Quantcast
PplWare Mobile

Spotify alertará os utilizadores caso os podcasts mencionem a COVID-19

                                    
                                

Fonte: CNBC

Autor: Ana Sofia Neto


  1. Xyr says:

    Ao que chegamos..Robert Malone um grande cientista desmentido por artistas haha . Tomaram eles perceberem uma linha do que ele diz. A sociedade está louca , um grupo de fanáticos das vacinas covid , quer mandar em todos. Qualquer pessoa , mesmo cientista que refute a vacinação é classificado de desinformador por um grupo de ignorantes…A gestapo deixou seguidores

  2. jorgeg says:

    cucurucuuuuu! Os hippies and a fumar demais e pelos vistos tiveram a ajuda da gold digger e do beta male woke prince !

  3. Vitor Tavares says:

    “Robert Malone um grande cientista…”! Ganhou notoriedade pública por promover desinformação durante a pandemia de COVID-19, que foi difundida nas redes sociais juntamente com a falsa alegação de que Malone teria sido o inventor da vacina mRNA…quando os verdadeiros criadores foram Katalin Karikó ou Derrick Rossi. Também ficou “famoso” por ter tentado publicar alguns “estudos” no Frontiers in Pharmacology que foram rejeitados por suspeita de plágio e conclusões irrelevantes…

    • Nuno Teixeira says:

      Nada disso! O Robert Malone é o Galileu Galilei dos tempos modernos. Ninguém acreditava que no heliocentrismo.
      [modo ironia]

    • Xyr says:

      Meu caro eu já vi várias vídeo conferências com Robert Malone e ele nunca se atribuiu a descoberta das vacinas m RNA ,quanto a desinformação não há um padrão universal , a sua verdade pode ser para mim a maior mentira. Mas o simples facto de todos os provacinas fugirem de debates públicos diz tudo sobre a a confiança que eles depositam nas vacinas quebdefendem. É muito fácil despejar a linha oficial de pensamento quando não temos quem nos confronte…ou agora o Neil Young passou a ser o maior expert em vacinas ?

    • Xyr says:

      Robert Malone nunca se atribuiu a descoberta das vacinas e olhe que eu já o vi em várias vídeo conferências . Quanto a desinformação , quem é que determina o que é desinformação? Os provacinas passaram a ter a verdade absoluta ? Os mesmos que fogem a todos os debates públicos com os cientistas que estão do outro lado…Pelos vistos o Neil Young passou a ser um expert em vacinas e até determina que Robert Malone é um desinformador…,o mundo está louco

      • Zed says:

        “quem é que determina o que é desinformação”…
        OS FACTOS!!!

      • Vitor Tavares says:

        Penso que Neil Young não não é especialista de nada a não ser no mundo musical e no meu comentário não está escrito que ele tem razão do seu “protesto”. O que comentei foi a sua posição no assunto ser sustentada em alguém (não discuto a competência técnica) que é desacreditado pela comunidade científica (será inveja?),é suspeito de se apropriar do trabalho dos outros (plágio!) e tem posições (não apenas em relação à pandemia) contrárias a toda evidência científica! Apenas isso…e para mim é suficiente!

  4. Ricardo says:

    Chorem mais, chega de ditadura sanitária e pensamento único.

  5. SapoFeio says:

    Ao ponto que chegámos. Pode-se falar de tudo.: de armas, de droga, de terrorismo, de bondage, de conspirações, de suicídio, de eutanásia, de sexo com animais, eu sei lá..só não se pode falar de COVID!!! Triste humanidade, estás à beira do fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.