Quantcast
PplWare Mobile

Tesla obrigada a recolher milhares de carros elétricos para resolver problema de suspensão

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Cicrano says:

    E os para choques traseiros que caem quando chove?

  2. Rui says:

    Não deixa de ser cómico a China acusar a Tesla americana de falta de qualidade dos seus carros!!!!!

    Para quem está atordoado por esta acusação, para perceberem melhor o filme, trata-se da China acusar uma empresa americana, certamente apenas com o objectivo de infligir danos financeiros!!!!!

    Nada de novo. Já muitas empresas caíram nesta “guerra” global (EUA VS UE VS CHINA VS RÚSSIA).
    Porque acham que a Apple, Microsoft…… tiveram de pagar pesadas multas na União Europeia?
    E porque acham que os EUA atacaram assim aleatoriamente a VW (só o maior construtor alemão e quase a destruíu) de falsear as leituras de consumo….. assim de repente, não me lembro de comprar um carro que cumprisse a promessa de consumir menos do que realmente consome!!!!! Os EUA também levaram quase à falência o Deutsche Bank (como se a JP Morgan e outros bancos americanos tivessem melhor ética por exemplo quando ajudaram a Grécia a falsificar as contas por causa do déficite!!!!!!).

    Só poucas mentes percebem o porquê destas multas! Mas eu ajudo-os, chama-se guerra comercial!!!!!

    Até a portuguesa Navigator levou com uma multa de 45 milhões de euros pelos EUA….. claro que o facto de ser das maiores papeleiras do mundo e o maior player estrangeiro nos EUA foi uma mera coincidência!!!!!!!

    Para quem acha que o mundo é muito pacífico e é um autêntico paraíso, não precisamos de Forças Armadas nem ninguém que nos defenda……. não estão a morar no mesmo planeta certamente!!!!!!

    • oeuropeu says:

      Apesar de concordar com muita coisa que você possa ter dito, a Tesla não deixa de ter um serviço pós-venda fraco a comparar com outras marcas e ter falhas por falta de experiência no mercado automóvel.

      • Rui says:

        Já referi isso várias vezes aqui. Qualquer grande construtor automóvel, tem dezenas de fábricas espalhadas pelo mundo, sistemas de pós-venda com muitas décadas!!!!!!!

        E quer se queira quer não, a qualidade geral da marca também é afectada por todas as falhas pós-venda!!!!!!

        • Robin says:

          A diferença de qualquer marca e qualquer produtos está no pós-venda , porque vender qualquer um vende, até o cigano vende, mas é aí que quase todos falham e podem fazer a publicidade que quiserem gastar os rios de dinheiro que quiserem é o pós venda que os mata, ou, que os levanta ao topo.

          • Paulo A. says:

            Verdade, tenho um Tesla e é vergonha não reconhecerem quando o erro é de construção mas também é verdade que não é exclusivo da Tesla. A Audi, fabricante de renome faz o mesmo, a WW faz o mesmo. Tive um Renault a gasoleo,.Ao fim de um ano foi o motor à vida, fez o mesmo, até reconheceu o defeito de fabrico, mas como a garantia, na altura era de um ano, e o moto avariou com 1 ano e 15 dias, não pagaram. A única marca que vi reconhecer erros até hoje, por experiência própria mesmo, foi a Honda. Tinha defeitos de fabrico em 3 pontos chave e chamaram os carros à oficina para resolver, todos as outras marcas que tive nenhuma reconheceu. Não tive qualquer problema com o Tesla Model 3 até hoje, ao fim de um ano, mas se tiver e não reconhecerem erro próprio……mas como referi, não é a única marca, e videos no youtube não faltam, como esse da Audi, construtor alemão de topo, etc, do E-tron porque nesse caso nem sabem como resolver os erros de concepção do carro de mais de 100 000€

  3. TugAzeiteiro says:

    ” a empresa tem de recolher quase 30 mil dos seus carros.” LOL Que drama…. ainda me lembro da ultima recolha da Toyota…… e não eram apenas 30mil popós…

    • oeuropeu says:

      O drama aqui é que a Tesla não o faz voluntariamente, e mesmo assim diz não reconhecer a falha, diz a Tesla que a culpa é do cliente.

