PplWare Mobile

Quer ter um carro elétrico novo por 10 mil euros? A Renault vai ter…


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. jorge antonio says:

    claro que sim, vão ter a esse preço, e depois tem que se pagar 100€ por mês de aluguer das baterias.

    • Pedro says:

      Melhor do que ter de pagar uma nova ao fim de 10 anos ou uma nova porque teve um acidente! E não é 100€ mas sim 70€

      • Realista says:

        Para pagar €75 de aluguer prefiro continuar a pagar à Galp…

      • Antonio says:

        70 EUR se andar apenas 7500 Km por ano. Senão são 120 EUR por mês. Uma bateria nova ao fim de 10 anos não custaría 8400 EUR seguramente. Este aluguer de baterías é uma chulice da Renault!

        • anon says:

          Claro que é uma chulice, mas alguém ainda acredita que os carros elétricos vieram para ajudar ambiente? É tudo um negócio.

          • António Costa says:

            +1
            eléctrico não é a melhor solução, é apenas uma manobra para se venderem + carros. Quem ganha?
            48% da energia electrica produzida em Portugal é de origem fóssil!!!
            GPL ou ainda muito mais barato e menos poluente, gás natural!
            Modas…e aldrabices

        • Marco says:

          7500km ano??? faço mais do que isso a cada 2 meses…..lol

      • José Carlos da Silva says:

        E estamos a assumir que um carro desses dura 10 anos? Podiam cobrar mais um extra de 50€/mês por porta, mais 30€/mês por vidro. Tem rodas? 25€/mês cada uma. Este sistema é uma forma descarada de roubar as pessoas.

        Mas mesmo assumindo que se fica com o carro 10 anos, e não se faz mais de 7500km por ano, para se manter o valor nos 70€/mês, são mais 8400€ a somar ao valor do carrito… Fantasias.

    • xarly says:

      Se 100 euros por mês não chegarem atualmente para o gasóleo ou a gasolina…já vale a pena…e ouvi dizer que andam a bombardear umas refinarias lá para as arábias e que o prço dos combustíveis vai subir e coisa e tal…

      • Pedro Silva says:

        pois mas quando sobem os combustíveis também sobe o preço da energia …… e a somar a esses 100€ do aluguer não se esqueçam que ele não anda a ar

    • Fernando says:

      Na Islândia as baterias são intermutaveis e só se paga a energia elétrica e uma pequena taxa. A energia é produzida em centrais elétricas que usam o hidrogênio e o oxigénio obtidos a partir da eletrolise da água que forma vapor de água como gás de escape. Ninguém fala disso nem a comunicação social divulga parecem estar todos bem combinados.

  2. Antonio Simões says:

    10 mil €uros aonde? Na França? cá vão ser 20 e tal mil.. vai uma aposta?

  3. Pedro says:

    Baterias a 100€? Nem dado o queria

  4. costa says:

    10mil mas nao é aqui. aqui é só lambões…vai ser para ai 15mil no minimo

  5. sakura says:

    eGT( Renault-Nissan-Mitsubishi alliance) eu quero 1 destes para ir as compras.

    https://www.electrive.com/2019/09/13/renault-hits-on-china-with-ultra-low-price-electric-car/

  6. Jota says:

    …dentro dos próximos cinco anos!!! Daqui a cinco anos se calhar já não existe planeta! 🙂

  7. Antidogmata says:

    É 70 quando paga 20.000 pelo carro e só o quer para levar à missa (limite de 7500 km/ano). Sem limite de km são 120 EUR.
    A pagar 10.000 pelo carro os consumidores que se preparem para pagar mais perto dos 200 pelo aluguer de baterias
    “Melhor que pagar uma nova ao fim de 10 anos”? É só fazer as contas: 200 x 12 (meses) x 10 (anos) = 24.000 EUR…
    No meu ver esta nunca será a filosofia certa para conquistar mercado na mobilidade elétrica.

  8. Miguel says:

    Podem por o preço que quiserem mas enquanto não porem a venda carros eléctricos eu continuarei com carro a gasóleo. Existe carros eléctricos mas não os poem a venda porque querem ganhar dinheiro e não evoluir e proteger o ambiente. Pra quem não sabe do que estou a falar; o verdadeiro carro eléctrico é recarregável pelas 4 rodas enquanto estiver em andamento. Só é necessário conectar a electricidade se o veículo ficar vários dias sem ser usado.

    • Joao says:

      Brain explosion!

    • Davide Costa says:

      Tu percebes de física? Há carros que carregam pelas rodas mas é quando estás a travar ou vais numa descida em terreno plano ou a subir não consegue fazer isso. Se fosse possível há muito maluco que já o teria feito. A energia que nessecitas para gerar energia é a mesma que necessitas para andar. Ou andas ou geras energia.

      • GM says:

        Ele tem razão em certa medida. Mas o carro não carrega pelas rodas, e sim por indução. Existe um projecto-piloto na Suécia, de um troço de estrada electrificada para permitir o carregamento de veículos por indução. Mas claro, tudo o resto que disse é #$%$$%%##.
        https://www.publico.pt/2018/04/12/tecnologia/noticia/primeira-estrada-que-carrega-veiculos-electricos-do-mundo-ja-foi-inaugurada-1810105

        • Antonio says:

          Acho que eu não respondi à pessoa certa. Quando respondi pensei que era o Miguelito que me tinha perguntado se eu percebia de física. lol. Embora o Davide não esteja a considerar o rendimento de uma máquina ao afirmar que a energia usada para gerar energia é a mesma usada para andar.

      • Antonio says:

        Eu percebo de física e também tenho carro! Pelo que ……. acho melhor nem continuar mas apenas te faço uma perguntinha: Sabes o que é o rendimento de uma máquina? Vai à internet pesquisar mas não naquele tipo de sites que dizem a terra é plana!!!!

