Quantcast
PplWare Mobile

Facebook terá tentado comprar app dedicada a espiar os utilizadores do iPhone

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Spoky says:

    «Aparentemente a ideia seria usar o Pegasus para obter dados sensíveis dos utilizadores”

    O que me chateia, é que ninguem faz nada contra isto. Multas? Mas quais multas? Para esta gente tem de ser multas milionárias, que lhes causa prejuízo enorme e lhes faça pensar no que andam a fazer.

    Isto é crime, uma coisa é recolher com permissão dos utilizadores e quando digo, digo permissão mas COM TUDO BEM DECLARADO e visível. Outra coisa é espiar o utilizador, controlar e monitorizar.

    É sabido, que não se deve usar Facebook por essa mesma razão. Mas andar a comprar outras Apps para espiar é criminoso.

    Se fosse uma pessoa comum ou uma pequena empresa, já estaria a ser fechada, com pesadas multas e processos crime no tribunal até dizer chega. É isto, que me deixa surreal.

    É incrível, como é que isto é possível!? E depois vêm falar do RGPD se nem o Facebook o respeita, para que foi criado?

    É necessário alguem com pulso firme, e com medidas drásticas. Um verdadeiro Comunista, Patriota que imponha medidas sérias, multas pesadas no combate a estes abusos por parte das grandes empresas.

    O problema é que não há ninguém que o faça decentemente. É vergonhoso simplesmente.
    Por isso recomendo que em vez de utilizarem Whatsapp, usem Telegram, Signal.

    Não estou a dizer que Telegram, é 100% seguro, mas é muito melhor que o WhatsApp e entre escolher uma App que pertence ao Facebook, prefiro muito mais o Telegram.

    Nem se compara! Telegram, Signal são melhores alternativas. Enquanto a Rede Social Facebook, esse já se sabe que dificilmente se arranja uma alternativa a sério.

    Quanto menos usarem Apps do Facebook melhor, quanto mais alternativas usarem melhor. É assim.

    • Joao Ptt says:

      Aparentemente se quer privacidade nas comunicações (ponto-a-ponto cifrado de origem) vai mesmo ter de optar pelo Signal, que é gratuito.
      Ou pode usar o Threema que é de pagamento único mas permite até ocultar o número de telefone e e-mail, o que é mais uma camada de protecção na privacidade (além de também ser cifrado e autenticado ponto-a-ponto).

      Quanto às medidas drásticas, basta ter bom senso, independentemente do espectro político, para ver que a recolha de dados não explicitamente autorizada, e que mesmo quando autorizada que a pessoa tinha de estar ciente do quê/ onde/ quando/ e para quê, para só então ser considerado uma actividade legítima.

      O Estado deve ter um papel de manter as boas relações com outros povos, criar e manter informação essencial (registo civil, registo comercial, registo de patentes, e outros similares), fiscalização, segurança pública interna e do país (manter independência).
      Prevenir que os Facebook’s da vida andem a intrometer-se na vida privada deve estar no âmbito da fiscalização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.