      • IonFan says:

        Mas o problema aqui é que isto deve ser mesmo causado por abusos por parte dos condutores e da fraca qualidade de muitas vias na China. De que outra forma se explica que a incidência deste problema na China seja o dobro do resto mundo? Os carros que vão para a China têm a suspensão exactamente igual a todos os outros.

        • Lelo says:

          Pelos vistos não é só o Model S, nem mau uso ou vias em mau estado…

          https://insideevs.com/news/447593/tesla-suspension-issues-owners-true-stories/

          • IonFan says:

            Onde é que eu digo que é só o Model S, ou que só acontece com mau uso, ou em vias em mau estado?

            O facto de haver casos fora da China não significa que não tenha havido mau uso nem estradas más. Nem uma coisa nem outra são exclusivas da China.

            O que eu disse foi que a incidência destes casos é o dobro (está no link da última parte do artigo) na China (0,1%) comparando com o resto do mundo (0,05%). Como as suspensões são as mesmas em todos os mercados, se o problema fosse exclusivamente dos carros, a incidência devia ser a mesma em todo o mundo.

        • Seal says:

          Tens problemas serios…
          “Mas o problema aqui é que isto deve ser mesmo causado por abusos por parte dos condutores e da fraca qualidade de muitas vias na China.”

        • Robin says:

          O problema não são as estradas , é mesmo a suspensão que é uma merd….a é carro só para tapetes de alcatrão tipo liso e sem marcas.
          Convém antes de se fazer a estrada pegar num carro daqueles que são feitos mesmo para tudo tipo carocha feito pra guerra e fazer um reconhecimento do terreno.

    • Nuno V says:

      O problema no yeu argumento é que a toyota vende substancialmente mais que a tesla. Como por exemplo, no ano de 2019 a toyota vendeu quase 30 vezes mais que a tesla. Para não falar que a Toyota vende na ordem dos 10 milhões faz uns bons anos. Portanto o número de Toyotas a circular é substancialmente superior aos da Tesla.

      • IonFan says:

        Entre 2009 e 2011 a Toyota fez um recall a 9 milhões de veículos só por causa do problema do pedal do acelerador. Nos EUA foi 100% dos carros vendidos pela marca durante os anos afectados.

        Neste caso tem a particularidade de acontecer apenas num país que, por acaso, é um país onde não é boa ideia contestar a autoridades. Não digo que os suspensões não tenham problemas (como é normal os carros mais potentes terem), mas o facto de haver muito mais incidência na China do que no resto do mundo, parece indicar que a causa principal é externa à Tesla.

        • Nuno V says:

          “Nos EUA foi 100% dos carros vendidos pela marca durante os anos afectados.”
          Explica-me lá bem isso. Ora os veículos afetados foram vendidos entre os anos de 2005 e 2010, neste periodo a Toyota vendeu quase 14 milhões de veículos nos EUA. Dos 9 milhões de carros que foram afetados ainda tens que retirar os quase 1.9 milhões de veículos que foram chamados na Europa e China. Mas sim, foi dos maiores recalls efetuado por uma marca de automóvel. Ao menos a Toyota teve o bom senso de ser esta a mandar recolher os veículos em vez de um tribunal.

          “Neste caso tem a particularidade de acontecer apenas num país que, por acaso, é um país onde não é boa ideia contestar a autoridades.”
          Tinha que vir a desculpa ad hoc.

          • IonFan says:

            Os 9 milhões foram em todo o mundo. Interpretaste mal o que escrevi depois. Eu só escrevi que foram 100% dos vendidos no EUA e não que os 9 milhões eram esses 100%. Mas isto está errado de qualquer forma.

            Parece que somos dois a interpretar mal, porque eu tirei a informação daqui: https://en.wikipedia.org/wiki/2009%E2%80%9311_Toyota_vehicle_recalls

            O problema é que na parte “involving the same 3.8 million vehicles sold in North America”, eu interpretei “same 3.8 million vehicles sold” como sendo todos os carros vendidos, e não como os mesmos incluídos na primeira versão do recall.

