Quantcast
PplWare Mobile

Carros elétricos: Apple é mais ameaçadora que Toyota, diz a Volkswagen

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. RC says:

    A ultima imagem é um Tesla Model 3 com o simbolo da Apple. LOOOOL

    Sim sim, vão todos estar cheios de medo de fabricantes que nunca fabricaram carros…. imaginem a xiami cheia de medo que a vw vai passar a fabricar telemóveis. looool

  2. Samuel MG says:

    Se um computador da Apple custa 1500 então um automóvel da Apple vai custar 100 mil euros portanto a Volkswagen não precisa de ficar preocupada com a Apple.

    • Vítor M. says:

      Acho que estás errado. O iPhone custa o que custa e vende mais que todos os outros. Portanto, o preço não é impedimento quando o produto é bom. Sim, a VW e as restantes sabem que a Apple (entre outras) podem ser concorrentes de peso, num segmento completamente novo e mais fácil de entrar. 😉

      • Luis says:

        Não sei… Há quem se endivide para comprar telemóveis de 1000 €, e os bancos até vão emprestando…
        Já carros no valor de casas não sei não… por essa ordem de ideias quem tem um iphone também poderia viver em boas casas, e muitas vezes não é isso que se verifica.

      • RC says:

        Exacto, os iphones custam o que custam porque não têm concorrência, e calma, não tenho nenhum iphone, tenho um que acho melhor para mim, e também não é android.

        Concorrência é bom para todos, tanto para fabricantes como para clientes.

      • Bruno Filipe says:

        A apple não vende mais que todos os outros, está atrás da samsung, huawei e xiaomi está a 2% market share de ser passada pela Oppo…

      • LR says:

        “O iPhone custa o que custa e vende mais que todos os outros”. Desculpa? Não são esses dados que têm sido reportados, até aqui no pplware.
        À parte isso, comparar o potencial de vendas de telemóveis de 1.000 – 1.500 euros com automóveis de mais de 100.000 euros, é totalmente absurdo (se é que o possível futuro carro da Apple tiver esses valores). É que para os 1500, têm as Cofidis, Cetelem, etc. Para 100.000, as exigências são outras, e não é assim tão fácil. Agora, claro que haverá idiotas dispostos a fazerem um crédito/leasing por 10 anos (ou mais) para terem um carro desse valor.

        • Samuel MG says:

          Não estou a comparar nada mas quem vende algo pequeno a mais de 1000 pode vender algo grande a mais de 100 mil euros. A Apple é a marca que vende tudo mais caro portanto não me admirava que vendessem o automóvel a 100 mil euros, um Porshe ou um Ferrari ainda são mais caros.

          • LR says:

            Samuel, o meu comentário era resposta ao Vitor M., não a ti. Mas, pegando nos exemplos que dás, claro que haverá sempre quem comprasse o AppleCar a 100.000,00. Mas quantos venderiam? O suficiente para derrotar o grupo VW? Claro que cada venda feita seria um sucesso, pelo preço pedido. Só que enquanto qualquer iPhone (bem como qualquer outro smartphone) está ao alcance de qualquer um, o mesmo não se passa com carros de 100.000,00.

          • Vítor M. says:

            “Não são esses dados que têm sido reportados, até aqui no pplware.”

            Estás errado. Uma coisa são as vendas por trimestre, outra coisa são as vendas anuais. Vai ver anualmente e verás que a Apple é quem mais tem vendido nos últimos 5 ou 6 anos (se não mais).

          • Samuel MG says:

            Mas afinal estamos a falar de carros ou de tlms??

          • Bruno Filipe says:

            Aquele comentário delicioso do Vitor M. em que diz que a apple não vende mais em nenhum trimestre mas vende mais no anual… Caro Vitor 4 trimestres consecutivos é um ano m8 como vende mais num ano se não vende mais em nenhum dos trimestres bud?

