PplWare Mobile

Alguém fez asneira! Audi e-Tron pede para ser feita mudança de óleo do motor elétrico


Autor: Pedro Simões


  1. Rubem Marcelo says:

    Patético, mostra uma grande incompetência e prejudica a reputação da marca, não esperava isto da Audi.

    • Filipe F. says:

      Ao que isto chegou, agora noticias sobre recalls que afetam menos de 1000 carros. Tanto recall e de coisas graves a acontecer em tanta marca e perderam tempo a escrever um artigo sobre uma mensagem informativa que em nada afeta a condução ou segurança do veiculo, por ser provavelmente um ‘rival’ da bela amada Tesla…
      Qualquer dia alguem mete no twitter que a lampada interior fundiu e é noticia aqui porque deveria durar x anos e durou menos e a Audi n percebe nada de carros e é so incompetentes lol. Menos lixo eletrónico pff. Ou então comprem um novo modelo de qualquer marca e vejam quantos erros e defeitos trazem e bem piores que uma mensagem de oleo, e têm noticias para o resto do ano.

      • King Banido says:

        Não vale a pena Filipe, a malta da Tesla, sim a malta da Tesla e não EV’s, como se fazem passar, não sabem ver outra coisa a frente se não a sua marca amada. Não me lembro com 100% de certezas, mas já houve N Noticias de recall da propria Tesla, mas depois a Audi é que é a marca horrivel.

        Se estão assim tão felizes com a fabulosa Tesla, porque razão ainda tentam denegrir a imagem das outras Marcas?

        • Toder says:

          Conduzo um BMW diariamente e não estou muito em Audis, mas concordo plenamente, coisas destas pode acontecer com qualquer marca e pode-se corrigir rapidamente também. Agora um recall em que o carro tenha problemas de suspensão ou outras coisas perigosas, aí sim já é perigoso, mas enfim fanboys serão sempre fanboys, tipo os iship fanboys

        • IonFan says:

          Tu sonhas (ou tens pesadelos) com a Tesla…

          • King Banido says:

            E tu tas ressabiado com alguma coisa… A Tesla é a maior! Tás bem servido!

          • IonFan says:

            @King Banido, tu é que o estás a dizer. A mim nunca me viste escrever isso…

            Sabes porque é que é claro que eu não estou ressabiado? Porque nunca me viste e jamais me verás a fazer comentários pejorativos sobre qualquer marca em particular. Tu fazes isso sempre que tens oportunidade.

          • King Banido says:

            Onde é que me ves a falar mal de alguma marca?

            A tua memoria tá fraquinha… Que eu me lembre, em discussão contigo, já admiti que a Tesla é a unica marca a vender electricos eficientes. Lá porque falo mal do preço e de outras questão inerentes a todos os EV’s, não quer dizer que seja com alguma marca em espicifico. Estás demasiado atento aos meus gostos e com a minha criminalidade, mas depois com coisas importantes para o assunto já não tás.

            O meu comentario acima foi a falar mal dos fanboys como tu e não da marca. Agora faço eu a pergunta, sabes interpretar um texto simples?

          • IonFan says:

            @King Banido, agora que penso nisso, só me lembro de te ver atacar pessoas que caracterizas como fan boys. Não é que seja mais correcto, mas sim, tens razão… Peço desculpa por ter afirmado que atacas a Tesla.
            Como vês, não tenho problemas em admitir quando percebo que estou errado.

            Desmentes o teu próprio comentário quando apontas (e bem) que referi um comportamento que não tiveste, mas depois dizes que ando muito atento aos teus gostos. Se andasse assim tão atento aos teus gostos, tinha evitado este pedido de desculpas aqui em cima…

            Ainda assim, a pequena pesquisa que fiz nos teus comentários, deu para confirmar o que já te tinha dito: não és honesto nos teus comentários. Por exemplo, ainda há uns dias afirmavas que um Tesla custava 100k, mas agora descobri um comentário teu com mais tempo, onde referias que os Tesla começavam nos 60k. Mesmo não contando com o facto do número estar incorrecto (começam nos 49k), isto prova que usaste deliberadamente um argumento que sabias ser falso para tentar provar o que estavas certo na tua opinião.

            Quanto à tua criminalidade, eu não estou atento a ela. Eu estou atento aos teus números e comentários que, a serem verdadeiros, indicam que praticas reiterada e convictamente actos criminosos.

