Quantcast
PplWare Mobile

Apple: Executivo sugere que os utilizadores que querem sideloading no iOS mudem para Android

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. LA says:

    A Apple não quer é perder a mama, da App Store.

    • Rrrrrrr says:

      quero que o side load vá com os porcos!
      quero ter a seguranca de sempre no meu iphone.
      nao quero que comecem a abrir excepcoes para isto se tornar o Android.

      Tenho o meu android para instalar tudo o que quero, e para o poder formatar quando for preciso.

      • João says:

        Então é só continuares a descarregar coisas da loja e não de outros sítios… Não é preciso ser-se um génio para se chegar a essa conclusão. A segurança continua a ser exatamente a mesma.

      • Morfive says:

        Basta a união europeia querer que vai ser feito não estou a ver a Apple a perder milhões de utilizadores por não querer cumpri com as regras… Só ver o que o trump fez com a Huawei…

    • Some_IT_Guy says:

      +1 mais nada…
      essa desculpa esfarrapada que os utilizadores não descarregam novos programas no MacOS é de bradar aos céus!

  2. lapizazul says:

    Sem a mama da App Store os lucros caem a pique… Esse é o principal problema, porque malware tem a loja, e muito…

  3. IKAROS says:

    Acho bem. Muitos Androids bons e baratos por aí.

    Forneci uns 7 iOS (iPhones/iPads) à família próxima e nos últimos anos deram-me zero chatices de suporte técnico relacionados com apps.
    Sorte? Não. Esperteza

    • ervilhoid says:

      Verdade, com Android há mais xatisse e se tiverem que trocar de Android para outro dispositivo com Android tens que os ensinar novamente a andar de bicicleta

  4. Eu sei lá says:

    “Sideloading” – o que se aprende nestes posts.
    Mas é verdade, as apps são sensivelmente as mesmas na App Store (Apple) e na Google Play. Quem quiser instalar apps de outras proveniências pode sempre comprar um Android.
    Por que é que o iOS, com uma quota de mercado à volta de 14%, tem que ser igual ao Android, com 86%? Onde é que está o monopólio/ abuso da posição dominante?

    • Vítor M. says:

      Fácil, porque fatura milhões e muitos desses milhões são pagos pela Google. E se essa quota não fosse tão poderosa e atrativa, o Spotify, Epic Games e afins não faziam birra porque a Apple tem regras que eles não gostam, então, iam embora do iOS. Então porque não vão? 😉 Porque não fazem os mesmo com a Google que também cobra 30% de taxa?

      Fácil, a receita da Apple é muito superior e os utilizadores da Apple investem mais porque pagam para terem um bom serviço. E no Android a malta quer borlas, consentidas, ou pirataria com APKs marados (o tal sistema aberto), o caso do Spotify Premium que se consegue de borla… e afins.

      • Ru says:

        “E no Android a malta quer borlas…”
        Ou então quer apps que não estão na play store, e ter controle sobre o sistema operativo.
        IOs é um sistema limitado, nisso não à volta a dar. Experimenta abrir uma linha de comandos no IOs e correr um comando qualquer como root. Um “nano /etc/hosts”, por exemplo.
        IOs é muito bom para quem instala umas apps da loja e aceita as limitações do aparelho. Isto não quer dizer que é mau, mas que não permite fazer imensa coisa.
        Acho mal essa visão redutora do Android, por seres defensor da Apple, mas estás no teu direito… Mas lá por Android ser mais aberto, não faz dos seus utilizadores piratas.

        • Vítor M. says:

          Quem faz isso no Android? 😀 um nicho de um nicho. Isso nem conta, porque 99,99% dos utilizadores quer lá saber de correr uma linha de comando no Android e a grande parte que instala apps de fora é para “não pagar” as que estão na loja. Achas que isso é alguma novidade? Se calhar não é a realidade dos factos que o tal “sistema aberto” é para os espertos sacarem versões pirata das aplicações que os programadores vendem na Play Store. Queres ver que o mundo mudou e é só santidades?

