PplWare Mobile

Está confirmado! Model Y da Tesla chega muito mais cedo ao mercado


Autor: Pedro Simões


  1. Fulano says:

    Fantásticas notícias para quem quer comprar.
    Infelizmente ter um carro a pilhas não serve para quem faz centenas de quilómetros diariamente, daí que estes carros são bons para ir ao supermercado.
    Contínuo a afirmar que o Hidrogénio é o futuro, tanto que quase todos os fabricantes mundiais estão a investir forte nestes veículos.

    • fc says:

      Qual é a percentagem de condutores de ligeiros de passageiros que fazem centenas de km diários em Portugal?

    • Diogo says:

      Este carro tem 500km que acho ais que suficiente para 90% da população e mesmos estes 10%duvido que façam mais de 500 seguidos sem parar o meu pai é vendedor anda bem todos os dias e faz 200/300.
      Quanto ao hidrogenio duvido muito que seja o futuro, é dificil de armazenar requer energia para se produzir e daqui a 2 ano esta ao mesmo preço da gasolina ah espera ja esta ahah e que marcas ves a investir aqui? a mais forte é a toyota as outras têm simplesmente projetos.
      Acho o hidrogeneo perfeito para avioes mas pronto como nao ha nenhuma tesla que ande com isto para a frente nessa area, se estiveres interessado no assunto vê este video e vais ficar esclarecido o quanto ineficiente é o hidrogeneo

      https://www.youtube.com/watch?v=iPheEg-K2qc

      • Fulano says:

        Um video com promoção (publicidade) paga pela Tesla?
        Boa… vai ler os comentários.

        • Diogo says:

          paga pela tesla? ahah o video nem sequer é patrocinado por ninguem ahah ao menos ve as coisas em condiçoes, estao la as continhas todas feitas e vai ver vai la ao reino unido ver de facto o preço do hidrogeneo como é produzido isto nao tem nada a ver com promoçoes sao factos o hidrogeneo é muito dificil de ser transportado por ser um gas acho que esta é cultura geral mas pronto continua a acreditar no hidrogeneo compra ja um toyota para pagarmos o mesmo pelo combustivel

      • Infinity says:

        O hidrogénio será o futuro, mas não amanhã devido a lobbies, o Toyota Mirai tem autonomia para +-600Km e so demora 5min a abastecer.

        Assim como as baterias evoluíram, o processo de produção do hidrogénio ira melhorar com o tempo.

        https://www.youtube.com/watch?v=Y2pCsd3pRUE

      • Joao says:

        Mesmo que cubra as necesidades do dia a dia para 90% da população, 90% desses 90% precisa de poder conseguir fazer mais km nem que seja 1 semana ao ano. Que vão fazer? Ter 2 carros?

        • Toni da Adega says:

          Imagina que precisas de andar na montanha nem que seja 1 semana ao ano. Que vais fazer?
          Comprar um todo o terreno como carro habitual.

        • King Banido says:

          Esquece Joao, os doentes dos EV’s, vao defender os seus ideais com questões parvas.
          Explica ai Oh Toni, explica ai como é que as pessoas fazem quando querem fazer uma viagem.
          Vão alugar outro carro para irem viajar? Bravo Toni !!! Encontras-te a solução ideal e nem sei como é que não pensei antes nisso!! Acho que vou ja comprar um Leaf, alias, a frota lá de casa apartir de hoje é só leafs e zoes!

          • Toni da Adega says:

            Leaf e zoes não servem.
            Tens que no mínimo comprar uma carrinha 7 ou 9 lugares 4×4.
            Com um carro normal precisas de transportar alguma coisa não podes. Num fim de semana tens família em casa não lhe podes dar boleia.
            Vais de ferias para a serra precisas de algo todo o terreno.
            Por isso é que carros normais são completamente inúteis.