          • King Banido says:

            E mesmo começando nos 60k, partilho da mesma opinião de um de 100k! 100k para fazeres 500/600km e possivelmente teres de ficar parado uma/umas horas… não obrigado!
            Aproveita por agora, quando o mercado crescer, irás ver a frustação que é em teres de ficar paradinho numa fila enquanto os outros carregam, pores o teu a carregar e ainda saberes que teras de esperar mais um par de tempo.

            Quem só quer o carro para trabalho-casa, porque razão vão gastar 60k, quando que por 30k já ficavam muito bem servidos? É essa coerência, ou a falta dela, que eu nao percebo.

            Para pessoas como tu(Nao tenho motivos para nao acreditar em ti) e para o Paulo, que fazem mil km por ano, claro que compensa um Model S, mas agora, estarem a trazer essa vossa mentalidade para todos os casos é que não…
            Explica-me, qual é o comum mortal que se pode dar ao luxo de comprar um carro de 60mil€ que só serve pas voltinhas, que se queres fazer uma viagem, tens de ir super condicionado e ter feito bem o trabalho de casa e ainda assim, arriscas-te a ficar pelo caminho?
            Quando te aperceberes que és um priveligiado perante uma sociedade que vive com 600€ por mes, ai pensarás e provavelmente pararás de andar a pregar a palavra de nosso senhor Musk, até lá, não terás salvação.

          • IonFan says:

            @King Banido, é a este tipo de números que me fazem dizer que não és honesto a comentar… Tão depressa dizes que os eléctricos só fazem 100 ou 200kms como dizes que fazem 500 ou 600kms. Não fazem nem tanto nem tão pouco. Mudas o discurso consoante te dá jeito e usas argumentos que já te expliquei que não estão corretos. O carregamento demorar 1 ou várias horas é um exemplo disso. Já te expliquei que isso não é verdade, nem nos Tesla nem nos novos EVs que ai vêm. Posso dizer te que já fiz várias viagens em que tive que carregar pelo caminho e nunca demorou mais de 20min. Chegou a acontecer me ter que ir tirar o carro porque já estava pronto, ainda nem as entradas estavam na mesa do restaurante. Claro que para isso é preciso ter uma rede de carga em condições e, enviada isso seja verdade para a Tesla, ainda não é para as outras marcas. Mas este é um argumento que tem os dias contados e principalmente não torna os carros piores, já que não é culpa dos fabricantes.

            Mas vamos imaginar que a situação do carregamento rápido não evolui mais. Incoerente é, com o custo actual dos combustíveis, não querer um carro que custa uma fracção a abastecer durante 95% dos dias, só por causa de não querer perder uma ou mais horas nos outros 5%. Eu leio estas teorias e fico a pensar que são todos pilotos de avião ou médicos, tal o valor que atribuem ao tempo…

            Depois falas de 60k como se fosse um valor surreal para os portugueses. Não deves andar nas estradas que eu ando, porque eu vejo muitos BMWs e Mercedes desse valor ou lá perto. Se juntares o custo de manutenção e combustível, tens ali carros que ficam a 80k em poucos anos. E sim, sei que muitos são em segunda mão, mas alguém tem que os comprar cá novos, porque os importados são uma minoria.

            Mas essa mesma incoerência pode ser aplicada a ti. Compraste um Ibiza Cupra quando podias comprar um normal, que te ficava bem mais barato e ficavas bem servido.

            Olha 10 anos para trás e pensa no que a mobilidade eléctrica evoluiu. O preço por kWh no pack caiu para 1/10 do que era e passou se de 0 postos para os (ainda insuficientes) milhares espalhados pelo mundo. O maior erro de quem acha que o VE não vai vingar é pensar que não vão passar disto.

            Infelizmente ainda não é para todos, mas isso tem sido assim com tudo o que hoje damos por adquirido. Quando apareceram os smartphones nem todos os podiam comprar. Agora todos temos um ou mais.

            Não penses que sou rico ou algo do género. Apenas tinha um perfil de despesas que me permitiu gastar 60k num carro que, com as poupanças que me trás, me vai ficar ao preço de um diesel de 30k. Prefiro dar o dinheiro à Tesla do que à Galp e Norauto.

