Quantcast
PplWare Mobile

Tags: euros

Portal da Queixa: Qual o banco com mais queixas dos clientes?

As queixas dirigidas ao setor bancário aumentaram significativamente. De acordo com dados do Portal da Queixa, o aumento da insatisfação levou a um aumento de 47% das queixas. Os consumidores reclamam do serviço prestado, do atendimento, da falta de apoio ao cliente, das condições contratuais e das moratórias.

Conheçam os resultados que foram apresentados recentemente.


Mesmo com sanções, a Huawei manteve-se firme na segunda posição do mercado

A história recente da Huawei tem mostrado a forma como esta marca consegue resistir a todos os ataques. Depois de ser banida dos EUA e de todas as empresas aí sediadas, esperava-se que esta tivesse uma quebra de vendas.

Se os primeiros tempos até foram de incerteza, a verdade é que a marca reagiu e hoje está novamente no topo. Segundo a apresentação de resultados feita agora, com dados de 2019, a Huawei conseguiu manter a sua posição no mercado, mesmo depois de todos os problemas que teve.

Huawei smartphones mercado marca euros


Lei já em vigor! Se tem mais de 50 mil euros na sua conta o fisco vai saber

Até 31 de julho de cada ano, as informações sobre as contas que, em 31 de dezembro do ano anterior, tinham um saldo superior a 50 mil euros vão ser comunicadas ao fisco.

A lei foi publicada em Diário da República na passada quinta-feira e entrou em vigor já esta sexta-feira, 15 de fevereiro.


Novas notas de 100 e 200 euros foram apresentadas pelo BCE

É já no próximo ano, mais concretamente em maio, que começam a circular as novas notas de 100 e 200 euros. A apresentação das novas notas, da série Europa, aconteceu hoje, pelo Banco Central Europeu (BCE) que revelou que estas incorporam novos elementos de segurança oferecem maior proteção contra a falsificação e aumentam a segurança das notas.


Esquema de falsificação de euros desmantelado em Portugal

No passado dia 15 de fevereiro, a Polícia Judiciária, em cooperação com a Polícia Nacional Espanhola e a Europol, detiveram dois homens e uma mulher, com idades entre 21 e 55 anos, suspeitos de produzir moeda falsa em euros em Elvas.

Com recurso a tecnologia apropriada, o grupo produziu milhares de notas, principalmente de 20 e 50 euros.