        • klimane says:

          Alugas e outro camelo que pague as revisões de 1000€ que me pediram recentemente na Mercedes por mudar o óleo da caixa automática filtro do óleo, do gasóleo e do ar, óleo do motor e só fiz 6k km desde a última revisão. E a verdade é que mesmo em casa todos os dias a usar electricidade não chego aos 1000€ por ano.
          Revisão num eléctrico
          Água de esguiche 6€
          ligar á máquina para detectar erros 50€
          ver pressão dos pneus 2€
          Total 58€ e venham mais 100.000km

          • King Banido says:

            Vou amar qdo a malta dos electricos rebentar com algo a serio ahahah
            vou amar ver os comentarios do, acabei de gastar 20k se não perdia o meu investimento de 60k.

            Ja aconteceu ao outro com um Leaf 😉

          • King Banido says:

            alem que 1k de revisão… não es o bomzão da mercedoca recente que só vai a mercedes? Agora aguenta meu amigo, ninguem te mandou ir a Marca para meter oleo e trocar o filtro…

        • JL says:

          #João, alugam, então vão comprar um carro para as férias? Isso é o que faz ter dinheiro a mais.

      • Tiago says:

        O meu pai faz entre 1300 a 1500km todos os meses e duas das viagens é ir e voltar de Espanha quando sai do trabalho e é 600km para lá e 600 para cá e só para para beber café 2x
        No entanto abastece lá e chega aqui na reserva

      • JL says:

        O hidrogénio não é perfeito para nada, não existe, tem de ser produzido à custa de grandes gastos energéticos, só para o armazenar se gasta muita energia, é perigoso, ineficiente, caro, para andar 100 kms a preços atuais se gasta uns 13 a 16 euros, enfim só quem anda a combustão pensa nestas coisas.

    • King Banido says:

      Fulano, 500km não chegam? com 15 min parado no supercharger, que estão colocados pelo caminho, algures que eu nao pesquisei onde estão?

      Para mim e mais de 90%, 500km, a k a 350/400km chega e está otimo!

      O problema aqui que vejo é as outras marcas não fazerem o mesmo e não terem os ditos superChargers… Se assim fosse, mesmo que a Tesla não baixasse os preços, ainda terias muita opção de escolha no mercado, atualmente, quem gasta guito em Zoes e Leafs acaba por ficar mal servido…

    • Klimane says:

      Como não compras um autocarro para andar na cidade, também um carro elétrico não serve para todas as situações mas para a esmagadora maioria das pessoas é a solução perfeita. Ser radical e não ver os pontos positivos e negativos é uma idiotice.

    • Klimane says:

      Como não compras um autocarro para andar na cidade, também um carro elétrico não serve para todas as situações mas para a esmagadora maioria das pessoas é a solução perfeita. Ser radical e não ver os pontos positivos e negativos é uma idiotice.

    • Toni da Adega says:

      “Infelizmente ter um carro a pilhas não serve para quem faz centenas de quilómetros diariamente”

      Ou seja não serve para um pequeno número de pessoas por isso é perfeitamente viável. Qual é a % de pessoas que fazem mais de 300km diariamente (+ de 6000km por mês)?

      No meu trabalho há quem more a mais de 100km de casa e vão de carro a pilhas.

      • King Banido says:

        Toni a questão nunca pode ser posta com o diariamente… isso é um argumento parvo.

        Eu nao faço viagens diarias, mas quero um carro que, para quando me apeteca fazer uma viagem, possa fazer sem problemas e olha que a maioria dos anos, nem passo de Torres vedras…

        Mais uma vez, comprar um carro de milhares de €, para depois ires de comboio quando quiseres ir po Algarve… não obrigado.

        PS: só para não haver aqui as confusoes do costume, estou a falar de um Zoe ou de um Leaf, os Teslas são os unicos que ainda consegues fazer uma viagem dentro das velocidades permitidas e que faz a autonomia prometida, os outros todos, se forem acima dos 60, a autonomia corta pa metade.