          • King Banido says:

            Ves muitas bombas(Bombas… digamos 1.6TDI numa carcaça BMW, mas nao deixam de ser um BMW) na estrada, ves, mas tambem nao ves os restantes que nao andam de carro, não andam por não terem condições e não por escolha, como eu e tu temos.

            60k é surreal para a maioria da população, principalmente a falar de gastar num carro, se tu não o achas, é porque nunca passaste grandes dificuldades… E ainda bem, o que quero é ver toda a gente bem!

            Os numeros nao sao encorentes… basta veres e como eu ja disse, a Tesla é a unica boa marca e que “entrega” aquilo que promete. O que tens a dizer das outras marcas? Anunciam 500km e na realidade se chegar a 50% já é upa upa. Quando vario de numeros, é entre o universo EV e não universo Tesla. Da Tesla só aponto o valor, que acho normal para o mercado atual, mas assim como a Apple, é uma marca que poucos podem ter. E como utilizador da outra moeda, e até porque eu ja tive um iphone e agora tenho um android, sei reconhecer que a Apple tem sim otimas coisas, mas que ao fim ao cabo para a utilização que dás, podias dar num android, e poupar com isso cerca de 400€…

            Queres defender o teu Tesla? Defende à vontade! Só não defendas sobre falsos moralismos que é algo comum de se ter, como se os bancos andassem a dar 60k a todos os que pedem… E atualmente, não existe um unico veiculo electrico(Sem contar com Tesla) que mereca um investimento de 30mil€, seja pela autonomia, fraca potencia, gadgets etc.
            30mil€ é um Smart(Ideal para trabalhar) e muitos anos de gasolina e manutenção.

            Eu só vou ter um eletrico quando Portugal tiver as infrasestruturas atualizadas. Até lá, vou gastando no combustivel e manutenção, o equivalente ao gasto inicial de um Tesla.

          • King Banido says:

            Ja agora, falas sobre o ir buscar um ibiza normal e tava servido… É o mesmo que eu te dizer, “Então porque que não foste buscar um Zoe? Não é electrico à mesma? Não vais poupar bue nos combustiveis e manutenções?”

            Sabes qual seria a tua resposta não sabes? É a mesma que te dou.

          • King Banido says:

            “Eu só vou ter um eletrico quando Portugal tiver as infrasestruturas atualizadas. Até lá, vou gastando no combustivel e manutenção, o equivalente ao gasto inicial de um Tesla.”
            Não tou a falar no meu carro aqui, que usando as mesmas contas que ja tinha feito num post, irei gastar cerca de 10-15mil€ em combustivel/manutenção durante 8 anos. Faz com que o meu carro que custou 20mil€, fique a 30-35 mil€, isto se eu ficar com o carro 4 anos…
            É muito dinheiro por um Ibiza Cupra? É, mas os outros pagam mais e não tem o maquinão que tenho.

            Postas as contas aqui, acabei por poupar 25mil€ em relação a um Tesla e sempre andei como quis e fiz o que quis. (Falando já num futuro de 6 anos). Não ajudei o ambiente de forma direta? Nop, mas os meus impostos já são para isso mesmo.

          • IonFan says:

            @King Banido, tu é que dizes que dizes que quem compra um carro de 60k podia ter comprado um de 30k e ficar bem servido. Nunca me viste escrever nada a censurar quem compra os de 60k. Apenas apontei que o que dizes pode ser aplicado à tua escolha.

            É impossível dares a mesma resposta que eu te dou. Um Ibiza normal é efectivamente o mesmo carro que o Cupra. Um Zoe não é o mesmo carro que o Model 3. Depois há a parte da durabilidade da bateria, espaço interior, conforto, rede supercharger e, bastante importante, a performance.

            Se poupaste 25k em relação a um Tesla? Poupaste, mas estás a esquecer te de um pormenor importante. Não estás a comparar carros da mesma gama. Se queres comparar, tens que comparar com um A4, um Serie 3 ou um Classe C. Aí já não tens as mesmas contas.

            Mas ainda bem que trouxeste as contas para a conversa. Como já te disse, para o meu caso, comparei com um diesel de 30k. As contas foram 30k + 23k (combustível, manutenção e IUC) – 10k (valor de revenda com 2/3 de desvalorização) = 43k para 6 anos no diesel. Para o Tesla foi 60k + 4k (electricidade e manutenção – sim, contei com alguma) – 20k (revenda com os mesmos 2/3 de desvalorização) = 44k também para 6 anos. Ou seja, por mais 150eur por ano, tenho um carro da gama acima e com uma performance incomparável. Compravas o diesel de 30k só para não esperar 40min a carregar quando vais de férias?

