PplWare Mobile

A Samsung quer capitalizar com as dificuldades sentidas pela Huawei


Desenvolveu desde cedo o gosto pela escrita e comunicação. Em leis formado, tem como hobbies a aquariofilia e a música. Mas é na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e no Pplware a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.

Destaques PPLWARE

  1. Arkan says:

    Americanos aos poucos estao mudando sua mentalidade de appleshit, e usando outros, mas ate hoje nao vejo um lenovo motorola nas maos de um, nas escolas a maioria é apple, e os pais tem aparelhos appleshit 5, 6….e as maes mais saradas usam o iphone 6s, 7 e 8.

    MAS muitas estao usando samsung s9 plus, e note 9.

    Eu nao confio na xiaomi, nem na huawei, se o paranoico governo americano, tem provas que os expusesse, mas ate gora ficam so no bla bla bla, eu gosto de ver a samsung saindo do trono porque somos nós os consumidores que saimos lucrando por inovaçoes e outras coisas.

    Foi assim com o windows, tendo o lixo, ops linux no pé…mas sem alardes. E hoje esta melhor que muita coisa.

    EU so nao entendo como a lenovo lança um aparelho moto g7 no meu país com hardware muito diferente do da india.

    • Fulano says:

      Agora tenta em Português que ninguém percebe o que “escreveste”

      • GM says:

        Ele tentou. Consegue-se perceber, com a devida tradução. Andou, sim, a navegar sobre diversos assuntos.

      • BGG says:

        Tomara muita gente escrever português como esta pessoa o fez, e incluo os nativos…devemos é encorajar as pessoas a falar e escrever, porque ninguém é perfeito e não se deve atacar as pessoas com faltas de respeito só porque não concordamos com a opinião dela…há pessoas que podem não saber falar ou escrever correctamente uma língua mas estão a anos-luz de distância em termos de educação de pessoas arrogantes e malcriadas que acham que com sarcasmo e com gozo já são alguém…

      • GM says:

        Desculpa desiludir-te. Sou licenciado, e não uso nem um nem outro. Em boa verdade, também não uso xiaomi ou huawei. Também sei que não há regra sem excepção, felizmente há mais excepções. Bem podes “marrar” nessa tua verdade!

  2. Gevanildo Mendes says:

    Como confiar em um país igual os EUA, que para começar uma “guerra” (Iraque) inventam provas na cara dura. Logo provas quentinhas(e duvidosas) contra os chineses devem aparecer para justificar seu protecionismo descarado.

  3. claudio says:

    Esta coisa de andarem a incriminar a Huawei por roubar dados ou por espiar ou sei lá é uma estupidez todo o tamanho, pois todas as marcas o fazem umas menos outras mais, nao venham dizer que nao porque ate nos proprios computadores que usamos em casa ou trabalho podemos ser espiados, inventem lá outra desculpa que esta nao serve. Os EUA viu a Apple ameaça por ver uma marca chinesa a ser melhor que a Apple entao em vez de serem inteligentes e tentarem evoluir acham que prejudicar é melhor. Investiguem as marcas todas porque todas podem espiar……para nao falar da propria google.

  4. Sergio says:

    Uma piada vindo de um governo que assumidamente faz espionagem comercial e governamental de paises em todo o mundo .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.