Quantcast
PplWare Mobile

Batterygate: Deco processa Apple por tornar iPhone 6 mais lento. Há 115 mil lesados…

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Antonio Ferreira says:

    e esses benditos 60€ vão parar aos bolsos de quem ? do consumidor, da Deco ou do Estado ?

    • Yrneh says:

      Tens de ter fatura do iPhone afetado por essa prática penso eu…

      • ElConquistador says:

        Mas tipo se a Deco ganhar, recebe os milhões e depois se não aparecerem clientes a pedir o reembolso ficam eles com o dinheiro?

        • Tó Canelas says:

          Claro, o dinheiro vai ou irá para a Deco, quem apresentar fatura recebe, o que sobrar fica para eles. Viram que resultou na Alemanha e mais em 1 ou 2 paises, fazem o mesmo a ver se tem sorte. A Deco pouco se interessa pelos consumidores, isto é uma oportunidade de encherem os bolsos sem se mexerem muito.

  2. Renato Nogueira says:

    Deveria acontecer o mesmo com aparelhos Android…

  3. MACnista says:

    … em relação a lentidão não noto grande coisa, agora de há uns bons meses para cá acontece uma cena bem estranha, tenho a pancada de desligar o telefone (6s Plus) à noite e ligo de manhã, mas por exemplo desligo à noite e está com 65% de bateria, no outro dia de manhã quando ligo aparece os 65% OK, mas se ficar a olhar para a percentagem ela em 5 ou 10 segundos vai parar aos 60% ou menos ainda, é que se consegue ver literalmente a percentagem da bateria a desaparecer, enfim… pode ser outra coisas qualquer, claro!!

  4. Euéquesei says:

    Isto já parecem mais os lesados do BES.
    Desculpem, não resisti…

  5. Atento says:

    Agora é que a apple vai à falência com a indemnização de 60€ pedida pelo Deco 🙂 🙂

  6. nelson says:

    então deveriam processar os android…ao fim de um ano acabou as atualizações, quando há, suporte pouco ou nenhum em muitos modelos e ainda se queixam da Apple no iphone 6…haja paciência para a Deco e as suas teorias.

    • nimboos says:

      Nelson, a Google dá 18 meses de atualizações aos seus sistemas operativos Android. E isso é conhecido. Ou seja, um cliente bem informado sabe isso antes de comprar um smartphone ou tablet.
      No caso da Apple, o que aconteceu foi algo muito grave. A Apple lançou uma atualização para os iPhones de forma a estes se tornarem propositadamente lentos. Isto sem o conhecimento e consentimento dos proprietários dos equipamentos. Esta situação acabou por ser confirmada pela Apple.

      • Nelson says:

        Eu sei do que falo tenho Huawei e Apple, e sei que tenho 18 meses de actualização no meu telemóvel Android, mas em muitos outros nao há actualizações absolutamente nenhumas. Agora lhe garanto em durabilidade e em actualizações ninguém é melhor que apple

        • nimboos says:

          Nelson, se não te sentes lesado pela Apple, ótimo. Aparentemente há imensos utilizadores europeus com opinião diferente. 😉

          • ElConquistador says:

            Há muitos onde? hahaha ouvi dizer
            Mas é normal que um utilizado apple seja mais exigente, esta habituado a um standard de qualidade muito alto

      • Strato says:

        Nao foi confirmada pela Apple e muito menos foi propositado, basta pesquisar um pouco…nao inventar…
        “Apple subsequently admitted that it had added performance controls to iOS for preserving system stability on devices with degraded batteries, and stated that it had never intentionally degraded operating system performance on older products to encourage sales of newer models. It also offered battery replacements for selected models at a discount during 2018, and changed iOS to provide more battery health information, as well as a means to disable the throttling.”

        • Strato says:

          Quando a capacidade maxima da bateria de um iPhone baixa para 79% a performance e afectada e o telefone entra num modo para poupar essa bateria, e faz com que o telefone possa ficar mais lento para evitar que o telefone se desligue ou faca restart porque a bateria nao esta a “injectar” carga suficiente ao equipamento para se manter ligado…dai poder ficar mais lento, esta lentidao e programada sim, mas nao para fazer as pessoas mudarem de equipamento, mas sim trocarem a bateria que custa bem menos e o telefone volta a ficar com a performance original…

          • nimboos says:

            Strato, a explicação/desculpa (?) da Apple é muito boa. Mas acreditas no que escreveste?… Não é para trocar de equipamentos? Temos pontos de vista diferentes.

          • ElConquistador says:

            nimbooas se tivesses um iphone irias entender que é a pura da realidade, com este procedimento o tlm mesmo com uma bateria bastante degradada consegue ir até 1% de bateria.
            Compara com muitos androis que aos 10% e 15% vão abaixo e malta depois diz não entendo o meu smartphones ainda tem 20% e vai abaixo.