          • King Banido says:

            Eu tambem não critico quem gasta dinheiro num carro, nunca critiquei, alias, se fosse critico, nunca teriamos tido estas discussões. Critico é quem só vê a marca a frente. Desde que compraste um Tesla, aposto que o teu pensamento mudou e ficou só pro EV, e é normal, mudaste a realidade em que vivias e passaste de um carro citadino para um carro com 400cv de binario instantanio, estarei enganado? Ion, a vida não é só Teslas como tu e os Pros Teslas querem fazer parecer.

            Achares que um normal é o mesmo que um Cupra, é o mesmo que vir dizer que um Zoe é o mesmo que um Tesla, percebeste a ironia?
            Ou não conheces o carro, porque nao pesquisaste e tas-te pouco nas tintas, ou então tas a dar hate atoa e sem saber do assunto. Qualquer carro que seja uma versão desportiva, nunca é o mesmo que o normal, mas se quiseres, podes ir buscar um Ibiza 2.0TDI, fazer uma repro para os 200cv e vires testar com o Cupra, até deixas de me ver se a estrada tiver km e km.

            O preço de revenda é uma previsão e não passa disso para já. A Tesla é uma marca que tem 10 anos no mercado… Ainda não há relatos de um carro com 12 anos e que tipo de problemas darão, problemas que podem ser mais caros que num a combustão.

          • IonFan says:

            @King Banido, vim de um familiar médio de marca alemã, da qual fiquei fã depois de o comprar.
            Com o Tesla não foi assim. Fiquei fã da marca quando percebi que o futuro era eléctrico. Prova disso é que comprei acções da empresa bem antes de comprar o carro. Ao contrario de muitos, comprei um Tesla porque sou fã da marca e não o contrário. Apenas tive a sorte de ter um estilo de vida que me permitiu encaixar um carro deste valor no meu orçamento. Mesmo que isto não acontecesse e continuasse noutra marca, continuaria a ser fã.

            Como já te disse, para mim o futuro dos automóveis é eléctrico e, como tal, neste momento e como tu próprio admites a Tesla é a que apresenta uma proposta e produto de valor. Não digo isto com felicidade. Acima de tudo sou pró EV e deixa me triste ver marcas que teriam capacidade financeira e de produção para ter bons modelos, a lançar compliance cars para não perderem a cadeia de valor que têm nos ICE. Ainda assim, penso que nos próximos anos vamos ver boas propostas de outras marcas. Tal como aconteceu nos smartphones, onde as outras marcas acabaram por apresentar boas propostas contra o iPhone, vai acontecer o mesmo com os EV. Vai demorar, tal como nos smartphones, varias gerações e vamos ver umas Nokia e Blackberry a ficar pelo caminho ao mesmo tempo que surgem novas marcas, mas vai acontecer.

            E não um Zoe não é igual a um Model 3 da forma que um Ibiza é igual a um Cupra. Se disseres que um Model 3 é igual a um Model 3 Performance, ai sim, são iguais da mesma forma.

            O preço de revenda é uma previsão, mas 1/3 do valor ao fim de 6 anos (e não 12 como disseste) até me parece pessimista para o Tesla, tendo em conta o mercado actual. Já o mesmo 1/3 para um diesel daqui a 6 anos, por tudo o que começamos a ver, até parece me bastante optimista. Mas isso é um imponderável e por isso deixei 1/3 para os dois.

            Todos os problemas que possam dar serão mais baratos de resolver, visto ser uma maquina mais simples. A única coisa que pode ser mais cara é a bateria, mas daqui a 7 anos (quando acabar a garantia) já o preço deve ser mais baixo e a tecnologia melhor. Além disso, segundo os meus testes, a minha bateria com 30k kms e 10 meses não tem degradação (pode ter alguma imperceptível por ser inferior a 0.2%). A esta informação tens que somar o facto da maior parte da degradação acontecer nos primeiros 2 anos e 50k kms.
            Tens aqui a curva apurada com dados de Model S e X (parece que a bateria do 3 é melhor): https://electrek.co/wp-content/uploads/sites/3/2018/04/screen-shot-2018-04-14-at-2-56-15-pm.jpg?quality=82&strip=all

          • Toder says:

            Estas a falar para mim? Eu nem disse nada da Tesla. Mas pesadelos com Tesla era o que tu querias.

