Quantcast
PplWare Mobile

Tags: ataque

Mega ataque cibernético derruba sites do Governo Ucraniano

Se há uns anos a cibersegurança era vista como algo secundário, atualmente, face ao enorme número de ameaças, todo o cuidado é pouco.

O número de ciberataques tem crescido significativamente à escala mundial e há um novo registo de um ataque cibernético de larga escala, desta vez às estruturas digitais do Governo ucraniano.

Mega ataque cibernético derruba sites do Governo ucraciano


Ataque informático demolidor destruiu arquivos da SIC e do Expresso

Como é do conhecimento geral, no passado dia 2 de janeiro foi revelado que os sites da SIC e Expresso tinham sido hackeados. De acordo com as informações mais recentes, este foi um ataque sem precedentes em Portugal que apagou todos os dados e registos históricos digitais dos títulos do Grupo Impresa.

Entretanto, foram disponibilizados sites temporários da SIC e do Expresso.

Ataque informático demolidor destruiu arquivos da SIC e do Expresso


Volvo sofre ciberataque e foram roubados dados que podem ter forte impacto na empresa

A marca sueca fabricante automóvel, a Volvo, foi vítima de um ataque que terá conseguido roubar dados confidenciais que poderão ter impacto na atividade da empresa.

Estes dados relacionados com a investigação e desenvolvimento dos seus produtos foram roubados da Volvo e poderá ter a ver com espionagem industrial.

Imagem Volvo elétrico que ilustra ataque


Servidores de email do FBI comprometidos para enviar mensagens sobre um falso ataque

Os serviços de segurança são muitas vezes as principais vítimas de ataques e de tentativas de sabotagem. A mais recente vítima parece ser o FBI, que teve os seus servidores de email comprometidos.

Esta sabotagem foi usada para enviar mensagens sobre um falso ataque, procurando denegrir um investigador de segurança.

FBI email ataque falso mensagens


LinkedIn: Expostos dados pessoais de 700 milhões de utilizadores

Há uns meses, algumas foram as redes sociais vítimas de sucessivos ataques que violavam a segurança e a privacidade dos utilizadores. Nessa altura, o LinkedIn foi um dos lesados e, agora, parece que a história se está a repetir. Um poderoso ataque invadiu e expôs dados de 700 milhões de contas da rede social.

Tendo em conta que o LinkedIn possui cerca de 750 milhões de utilizadores, este ataque poderá ter afetado mais de 90% dos utilizadores.

LinkedIn