Quantcast
PplWare Mobile

Tags: chips

Samsung vai investir 17 mil milhões de dólares numa fábrica de chips nos EUA

A Samsung é muito mais do que uma marca de telemóveis e outros equipamentos tecnológicos. A gigante sul-corena é também atualmente uma das maiores fabricantes de chips. Mas os constantes pedidos exigem novas adaptações.

Desta forma, depois de a rival taiwanesa TSMC anunciar que vai angariar 9 mil milhões de dólares para se expandir, a Samsung irá também investir 17 mil milhões de dólares numa fábrica de silício localizada nos Estados Unidos .


Qual a melhor marca de processador para smartphones?

Quando falamos em processadores, a tendência é pensarmos em hardware dedicado aos computadores, sobretudo desktops. No entanto, com a evolução das tecnologias, começou a ser dada cada vez mais atenção aos chips integrados nos smartphones, em especial aos de última geração.

Neste sentido, na nossa questão desta semana pretendemos que nos diga qual é para si a melhor marca de processadores para smartphones. Participe!


CEO da Intel diz que o processo de 7 nm está a ir muito bem

Apesar de seu uma das mais importantes marcas tecnológicas, a Intel mentém-se ‘presa’ ao longo do anos ao seu processo de fabrico de 14 nm. Tal aspeto faz com que muitos utilizadores optem por equipamentos com componentes rivais como, por exemplo, da AMD.

No entanto, a marca está a mostrar sinais de mudança. E, segundo o CEO da fabricante, o processo de 7 nm da empresa está a correr muito bem.


TSMC vai começar a fabricar processadores da Intel já este ano

A Intel é uma das marcas mais antigas do mundo da tecnologia. Mas há determinados pontos em que ainda não conseguiu acompanhar a tendência e evolução de outras fabricantes. E uma das provas é que a empresa ainda se mantém fiel ao sistema de fabrico de 14 nanómetros.

No entanto, agora a gigante taiwanesa TSMC vai começar a produzir os processadores da Intel já durante o ano de 2021.


TSMC e Samsung estão com problemas na produção de 3 nm

Atualmentea litografia mais evoluída que já faz parte de alguns chips lançados, diz respeito aos 5 nm. Podemos encontrar esta produção, por exemplo, no processador A14 Bionic, fabricado pela TSMC, que alimenta os novos iPhone 12 da Apple. Mas também no Snapdragon 888 da Qualcomm, produzido pela Samsung.

Mas agora o grande foco é o próximo passo da produção de 3 nm. No entanto tanto a TSMC como a Samsung estão com dificuldades nos avanços no fabrico desta litografia.