        • Tugatesla says:

          Vai trabalhar malandro e compra um TESLA que isso passa.

      • O pirata says:

        Não consigo concordar mais

      • Woods says:

        O típico defensor da marca

    • Paulo lopes says:

      não e só a Audi tem problemas, como pode ver no link (Europa) temos outras marcas também.
      a maior parte dos erros diz respeito a informática que esta tomar seu lugar e importância nas viaturas.

    • iSad says:

      pode ser o oleo de travoes. lol

  2. Dani Silva says:

    A Audi a mostrar a sua real faceta, de quais carros eles querem mesmo vender…

    • King Banido says:

      E usares a cabeça antes de falares mal?

      Explica-me, porque raio iria a Audi ou outra marca, criar todo um novo sistema? Se ja tem um infosystem bom, apenas precisa de pequenas modificações. Se houve esse bug? Houve, mas fora isso, não vejo onde está a real faceta, e como deves imaginar, o sistema da Audi foi criado para carros a combustão. Estranho seria isso acontecer num Tesla.

      • Dani Silva says:

        Você aconselhou-me a usar a cabeça no inicio do seu comentário, e acabou a confirmar exactamente o que eu escrevi.

        Fez o meu dia, obrigado.

        • King Banido says:

          Ainda bem que ja fiz o seu dia, estou cá para ajudar a malta.

          Confirmei o que? O Facto de a Audi ter começado como uma construtora de carros a combustão e agora estar a fazer a transição? A Porsche tambem mostra bem as suas facetas… fizeram um electrico, mas só se preocupam com as vendas do GT2 e GT3…
          A unica marca interessada a 100% com a venda de electricos é a Tesla, pois é a unica que só faz 100% electricos.

          O que tens a dizer de todas as outras marcas? A bmw por exemplo? Fizeram hibridos, como o I8 e um 100% electrico o I3, e no entanto todos os anos saiem novas versões dos M’s a gasolina.

          Ambos os teus comentarios, só demonstram o hate que queres mostrar, mas sem fundamentos, só fazes figuras de nabo.

          • Dani Silva says:

            Obrigado porque, além de hilariante, o seu comentário foi agora obtuso e ignorante.

            Sim, tenho “hate” pelas marcas que dizem interessadas em mudar, mas continuam a fazer dos veículos poluentes o seu principal mercado.

            Passe bem

          • King Banido says:

            Podes explicar onde está a minha ignorancia, ou vais ficar-te por meias palavras sem fundamento? 3 Comentarios e só falas-te pão até agora.

          • Dani Silva says:

            A Tesla é, actualmente, a única marca seriamente disposta a mudar o mundo automóvel. E não é por só ter veículos eléctricos que isso acontece… é ao contrário. A Tesla só tem veículos eléctricos porque quer mudar o mundo, isso está na sua “mission statement” como empresa, desde o início.

            Eu falo pão, você fala marmelada…

  3. Infinity says:

    É um “easter egg”

  4. Vitor says:

    Não é assim tão descabido! porque muitos fabricantes colocam o motor eléctrico dentro da caixa onde está o diferencial e os 2 ou 3 carrectos de desmultiplicação. Esta caixa tem óleo e banha o motor eléctrico permitindo lubrificação e arrefecimento aumentando a durabilidade. Obviamente este óleo precisa de ser mudado mas num período muito maior do que o apresentado.

  5. Fusion says:

    Audi se me estiveres a ler fica aqui uma ajuda 🙂

    //*****************************

    bool electricCar;
    int oilChangeKm = 10000;
    int carKm = 0;

    // Audi magic code here

    if (!electricCar & carKm >= oilChangeKm)
    {
    //Send nice message
    }

    //*****************************

  6. Rui says:

    A explicação da Audi parece-me bastante honesta, desta vez. Não acredito que tenham feito tudo de novo para este e-Tron, aproveitaram de certeza computador de bordo, etc, etc….. e a alarmistica que referem lembra ao condutor o que tem de fazer, como acontece em qualquer carro que circula.