          A visão redutora não é a minha. Até porque são os números que dizem isso, grande parte dos utilizadores Android usam versões desatualizadas porque nem internet (dados) têm nos dispositivos (https://bit.ly/2U2O324). A grande maioria dos dispositivos Android no mercado são de entrada de gama, abaixo dos 200 euros, muitos deles, abaixo dos 100 euros. Os que fazem parte de uma “elite” dentro do mercado Android achas que vai correr uma linha de comando? 😀 vai mas é sacar o APK gratuito de uma app que não quer pagar. Se não fosse assim, a Play Store é muito, mas muito mais rentável que a App Store e sabemos que não é nem para lá caminha.

          “App Store earns $72.3 billion in 2020, almost double Google Play revenues”. 😉 Falem, opinem, mas capacitem-se de factos e não de convicções.

          • Ru says:

            “Se calhar não é a realidade dos factos que o tal “sistema aberto” é para os espertos sacarem versões pirata das aplicações”
            Continuação da visão redutora… Então por essa ordem de ideias, os utilizadores de MacOS, Windows e Linux são todos uns grandes piratas, porque esses sistemas permitem instalar apps de fora das stores….
            Qual é o problema de utilizar telemóveis abaixo dos 200€? Eu uso. Existe algum problema em ser pobre, ou não querer estourar 1000€ num telemóvel? Isso faz de alguém pirata ou ladrão? Ou quem usa telemóveis baratos não pode ser conhecedor de tecnologia? Ter aparelhos caros não faz ninguém inteligente.
            Tens direito à tua opinião, mas ela não passa de um ataque aos utilizadores de produtos não Apple.

          • Vítor M. says:

            Não, porque macOS, Windows e Linux não são sistemas operativos mobile. E tal como muitas vezes já foi explicado, um smartphone é hoje um dispositivo muito mais usado que qualquer outro no mundo. São coisas diferentes e por isso é que existem regras diferentes. O conceito de mobilidade e comunicação, mudou esta forma sui generis de olhar para o software, como era no tempo do Windows de antigamente. Não é por acaso que quer a Apple, quer a Google e a Microsoft, querem as suas lojas de apps também, para estes seus sistemas operativos de computadores.

            Sobre os equipamentos abaixo dos 200 euros e ser pobre, é um falso moralismo que estás a impor ao diálogo. Nunca o fiz bem farei qualquer ligação a esses dois pontos, nem é por aí que a conversa deve ir. Nada tem a condição financeira de cada pessoa com as suas escolhas, tem a ver mais com a sua perceção de utilidade, usabilidade e de necessidade para o seu dia a dia.

            Porque se uma pessoa só precisa do smartphone para ligar e receber chamadas (e SMS), essa pessoa tem necessidade de um telemóvel de mexer com o dedo, o que é de facto uma grande parte dos utilizadores Android. Isto diz muito sobre o que vale “ser um sistema aberto”, não vale de muito em termos absolutos (há um nicho que tira proveito).

            Primeiro não é usado na sua plenitude pela grande maioria dos utilizadores, segundo, os programadores não querem ter um sistema onde as suas apps são pirateadas e usadas no Android sem pagar (daí os lucros da App Store serem praticamente o dobro da Play Store), terceiro porque que grande parte dos utilizadores com Android têm uma versão antiga que não traz uma experiência de utilização moderna, atual e de qualidade.

            Nesse sentido, qual é o interesse em ter uma quota de mercado acima dos 80% se só 15% tem o sistema mais recente? A Apple tem uma quota de mercado acima dos 14% e mais de 90% dos seus equipamentos t~em a última versão e mais moderna versão do sistema operativo.

            Por fim, dizer as verdades não é atacar, não confundas, é apenas informar. Considero que esses 15% são muito valiosos e que são esses que obrigam a que o mercado tenha de facto concorrência. A culpa não é dos utilizadores, como tu bem sabes, mas sim as “milhentas” marcas de Android que não respeitam o utilizador e simplesmente não querem saber das atualizações. Mas podes enterrar a cabeça na areia e não ver a realidade. E se critico, é porque também sou utilizador de todas estas (e outras) tecnologias 😉 e há mais de 30 anos meu caro 😉

          • Ru says:

            Tenho que responder aqui, porque o último comentário do Vitor M. não dá para reply.
            Agree to disagree 🙂 temos opiniões diferentes, a vida continua.
            Mas se tens mais de 30 anos de experiência, ainda te faltam uns largos anos para me apanhares 😉

          • Vítor M. says:

            Mais que 30, passaste e validade 😀 😀 Abraço.

