Quantcast
PplWare Mobile

Harvard vai procurar sinais de tecnologia alienígena no Sistema Solar

                                    
                                

Autor: Ana Sofia


  1. George Orwell says:

    Lavra por esse mundo um fervor de fenómenos relacionados com Ets e OVNIs com a pretensão de suprir lacunas do conhecimento humano em relação a fenómenos ainda inexplicados combinado com um aparente surto de transtornos protagonizados por supostos videntes de “aliens” e até alegadas abduções de humanos que depois de “iniciados” se convertem em mensageiros de uma revelação com abundantes traços antropomórficos ( gato escondido com o rabo de fora).

    No caso de Harvard, à especulação de suposta nave alienígena em forma de asteróide em antropomórfica missão de espionagem, ler para crer em :
    https://pplware.sapo.pt/ciencia/asteroide-oumuamua-podera-ser-uma-nave-alienigena-dizem-os-astrofisicos/
    veio somar-se a especulação de que os FRB mais não são do que, cito, “ motores disparados em naves alienígenas gigantes”, ler para crer em :
    https://pplware.sapo.pt/ciencia/astronomos-detetaram-um-misterioso-sinal-de-radio-vindo-do-espaco/

    Na verdade, só mesmo um cientista com poderes especiais pode saber a intenção de espionagem por parte dos aliens. Não seria antes uma missão de gozo com os terrestres já que a pretensa nave reproduzida na imagem tem a textura e a cor de um magnífico exemplar de fezes humanas típico ingestão de um grande cozido à portuguesa ?

    Assim, com o devido respeito, os cientistas de Harvard descem ao nível do grão-mestre dessa “religião” alienígena, o suiço Erik von Daniken que vê extraterrestres em quase tudo o que não é explicável. Se para Erik von Daniken o mapa de Piri Reis ( roubado por este corsário turco de um navio português ) só podia ser elaborado com recurso a inteligência alienígena, assim como os moais da Ilha da Páscoa, as linhas de Nazca, o Candelabro dos Andes, as Pirâmides etc. etc., e seguindo a mesma lógica “ad absurdam”, não será de excluir que a Mona Lisa tenha por eles sido pintada, já que o seu sorriso único emana para todas as direcções parecendo dizer “ Olha que tens a braguilha aberta !!”.

    Montesquieu dizia que se os triângulos tivessem uma divindade dar-lhe-iam três lados e a generalidade dos humanos “videntes” já lhes deram a cor verde da vegetaçao terrestre, orelhas grandes ( para salientar as superiores qualidades sensoriais dos ditos ) e forma humanóide ( para enfatizar que não são nenhumas bestas ) e até actividades de espionagem de fazer inveja ao agente 007.

    Encontra-se pois, para nossa putativa segurança, definido o retrato-robô dos ditos, e caso se seguissem as normas do velho oeste, até se podia colocar “rewards” intitulados “Wanted” por cada cada esquina, cabeleireiro ou praça, deles constando uma generosa recompensa para quem entregar um tal espécime à Ciência, designadamente a Harvard para efeitos de dissecação científica ( e às autoridades porque alegadamente os ditos se dedicam a abduções e cárcere privado ) aviso este para cuja redacção dou, no “post scriprum” abaixo, um modesto contributo.

    O grande problema é que até hoje ninguém conseguiu capturar e entregar um exemplar que fosse para amostra o que choca de forma irreversível com o cálculo das probabilidades já que, se fosse credível, certamente que, dada a profusão de avistamentos e sinais, qualquer um de nós, parentes ou amigos próximos já teríamos tido um qualquer “contacto” ou visão, ainda que do primeiro grau.

    É que, hoje os dados parecem demonstrar que 80% do universo é constituído por matéria negra, 23% é matéria escura e a “matéria normal” onde o planeta Terra se insere corresponde apenas a 4% de um universo finito em expansão, pelo que, na minha modesta opinião, sou levado a concluir que a vida na Terra é um milagre só proporcionado por um acto de superior bondade de um Criador. Ademais temos o paradoxo formulado Michael H. Hart / Enrico : ONDE ANDAM ELES ?

