Quantcast
PplWare Mobile

Será este o smartphone Xiaomi que vai custar mais de 1300 €?

                                    
                                

Autor: Maria Inês Coelho


  1. Tatso says:

    Valor mt aceitável. Caro, sim, mas existe inovação e tecnologia do melhor há.

    • Pedro Liz says:

      Inovacao na xiaomi? Uma marca assumidamente clone da Apple onde o proprio Ceo se veste e fala igual ao Steve Jobs, as mi store tem o mesmo design e decoração das istores e os próprios funcionários são apanhados com iphone no dia a dia. Inovadores sao os iphones com dolby vision hdr e sensor lidar alguem de ceramic shield que sao os unicos do mercado com isso.

      • SSD says:

        Desde que continue a fazer isso a preço de saldo por mim pode ser a real cópia. E não ainda não vi nada parecido com o que este telemóvel apresenta num iPhone.
        E pergunto sinceramente quantas pessoas é que vão dar realmente uso aos sensores? Pessoalmente tiro um par de fotos por semana ou seja nunca ia dar esse preço só por uma boa câmara (ios ou android). Para além de que já vi fotos que ficam melhores sem o dolby do que com ele, ou seja parece-me que ainda não é um sistema completamente optimizado.
        Mas enfim não sei porque é que os seguidores da maçã ficam todos chateados quando alguém faz alguma comparação com outra marca nos posts sobre o iPhone mas depois são os primeiros a trazer a comparação noutro produto qualquer.

      • Silvestre says:

        Sim é isso. Tem toda a razão. IPhone e Apple é tudo. Abaixo o resto. Malandros das outras marcas, imitam a Apple, para irritar os embaixadores…

      • Galo says:

        hahahah oh @Pedro Liz, hoje tiraste o dia para dizeres disparares XD
        Ao menos informa-te pah. Conselho de amigo, que não te conhece 😉

        • Manto D'Agua says:

          Nada como te informares para nao fazeres figuras como essa. https://www.cultofandroid.com/66569/xiaomi-dont-copy-apple/

          • rui says:

            cópia em 2014, nos últimos 7 anos uma evoluiu outra nem tanto…

          • Galo says:

            @Manto D’Agua, mas queres “ensinar a missa ao Papa” :D?

            A forte inspiração da Xiaomi na Apple não é segredo nenhum para ninguém, e foi assumida pela marca no passado.

            O sucesso da Miui, que esteve na génese da marca, foi mesmo ter aliado o melhor do mundo IOS e do mundo android.
            Mas se no inicio os produtos eram “cópias” dos da Apple, há muito tempo que a marca se emancipou, descolando da inspiração Apple, e neste momento já inova, e até ajuda a criar tendências.

            Sabes quem foi a marca que mais contribui para a tendência do “ecrã infinito”? Pois…foi a Xiaomi com o seu mi mix. Tendência que a Apple acabou por ter de seguir, abolindo o botão físico do touch id, e aumentar o ratio de aproveitamente de ecra na parte frontal.

            Sabes quando a Apple registou a patente de fingerprint under display? Eu respondo-te: um ano depois da Xiaomi ja ter equipamentos no mercado com essa tecnologia 😉

            Sabes quem foi das primeira a comercializar equipamentos com carregamento wireless, e com maior velocidade de carregamento? A Xiaomi….muito antes da Apple.

            Por muito que chores, neste momento, no que toca a telemoveis a Xiaomi nao fica nada atrás da Apple. Até já esteve na sua frente no que toca a vendas 😉

          • Pedro Liz says:

            Galo o mi mix não criou tendencia bezeless nada, informa te sff. O mi mix foi uma copia do sharp aquos.

          • Galo says:

            @Pedro Liz, leste o que está escrito?

            É que não acertas mesmo uma 😀

            Eu tinha escrito “foi a marca que mais contribui para a tendência “.
            Eu sei bem que o Sharp Aquos Crystal é anterior ao Xiaomi Mi Mix, que foi lançado 2 anos depois, e onde claramente é visivel a evolução face ao modelo da Sharp. Só após o lançamento do Mi Mix, é que o mercado se agitou e procurou oferecer modelos “bezeless”!

            Provavelmento tu também atribuirás a tendencia do “notch” ao iphone. Mas o primeiro smartphone a surgir com esse conceito foi o Essential PH-1. No caso do iphone, o notch teve de ser maior por causa de albergar o sistema de Face ID 😉
            Está na hora de começares a interiorizares o óbvio, para não “passares vergonha”, foi o ecrã, foi a camera, foi o bezeless…

    • Helder Coelho says:

      Sem dúvida! Vou encomendar meia dúzia…. Xiaomi basta ir aos grupos do Facebook para ver o que casa gasta… Problemas atrás de problemas.
      Quando um utilizador tiver um Xiaomi que desde a sua saída e comprar ainda não desligou o telemóvel ou repôs fábrica a gente conversa e aí talvez possa vir a ser opção… Eu tenho Mate 10 Pro até hoje desde que saiu nunca desliguei salvo meia dúzia de vezes que possa ter ficado sem bateria, atualizações em cima, num repôs de fábrica, 90 GB na memória e funciona como no primeiro dia! Pena Huawei estar como está….

  2. Miguel says:

    Comprei o xiaomi pocophone x3 nfc 6gb ram 128gb, por 189€ na amazon em promoção e posso dizer que estou maravilhado ecra 120Hz, bateria 5160mAh parece um avião joga todos os jogos, camara traseira com estabilizador electronico Sony IMX 682 de 64 megapixels, porque raio iria desperdiçar dinheiro?

  3. PORTUGAL says:

    Xiaomi por 1300€ ahahhaha imaginem pagar tanto num telemovel que vem com anúncios na interface

  4. Tiago says:

    Eu gostava de ver a perguntarem aos utilizadores Xiaomi/Redmi se continuam com problemas por resolver desde o miu11 nos seus smartphones ! Nem aos reports atendem !

  5. Njag says:

    1300€ por um smartphone é puro status.

  6. Xnelox says:

    Eu comprava esse telemóvel para fazer de webcam para o Magalhães do meu filho que tem a webcam avariada. não tenho dinheiro para um portátil novo

  7. Ricardo says:

    Depois vem um update e tenho de ir à loja…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.