          • Some_IT_Guy says:

            Comentário ao Vitor:
            Lindo discurso, mas para onde vai a liberdade de escolha que tanto a UE preza em defender os interesses dos seus cidadãos?

            Lei dos Mercados Digitais:
            Os inovadores e as empresas tecnológicas disporão, no âmbito das plataformas em linha, de novas oportunidades para enfrentar a concorrência e inovar sem terem que se submeter a termos e condições injustos, que colocam entraves ao seu desenvolvimento

            Exemplos de obrigações :
            – em determinadas situações, autorizar terceiros a interoperar com os seus próprios serviços.
            – permitir o acesso dos seus utilizadores profissionais aos dados que geram quando utilizam as plataformas
            – fornecer às empresas que fazem publicidade nas suas plataformas as ferramentas e as informações necessárias para que os anunciantes e os editores possam efetuar a sua própria verificação independente dos anúncios alojados
            – permitir aos seus utilizadores profissionais promover a sua oferta e celebrar contratos com os seus clientes fora das suas plataformas

            Exemplos de interdições:
            – conceder aos seus próprios serviços e produtos um tratamento mais favorável em termos de classificação do que aos serviços ou produtos análogos oferecidos por terceiros nas suas plataformas
            – impedir os consumidores de terem acesso a serviços de empresas fora das suas plataformas
            – impedir os utilizadores de desinstalarem software ou aplicações pré-instaladas se assim o desejarem.

          • Jaquinzinhos says:

            @Some_IT_Guy
            A liberdade de escolha não passa por ser depois de escolheres o sistema! passa por ser antes! Sabemos que o iOS é fechado, se queres aberto compras Android!
            A Apple durante anos criou o seu sistema e a sua App Store! as regras são deles! claro que devem ser controladas por uma autoridade, mas eu criei, eu mantenho, eu faço a gestão disso… as regras são minhas! queres tens, não queres paciência!
            Todos reclamam, como diz o Vitor, então deixei de fazer apps para o iOS, mas engraçado que não deixam, raramente deixam… Mas por exemplo apps de mecânica, que se usa com o Android, pedem acesso a contactos, e nem precisam, pedem localização e nem precisam, etc etc etc e servem apenas para que? para obter informações e revender esses dados posteriormente… apenas e só isso! Apple tb o faz, provavelmente mas que não deixa de ser un sistema mais controlado, e menos propício a historias é verdade!
            Android é um sistema operativo que cada marca faz o que quer, e gere como quer… lançam equipamentos como chocolatinhos todos os anos mas manter esses sistemas, 2 ou 3 anos e vamos indo… posteriormente é necessário saber como fazer para modificar ROMs etc… como dizia tb o Vitor… tem uma cota de mercado alta, mas na verdade quantos têm o ultimo sistema e tudo actualizado? mal se nota nos gráficos… que eles apresentam mas o que interessa é Android é o maior…
            iOS tem uma cota pequeníssima comparada com… mas?????? essa cota de mercado tem 90% e tal com a ultima versão… e maioritariamente as pessoas que compram os últimos modelos são pessoas que já tem pelo menos 2 anos com um iPhone… digo MAIORITÁRIAMENTE… mas tudo depende do que se faz com o equipamento….
            Sendo eu utilizador de ambos… tenho pena da falta de concorrência como devia ser… mas hoje, para vingar seria necessário um dispêndio enorme de recursos para conseguir manter um sistema, um eco sistema, e uma loja de APPS… a MS foi-se e pq? pq pensou que era somente chegar e vencer… mas cedo compreendeu e mesmo assim arrastou-se… entre outras marcas… pq? pq é mais fácil editar o Android, e fazer um sistema ao seu estilo e siga… mas manter???? versões… etc etc etc etc… tem custos… iOS é mais fácil pq tudo está feito sob um formato… e é mais fácil manter… mas tem custos na mesma… e não está para breve alguém que entre e derrube a google ou a Apple…
            Mas não se trata de defender um ou outro… é simplesmente como são ambos sistemas e a realidade é que apesar de uma cota baixa a Apple leva a melhor…
            Android a cada versão é como aprender a andar de bicla novamente… iOS não é igual… agora… ninguém me paga para defender marcas… mas como utilizador de ambos, admito que o que uso no meu dia a dia é um iPhone… pq tudo funciona melhor a meu ver…
            Ah e tal ecrãs 120hz, resulucoes não sei o que, ah sensor não sei que mais, ah a cena do notch, ah e tal e não sei que mais… satisfazer o ser humano não é fácil… mas iPhone vendem que nem pãezinhos quentes todos os anos…