    Tenho para mim que, se um suposto “ alien” se deparasse com um sinal de rádio oriundo de um desses programas terrestres de pesquisa alienígena, saberia desde logo que os terrestres também conheciam a velocidade da luz, conhecendo esta também conheceriam a equivalência entre massa e energia, conhecendo estas, também conheceriam as bombas nucleares, e por outro lado, também saberiam manipular vírus para ganhos de função, com todos os riscos e ameaças que estas actividades impendem sobre a sobrevivência humana já que “o que pode acontecer errado, vai acontecer eraado no pior momento possível”, o momento que infelizmente vivenciamos, logo, só fariam uma excursão do espaço interestelar à Terra para efeitos d arqueológicos e investigação “post-mortem” de uma civilização perdida, como se tratasse de uma excursão à Ilha da Páscoa, ou seja, nem teriam tempo para chegar antes do holocausto para o qual a humanidade caminha a passos largos e numa cadência superior a esses FRB.

    Aliás, se os aliens tivessem acesso a informação sobre antropogénicas alterações climáticas, profusão de armas nucleares e armamento generalizado, destruição irreversível da biodiversidade, radiações nucleares e plástico nos oceanos, ganhos de função em vírus, concluiriam então inequivocamente que não havia vida inteligente neste planeta.

    PS :
    WANTED
    Morto ou vivo.
    Pessoa com cor verde e grandes orelhas, especializado em abduções, encontrando-se a monte, avistado amiúde a bordo de um disco voador ou num asteróide em forma de fezes humana, aparentando possuir o dom da ubiquidade. Dotado de luminescência, a sua aproximação causa choque eléctrico tal como certas enguias, sofre de alopecia, deixando um rasto de cabelos de anjo pelo que este aviso deve também ser afixado em todos os cabeleireiros.
    Recompensa : Prémio Nobel da Física
    Contactar a Linha verde 808……..

  2. Dass says:

    G.O.:

    TOP (mais uma vez). Subscrevo inteiramente.
    Infelizmente isto chegou a um ponto que em já me sinto desprovido de sentimentos (passando a redundância)…

    • Dass says:

      *em que

      P.S.: nem daqui a 10 anos este blog vai permitir editar os comentários. Dass…

      • Joao Ptt says:

        Mas pode ser que tenham o “pré-visualizar” aqui nos comentário daqui a 10 anos, parecendo que não já me ajudou a encontrar erros em outros lados.

        Mas editar seria ideal, uma solução intermédia era deixar editar durante 10 minutos antes de publicar de facto no web site, atrasava a publicação mas erros comuns que a própria pessoa repara poderiam ser corrigidos. Talvez até venham a suportar o SQRL (Secure Quick Reliable Login) ou o FIDO{inserir aqui a versão que estiver em vigor} . Para permitir autenticar-se como o autor de forma segura mas anónima (por tanto, em princípio, respeitando qualquer regra de privacidade dos dados pessoais em vigor na altura).

  3. KF says:

    O oumumua já foi confirmado que não é de todo uma sonda, é apenas restos de um planeta que existia fora do nosso sistema solar e que apenas cá veio de passagem. Já vinha com o Boost do espaço sideral daí ter comportamento estranho e irregular e o facto de ganhar velocidade devia-se ao derretimento da ‘casca’ que servia de ‘combustivel’ e o impulsionava.

  4. Sardinha Enlatada says:

    Eles ainda hao-de aparecer para a malta para algum tempo de conversa.

  5. kolas tarik says:

    Retive das duas “entrevistas”… millions of dollars, funding…
    Mais do mesmo portanto, tratando-se de americanos. E já agora vou lembrar uma daquelas tiradas à americano e explicar porque não há visitas de E.T.’s “- You’re crazy. Just imagine how many million of dollaras such a trip would cost, no way they spent all taht money to come close…”.
    Portanto, segundo o cérebros lá daquele lado, é tudo uma questão de guito…sempre.

