Quantcast
PplWare Mobile

Vamos Programar? – Introdução à Programação #5

                                    
                                

Autor: Henrique Dias


  1. Eiras says:

    Embora não seja contra os IDE’s (fazem muita falta!), acho que a crónica devia abordar primeiro a construção do código sem IDE, usando “diretamente” o compilador. Se não, a maioria perderá muito do “under the hood” e apenas ficará a saber que o código funciona por magia. That’s just my two pennies’ worth.

    • Eduardo Pires says:

      #1 @Eiras – Isto é um artigo de Introdução, e para ficar tudo explicadinho penso que um artigo não chegava para a matéria que é…

      • DualArch says:

        Também compreendo a parte de durar imenso, no entanto compararia isto como quando se começa a aprender matemática e o uso da calculadora. No princípio, fazes “tudo à mão”. Quando desenvolveres as tuas capacidades, passar a usar a calculadora. No princípio seria errado usar porque tem várias coisas das quais não vais tocar e porque diminuis a absorção de conhecimento. O mesmo se aplica, a meu ver, ao uso do IDE. Mas como disse antes, compreendo que ao nível de quantidade/frequência de artigos seria difícil o fazer

    • Gonkali says:

      Perfeitamente de acordo, no entanto penso que pode apresentar alguns problemas, nomeadamente a nível do SO Windows, pois vai implicar um tutorial de instalação e configuração do MinGW e das dependências o que acaba por ser um pouco complexo. A nível dos sistemas UNIX, sim acredito que será viável ensinarem a utilizar um editor de texto simples e a compilar e executar os programas através do terminal.

    • Bruno Gomes says:

      Total agree, IDE é overkill nesta fase de aprendizagem.
      Eu começava pelo GVim lol 😉 para massacrar os noobs

  2. Fábio says:

    Henrique e que tal começarem a fazer 2 aulas por semana? é que só uma por semana vai muito devagar…tipo pra não se tornar tão dispendioso para ti, podias fazer uma aula com video, outra sem video…e assim sucessivamente 😀
    Cumprimentos

  3. Pedro says:

    Talvez o melhor IDE para C seja o Code::Blocks pois já traz o MinGW no instalador e é mais rápido do que ter de instalar o NetBeans + JDK 😉

    Continua com a iniciativa pois acredito que terá mais continuidade que das outras vezes e eu cá estarei, na qualidade de programador, para poder relembrar o velhinho C e até ajudar 🙂

  4. BMJ says:

    Peço ajuda num aspecto, eu já tenho instalado o netbeans a versão EE que tem o JDK mas não tem o componente C/C++ dá para instalar este componente?

  5. BMJ says:

    Esqueçam o google respondeu 🙂

  6. Zer0Code says:

    Muito bom, o Codigo sem IDE, seria tipo montes de tempo a explicar. A melhor form é fazer codigo e espicar que cada um faz..
    Já agora , que tal um ASP.NET MVC, num futuro.. 😉

    • João says:

      Olá a todos! De facto quando a marmelada está feita, todos sabemos provar. Mas não sabemos como se faz.
      Concordo com a ideia de começar a programar através de linhas de comandos

  7. estudante says:

    DUVIDA

    eu não consigo ter um compilador para executar!! gostava que podessem ajudar ! obrigado

  8. estudante says:

    eu instalei o jdk e depois netbeans e quando meto codigo não dá para executar!! não sei porque?!

  9. estudante says:

    windows 10

  10. Luís says:

    para que serve o gcc??

  11. Luís says:

    Obg. Mais uma coisa, eu n sei como instalar o gcc pode me explicar?

  12. estudante says:

    boas, eu executo codigo no netbeans e o programa pede me para pre-configurar o compilador !! não sei o que fazer?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.