmos enquanto clientes.

  9. Ricardo Gomes says:

    A intel ainda não tem nada de relevo… nos CPU’s para Datacenter esta perdida, e nos CPU’s para Portateis, so tem cpus de consumo alto… o povo ao ver o que apple lançou certamente vai optar por CPU’s mais eficientes x86, e isso a intel não tem.

    • Ricardo Gomes says:

      LOOL, quantas gerações existem de diferença entra ambos? Queres comparar algo compara batatas com batatas e não batatas com cenouras 😉 Eu percebo bem do assunto ao contrario de ti, não te aflijas com isso… se fosse a ti aflijia-me mais com a parvoíce que escreves.

  10. Vasco Santos says:

    Adquiri o primeiro AMD ainda no século passado.

    Hoje tenho AMD.

    Pelo meio já tive intel e AMD.

    Ao longo destes anos 25 anos, entre gerações melhores e piores. AMD.

    Estabilidade, rendimento, desempenho e segurança, o que se quer numa ferramenta.

    Amanhã será AMD certamente.

  11. Ricardo Gomes says:

    Estás a ver isto dum prisma incorrecto que é só porque é reportado dessa forma não significa que seja medido desta forma… primeiro existem diferenças entre Market Share e o período em conta (1 mês, 3, 6 meses, 1 ano, 5 ou 10) a qual te estás a referir? Geralmente quando vês market Share em qualquer plataforma este refere-se-lhe ao número de utilizadores que usam a ou b. Quando vês o market Share reportado pela AMD e Intel este muda sempre conforme as conveniências, por vezes apresentam apenas um trimestre por vezes um semestre por vezes um ano, o ano passado a Intel até usou salvo o erro o market Share combinado de 10 anos. Sobre os CPUs vendidos… a Intel produz um vasto leque de CPUs e GPUs, mas não faz nenhuma segmentação. A AMD também resolveu então há pouco mais de um ano reduzir a segmentação. O que quero dizer com isto: pela tua forma de ver as coisas um microprocessador Intel seja ele apenas um chip iot vale é igual a 1 unidade vendida e um ryzen desktop também vale 1… pelo menos é assim que tu estás a fazer as contas. Se é assim que tu vês o mercado parabéns tens razão. Mas se vires o mercado como a bolsa o vê ou pelo menos a grande maioria dos bolsistas e Share holders (daí existirem os Investors days) então nesse caso a segmentação é muito mais específica. Da última vez que era investidor da Intel a Intel tinha só em CPU’s cerca de 3% FPGA, 6% IOT, 33% Datacenter, 50% Client CPU. Ao qual o Client CPU estava a 70% Portáteis, 25% Builders (HP, Lenovo etc), 5% (Peças)… bom ao por aí já vez que a AMD só está em 2 mercados, Datacenter e Client CPU, e no mercado Client CPU só entrou no mercado Laptop e Builders há muito pouco tempo… no mercado de peças já é líder há muitos anos desde Ryzen 2da geração. Basicamente aconselho-te a investires em ações de ambas as empresas e a assistires ao Investors Day de ambas as empresas… visto que a pergunta ao mercado real é logo das primeiras a ser respondida…. Caso não queiras ainda podes com várias pesquisas chegar a esse número por ti mesmo… também existem outros números importantes que são a prospeção de mercado etc… como vez não é assim tão simples como tu queres fazer parecer. E igualmente a AMD está sempre limitada a produção possível e não ao mercado o que a torna basicamente num investimento muito mais seguro que Intel mas isto é outro tema. Facto é que no mercado onde a AMD se quis posicionar desde o primeiro ryzen, AMD domina com 86%… os outros mercados estão a ser ganhos aos poucos. E no fundo para responder a tua pergunta o market Share a 10 anos é o que está a ser bem aceite pela comunidade investidora, ao qual a AMD tem um crescimento de 50% por ano e muito superior a Intel 😉 espero ter sido esclarecedor.

  12. Al says:

    Comprar um ryzen que para usufruir tenho de ter mil uma coisas que eles não dizem. Como uma mobo 500 para cima que podes ter azar de te sair cara a brincadeira, não tem gpu integrada, comem ram 3600 para cima que as x não se arranja a tão bom preco, a série 6000 de gpu é só horrível.
    Pode ter mais fps mas isso não interessa para nada quando sobreaquecer, faz barulho, tem stutters e muitos outros problemas.
    Continuo a apoiar a AMD e desejo que se tornem cada vez melhor porque precisamos de novos competidores no mercado, mas infelizmente os drivers e a qualidade deixam muito a desejar.
    Para não falar na 6500 nova da AMD que nem dá para perceber que gráfica aquilo é, porque não chega aos calcanhares da 3500 e a 3500 já é a decepção que é.

    • Ricardo Gomes says:

      Uma pergunta: tu acreditas mesmo na baboseira que dizes? Mil e uma coisas? Mas de que raio estás tu a falar? Barulho, sobreaquecer? Não sei se sabes mas o Logo de cor azul é da Intel e não da AMD. Drivers? Loool actualmente não existe. Problemas de maior… nova 6500 4gb então compra 6500 8Gb… Opa mas que salada russa estás prai a fazer.

      • Al says:

        Para quê se compro a 3050 e sai quase 80 paus mais barato? Abençoado DLSS que melhora e muito a vida da gráfica e os fps.
        Eu gosto de ambas as marcas, acho que a 6900 XT é um monstro e a 6600 XT é super boa para o preço, mas temos de pensar como consumidores.
        Se posso poupar e ter acesso a outros softwares então óbvio que prefiro.
        É tudo muito bonito mas o pci 4 sai caro, infelizmente.
        Se não seriam ainda bem melhores.
        No entanto temos de pensar nos tempos atuais.
        Não é nenhuma salada russa, basta usar o Google.
        O que interessa é nós consumidores, como poupar e ter o melhor de tudo, independente do logo.
        Não sei quanto a AMD te paga, mas acho que tem de te aumentar o ordenado depois da chacota da 6500.
        Anyhow, boa conversa.

        • Ricardo Gomes says:

          Mais barato onde? tu falas, falas mas não dizes nada… MSRP é uma coisa, preço que pagas em loja X ou Y é outra coisa… que sarrabulhada vai prai… Ninguem me paga nada, mas quando vejo alguém a escrever tanto sem sequer um facto ai intervino.

  13. Josefino says:

    Da para ver que os portugueses são todos burros, defendem intel a todo custo mesmo agora sendo muito piores que as CPUs da AMD, vão estudar otários

  14. Sergio Meireles says:

    A prova de que a AMD está a dar conta do recado é que até a Microsoft já lança alguns Surface com CPU AMD.

  15. Sérgio Meireles says:

    A prova de que a AMD está a dar conta do recado é que até a Microsoft já lança alguns Surface com CPU AMD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.