            O que a Tesla está a fazer é exatamente recolher os veículos sem ir a tribunal. A Tesla decidiu não contestar.

            Não é nenhuma desculpa ad hoc. É a minha opinião. Eu só constatei o facto de não ser boa ideia contestar as autoridades chinesas. A Tesla, com a questão da incidência ser o dobro na China, tinha um defesa forte para provar que há fatores externos a contribuir para as falhas. Mesmo assim escolheu não contestar. Posto isto, cada um que tire as suas conclusões.

          • Nuno V says:

            Mas teve que ser o organismo responsável a requerer o recall. No caso da Toyota não. Foi a toyota que entrou em contacto com as entidades competentes para efectuar o recall.

            Eu não interpretei mal o que tu escreveste porque eu em parte alguma afirmei que tu disseste que o 9 milhões de veículos eram referentes apenas aos EUA. O que eu fiz sim foi demonstrar a impossibilidade da tua afirmação. Mas para isso precisava do número de veículos afectados nos EUA. Como tu não o forneceste, forneci o eu.

            Tu cometeste um erro, e até aqui tudo bem. Agora não queiras arrastar contigo quem não o fez.

          • IonFan says:

            @Nuno V, se a Tesla não acha que seja motivo para um recall, como é que ia decidir fazer por iniciativa própria? A Tesla conhece o problema e repara ao abrigo da garantia, mas com as diferenças de incidência entre geografias e com o facto de ter apurado que, mesmo em caso de falha, o controlo do veiculo não é perdido, acha que não se trate de motivo para recall. No caso da Toyota era um problema de segurança. A partir do momento que o detectaram, era do interesse da marca recolher rapidamente os carros.

            De facto não disseste que eu disse que os 9 milhões se referiam aos EUA, apenas deixaste essa ideia no ar quando disseste que aos 9 milhões se tinham que tirar os 1.9 milhões da Europa e China. Mas isso foi a minha interpretação do teu comentário e posso, mais uma vez, estar errado. Não quero que penses que estou a inventar desculpas ad hoc…

            Penso que foi contigo que tive uma discussão (mais agradável nuns momentos que outros) acerca da possibilidade de uma colónia em Marte. Aqui parece que o que conta (e bem), é o que é exactamente escrito ou não, enquanto que lá o que contava era o que se subentendia. Tinha sido bom que o que foi exactamente escrito nessa discussão e nos Tweets do Elon Musk tivesse o mesmo grau de importância, mas principalmente que se soubesse admitir quando a interpretação tinha sido abusiva e, por isso, errada.

        • Seal says:

          Loll
          Nem quando te enganas vês o óbvio…!

          • IonFan says:

            É isso…
            Quantas vezes já aqui admitiste que estavas errado? Eu não preciso de fingir que estou sempre certo para discutir um assunto. Se vir que estou errado não tenho problema nenhum em admitir.

          • Seal says:

            Claro que tens (verdade seja dita, não muitas). Só que nem sequer te apercebes disso.

          • IonFan says:

            @Seal, ajuda me a perceber. Prova que estou errado e eu não tenho problema em admitir.

            Até agora só falaste no abstracto. Meia dúzia de comentários e 0 de conteúdo real.

  4. oeuropeu says:

    Vemos varias marcas a fazer recolha de veículos voluntariamente para corrigirem falhas graves, a Tesla foi preciso impor esta recolha. Mais esta diz que a culpa até é dos clientes de como usam o veículos, pois se calhar devem ter o veiculo na garagem ou deslocar-se baixa velocidade e tentar não sair da autoestrada, estradas com buracos então esqueçam este carro não é para isto. Normal termos cuidados com os carros, mas tipo com o Tesla se calhar é preciso proteger o carrinho, que ela constipasse.

  5. ervilhoid says:

    se fosse “Tesla tem de recolher carros a combustão…” é que era estranho

  6. Paulo A. says:

    Problemas muitos têm até os que produzem carros há muitos anos

    https://www.youtube.com/watch?v=IOPFiR4pIhc&t=931s

  7. José Fonseca Amadeu says:

    A continuar assim mais vale recolher e darem um carro novo de outra marca, apenas com baterias tesla.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.