Quantcast
PplWare Mobile

Tags: racismo

Algoritmo do Twitter é racista? Há dezenas de testes a correr pela rede para o comprovar

Neste fim de semana o Twitter parece estar a ser alvo de um teste de racismo por parte dos seus utilizadores. Aparentemente, o algoritmo, baseado em machine learning, dá preferência a rostos de cor clara em detrimento de rostos negros.

Este teste vai além de rostos de pessoas. Há testes que tentam comprovar que a rede social é racista com desenhos animados e até com animais.

Algoritmo do Twitter é racista? Há dezenas de testes a correr pela rede para o comprovar


Redes sociais: Facebook e Instagram unem esforços no combate ao racismo

No dia 25 de maio, o mundo assistiu ao assassinato de George Floyd. A morte do afro-americano pelas mãos de um polícia branco espoletou, em todo o mundo, e muito nas redes sociais, um tsunami de revolta. Por isso, o movimento #BlackLivesMatter adquiriu uma força impressionante e foram muitas as demonstrações de desaprovação e de necessidade de mudança de pensamentos.

Apesar das grandes manifestações documentadas, o movimento ganhou enorme visibilidade através das redes sociais. Estas, se até ali não percebiam o seu peso no que concerne a estas questões fraturantes, perceberam-no em maio.

Redes sociais unem-se contra o racismo.


CEO da Netflix doa 120 milhões de dólares para Universidades com maioria de alunos negros

Reed Hastings, cofundador e CEO da Netflix, juntamente com a sua esposa Patty Quillin, vai doar 120 milhões de dólares a Universidades cujos alunos são maioritariamente negros.

O ato de solidariedade acontece depois da morte de George Floyd, provocada por um polícia norte-americano o que por conseguinte gerou uma onde de manifestações em todo o mundo contra o racismo.


Apple lança iniciativa de 100 milhões de dólares para promover a igualdade racial

A Apple anunciou o lançamento do Apple’s Equity and Justice Initiative, um programa de 100 milhões de dólares que visa promover a igualdade racial.

Devido aos últimos acontecimentos nos Estados Unidos, que consequentemente provocaram a morte de George Floyd, muitas são as vozes que se têm feito sentir contra o racismo. Desde manifestações a atos menos apropriados de vandalismo a monumentos, tudo tem então sido motivo para expressar descontentamento.


Sony cancela evento dedicado à PlayStation 5

“Queremo-nos afastar para permitir que vozes mais importantes sejam ouvidas”, PlayStation.

O assassinato de George Floyd por asfixia por um polícia norte-americano, deixou o mundo sem conseguir respirar. A luta contra o racismo voltou a ganhar uma nova força e mais do que justiça o mundo precisa de uma mudança de mentalidades para que pretos, gordos, amarelos, gays, magros, altos, baixos… deixem de morrer e de sofrer às mãos de quem se acha superior.

É neste contexto que mais uma gigante da tecnologia cancela um evento de apresentação de um novo produto. A Google recentemente adiou o evento dedicado ao Android 11. Agora a Sony cancela o evento dedicado à PlayStation 5.

Sony cancela evento dedicado à PlayStation 5