Quantcast
PplWare Mobile

NASA descobriu uma nova técnica para pousar com segurança na Lua

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Art says:

    “A NASA espera que o sistema permita à primeira mulher pousar na Lua já em 2024 como parte do seu programa Artemis.”

    Criaram um sistema automático para que a primeira mulher possa “aterrar” na lua.

    Estavam com medinho…

  2. Roberto Carlos says:

    O homem dever de ivoluir as suas capacidades por energias cinéticas (máquina J. C. ) !
    E não energias combustão!
    Os americanos pensão que são os maiores na ciência, sem os países que comercializa não são nada .

  3. Wishmaster says:

    2020: NASA inventa um sistema de aterragem de lasers, que basicamente funciona como um sonar.
    Uau! Estou impressionado.

    • Vítor M. says:

      Espetacular, diz-lhes sff, se calhar eles não sabem que afinal é assim fácil.

      • Wishmaster says:

        @Vítor M.
        Não é preciso, a pressão causada pelos chineses trata disso 😉

        • Vítor M. says:

          😀 qual pressão? Os chineses já pousaram na Lua com algum humano?

          • Wishmaster says:

            @Vìtor M.
            Não, nunca o fizeram, mas estão a avançar a olhos vistos para colocar uma colónia e minerar a Lua. E não tenho dúvidas nenhumas que vão ganhar. Em vez de levarem lá um homem pouco tempo, primeiro estão a estudar uma forma de o fazer ficar lá por mais tempo. Já produziram duas folhas de algodão na Lua, dentro do rover. A Chang’e-8 já vai testar impressão 3D, entre outras coisas…Parece-me que faz mais sentido e a longo prazo dá vantagem à China.
            Mas a China até quer cooperar com os outros países nisso, em vez de ser uma corrida, só que os EUA, como habitual, já estão a distanciar-se porque querem o protagonismo só para eles.

          • Vítor M. says:

            Não estás a perceber a questão, eles levam anos de atraso, ainda terão de fazer muito. A corrida para já tem os EUA com uma vantagem de conhecimento colossal, face aos outros países. Estes passos que agora serão dados tem já como objetivo colocar de novo o ser humano na Lua, caminho para Marte e eventualmente depois Vénus. Os outros apenas estão ainda a testar os rovers.

            A cooperação é fácil de perceber. Eles querem é receber conhecimento conseguido pelos outros. 😀 Custa muito dinheiro conseguir colocar tanta investigação no terreno. E a China teria de investir muitos milhões de milhões para nos próximos anos conseguir o essencial para estas viagens tripuladas. Dinheiro que não terão para esta área. Mas há áreas que eles vão querer “trocar” como moeda de troca. A corrida espacial irá servir também de moeda de troca.

          • Wishmaster says:

            @Vítor M.

            Caro Vítor, quem parece que não está a perceber a questão és tu.

            Os chineses têm muito poucos anos de desenvolvimento, no entanto, já estão a pensar colonizar a Lua, mandar rovers a Marte (três naves vão em conjunto). Foram os primeiros a “pisar” o lado oculto da Lua. Continuam a explorar, medir os níveis de radiação, etc, para colocarem lá uma colónia. Mandar um homem à Lua? Sim, é muito importante, mas ficar lá alguns meses é mais…. E é aqui que redunda a questão chinesa… É a longo prazo. Não se trata de um episódio efémero e sem qualquer efeito.

            Mas isto tudo é normal. Por um lado, temos uma civilização com mais de 5 mil anos, por outro, temos um país com pouco mais de 200 anos. E está tudo dito. um só pensa no imediato (a resposta dos EUA à corrida espacial é exemplo disso, são reactivos, só fazem porque os outros fazem, foi assim na década de 60 e será assim agora), de resto, só pensa no lucro rápido, toda a população americana é assim, só pensa no lucro, não tem sentido de comunidade e de visão ancestral e ideológica (isto tem a ver com as fundações do país, como foi criado). Sociologicamente, são bem diferentes. Rússia e China pensam a longo prazo, apesar de no início parecem uns atrasaditos, todo o seu pensamento é diferente do americano. Isso faz toda a diferença.
            O que veio salvar os EUA – e aqui até me podes excomungar, mas é só uma análise objectiva, porque não tenho nada que o apoiar – foi o Trump, que luta hoje contra a Huawei, luta contra a Tencent, e muitas mais virão. Mais exemplos podemos dar, a Three Gorges Corporation, a maior eléctrica do mundo, que até já tem presença na EDP….20 por cento…A Lenovo. A China Chemical. Por aí vamos.
            Há vinte anos que digo para não subestimarem o dragão chinês.
            E no espaço, até 2030, vais ver os chineses fazer coisas incríveis.

            Retornando aos EUA, está tudo dito porque vão cair às mãos de países com outra mentalidade, a mentalidade duradoura, e todas as reformas deveriam ser pensadas assim, apesar do crescimento económico no início, a curto prazo, ser lento. A longo prazo, trazem os seus frutos, apesar de não teres uma resposta rápida da economia e bem-estar das populações imediato.
            Ora, temos duas mentalidades. Uma secular (China), outra hediorna (EUA). Não é por acaso que analistas previram que em 2023, os EUA perderiam a hegemonia para a China.
            Trump, super odiado, eu sei, está a fazer o que é certo, a parar o dragão chinês, iniciou a guerra comercial que Obama deveria ter iniciado. Obama quis estreitar as relações com a China. Em qualquer campo que queiras fazer isso, vais perder. Espaço incluído. Isto, quer se queira quer não, é o que tem que ser feito do ponto de vista norte-americano, porque a situação não está fácil para eles.
            No espaço, Trump relançou a corrida, quando Obama cancelou a ida à Lua, e tem tudo a ver com isto. Uma disputa entre dois gigantes.
            No fim, a secular ganha sempre 🙂

            Apesar de tudo, acho que tens razão na parte da cooperação, sim, poderão querer aproveitar conhecimento através da cooperação. Nisso estou plenamente de acordo contigo.

          • Vítor M. says:

            Achou eu tenho razão no que falei 😉 mas vamos esperar para perceber.

  4. BengalaBr says:

    Homem nunca pisou a lua nem mer$?%a¡ nelhuma lá pousou é tudo filme ficção…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.