  5. Ru says:

    Aqui é 100% de sideloading. Não tenho play store

  6. Joao Ptt says:

    Os políticos na Europa são capazes de dizer… “Na”… têm mesmo de deixar instalar programas sem passar pela vossa loja e pelo vosso crivo… ou não vendem nem mais uma unidade na União Europeia. E de repente agora o novo iPhone têm uma nova funcionalidade que podem instalar programas de fora da loja… cortesia na generosa Apple… mas curiosamente só na UE quando for obrigatório… e se puderem fazer com que tal funcione mal, fá-lo-ão… mas será um mero bug…. e outro bug… e outro bug.

  7. Gonçalo says:

    Lol até estava a gostar dos argumentos da maçã e a concordar até… MAS quando fala em macos, em que não tem nada a ver com ios, que o ios é que tem de ser seguro que tem dados como localização e microfone… Vi logo que o que querem é não perder a mama… Porque iPhone é app store é o que dá guito a Apple macbook e macos são só 7%..
    Pela mesma lógica dele… Então ios tb nunca vai ser atacado porque ninguém quer atacar um sistema com poucos utilizadores… Lógica linux Windows…
    Por isso é que há mais vírus para Windows.
    Tretas, estes gajos só querem é ficar com os dados sensíveis só para eles e ganhar muito guito..a custa de apps de terceiros.

    • Vítor M. says:

      Mas quantos milhões de lucro tem a Apple com a linha de computadores Mac? Ora vai ver e vê se é racional o que estás a dizer. Como é óbvio, ao falares de macOS nunca podes dissociar a venda de apps na App Mac Store da venda de computadores e acessórios. São milhar de milhões de lucro anualmente. 😉 Primeiro avalia bem.

    • Ru says:

      O foco da Apple não é recolha de dados (que se saiba), mas prender os seus utilizadores no ecosistema que fornecem, e com isso talvez levá-los a comprar mais produtos da marca. Quem gosta, usa e compra. E se facturam muito com um sistema fechado e uma só loja (IOs), não vejo porque hão-de querer abdicar disso, seja com que argumentos forem.
      Mas lá está. Para utilizadores como eu essa política leva logo um grande Não. Completamente impossível pensar sequer em usar algo deles (só quando vem parar às mãos para alguma manutenção). Mas outros gostam e usam.

  8. Discover says:

    Muitos feliz a instalar Apks desde sempre…
    Vírus? Cenas? Isso e calúnias…..ou coisa de medrosos….

  9. J says:

    Li aqui muitas vezes a expressão: “Não querem é perder a mama” Mas qual mama? É mesmo o típico comentário do serrano que se recusa a pagar 0,99€ por uma aplicação e por sua vez apoiar quem a desenvolve, mas depois gasta aos 5€ em raspadinhas por semana.

    Tenho todo o gosto em pagar por aplicações e continuar a apoiar essa tal “mama” do que ter uma store como a de Android em que metade das aplicações são terríveis e carregadas de publicidade até ao tutano.

    • Mota says:

      Nada temas, eu explico.

      Valores inventados:

      A spotify pode fornecer o seu serviço através de varias plataformas cobrando 10€ ao mês.

      Na apple, cobra os mesmo 10€ mas 30% ficam na apple (a mama). Como nao existe outra maneira de usar a app no ios, sem ser pela app store, a spotify perde 30% de lucro quando usada em qualquer ios.

      O que a spotify ja ameaçou fazer, foi subir os preços de forma a que eles tenham o mesmo lucro que tem nas outras plataformas. Quem perde é o consumidor. Já na minha opiniao não o fazem por causa do apple music

      Quem diz spotify diz qualquer outra.

      • Eu sei lá says:

        O que tu sabes da Spotify no iOS/Apple Store 😉
        A Spotify tem uma app na Apple Store que não rende um cêntimo à Apple.
        Repetindo: a Apple não recebe um cêntimo da Spotify, tal como não recebe da Netflix.

  10. honorato says:

    as pessoas quando compram alguma coisa da apple não estão a pagar o equipamento mas sim a marca por isso ser caro. a samsung esta a virar a apple

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.