PplWare Mobile

Categoria: Ciência

Asteroide será utilizado para exercício de defesa planetária

E se um asteroide, um dia, estiver em rota de colisão com a Terra?

Esta é a grande preocupação da humanidade para a qual não há, ainda, resposta concreta e defesa possível. Os NEO, ou Near-Earth Object cuja tradução para português significa Objetos Próximos da Terra, são corpos celestes (asteroides, cometas e grandes meteoroides) cuja órbita interseta a órbita da Terra, o que introduz o risco de colisão. Para estudar a forma de “atacar” os NEO, será usado o asteroide 2012 TC4, que vai passar perto da Terra a 12 de outubro, como cobaia de um exercício de defesa planetária.

Ilustração de um asteroide em rota de colisão com a Terra


Tatuagens inteligentes mudam de cor e dão informações médicas

A tecnologia tem muitas formas de chegar a um objetivo e no mundo da medicina há inúmeros caminhos a serem calcorreados. Um desses caminhos está a ser percorrido por investigadores de Harvard e do MIT que desenvolveram uma nova tinta para tatuagens capaz de monitorizar a saúde e mudar de cor para alertar de certos problemas médicos.

A tinta pode mudar de cor se a pessoa estiver desidratada ou se o açúcar no sangue aumentar. As tintas usadas nas tatuagens são biossensíveis e a tecnologia procura fundir a arte de tatuar com dispositivos médicos de monitorização.

Imagem de tatuagens que dão um diagnóstico


Os novos planos de Elon Musk para colonizar Marte

Elon Musk apresentou novos planos para colonizar Marte durante o “International Astronautical Congress” em Adelaide, na Austrália. Sem dúvida, a visão de Elon Musk é bastante ambiciosa, mas vindo do CEO da SpaceX qualquer coisa é possível.

Além de Marte, que já estava nos planos da Space X, Musk ainda quer revolucionar os transportes pelo mundo, através do espaço!


Misteriosos sinais de rádio extraterrestres intrigam cientistas

Durante décadas foram reportados e recolhidos imensos sinais de rádio que, supostamente, tinham origem em fontes extraterrestres. Com o passar do tempo e a evolução da tecnologia, muitos desses sinais foram sendo identificados como terrestres e que em nada tinham a ver com “vida para lá do planeta Terra”. Um dos exemplos mais caricatos foi o “sinal extraterrestre do micro-ondas” que durante 17 anos intrigou os astrónomos australianos e em 2015 foi descoberta a proveniência.

Há, contudo, várias misteriosas rajadas rápidas de rádio, potenciais “sinais extraterrestres”, que não são acompanhadas por fluxos de neutrino, que estão a intrigar verdadeiramente os astrónomos. Essas rajadas enigmáticas estão explicadas num artigo publicado no Astrophysical Journal.

Telescópio procura sinais extraterrestres


Brainternet – Investigadores ligaram cérebro humano à internet

A Internet já é, em muitos casos, uma extensão do cérebro das pessoas. Embora seja uma afirmação a roçar o exagero, a verdade é que há mesmo quem queira dar outro significado a esta “hipérbole”.

De facto, este é um feito inédito. Um grupo de investigadores da Universidade Wits, de Johanesburgo, África do Sul, ligou um cérebro humano diretamente à Internet em tempo real. Bem-vindos à Brainternet.

Representação ilustrativa do Brainternet