PplWare Mobile

Euro NCAP: Estes foram os carros mais seguros em 2019


Autor: Pedro Pinto

Destaques PPLWARE

  1. King Banido says:

    “A lista completa dos carros mais seguros de 2019”
    Desconhecendo os varios fatores e olhando apenas ao video, como é possivel um carro que parte a frente toda(Model 3), estar nesse top?

    Cheira-me a top’s comprados pelo Musk…

    • Filipe F. says:

      O teste avalia a segurança dos passageiros e peões, e não a reparação do carro.
      É mais seguro um carro que se desfaça todo e a pessoa saia de lá ilesa e consiga abrir a porta, do que um que quase não se estraga e levas tu com o impacto da energia e ficas internamente ”desfeito”.
      Se o Model3 tem uma frente boa para absorver o impacto (ainda por cima não tem o motor lá para ir contra o tablier) é otimo.

    • Gerardo says:

      Chama-se fisica. Se fizeres um carro todo em aço, no primeiro embate a mais de 50, morre toda a gente lá dentro.
      Por isso é que se quiseres saltar de uma grande altura aterras em algo que se deforma como esponja e nao ferro

    • J says:

      Penso que por “seguros” se esteja a referir a quem está lá dentro. O carro ficar todo partido não importa, desde que os passageiros estejam bem.

    • King Banido says:

      A parte do saltar para algo “fofinho” já conheço desde puto, aprendi com as quedas ahahaha

      Nunca vi documentarios sobre fisica de embates, desconhecia estes factores… thanks!

      • GM says:

        Chama-se a isso absorção da energia do impacto, conseguida por zonas deformáveis da carroçaria. Além de que os pára-choques incorporam também elementos absorsores, como seja espuma de PU e outros.

      • GM says:

        Se queres outro exemplo, imagina o que seria circulares numa viatura sem amortecedores. Além do veículo se ressentir em todos os componentes com as agruras das estradas, imagina as tuas costas.

    • Toni da Adega says:

      “como é possivel um carro que parte a frente toda(Model 3), estar nesse top?”

      É mais que sabido que quanto mais “rijo” um carro for menos seguro se torna num impacto. Ao se deformar absorve muito da energia.
      E depois não tens o motor, o maior problema dos impactos frontais é o risco dos ocupantes ficarem esmagados pelo motor.

    • Louro says:

      Basicamente tens zonas de deformacao que vao absorvendo o impacto uma por uma até chegar a cabine onde estao os ocupantes.

      Quando a zona mais rija do carro bate (cabine), já grande parte da energia do embate se dicipou protegendo assim os ocupantes.

      Como te disseram é por essa mesma razao que se saltares para cima de algo fofo/elástico te magoas menos que se caires em cimento, e também a mesma razao para que nas saídas de autoestrada onde os rails fazem bico, teres bidoes de agua ou mesmo o ferro contorcido de forma a se dobrar em zonas especificas. No caso dos rails, tens também deformacao controlada e orientada, por forma ao rail se desviar para o lado e nao ir directo ao carro evitando assim que o mesmo trespasse o mesmo.

  2. Amilcar Alhos says:

    Não foi só o top que foi comprado… quantas vezes é que esta noticia já foi aqui publicada?
    Pode até ter um bom desempenho de segurança mas de certo graças aos sistema ativos, não esquecer que nada contraria a física e estamos a falar de um carro com quase 1900Kg. Ec=mv/2

    • IonFan says:

      O modelo de entrada do Serie 3 da BMW (318d), com o qual o Model 3 partilha o top, tem 1425 kg. O Model 3 de entrada (SR+) tem 1645 kg. São 15.4% de diferença. Não sei porque é que acha assim tão diferente.

      Depois há outros factores, como o facto de não ter um bloco de metal debaixo do capot, que permite uma deformação e respectiva absorção de impacto maior. A bateria debaixo do habitáculo também é importante, já que protege contra a intrusão nos embates laterais e mantém o centro de gravidade e um momento polar de inercia baixos. Há uma série de vantagens dadas pelas leis da física que permitem aos eléctricos (bem projectados) ser muito mais seguros do que os ICE.

      Pode ler este artigo bastante interessante e sobre este assunto: https://insideevs.com/news/340818/a-detailed-look-at-how-tesla-makes-incredibly-safe-electric-cars/

    • Andre says:

      Como assim quantas vezes ? 2019 acabou à 10 dias ahahah que boneco e pelo comentário não percebes nada do que é o euronap

  3. radamel says:

    Tesla for the win. Vamos lá Toyota, que é isso? A facilitar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.