Quantcast
PplWare Mobile

Mais uma marca a tomar uma posição! Audi só vai produzir carros elétricos em 2026

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Fonte: Reuters

Autor: Pedro Simões


  1. Joao Ptt says:

    Que engraçado, os políticos determinam uma meta a partir da qual só podem ser produzidos veículos eléctricos e eis se não quando as marcas anunciam que só vão produzir veículos eléctricos a partir determinado ano em diante que por acaso está próximo do limite definidos pelos políticos, coincidências.

    Que os veículos eléctricos também sejam terríveis para o meio ambiente não interessa nada.
    Afirmação baseada na visualização do documentário: “O Lado Negro das Energias Verdes” (disponível por exemplo aqui: https://vimeo.com/475654691 )

    • Rui says:

      só tens que perceber duas coisas a primeira é que os ICE andam cá há anos e anos e chegaram ao fim da sua evolução os carros elericos estão apenas no inicio, a segunda é uma coisa é poluir em locais isolados outra coisa é poluir por todo o mundo, todas as fabricas poluem mas poluem llonge das cidades e em locais que a poluição pode ser controlada, se uma fabrica produz muito CO2 podes meter arvores à volta para consumir esse CO2 mas não podes meter uma arvores em cada carro que anda por aí.
      E já agr vai investigar quem pagou esse documentario ahah

    • Hugo Sousa says:

      Estudos encomendados há muitos, a realidade é bem simples e factual… os factos não mentem, basta ver os relatórios e não os “estudos” verificados por várias entidades da EU… https://www.transportenvironment.org/publications/batteries-vs-oil-comparison-raw-material-needs

      https://www.transportenvironment.org/news/how-clean-are-electric-cars

      Não são estudos encomendados… são relatórios verificados por várias entidades…

      Aliás basta ter um ensino básico e um raciocínio normal para perceber o impacto de cada área… agora os interesses fazem das renováveis as más da fita, mas as provas e factos em todo mundo provam com fatos uma realidade muito diferente…
      Tempos estranhos com acesso a tanta informação e no entanto nunca se viu tanta ignorância…

  2. OdeioBichasModernas says:

    O meu a diesel vai andar por mais 20 anos.
    Quero ver o preço da electricidade quando a maioria for eléctrico.
    Nem quero imaginar.

    • Manuel says:

      sim imagina só eu a pôr dois paineis solares para carregar o carro e mostrar o cu à EDP, as pessoas não percebem que a eletrecidade não pode aumentar muito porque as pessoas podem fazer eletrecidade em casa enquanto que a gasolina podem pôr a 15€ o litro porque as pessoas têm que a pagar porque não podem fazer um buraquinho no chão para tirar petroleo.
      Olha dou-te já aqui uma ideia de negocio compras aí um terreno grande metes uma estrtura tudo cheio de paineis solares(que hj em dia já têm um excelente preço) e começas a cobrar um preço para o pessoal ir lá carregar

      • Hugo Sousa says:

        Exacto…. bem dito…
        Infelizmente estamos sujeitos a interesses, cá em Portugal e absolutamente ridículo, pagamos 66% de impostas na factura da energia, mas o preço da energia sem as taxas “extra” do nosso país em fornecedores sem ser a EDP (empresa de palhaços políticos) chega a 0,05€ /kwh + IVA fora do vazio…. façam contas… eu carrego o meu eléctrico num posto público a 0,36€ /kwh em Espanha pago 0,12€/kwh…
        Isto é tudo política…. Na Alemanha pagas 0,06€ / kwh para carregar…
        O nosso problema é o nível elevado da corrupção e a política é há muito tem a ver com a capacidade de produzir Energia renovável….

      • Dinis Domingos says:

        Por lei, se fazes electricidade em casa, és obrigado a vender à REN, não podes usar tu. Baterias tipo as da Tesla ainda são ilegais em Portugal.
        Assim, não é legal teres painéis solares (ou ventoinhas) para alimentares o teu carro.

