Quantcast
PplWare Mobile

Tesla descontrolado atropela mortalmente duas pessoas na China! Marca já reagiu ao acidente

                                    
                                

Fonte: Reuters

Autor: Pedro Simões


  1. Aquelequevocesadoram! says:

    A marca é tão boa que os acidentes são sempre notícia!

  2. João says:

    Acho q as pessoas estão a se acostumar mal ao “one pedal driving”. Por quase não usar mais o pedal do travao , quando querem que parar mais rapidamente, acabam por pisar no acelerador.

  3. iDespairing says:

    Acho que o condutor estava farto com a vida que tinha. Embora nao gosto da Tesla, tenho a certeza nada disto tem a ver com automatismos.

  4. mamba says:

    Carregou no acelerador em vez de no travão, entrou em pânico e bloqueou. Estava concentrado em desviar-se dos obstáculos de tão tenso que estava ‘esqueceu-se’ do pé no acelerador. . Não é normal, mas uma coisa é o travão não funcionar (como diz o familiar), outra é o carro ir a assapar.. Duas falhas ao mesmo tempo é demasiada coincidência. Culpa negligente do condutor.

  5. Fusion says:

    Ou foi o carro ou o condutor, mesmo que o rapaz (ou rapariga) se tenha enganado no pedal, de certo que não ia andar desvairado tantos metros, posso aceitar que se tenha enganado no pedal, mas não por tanto tempo. A ver vamos, uma coisa é certa a Tesla vai lutar para provar que foi tudo um erro humano, coisa que até não duvido, lá os chineses têm altas tachas de depressão que por sua vez leva ao suicídio.

    Nota final, a pessoa que colocou aquela música no video? 10/10 por se enquadrar “perfeitamente”

  6. tau says:

    A sequência de acidentes é impressionante!
    Impressionante também o registo quase contínuo dos sistemas de vídeo vigilância chineses!

    • CENAS says:

      É não é? Até parece, sei lá, assim quase encenado de forma a vilanizar uma marca “estrangeira” de elétricos numa altura em que as marcas “nacionais” começam a precisar de momentum para arrancarem. Assim do nada até parece, de tão impressionante que é.

    • AdN says:

      Como se a China não fosse o país da vídeo vigilância estatal, segundo tantas notícias já conhecidas…

  7. Boss says:

    Eu na minha zundapp v2 tambem entrei pelo jardim a dentro sempre a acelarar ao maximo não tinha qualquer experiência a andar em 2 rodas e não havia qualquer automatismo na epoca. É engraçado a diferença de títulos quando sao carros eletricos ou tesla e os restantes só demonstra a comichão que já estao a fazer nos interesses implementados.

  8. TSSRK says:

    E logo os dois pedais falharem ao mesmo tempo, para nao falar que o do acelerador tem dois sinais em paralelo.

    Logo no inicio do video ja se via que quem estava ao volante ia a dormir 😀

    • Keyboardcat says:

      O acelerador é “Drive-by-wire”, por isso existe uma possibilidade remota de falhar, mas o travão não. Tal como nos restantes automóveis, o travão está sempre diretamente ligado à bomba.

      Por isso mesmo na falha do servo (no caso dos Teslas modernos é um sistema elétrico e não vácuo como nos veículos de combustão), o travão funciona sempre.

  9. Pedro says:

    Lá acabou por parar. Não sejam maus para o Elon.

  10. Alejandro says:

    Se fosse um carro de marca chinesa, para o regime chinês, o número de vítimas mortais deste acidente, seria mera estatística.

  11. Lola says:

    Óptima escolha de música, violino para aumentar a depressão…

  12. omeuumbigomanda says:

    Problemas acontecem com todas as marcas! Agora “… Alertou ainda que as pessoas não devem acreditar nos rumores que circulam sobre o acidente…”!!! Lapidar este comentario, apesar de ser sensato. Quando convem. Depois ve-se a selva no twiter e no tp de publicaçoes do seu “Mito”, alguma ate apagadas depois.

  13. Hélder Lemos says:

    É um Tesla Model Y? É estranho não haver intervenção nos sistemas de Collision Avoidance Assist..

  14. Art says:

    Apesar de haver mortos , a música e os sons que acompanham o vídeo acrescentaram um tom de comédia a esta tragédia

  15. PTO says:

    É caso para dizer: the singularity is near 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.