        • Davide Costa says:

          Não deves perceber pesquisa as leis de newton.

          • Antonio says:

            Lei da acção reação não se aplica neste caso!!! Embora a minha resposta não fosse para ti, estás a ficar perto do nivel do Miguelito!
            Passa um bom dia!

        • Davide Costa says:

          Como não se aplica? Vais dizer que um génio que descobriu essas leis afinal estava errado. Terceira lei de newton. “Para toda ação (força) sobre um objeto, em resposta à interação com outro objeto, existirá uma reação (força) de mesmo valor e direção, mas com sentido oposto.” Se a reacção é do mesmo valor da acção, onde tem a sobra para carregar as baterias? Nem autosustentavel pode ser pois há perdas pelo caminho. Esta foi uma resposta ao Miguel que diz que um verdadeiro carro eléctrico é o que não precisa ser carregado a não ser que esteja muitos dias parado.

    • k says:

      Então vais andar muito tempo a gasóleo. Basicamente, o que tu disseste, não funciona da maneira que tu achas que funciona. Vai estudar física primeiro.

  9. nuno a says:

    O Zoe é menos carro e mais caro que um Leaf.
    A qualidade dos materiais é inferior, o interior é mais pobre, menos espaçoso, aparentemente pode parecer mais barato comprando na opção com aluguer das baterias mas é um engano

  10. Jaime Pedro says:

    A mobilidade elétrica acessível à maioria, passa pela transformação de carros usados, a gasolina ou gasóleo em eléctricos. Os franceses já anunciaram com 8.500,00 € estão a projectar essas transformações. Só que está difícil a autorização do governo. A máfia do petróleo não consente. Os estudantes da universidade de Viseu ja fizeram um, há mais de 4 anos. Podem ver está no YouTube e é uma reportagem da TVI.

  11. eu says:

    A esse preço, a bateria será alugada (isto para não falar de outros problemas no presente como onde carregar e o tempo de carga).
    Uma vez que o carro não anda a ar, não sai mais economico ou tão mais economico que um carro a gasolina.
    Se compararmos com um carro a GPL, o que gasta no mês com abastecimento ficará equivalente, senão inferior ao preço de aluguer da bateria e tendo em conta o que poluio o fabrico das baterias, será menos poluente.

  12. Pedro Fernandes says:

    Este carro vai ter a autonomia de uma batata 🙂

  13. Reinaldo says:

    Para pessoas menos avantajadas a futuro e a transformação do motor a combustão para elétrico estados unidos brasil Holanda já a funcionar neste sentindo

  14. Cortano says:

    Tudo muito giro e tal, mas não vejo novidades ou notícias sobre o upgrade à rede electrica.
    Sem energia para carregar baterias, serve de muito esta conversa toda de EVs.

    • Rafael Barros says:

      Exato. Carros elétricos compensam agora porque são poucos. Quando houver uma frota maior eu quero ver que rede que vai aguentar.

    • Joao says:

      Quando se chegar a esse ponto convence-se a opinião pública de que os veículos eléctricos são insustentáveis e que a substituição do parque automóvel por uma outra tecnologia é necessária, tal como aconteceu com o diesel.

      • Zé pensador says:

        Eu acho que o eléctrico é moda, a não ser que inventem uma bateria revolucionária com matéria prima barata e pouco poluente no seu fabrico. Eu aposto que no futuro os carros de hidrogénio com motor de pistões vão dominar.

  15. luis silva says:

    Venham eles…

  16. Edson Maia Carlos Filho says:

    Ahh…se eu tivesse condições financeiras de comprar um para mim…! seria ótimo…!

  17. ALOISIO PINTO says:

    No Brasil estão investindo no modelo híbrido motor elétrico e a gasolina ou álcool

  18. jose carlos santos silva says:

    Isso é uma ilusão. Não existe no planeta matéria prima para construção de tantas baterias. Muita atenção

  19. João Medeiros says:

    É tudo uma questão de matemática temos de fazer as contas , eu por exemplo gasto 250 euros de combustivel se pagar 70 de aluguer de bateria mais 100 de eletrecidade ainda fico a ganhar 80 que ajuda na prestação do carro , para já não falar do que vou poupar na manutenção do carro. A ecologia tem de ser um bom negocio senão estamos tramados.

  20. Manel says:

    Pois,… e podemos carregar a bateria enquanto vamos tomar café? Ou quando estamos a trabalhar, deixamos a carregar,… se não estiver ocupado o posto. Ou carregamos durante a noite na nossa garagem…! Sim, porque toda a gente tem garagem é claro!
    Alguém vai responder mais uma vez, é uma questão de tempo. Mas é bastante tempo aqui no nosso jardim à beira mar plantado.

  21. Carlos Teixeira says:

    Esta coisa de pagar aluguer de baterias é uma chulice. Só para otários.

  22. Carlos Teixeira says:

    Esta coisa de pagar aluguer de baterias é uma chulice. Só para otários.

  23. João says:

    B dia, Estás discussão sobre o telefone das marcas e tudo conversa da treta, todos falham.
    Agora cada um compra o que quer.

  24. paulo says:

    Kwid até que é um carrinho legal

  25. Fernando says:

    Na Islândia as baterias são intermutaveis e só se paga a energia elétrica e uma pequena taxa. A energia é produzida em centrais elétricas que usam o hidrogênio e o oxigénio obtidos a partir da eletrolise da água que forma vapor de água como gás de escape. Ninguém fala disso nem a comunicação social divulga parecem estar todos bem combinados.

  26. ALEXANDRE PIRES CARDOSO says:

    Aqui não alugamos baterias, compramos. E dura em média 2 anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.