Quantcast
PplWare Mobile

Minerar a criptomoeda Chia não é nada lucrativo, diz estudo

                                    
                                

Fonte: Backblaze

Autor: Marisa Pinto


  1. JR says:

    A unica moeda que deve ser minerada é BTC devido ao valor que possui
    O resto é apenas desperdicio de hardware.

    • PedroLeal says:

      não é verdade, mas não vou sequer explicar, pode ser que aprendas umas coisas sozinho 🙂

      • JR says:

        Que me queres ensinar, diga me la
        Chia é uma moeda que a nivel de custo total não compensa de todo. Era um projecto excelente ao qual foi pelo cano abaixo.
        Não tens moeda alguma que valha a pena minerar a nao ser BTC / ETH e com a passagem de ETH para PoS passa a ser apenas worth it BTC
        Tenta ser mais humilde quanto as respostas que talvez assim ganhes mais 🙂
        É que a tua resposta é identica a de um politico, fala muito mas nada diz 🙂

        • Miguel Gomes says:

          É um excelente projeto papa arrebentar com o mercado de hdd/ssd, e para criar montanhas de, tinha apenas a vantagem do consumo eletrico. Acho que PoS é o caminho a seguir.

          Também existem outras moedas lucrativas para alem do BTC e ETH, depende tudo do preço da eletricidade e dos equipamentos ou GPU’s para mining, o RVN é uma opção até viável por exemplo. Mas sinceramente espero que o PoW seja abandonado.

          • iDroid says:

            Piece of Shit? /s

          • PedroLeal says:

            PoS tens um problema, espaço para a blockchain
            Se tentares agora dar plot num ssd demoras quanto tempo?

            Eventualmente vais precisar de cada vez mais espaço, mais dificil é de arranjar validadores, nem que seja so a confirmar, sem andar a procura de hashes
            E o que irá acontecer será precisar de tanto espaço que irás precisar de datacenters para validar semelhante…
            E quanto maior será a blockchain mais centralizado fica, ou seja, eventualmente serás excluido da rede por falta de sincronização

            mas continuo a achar que será pelo menos uma experiencia que funcionou bem, demonstrou que proof of space é possível e funciona, mas tem alguns limites, assim como qualquer sistema de validação

            o PoW é na minha opinião o melhor sistema, mas claramente que visto estar a provocar problemas ambientais tem que ser substituido, ou então alterado para resolver esses problemas, mas a verdadeira questão é, qual o sistema que funciona melhor?
            Proof of stake dá sempre preferencia a quem tem mais
            Proof of Authority retira-te privacidade
            Proof of Burn ainda está para ser testado em grande escala

            Acho que teremos que esperar para ver, ou então propor uma solução

        • PedroLeal says:

          Eu não ensino nada a ninguém
          E eu não respondi em termos de Chia, que foi uma criptomoeda criada com dois intuitos, grande adoção visto que os ssd e hdd estão em todo o lado e estavam a preços acessiveis por “qualquer um” e comprovar o proof of space, nem que sirva para experiencia social, acho que correu bem

          Tem muitas moedas que valem a pena minerar, pois quem minera, visto a ser negocio, vende e/ou troca para poder pagar luz, empregados, taxas etc, e porque dá profit a empresa
          E o que interessa no final de tudo para os miners é quantos dólares ou euros dá por KW, independemente se é ETH, BTC, XMR ou até DOGE

          Portanto se continuas a achar que só vale a pena minerar BTC e ETH, monta ai um rig, e faz profit 🙂
          Abraço

    • Marcos says:

      Vê-se que está informado… Mal informado, mas informado!

    • R!cardo says:

      Minerar BTC fica mais caro que minerar Chia. É preferível minerar ETH e depois trocar por BTC

  2. Miguel says:

    Eth, BTC o resto é lixo daqui a 10 anos falamos!

  3. SigamOCaminho says:

    Companheiros (as) o Chia é um caminho não é pelo o dinheiro é pelo o projecto.
    É um processo espirito/tecnológico, imaginem o BTC que começou como um sonho (mas esqueçam o pre-mine do chia); começou por baixo (esqueçam o pump inicial do chia); vejam o valor do BTC agora.
    Tem um processo de valor de cima para baixo e funciona num sistema POS/POT onde tem de haver sorte para a possibilidade remota de ter um token num projecto que tem uma das equipas de DEVs das menos toxicas, que mais podem querer….
    Nao percebo o hate sobre o CHIA

  4. kasem says:

    Da mesma maneira que minerar btc em 2012 não era lucrativo. e passados 9 anos quem minerou btc estará bem de certeza. é obvio que o mundo das crypto não são só btc e eth como dizem as ovelhas dos vídeos de youtube que “aprenderam agora a investir” no mundo de mercados financeiros. é obvio que novos projetos levam o seu tempo a ganhar o seu auge, caso la cheguem e nem vou discutir tecnologias porque propostas existem muitas.
    Acho este artigo muito pouco elucidativo dentro da perspetiva de investimento e a probabilidade de retorno pois, quem sabe o que está a fazer, projeta objetivos não de dias ou semanas mas sim de anos ou ciclos (10anos)
    Inda para mais nem tao pouco é mencionado POOLS, embora não oficiais já existem e já dão dinheiro a ganhar sem ter que acertar no Euro milhões.
    Resumindo, quem entrou no tempo certo e fez o investimento certo para os objetivos que tenciona alcançar, teve e terá sucesso certamente. Se ganhar dinheiro fosse fácil estávamos todos ricos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.