        • Hugo Sousa says:

          Lamento informar mas o sr está errado, a legislação já mudou há algum tempo, e possível é recomendável o autoconsumo, apenas o regime de venda à rede mudou bastante, a venda é feita por leilão e fixada por portaria, em 2021, estamos nós 0,059€ o Kwh…. Para a EDP vender a 0,17€…. hehe
          Site para se informar da Legislação :
          https://www.apren.pt/pt/legislacao/nacional

          É sim podemos armazenar energia, o problema é mesmo o preço das baterias… Mas começam a baixar significativamente…

          • Algrivão says:

            E mesmo que ainda não fosse assim, há que olhar para o futuro e deixar para trás os pobres de espírito, que não querem sair das cavernas, com medo da luz…

        • Pedro V says:

          Atualize-se, homem.

      • Miguel says:

        Vai sonhando, quando acordares vai ser tarde
        Basta ver o que fizeram com os liquidos dos cigarros eletronicos.
        Quando grande parte pensar em produzir electricidade, vai ser proibido pelo estado, ou entao levam com uma carga de impostos.
        Nos grandes centros urbanos quero ver onde vais colocar os painéis.

        • Hugo Sousa says:

          OK.. sugiro obter um pouco mais de informação… se forem usados 20% da área dos telhados teríamos energia para vender, mesmo que em cada telhado houvesse 2 carros eléctricos..se formos pelas orientações Europeias que já são aplicadas na Holanda por exemplo, com 50% das coberturas em painel solar…
          Pelo menos não falem do que não percebem ou conhecem, comentem o futebol…

    • J says:

      claro que sim. Portugues que é Portugues so muda de carro quando não dá mais

  3. LR says:

    Já que gostam tanto de ir aos detalhes, porque não corrigir o título deste post? Só vai produzir carros elétricos em 2026? E até lá, não os produz? E a partir de 2027, o que vai fazer? Talvez fosse mais correto “A partir de 2026 a AUDI apenas produzirá carros elétricos”.
    Detalhes…

  4. falcaobranco says:

    Meus amigos… uma só resposta… Norma Euro 7… está tudo dito!

    Pesquisem e leiam…depois vejam se não tomavam a mesma posição… custa-me um pouco ler isto mas é a verdade…

    • Gonçalo says:

      Os ICE chegaram ao seu limite de desenvolvimento o dinheiro que é preciso gastar para cumprir essas normas é enorme portanto mais vale partir para uma nova tecnologia do que estar a insistir numca coisa que já não tem mais desenvolvimento possivel

  5. ALC says:

    “Audi só vai produzir carros elétricos em 2026”

    Audi vai produzir só carros elétricos em 2026.
    Assim sim.

  6. Ricardo says:

    Eu como não tenho dinheiro para comprar carros elétricos, a partir de 2026 compro trotinetes (elétricas claro)

  7. OdeioBichasModernas says:

    Sim sim, mais um Chico esperto.
    Mais um que pensa que consegue fugir aos impostos automóveis com os painéis solares.
    Socorro., não aguento mais disto.

    • AJMS says:

      Os painéis solares não é para fugir aos impostos mas sim para alimentar o veiculo e a casa, mas não é com 2 painéis que faz a festa como foi dito aí , para a coisa ser bem feita obriga a um belo inv€stimento.

      • João Magalhães says:

        Não é só o investimento, a maioria vive em prédios.

      • OdeioBichasModernas says:

        AJMS, o que eu quis dizer foi o seguinte… quando o estado deixar de arrecadar o que arrecada em combustíveis fósseis por haver pouca procura devido a haver muitos eléctricos, o que vai acontecer é muito simples, impostos e mais impostos sobre o uso e posse do carro.
        Pode ter a electricidade grátis que quiser, mas dos impostos sobre a propriedade não se livra.
        Ai e tal as as baterias dão cabo do ambiente,imposto.
        No final vai pagar em impostos mais do que paga actualmente nas gasolinas…Vai uma aposta?
        Na Austrália já tiveram a ideia de taxar por cada km percorrido.
        Portanto, a electricidade pode ser grátis, mas para a gastar tem que pagar lol…
        Isso foi na Austrália, por cá que são muito mais geniais a criar impostos nem quero saber do que será.

        As pessoas parece que andam a dormir.
        Como se fosse possível o estado deixar de colectar os biliões que recebe em impostos dos automóveis.
        Quando leio estas ingenuidades até em benzo…

  8. miguel says:

    É uma pena!

