Quantcast
PplWare Mobile

Trump quer forçar o Twitter a devolver-lhe a conta

                                    
                                

Autor: Ana Sofia


  1. Joao Ptt says:

    São empresas privadas, não se trata de uma plataforma pública paga pelos contribuintes de lá… aí só com ordem do juiz é que provavelmente poderiam fazer uma coisa dessas e manter a posição… mas uma empresa privada, pelo menos lá, tem a liberdade de aceitar e manter como utilizador quem bem quiser.

    Cá em Portugal é que não sei se as empresas portuguesas poderiam fazer o mesmo, não sei até que ponto têm liberdade para aceitar/ recusar/ expulsar quem bem quiserem… ainda que neste caso tivessem fortes argumentos para o manter fora das redes, já que estava próximo do incitamento a um golpe de estado.

  2. David Guerreiro says:

    Por um lado tem razão. Uma plataforma que bane pessoas por discurso de ódio, mas mantém talibãs e terroristas do ISIS…

  3. Vítor M. says:

    Ja marecia estão a ser malandros com ele. outros piores continuam a mandar postas de pescada.

    • Carolina Costa says:

      ainda vão sentir a falta do trump, é só o que vos digo.. comecem a passar para cá o que realmente se passa nos EUA depois da saída do trump e da entrada do biden

      • Sandro says:

        Menina Carolina, pense bem no que diz, o trump, é psicopata, e doido, em Portugal, há considerados, doentes mentais, que estão internados, e são bem menos malucos que o trump, este homenzinho, se voltar ao poder nos EUA, só por birrinha, é capaz de acionar os misseis, desencadeando o fim a raça Humana. Ele demonstrou que é suficiente maluco para fazer isso. Não creio nem mais ou menos, que Biden, deixe ao acaso, a eleição do trump, pois todos eles os seus apoiantes, são da mesma maluqueira do trump, veja o impensável que fizeram ao Capitólio. jamais me passaria pela cabeça, ver um Presidente, apoiar tal ato terrorista, mesmo no Centro nevrálgico dos EUA, Mas enfim, estamos em época de eleger malucos, para os Governos, é na Coreia do Norte, no Brasil, etc., etc., etc.

        • PeterOak says:

          Portanto… o líder da Coreia do Norte foi eleito. Eu até ía refutar os argumentos do Sandro, mas depois de ler a última frase fiquei esclarecido: és ignorante e vives na suposição que o Trump vai acabar com o mundo, conforme as televisões te fazem crer. Sandro, cultiva o teu espírito critico e questiona tudo o que ouves. É um conselho de amigo.

          • Sandro says:

            Bem como sou assim tão ignorante, então vou passar a acreditar em todos os sabichões, que deram resposta ao meu argumento, e vou passar a não acreditar nas noticias. Tanta parvoíce que por aqui vai. melhor: Santa ignorância.

        • Godlike says:

          Por onde começar… lol.
          Baseado nos seus argumentos, fica claro que você acredita em tudo o que vê na TV e pouco, ou nada, faz de pesquisas.

          O tempo que perdeu a escrever esse comentário que nada acrescenta à discussão, tinha feito alguma pesquisa e ganho um pouco mais de conhecimento no assunto.

          Esse ataque ao Capitólio, como refere, foi organizado pelo FBI.
          Se você procurar os fatos, e olhar os processos em andamento vai chegar à mesma conclusão.

          Em relação ao resto das suas acusações, deixo aqui uma imagem de fácil leitura em português, de algumas das coisas que ele fez durante o seu mandato.
          https://i.imgur.com/OtQagDN.jpeg

          • Perfect_Paradox says:

            Eu só acho piada é que geralmente o pessoal que dá uma de “os seus argumentos não prestam porque acredita tudo o que vê na TV” é sempre pessoal que acredita em tudo o que vê em posts do Facebook, tweets de zés ninguém e sites criados por individuos que passam o dia todo a congeminar teorias de conspiração da carochinha.

            Deixe-me adivinhar: também acreditou naquele post de terem encontrado ouro roubado no apartamento da mãe do Sócrates, com imagens manipuladas a fazer parecer que era reportagem da TVI, quando era uma notícia duma TV chinesa?

          • Sandro says:

            Mas então dizem que não se deve acreditar nas noticias, mas logo faz publicidade a uma: “https://i.imgur.com/OtQagDN.jpeg”
            Vão pintar quadros aos Tios Patinhas.

          • roger says:

            > Mas então dizem que não se deve acreditar nas noticias, mas logo faz publicidade a uma: “https://i.imgur.com/OtQagDN.jpeg”

            Em https://i.imgur.com/OtQagDN.jpeg tem uma lista de factos sobre a administração do Trump. Factos comprováveis em qualquer motor de pesquisa, caso a cultura sobre atualidade e geopolítica estejam a falhar.

            Se o argumento é ser uma imagem com texto em lugar de texto copiado aqui para o fórum, bom, talvez sejas tu que apenas compreendas de livros de colorir.

        • Carolina Costa says:

          está nos EUA ? sabes as mudanças que houve do trump para o biden ? se não sabes então não fales em psicopatas porque podes estar enganado.

          • Sandro says:

            Mas se não acredita nas noticias? Onde foi buscar essas informações?
            Sonhou?, foi?
            Por enquanto, vou retomar a minha confiança nas noticias.
            Se gostam assim tanto do trump? e argumentam, baseados nos sonhos, também devem acreditar, que os meninos, vêm numa cegonha.

  4. muugner says:

    Por mim bania-se o twitter do país. Permitir que uma empresa privada ataque/bloqueie um presidente de que país for, deve ser proibida de exercer. É bani-los na hora.

    • RicM says:

      Embora pareça que existam “dois pesos e duas medidas”, a verdade é que uns disparates escritos por alguém que tem uns milhares de seguidores e por uma estrela mediática/presidente que tinha perto de 90 milhões de seguidores mas cujas palavras eram ainda amplificadas pelos media mundiais, podem ter resultados e impactos muito diferentes.
      Como pode ser lido em https://blog.twitter.com/en_us/topics/company/2020/suspension (“After close review of recent Tweets from the @realDonaldTrump account and the context around them — specifically how they are being received and interpreted on and off Twitter — we have permanently suspended the account due to the risk of further incitement of violence.”), ele foi banido por risco de incitação à violência e, se bem que nessa altura o risco era grande, atualmente não vejo motivo para não reativarem a sua conta.
      Mas mesmo dito isto, sendo uma empresa privada, se as suas regras disserem que reservam o direito de admissão e tal questão não fôr contra a lei, querer banir a empresa é uma atitude fascista.

    • Toni da Adega says:

      Isso quer dizer que as empresas que não fizeram vénia ao presidente devem fechar? E as pessoas? Devem ser presas se não fizerem vénia ao presidente?

  5. Miguel says:

    Redes Socias de esquerda, é o que temos por lá.

    • Ricardo says:

      E pro cá, basta ver o ódio que reina no twiiter em Portugal, até temos uma senhora directora da visão a mandar postas de pescada todos os dias com os seus amigos do be e pcp nos comentários a aplaudir.

    • Robin Hood says:

      Muito simples: faça uma rede social de direita pois então, do que adianta chorar baba e ranho

  6. alt.menino says:

    Politica, justiça, banca e futebol…. tem um saldo muito negativo. Roça a tristeza com a miséria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.