        • Joao Pequeno says:

          Basicamente, ainda acreditas no pai natal!

      • ElConquistador says:

        que roubalheira 18 meses? nem perfaz os 24 meses de garantia.

  7. TugAzeiteiro says:

    Dos iPad’s dessa geração que também foram afetados ninguém fala……

  8. Xnelox says:

    Nem vou comentar os Samsungs

  9. Mastermind says:

    NOKIA 6.1, smartphone de pobre, desde que o comprei já subiu “dois níveis” no índice Android, de versão 8 para 10 e atualizações de segurança quase todos os meses, bateria impecável ao fim de dois anos, sem lag no funcionamento, enfim…Ipho… quê? Gostam de ser enganados????

  10. Hélio says:

    Pois acho muito bem, foi o que aconteceu ao meu iPhone 6s.. Durar pouco a bateria, ficar mais lento..
    Troquei por um huawei e até agora zero problemas… Apple nunca mais..
    Preços absurdos, hardware e software arcaicos…
    Sem falar no macbook Pro 2015 que queimou o CPU, 2 anos e meio depois. É sim foi o cpu e não a gráfica… Foram os técnicos da fnac que o disseram… Depois de analisado.. Na net existem milhares de queixas disso, a Apple usa cpu ao máximo para a tão fantástica performance. E rebenta com tudo.. E se tivesse sido a gráfica era igual não tem nada que rebentar ao fim de 2.5 anos… Nunca tive um PC em que isso acontecesse, só na Apple. Deve ser porque é boa ne?

    • Vítor M. says:

      Outra vez arroz? Quando uma mentira é dita muitas vezes, ela não se torna verdade 😉 não sei se sabias 😉

      • HRamos says:

        Ahahaha, quando se lê Técnicos da Fnac…

        • Helio says:

          caso não saibas a fnac manda os seus aparelhos para a apple reparar, logo pelo teus comentário os técnicos da apple são bons assim como a apple.
          mas pronto quando se é…… não se pode fazer nada.
          Quando se e fanático passa-se a ser cego também … não vale a pena falar para pedras….

          • HRamos says:

            Devem ir à Apple na Irlanda, mas sim Hélio é isso e couves.

          • Vítor M. says:

            Olha aqui uma coisa interessante “caso não saibas a fnac manda os seus aparelhos para a apple reparar…”

            Como sabes disso? Quem te disse? (eu não sei se manda ou não, tenho desconfianças, mas até gostava de confirmações).

            E já agora, manda para onde? O centro de compras da FNAC dos produtos Apple não é Portugal, duvido, que em Portugal eles tenham um centro de reparações autorizado. Mas…

            Depois, não sendo em Portugal, para onde mandam os Macs? E onde tens o relatório da Apple sobre o problema? Não estamos a falar do relatório da FNAC, que isso vale tanto como nada, eles não são reparadores, eu queria mesmo ver o relatório da Apple.

      • JSIMOES says:

        Podes crer ó Vitor!!!!

      • Helio says:

        mentira? se quiseres a resposta da apple depois de ter sido enviado pela fnac a própria apple.. posso te manda anda devo ter isso ai nalgum lado..oh sorte, fanatismo cega as pessoas

        • Vítor M. says:

          Parece mais uma história de “engana o menino e papa-lhe o pão”, mas com os teus argumentos nota-se que foi fácil. Até gostava de ver esse relatório. Já agora, a máquina? Deixaste-a lá? Ficou para abate? Acho que devias ser mais atento, porque tenho estado a dar-te uma dica 😉

        • Oxigenio says:

          Pois cega Helio, e tu ja estas um bocado cego não?
          Ja agora partilha la o tal relatório da Apple Fnac que tu recebeste.

    • Ru says:

      Entre Huawei e Apple a escolha é óbvia. Não é fruta.

    • OºO says:

      Aqui mensagem enviada de um MacBook Pro 2011 com zero problemas.

  11. Tiago says:

    Bem podem esperar sentados pela indemnização ! ainda estou à espera dos resultados da campanha de assinaturas do processo contra o Facebook pela DECO !

  12. Joao Pequeno says:

    Se fosse só o iphone 6…. o meu XS nem tem 2anos e so ta dar problemas. Abrir paginas no chrome, na conexão com apple car play. Enfim. A mim a apple não enfia mais barretes!

  13. Nuno Filipe Pinto says:

    Alguém leu o artigo do 9to5mac que fala sobre Portugal? Aparentemente a DECO agora é a FTC Portuguesa. Ainda bem assim agora já se pode reclamar e mesmo nao sendo associado e nao pagando quotas vao defender-nos …(NOT)

  14. Estefâneo Empregos says:

    A Apple ainda dá suporte do iPhone 6?
    Esta DECO… só agora é que vão processar porquê?
    Só gostava de saber se os lesados que tinham o iPhone 6 e já não têm também vão ter direito à sua parte…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.