PplWare Mobile

Aprovado! Novos carros vão ter alcoolímetros a partir de 2022


Fonte: yahoo

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. King Banido says:

    Ainda não existem coimas, para quem remover isto? É que se não passar a ser de lei, qualquer reprogramação tira as limitações…
    Se não houver sanções para quem remover estes mecanismos, é a mesma coisa de não implementarem…

  2. Realista says:

    “Oh amigo, bufa-me aqui pf… ”
    Completamente contra

  3. Stiklapice says:

    Breve não é preciso tirar a carta,pois os carros fazem tudo sozinho.

    • Ze Frango says:

      Concordo!

    • Joao Ptt says:

      Aparentemente veículos verdadeiramente autónomos, para circular por toda a parte sem necessidade de condutores, segundo declarações que li há algum tempo, acho que era alguém da Nissan (mas posso estar errado), é uma fantasia, é algo para só ser uma realidade daqui por uns 200 anos se a tecnologia continuar a evoluir ao ritmo actual.
      Mas pelo marketing já seria coisa que ou já era uma realidade ou estava quase quase a tornar-se realidade.
      É um bocado como o 5G, ou o 4G, ou o 3G, ou o 2G… supostamente são uma realidade se acreditarem no marketing, mas do supostamente depois ao mundo real é só circular um pouco por todo o país para perceber que ainda hoje em dia existem zonas sem cobertura de qualquer espécie, mesmo em Portugal que é um país minúsculo comparado com muitos outros.
      Por isso isto (veículos autónomos) é coisa para ir acontecendo, na prática, a pouco e pouco, e talvez daqui aos tais 200 anos (se lá chegássemos) então talvez tivéssemos veículos realmente autónomos de verdade.

  4. Johnny says:

    Sopra o pendura…e siga!!

  5. Sw4rtz says:

    Não é com isto que vão resolver alguma coisa..

  6. Bruno Rua says:

    Sopra o cão que o pendura tb não deve estar bom! :)))

  7. TugAzeiteiro says:

    Incrível… mesmo há Tuga… ainda não saiu este tal alcoolímetro no carro e já se está a pensar em enganar o sistema! Infelizmente há muitos acidentes causados por pessoal bêbado (mas que está sempre bem)… querem lá vocês saber, a maioria dos que comentam aqui mal tem idade para tirar a carta! O que vale é que daqui a umas décadas nem vai ser preciso nada disto… já que o caminho que isto leva a intervenção humana nos carros será coisa do passado… infelizmente para quem gosta de conduzir!

  8. Luís Cunha says:

    Querem tornar a nossa deslocação privada num autentico Big Brother! Não, prefiro andar a pé, obrigado.

  9. Milhais says:

    O “Sistema de Câmaras de Monitorização Interna” vai ser para os carros pessoais? Como vai passar pela lei de protecção de dados em Portugal? Vai ser interessante.. Mas sao boas medidas, esta a começar a preparar a sociedade para a implementação dos carros autónomos, nivel 2 e 3.

  10. Dani Silva says:

    Só podem estar a brincar…

    • mlopes says:

      uns estão a “brincar” os outros estão bêbados e a matar gente inocente. prefiro os brincalhões!
      o limite legal de álcool ao volante devia ser zero!

  11. bismarques says:

    Medidas para carros novos! É só comprar um carro usado e os problemas ficam resolvidos! 🙂

  12. Tiago says:

    “Paragem automática de emergência:o veículo reconhece o sinal vermelho;
    Lane-Keeping Assistance: sistema automático que garante que o veículo não sai da faixa de rodagem de forma abrupta;”

    Pergunto me, como é que surgirão estes sistemas em situações em que seremos obrigados a contornar estas regras por forma a evitarmos um acidente? Imaginem situações de emergencia e não só que me obriguem a passar um vermelho? Se tiver que me desviar de repente de um carro e que para isso necessite de mudar de faixa abruptamente?

  13. José Carlos says:

    Não é bem o que está escrito na norma aprovada:
    “‘alcohol interlock installation facilitation’ means a standardised interface that facilitates the
    fitting of aftermarket alcohol interlock devices in motor vehicles;”

    https://data.consilium.europa.eu/doc/document/PE-82-2019-INIT/en/pdf

    Não são obrigados a ter o dispositivo, mas têm que ter condições de fábrica para os dispositivos serem instalados.

  14. pirata says:

    Estupidez pura e dura.
    Facil de contornar e uma excelente maneira de encarecer algo que já é caro.

    Mais facil penalizar mais fortemente os infractores. Trabalho comunitário, multas, apreender o veiculo, etc.

  15. Filipe F. says:

    Depois disto, era importante uma coisa. Lei a sério como em paises sérios. Ou seja nestes veiculos, quem fosse apanhado a conduzir com alcool (e portanto sinal que enganou o sistema ou não foi quem soprou ou num caso mais à portuguesa, desativou o sistema), era logo pena de prisão de 1 a 6 meses sem hipotese de ser suspensa. Talvez assim as pessoas tivessem medo de ir contra a lei.

  16. Infinity says:

    Vai ser como no Vietname, tudo a andar de mota

  17. Carlos Manuel Ferreira Alves says:

    Vai ser tudo a andar com balões cheios na mala do carro! xD

  18. Carlos Alves says:

    Vai ser tudo a andar com balões cheios na mala do carro! xD

  19. Roberto says:

    Paragem automaticamente no sinal vermelho? Limitador de velocidade, numa ultrapassagem? Câmara de vigilância interna? Estão a gozar

  20. me and me says:

    isto é vender a banha da cobra.
    basta pedir para outra pessoa soprar e o carro desbloqueia. o carro nao vai andar a fazer testes de ADN para saber quem anda a soprar… mais uma medida idiota para tornar as pessoas mais idiotas….

  21. mlopes says:

    o problema que vejo nisto é os bêbados, para além de bêbados, ainda vão andar com carros velhos!

  22. Viktor says:

    Não acredito no alcoolímetro, como é que medem? Num grupo podem estar 2 ou 3 bêbados à excepção de um, conduz o bêbado e sopra o ébrio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.