PplWare Mobile

Fiat Panda 4 × 4 “vintage” renasceu como um aventureiro totalmente elétrico


Imagem: Garage Italia

Fonte: Garage Italia

Autor: Vítor M.


  1. radamel says:

    Tempos em que a chapa dos automóveis de certas marcas se desfaziam ou transformavam em ferrugem só por contacto com uma qualquer brisa do vento. Ou os puxadores ficavam pendurados ao abrir as portas. Não guardo saudades.

  2. xoninhas says:

    Este Panda foi sempre uma aberração.

  3. JJ says:

    Eu tenho um Panda 750 de 1989 e estou super feliz com ele. Gasta pouco e manutenção baixíssima. Não tem o conforto de um carro novo, mas é utilitário citadino espetacular.

  4. Marco says:

    Mas…passa no IPO?
    Porque em Portugal criam-se taxas para desencorajar a poluição (hipocrisia, o objectivo é a colecta de impostos) e depois não se permitem conversões para eléctricos por exemplo…a não ser que se pague a fulano que conhece outro que desenrasca a coisa.

  5. paulo g. says:

    Em de vez de poder é potência… tem muito power. Não se pode traduzir tudo à letra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.