  6. Alexandre says:

    Interessante a dissertação que li aqui num dos comentários. É mais fácil para alguns acreditar na existência de um Deus, em religiões do que numa possível vida extraterrestre. Se há teorias loucas? Claro que há! Mas são por velhos do Restelo que dão força aos investigadores!
    “O quê? A Terra é redonda? Tás parvo!”, “O quê? Dinossauros? Que piada!”, “Voar? Só os pássaros”, “O quê? Falares com pessoas do outro lado do mundo? Tá doido”, “Discos de Teras? Megabytes já é muita bom, tá doido”…
    Podiam dar milhares de exemplos de Velhos do Restelo, aqueles céticos, aqueles que a realidade para eles é só mesmo aquela que está entre a cabeça e a parede, antes de baterem com ela.

    Ali para o Sr. da dissertação, “Onde andam eles?”? Talvez no mesmo sitio que Deus, os Anjos, os Santos…esses que supostamente “aparecem” a pessoas que vêm aréolas à volta do Sol e acham que é um sinal de Deus.

    Se acredito em vida extraterrestre? Provavelmente, mas essa vida não tem que ser necessáriamente igual à nossa, nas mesmas dimensões (tamanho), nem mais inteligente.
    O Universo é infinito e achar que estamos sozinhos e somos os únicos seres inteligentes é típico do ser humano, o MAIOR!

  7. Sardinha Enlatada says:

    A culpa nao e de ninguem, sao dos ETS que teimam em nao aparecer para a malta. Menos para os EUA, esses ja devem ter um rol de relatorios e maniais criados pelas experiencias que tiveram com ETS. EUA pode 😀 sao um mundo a parte.

  8. George Orwell says:

    @ Alexandre
    Acreditar em Deus e na origem divina do universo não tem rigorosamente nada a ver com especulações científicas sobre supostas missões de espionagem de extraterrestres a bordo de um asteróide ou ou FRBs emitidos por supostas gigantescas naves alienígenas. Penso até que estas especulações provenientes de cientistas não dignificam o método científico, antes rebaixam a Ciência ao nível da literatura do insólito e do sensacionalismo fazendo concorrência a autores especializados em tal ( eu até citei um deles ) e esse foi o meu ponto.

    O paradoxo formulado por Michael H. Hart / Enrico Fermi traduzível por “ONDE ANDAM ELES ?” é exclusivamente relativo a extraterrestres e foi formulado justamente também por um cientista de grande nomeada como é o caso de Fermi.

    Deus é alcançado pela fé e pela razão não por uma pipeta do laboratório e mesmo assim o que nunca faltou foram físicos, matemáticos e outros cientistas crentes na origem divina divina do universo como Descartes, Leibniz, Galileu, Newton, etc., imagine só retirar apenas estes da história da Ciência e esta ficaria muito mais pobre e atrasada.
    Até o pai da teoria da relatividade, Albert Einstein, afirmou:
    “ Acredito no Deus de Espinoza, que se revela por si mesmo na harmonia de tudo o que existe”
    “Cada vez que mais conheço do universo mais o concebo como produto de uma consciência”
    e, a propósito da mecânica quântica:
    “Deus não joga aos dados”.

    Eu aconselharia o caro Alexandre a pesquisar sobre a sofisticada equação da onda relativística descoberta por Paul Dirac e nos explicar como é possível que uma onda se regule por uma equação que cerca de sete biliões de humanos não conseguem resolver, quem determinou que a onda assim se auto-regulasse, seria o acaso o caos, cultura na natura ?? E foi por esta equação que um conhecido e contemporâneo físico inglês orientador de pós- graduações tanto em Cambridge como em Oxford, se converteu em crente no Divino.