        • José Abreu says:

          A Apple vende um produto a preço hiper inflacionado que não tem correspondência na qualidade, no produto, no desempenho. Tenho um telefone de 100 euros que funciona melhor que o ífone . Os telemóveis acabam por funcionar como as jóias. Como instrumentos de exibição, mas nas viaturas a racionalidade é outra.

      • Goncalo says:

        Não queria ser desmancha prazeres mas a Apple já nem no top3 está e na minha opinião cada vez vai baixar mais as pessoas já abriram os olhos a cada ano o iPhone promete muito e oferece pouco é sempre ecrãs AMOLED 120hz baterias de 5000 Touch id no ecra e dps quando sai é outra vez outra desilusão

      • Filipa says:

        sim claro, a apple tem toda a experiencia necessaria para produzir carros electricos. Um telemovel só nao tem 4 rodas, de resto é igual. O que é a toyota à beira da apple no sector automovel hein?! Se a apple atingir 15% do mercado de carros eletricos (tal como o iphone nos teleles) será um verdadeiro sucesso, sem duvida

        • Vítor M. says:

          Pode não ter, enquanto empresa que desenvolve tecnologia para computadores, smartphones, tablets, smartwatches, auscultadores, colunas de som, ecrãs, ratos, teclados, carregadores e um vasto leque de outros gadgets. Tudo isto parte do desenvolvimento tecnológico dos engenheiros da marca e depois é fabricado, mediante supervisão da empresa, por empresas terceiras. Basicamente como a Tesla nasceu e cresceu (e cresce). Por trás tem de haver uma ideia, dinheiro, e clientes. Depois é deixar fluir.

          Não sei se a Apple irá ter um carro ou se vai fazer parte de algum projeto com alguma outra empresa, mas tem poder financeiro e tecnológico para isso. Imagina, a título meramente especulativo, que a Apple compra as estruturas (projetadas por si) à Mercedes, as baterias à LG Chem, tecnologia auto à Bosch, Magneti Marelli e interiores à Coindu, pneus à Pirelli, Continetal, Michelin e Bridgestone… tudo isto são o “normal” em qualquer marca 😉

      • José Abreu says:

        A Apple vende um produto a preço hiper inflacionado que não tem correspondência na qualidade, no produto, no desempenho. Tenho um telefone de 100 euros que funciona melhor que o ífone . Os telemóveis acabam por funcionar como as jóias. Como instrumentos de exibição, mas nas viaturas a racionalidade é outra.

        • Vítor M. says:

          Não é verdade. Tem correspondência em qualidade ao ponto de serem produtos amplamente vendidos uma, duas 20 vezes se versões houver. A tua opinião é só tua, rebatida por um mercado planetário. Logo, em geral, tem o valor que tem 🙂 mas é tua e respeito.

          Um iPhone (como outros smartphones) é uma peça de tecnologia inovadora. Mas o caminho dos smartphones foi iniciado em 2007. Desde então cada um tem marcado o mercado versão após versão. O iPhone 12 voltou a marcar a evolução tecnológica, com a utilização pela primeira vez de um SoC de 5nm… entre outras coisas. 😉

          Quem reduz a uma joia tem um débito grande de conhecimento.

          • Rui Veríssimo says:

            Respondendo ao comentário onde dizes que a apple vende mais anualmente:

            Em 2 anos a apple só vendeu mais smarthphones que por exemplo a Samsung 1 vez no 2019Q4.

            Neste momento a Apple está com 13,6% enquanto a Huawei 20.2%.

            Comparando com a Samsung agora, a Apple vendeu menos 62% que a Samsung desde 2018 (q2).

            a Apple teve 2x(2018Q4 e 2019Q4) acima de 18% vendas.
            a Samsung teve 3 vezes menos de 20% em 3 Q’s e nunca a baixo dos 18% o restante tudo de 20% o que a apple esteve quase a conseguir mas falhou o objetivo.

            a Apple da única vez que ficou a frente da Samsung foi no 2019Q4 em 1.1%. em 2019.

