Quantcast
PplWare Mobile

“HarmonyOS levaria 300 anos para competir com Android e iOS” diz fundador da Huawei

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Marisa Pinto


  1. Rui says:

    300 anos a sério. That is a nice example of the Art of Deception.

  2. Dev says:

    com esse pensamento, Huawei não entende nada de gatilhos mentais, é possivel mudar isso em poucos meses, se ela quiser!

  3. SANDOKAN 1513 says:

    300 anos para o sistema da Huawei superar o Android e o iOS ?? E quem o afirma é o fundador da própria empresa ?? Não acredito !! :O

  4. J.C.Lopes says:

    A microsoft já percebeu isso há muito tempo.

  5. Bezainas says:

    Deixa lá rapaz. A Microsoft anda há 34 anos a tentar fazer um SO em condições e ainda não conseguiu.

  6. Fábio says:

    300 anos é exagero, com 150 ou pouco mais é capaz de superar o Symbian, daí em diante alcança o Firefox OS e mais umas décadas já pega os primeiros Androids se ainda existirem até lá.

    • Antonioalberto nioalberto says:

      Mente limitada amigo tomara tu poderes ter nas unhas um topo de gama huawey e percebidas a raiva do pato Trampa por estar a perder terreno abre os olhos e deixa de ser servo dos gringos

  7. Euéquesei says:

    Até parece que seriam precisos 300 anos… Se o sistema tiver qualidade e for o que os consumidores querem e mais ainda, basta meter as marcas chinesas a usá-lo e é num instante.
    Agora, repito, tem que corresponder ou ultrapassar o que os consumidores querem.

  8. André says:

    “Assim, o sistema operativo da Huawei pode levar muito tempo para superar o Android e a Apple, mas não mais de 300 anos.”
    Onde está escrito que levará 300 anos? Não seria até 300 anos? Isso poderia ser uma semana, um mes, um ano…
    Até 300 ou <=300, não é isso?

    • Vítor M. says:

      E até não pode ser 300 anos? Mania de complicar.

      • Haru says:

        “O ex-CEO adianta ainda que este processo levaria pelo menos 300 anos.”
        Literalmente disseram que levaria 300 anos ou mais, entretanto o que o fundador disse foi 300 anos ou menos. Literalmente o oposto…

        • Filipe santos says:

          Numa clara ironia o que ele disse é que demora tempo, as traduções podem escapar detalhes mas “So, Huawei’s operating system to surpass Android and Apple’s operating system, may take a long time, but not more than 300 years.”

          Não será uma questão de qualidade, mas de quantidade. De 55k para 2,1M apps ainda vão ter que passar uns aninhos.

  9. ToFerreira says:

    E mesmo assim insiste em investir nele?

  10. AlexX says:

    Foi uma forma simpática de dizer, “esqueçam o harmonyos e comprem antes android ou ios”… porque em ~5 anos podia estar no meio e em 7 anos no topo caso quisessem se bem que o “preço” para isso é alto..

  11. Joaquim Catarino says:

    O título mostra o quanto é difícil interpretar texto, não?
    O André disse tudo o que o autor da notícia não percebeu!

  12. JP says:

    A mensagem em Inglês: “It will take no longer than 300 years to surpass Android and Apple” ou seja, não precisam de mais de 300 anos para superar o Android ou Apple. ( O André no comentário acima têm razão naquilo que diz.)
    O que o Ex-CEO esta a tentar passar uma mensagem que o HarmonyOS não é uma ameaça para o Android e IOS. É o tipo de mensagem para os deixar em paz, pois estamos muito atrasados . Enquanto isso podem continuar a trabalhar no sistema e a melhora-lo.
    A mensagem que passam para os potenciais clientes e que não dá muito confiança. (Mas certamente esta mensagem só passa fora da china).

    • Vítor M. says:

      Tal como é referido no artigo, e de modo obviamente especulativo, para chagar ao patamar do Android ou iOS, o HarmonyOS não demorará mais de 300 anos para lá chegar. Portanto, os 300 anos, que foram deixados entre aspas, são exatamente essa referência especulativa… 300 anos para lá chegar, como forma de dizer, está longe, mas pode ser possível.

      Agora, a Huawei tem vários exemplos dessa dificuldade, basta ver o que já tentou a Samsung, com o Tizen ou a Microsoft com o Windows Phone e… não é fácil. 😉

  13. DrJoelho says:

    Para, o webos do zire, da palm, era a melhor cois que tinha e foi engolida pela iphone. Dava pra fazer tudo nele, inclusive podia ver vários aplicativos cópia e conversões. Joguei demais supernintendo nos meus platões, digitava na tela, resumos, lia livros, vi Filmes e já minhas músicas nele, tirava fotos, etc. Hoje quem lembra? Tenho na minha TV.

  14. José says:

    Se eles próprios dizem 300, devem ser uns 600.

  15. SANDOKAN 1513 says:

    Eu acho que serão 3 anos.300 anos é uma tontice pegada.Nem é crível que uma pessoa com esta posição tenha dito uma asneira destas,é completamente absurdo !!

  16. Emerson says:

    Aí, daqui a seis meses, o sistema já está pronto e só esperando os desenvolvedores portarem. Chinês é foda até pra sacanear a concorrência.

  17. guivas says:

    Isso faz sentido, até porque os outros sistemas não tem nem ainda 80 anos.

  18. TRaveller says:

    Titulo mais uma vez a aldrabar o que ele disse foi que não eram necessário 300 anos para superar IOS e Android.
    Há 13 anos alguém dizer que em 5 anos a nokia deixaria de existir como player em telemóveis era chamado de louco.
    Aplicações podem haver milhões se depois o que interessa e é usado são 5 ou 6 e com o evoluir até podem deixar de haver aplicações e correr tudo num browser e não é necessário pagar 30% nem andar a desenvolver para 2 sistemas diferentes , basta sair um telemóvel ou ecosistema fora da caixa que seja do agrado de muitos que isto vira tudo de repente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.