    Quanto aos velhos do Restelo, não sei se devo considerar um elogio ou uma afronta pois, se bem interpreto a poética camoniana, aqueles insurgem-se contra a “vã glória de mandar” e eu não padeço desses impulsos nem pretendo impor ideias a ninguém ou invectivar alguém.

    E ficamos por aqui para não me acusar de “dissertação”.
    Cumps.

  9. Alexandre says:

    Caro George, é bonito saber escrever. Mencionar “referências” nos seus argumentos, sempre um ponto forte dos “pastores” e que de seguida o “rebanho” vai atrás!

    “Deus é alcançado pela fé e pela razão não por uma pipeta do laboratório e mesmo assim o que nunca faltou foram físicos, matemáticos e outros cientistas crentes na origem divina divina do universo…” … penso que deva ter lido de forma “vertical” o “acreditar em Deus” destes cientistas.
    Tente ler de novo e irá entender o que eles queriam dizer com o “Deus” deles.
    Deus não se mede em pipetas de laboratórios, talvez por isso o Vaticano tenha o seu “lab”, a tentar ver se encontra Deus, através do telescópio no Monte Graham, no deserto do Arizona.

    Foi o acaso que fez com que surgisse vida na Terra? Sim! Foi um conjunto de equações que fez com que tudo chegasse a este ponto da evolução.

    Rapidamente acredito na mesma probabilidade de “equações” terem surgido noutro lado do universo, tendo em conta o ambiente e exista VIDA, do que acreditar num ser criador do Universo e que criou o Planeta Terra e os humanos à sua imagem.

    Não ter explicação para alguma coisa não significa que temos “um ser” a “controlar”.
    Caso contrário podia cair na tentação de dizer que Deus é um Alien….!

    Infelizmente ficamos por aqui, porque não consigo trocar argumentos com quem acredita nas religiões, em Deus.

    Cumprimentos.

  10. Joao Ptt says:

    Como é que vamos entreter-nos nos próximos anos? Partindo do princípio que ser professor em Harvard paga bem.
    Vamos procurar sinais de tecnologia alienígena… de certeza que algum parolo financiará.

    Utilidade deste projecto do ponto de vista prático? Zero. Desperdício de energia e atenção.

    A tecnologia “alienígena” está toda acessível através dos sonhos durante a noite. Deveriam estudar é como optimizar o corpo e a mente para ter acesso a esse canal de comunicação de forma optimizada para conseguirem absorver da forma mais clara/ nítida possível toda a informação para depois conseguirem adequar para a forma terrestre da forma mais perfeita possível. Isso sim será uma boa investigação, e eventualmente demorada para encontrar a fórmula perfeita… e diga-se de passagem: útil para toda a humanidade assim que o consigam explicar de forma simples.

  11. Alex says:

    Se puderem peçam para eles me avisarem quando encontrarem algo, por favor

  12. AlexX says:

    “O que vemos no nosso céu não é algo que políticos ou militares devam interpretar, porque não foram formados como cientistas, cabe à comunidade científica descobrir”. Esta prepotência de Avi diz tudo. Venham 10 vezes mais donativos que vomita mais duas obras de ficção antes do final do ano. E não podia estar mais de acordo com o prezado Orwell, Oumumua deve mesmo ser um poio daqueles porque não há mais como gozar com os crentes que acreditam nas interpretações dos Avi desta vida a quem chamam cientistas com muita ciência e blah. Diria que foi Galactus que devorou um mundo de queijo recheado de ratazanas titãs e sentindo-se congestionado arriou o calhau que não tendo onde cair anda agora ali às voltas. Entretanto Yoda exercita A Força desde Dogobah para desviar o nosso sistema do calhau de Galactus. Agora vão-nos entreter com mothman insectóides, greys altos e maus e mais gremlins mas segundo Avi não podemos dar crédito ao testemunho e tentativa de explicação por parte de oficiais militares sobre estes assuntos até que Avi ou outro sapiente as interprete.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.