            Se adicionares as vendas (%) a SamSung teve 86.6% (sumando as percentagens dos 4 Qs) fazendo uma média de 21.65% por Q.

            a Apple teve 54.6% se adicionares as vendas dos Q de 2019. com uma média de 13.65% por Q.

            em vendas anuais a apple em 2019 teve menos 8% de vendas por semestre comparando com a Samsung.

            Source: IDC

            e acredito que a Huawei irá aumentar mais esta margem este ano.

            a apple tem mais lucro com os SERVIÇOS do que outra coisa. (iTunes, AppStore, iCloud, etc). porque nos smartphones esta a cair. principalmente porque utilizam produtos Samsung (ecrã) nos iphones pelo menos o 11 era assim o 12 nem perdi tempo a verificar.

            Agora em relação ao preço do suposto carro…

            vai ser equivalente a um um carro de 20k a valer 200k.
            Basta ver pelas rodas do Mac Pro a 800+€… mais caras que a maioria das rodas para um automóvel…

            fica dito.

          • Vítor M. says:

            Eu falei nos últimos 5 anos. E mesmo assim, a Samsung apresentou 3 ou 4 vezes mais equipamentos que a Apple. Apesar disso, em 2015 o iPhone mais vendido foi o iPhone 6. Em 2016 o smartphone mais vendido foi o iPhone 6S. Em 2017 o smartphone mais vendido foi o iPhone 7. Já em 2018, o smartphone mais vendido no mundo foi o iPhone X. Em 2019 o smartphone mais vendido foi o… iPhone XR. Este ano, dizem, que o mais vendido será o iPhone 11.

            Em 2021, com as vendas deste ano, iremos ver o ponto do iPhone 12.

            Sim, em termos de global, juntando todas as gamas (que é como se a Apple juntasse mais produtos), entrada de gama, média gama e gama alta, a Samsung tem estado sempre lado a lado com a Apple. Mas a Apple só tem gama alta. Mas não é por isso que vende menos. Tal como referido ano após ano com o smartphone mais vendido. O que dita por terra o teu último argumento.

            Claro, a Huawei está a canibalizar o mercado da Samsung, e sobretudo o da Xiaomi, assim como de outros players do mercado Android, e deverá apresentar um grande crescimento.

            Sobre as rodas do Mac Pro, bom isso é um produto de alto consumo (são de nicho), os iPhone são, os iPads são, os Macbook são, os iMacs são, os AirPods Max são, os AirPods são e não é por acaso que é a empresa tecnológica mais “abastada” do planeta. 😉 https://bit.ly/3nUGuEN

            Fica referido.

  3. Euéquesei says:

    O preço não é impedimento quando o produto é bom isso não é bem assim.
    Qualquer um pode ir a um banco pedir 1500 euros de crédito para um aifone.
    Não é qualquer um que lá vai e pede 100 000 para um automóvel.
    Aí a conversa já é outra.
    Compra quem pode e não quem quer…

  4. bill says:

    E alguem perguntou a este senhor se a vw já pagou todas as indemnizações aos clientes que enganou? Há vinte e tal anos atras a vw riu-se e tentou ridicularizar o prius e agora andam a investir rios de dinheiro para tentar, ao menos, seguir de longe a toyota.

  5. LA says:

    Lá vai haver milhares de patentes e serem usadas sem autorizam, dos proprietários.

  6. TRD says:

    A VW a pensar que a Toyota anda adormecida, mas anda é a estudar o terreno.

    Apple a construir carros . Daqui a pouco a Kaspersky começa a produzir vacinas para o COVID.

    Convém lembrar que a Toyota é pioneira no híbrido, e ninguém os faz melhor que ela.
    Quanto ao elétrico….A marca nipónica já anda à muito a estudar uma alternativa melhor.