        • Pedro says:

          Fala do que não sabe…

          Já fiz algumas vezes Porto-Lisboa-Porto de Leaf (com a bateria de 30 kWh). A 100-120 Km/h o consumo sobe uns 20%-25% face à média em cidade. Em vez de fazer 13-15 kWh por 100 Km faço 18-20 kWh. Ou seja, de uma autonomia de 200 Km passo para uma autonomia de 150 Km. Isto num elétrico com 4 anos e 80.000Km feitos (8000€ poupados em combustível e manutenções).

          Uma coisa tem razão, a Tesla tem a grande vantagem de ter os superchargers… Se bem que a A1 até está bem servida com carregadores rápidos para os outros VEs em cada área de serviço.

        • JL says:

          O problema é a malta ter dinheiro a mais, compram carros para as férias, depois usam os nessa tarefa uma ou duas vezes por ano. Não vale mais comprar um carro para o maior uso que lhe damos e alugar um para quando esse não se enquadra?

    • Alguem says:

      Vc não faz esses km todos duma vez, faz?
      Uma pausazinha pro café ao pé dum supercharger de vez em quando e dá perfeitamente.

    • JL says:

      O hidrogénio é o futuro tal como sempre foi… lol

    • JL says:

      A sério? Quantos donos conhece que fazem menos kms agora com Tesla do que faziam antes com os combustão, aliás esse é o argumento que os leva a comprar estes carros, conheço mais uma dezena de donos que fazem até mais de 80 mil por ano.

  2. Sergio J says:

    Atendendo que um carro tem milhentos fornecedores e muitos os componentes têm um ciclo de preparação para produção grande esta antecipação Faz-me muita confusão. Muitas etapas estarão a ser queimadas e isso depois reflete-se na qualidade

    • Diogo says:

      este carro partilha 75% do model 3 o model 3 ja esta a ser produzido em larga escala os fornecedores sao os mesmo é normal que este seja antecipado mas isto nao prova nada para a tesla eles tiveram quase na falecia com a prodçao do model 3 isto nao prova nada este carro é praticamente igual

    • Pedro says:

      Ao contrário dos veículos a combustão, os Teslas (e a generalidade dos VEs) não têm milhentos de componentes… Quanto muito uma centena de componentes diferentes e muites deles relacionadas com a gestão da bateria e sincronização com os motores elétricos. Tirando isso, e como é obvio, as peças normas para a motricidade do veículo (amortecedores, eixos, travões, discos, etc…).

  3. eu says:

    Não sei se os carros eletricos serão o futuro ou não.
    Certamente que estes serão um vislumbre do que será o futuro, pois não é possível que todas as pessoas com carros a combustíveis fosseis podem-sem ter um eletrico de um dia para o outro. Não existe infraestrutura de momento (ponto).
    O carro em Portugal mais económico nos últimos 20 anos e que continua a ser “no presente” é o carro a GPL (ponto).

    No entanto é deverá importante que a Tesla se mantenha relevante, pois se for à falência (o que seguramente deixaria muito concorrência que anda a roer as unhas contente da vida), voltaremos a parar na evolução e ficaremos nos combustíveis fóssies novamente.
    O GPL passará a ser o futuro próximo.

    • JL says:

      Não existem carros a GPL, existem sim conversões, que as torna ineficientes, os fabricantes sabem que o GPL é um futuro incerto devido aos conflitos por ele gerado.

      A tesla ir à falência é de rir, com a acções a bater records todos os dias, não se pode comparar Tesla com vw e outras que só conseguem viver à custa das aldrabices que fazem.

  4. Quim says:

    a seguir queremos o ROADSTER

  5. iSad says:

    Boas, espero pela segunda geração como exemplo do S com mais milhas de range que chegara com 400 em breve. Meu XC40 só agora fez um ano. Sem pressas. Estou tambem curioso com o que a Polestar tras a seguir ao model 2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.