  9. Dinis Domingos says:

    A Audi é da VW por isso não foi “mais uma marca” foi mais do mesmo… Falta a Skoda, a Seat e a Cupra.

  10. jocapoga says:

    Boa, mas…Tanto quanto sei ela já produz carros eléctricos e ainda não chegamos ao 2026, portanto a “Audi só vai produzir carros elétricos em 2026” ou “depois de 2026 a Audi só vai produzir carros elétricos” ? Abraço

  11. TiGaSPT says:

    Mais uma a ir em modas, é por esta que vou continuar com o meu carrinho a diesel e gasolina por mais 30 anos

    • Pedro V says:

      Quando o litro estiver a 3 EUR o litro até estalas.

      • Pedro V says:

        Face a redundância. Sorry

      • OdeioBichasModernas says:

        Agradeça ao Costa que virou a página da austeridade.
        Aumentou 6 centimos e disse que depois tirava, viu-se.
        Chulo aldrabão que só consegue enganar otários…

        Vá para o eléctrico e depois por cada km que andar paga 1 euro…A mim ninguém me tira da cabeça que esta treta dos eléctricos ainda nos vai custar mais que as gasolinas.

  12. José Abreu says:

    O radicalismo 100% EV vai destruir o mundo. Aumentando a poluição e monopólios do lítio e do cobalto. Entregando toda a indústria automóvel à China, tal como fez com os telemóveis. Deixando sem controlo a poluição dos resíduos dos pneus. Enfim, estamos entregues aos talibans.

    • Hugo Sousa says:

      Ninguém está a falar de radicalismo, o facto de estarmos 20 anos atrasados na transição para a neutralidade vai ter os seus custos e já está a ter, temos muitos milhares de migrantes devido às alterações climáticas… Já percebi so quando chegar à sua porta é que vai se preocupar com isso, espero que se lembre disso quando os seus filhos ou netos não conseguirem viver numa casa segura e ter que pagar centenas de euros por alimentos escassos…. só em 2020 perderam se 200 000 000 000€ em alimentos devido às alterações climáticas, que do chegar a sua porta, acha que ainda vai a tempo…
      Quanto a situação das baterias, informés e à maioria já tem alternativas, apenas os do “costume” estão a comprar a esses países, os que estão a fazer a diferença tem alternativas bem mais justas e ecológicas… Comentar sem informação e muito triste…
      Uma ajuda, trata de um relatório e não um “estudo” encomendado…
      https://www.transportenvironment.org/publications/batteries-vs-oil-comparison-raw-material-needs

      • Rafilda says:

        “Quanto a situação das baterias, informés e à maioria já tem alternativas, apenas os do “costume”

        Alguém precisa de voltar para a primária…

  13. Estefâneo Empregos says:

    Se calhar até 2026 já lançaram carros a H2.
    Esperemos que sim 🙂

    • FreakOnALeash says:

      Meta na cabeça que H2 não será para carros ligeiros de passageiros. Além de ineficiente a conversão da pasta de hidrogénio em eletricidade (quer a montante quer a jusante) este é altamente dispendioso. o Futuro do H2 passa por soluções de armazenamento de energia (nomeadamente de fontes renováveis) e transportes pesados (ainda que no rodoviário será uma competição).
      Anyways ainda estou à espera do meu momento de adquirir um BEV e não será AUDI pois não tenho guita para tal, portanto o meu ICE ainda via ter de durar mais uns anos, espero eu:)

  14. Hugo Sousa says:

    Acho que não se está a ver as coisas como elas são, o objectivo é encontrar e mudar rapidamente a emissão de Co2… Embora os eléctricos sejam parte da solução, não são o objectivo, o alvo é mudar a orientação “suicída” da sociedade moderna, dos consumos de energias fósseis e as suas emissões, sim pode haver impostos, como já os há, 66% da fatura de energia são impostos hoje…. Mas a verdade é que mesmo hoje existem alternativas, sim é necessário investimento, mas hoje é possível o que muitos pediam durante anos, independente da rede… Mas não é isso que está em causa… Temos que alterar o curso desta bola de neve, pelo menos reduzir o seu tamanho….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.