    • Nuno says:

      Nao sei não a Toyota está atrasada a olhos vistos e essa conversa era o mesmo que diziam da Nokia e Agr vê lá onde anda a nokia, e dizer que os Toyota são os melhores híbridos é a gozar já andei com vários e são um vergonha investirá demasiado naqueles mild hybrid que ficam baratos mas a poupança é praticamente nenhuma, acredito que a Toyota vá sofrer muito com esta mudança

      • sujeito says:

        A TOYOTA está mais interessada nos verdadeiros veiculos do futuro… A Hidrógenio!

        • eu2 says:

          A Nikola também

        • RC says:

          Sim, tal como sempre foram, desde 1966, sempre foram e vão continuar a ser, já que evoluíram pouco ou nada desde essa altura, tá tão interessada que já nem publicidade faz. LOL

          Toda a gente está interessa em gastar muito para fazer 100 kms, é a minha conclusão.

          Veiculo verdadeiro -> deixar de estar agarrado a um, para estar agarrado ao mesmo. LOOOOOOOOOOOOOOL

      • TRD says:

        São coisas completamente diferentes. A Nokia foi “à vida” pois não quis apostar no futuro. A Toyota é (sem querer ser muito fanboy) uma marca inovadora.

        Os motores elétricos só surgiram porque a Toyota apostou nos híbrido… E sim, são os melhores de mercado DE LONGE… pois a marca já anda a trabalhar neles à mais de 30 anos.

      • José Abreu says:

        Tenho híbrido Toyota há quase 20 anos. Neste momento um PHV faz média de 1 litros/100km. A durabilidade, fiabilidade e conforto são imbatíveis. O maior problema dos eléctricos 100% é a durabilidade. Quando tiverem os EV todo o mercado, vai custar 0,5€/khw nos postos públicos ou seja 7,5€/100km.

        • RC says:

          Se existe durabilidade e fiabilidade num hídrio, quer dizer que num elétrico 100% é igual ou melhor, usa baterias maiores, logo com menos racio de descarga que um hibrido, motores maiores também, e é exactamente o que se tem visto, os electricos 100% são muito mais fiáveis que os hibridos.

        • RC says:

          Com elétricos tem sempre possibilidade de carregar em casa, e não, quando tudo for elétrico, o custo vai ser menor, porque existe mais oferta e um negocio mais implantado.

          Se a energia ficar mais cara, também fica a outra.

          Faz 1 litro se carregar em casa, porque só em modo hibrido sem ser plugin não o faz.

  7. greego says:

    0 ppware como veículo de propaganda da applyyy…

  8. Zé Duarte says:

    Como insultar o verdadeiro adversário dizendo que ele mete menos medo que uma empresa que nunca fez um carro.
    A Apple foi só quem estava à mão.

  9. Filipa says:

    ultimamente a VW nao tem acertado, e parece que vai continuar assim…

  10. sujeito says:

    Como não estou interessado em productos Apple, até pode custar 300.000 com motor opcional.
    Enquanto houver gasolina ou diesel, não quero saber destes veiculos.

  11. José Abreu says:

    Também é tudo uma questão de propaganda e atitude. A alegada valorização é puramente financeira e bolsista. Uma espécie de esquema de pirâmide como o bitcoin. O futuro é que dirá se a bolha é sustentável.

  12. Pedro Catela says:

    A verdade é que a industria automóvel e o seu futuro passa pelo Hidrogénio, e nesse campo existem marcas que levam muito avanço nesta tecnologia que é bom não esquecer por enquanto… os carros ainda necessitam de rodinhas e sua tecnologia para tração ao chão. É só fazer uma pesquisa de quais fabricantes automóveis estão em campo nesta área.

  13. George M. says:

    Acho que se ele realmente acredita nisso. então tudo vai acabar para os alemães, se já não. As marcas alemãs devem licenciar a tecnologia da Tesla, ou seja, (Powered by Tesla) / (Tesla Inside) para serem relevantes. Eu acredito que a Apple não vai a lugar nenhum com a construção de carros. Tesla está simplesmente esmagando todos eles.
    https://twitter.com/i/status/1337403374400983040

  14. GFan says:

    Outra vez arroz?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.