    Isso ao lado do engano propositado dos níveis de poluição dos motores a combustão do grupo VW, incluindo a Audi………

  7. Redin says:

    Está assim explicada a razão pelo qual alguns (felizmente poucos) teimam em afirmar que um carro eléctrico é mais poluente do que um a combustível.

    • ovingadorortografico says:

      Tens provas irrefutáveis do que dizes?

    • ovingadorortografico says:

      Tens provas irrefutáveis do que dizes?

      • Redin says:

        Uauuu. Irrefutáveis?
        Bem, eu ouvi à primeira, não precisavas de repetir.
        Consigo provar com bom senso. Serve?
        Mas devolvo a pergunta.
        Tens provas em contrário?

        • ovingadorortografico says:

          Típico, respondes a perguntas com outra pergunta no mesmo sentido. O que não faz sentido. Eu sei que os veículos atuais são poluentes, não é preciso ser muito inteligente, agora dizer que os elétricos são mais ou menos poluentes, já é noutra história. Eu pensei que tivesses a resposta. Ingenuidade minha.

          • Toder says:

            Eu dou aqui a resposta que é muito fácil. A energia com que carregas os carros vem de onde? As monstruosas baterias são feitas com o que é vem de onde? Quando há um incêndio e as baterias queimam para onde vai a toxicidade? Quando as baterias atingem o seu limite e tem que ser trocadas o que acontece? Sim reciclagem de baterias loool

          • Rui says:

            Toder? E podias continuar:
            A pintura dos eléctricos é feita do quê?
            Os pneus dos eléctricos é feita do quê?
            As borrachas são feitas do quê?
            Os plásticos são feitos de quê?
            Os cabos são feitos do quê?
            Os componentes electrónicos….. etc, etc…..

          • Dani Silva says:

            A Agência Europeia do Ambiente da UE tem provas sobre isso:
            “Battery electric cars emit less greenhouse gases and air pollutants over their entire life cycle than petrol and diesel cars, according to a European Environment Agency (EEA) report, published today. Promoting renewable energy and circular economy — including the shared use of vehicles and product design that supports reuse and recycling — will help maximise the benefits of shifting to electric vehicles.”
            EEA, 22 Novembro 2018

        • jonas says:

          “Mas devolvo a pergunta.
          Tens provas em contrário?”

          Argumentum ad ignorantiam , mais coisa menos coisa,.. aliás… isso é uma falácia característica dos terraplanistas (diria que provavelmente és um deles) assenta bastante bem no que se chama “Inversao do ónus da prova”.

    • Fusion says:

      Dizes isso com base num erro cometido a nivel de software? Que possivelemnte é corrigido com meia duzia de linhas de codigo? Damn, já ouvi dizer que o código da volta a cabeça, mas que poluia ambiente é a primeira vez

      • Redin says:

        Mas que grande confusão vai por aí.
        Não dá para perceber que estava a ser irónico? Analogia com a mudança de óleo num motor eléctrico que é um componente de motores a combustão…
        Seria muito patético se eu colocasse código a ver com isso.

        • Fusion says:

          Voltei a ler o teu comentario original e em nada pareceu um irónia, pareceu sim uma opinião que por acaso muita gente tem com ou sem argumentos. Irónia foi sim o meu comentario ao teu, mas olha tudo bem amigos na mesma 😉

    • Miguel Costa says:

      Quando tivermos de lidar com 64444444 milhões de toneladas/ano de baterias com 21% de reclibalidade, vamos comparar…. Uma dica: na Índia, onde são recicladas 96% da baterias de telemóveis, do mundo, são 85000 toneladas de chumbo a irem parar ao Índico a cada ano. Além de milhares de milhões de toneladas de restos, despejados em rios e minas.
      Só que 99,9999999% dos ambientalistas têm medo de ir visitar a costa norte do Índico.

      • Redin says:

        Completamente de acordo.
        Isso não torna os automóveis eléctricos mais poluentes do que os atuais, mas sim todo um sistema corrupto que actua a volta disso.
        Eu sempre considerei os automóveis movidos a bateria eléctrica são como um recurso urgente face ao estado ambiental actual porque a verdadeira revolução que estará para vir será a dos carros movidos a célula de combustível (hidrogeneo).
        As pequenas baterias que ainda serão obrigados a ter não irão servir para a locomoção. Daí que não nos iremos livrar delas assim tão depressa.
        A tecnologia está a mudar o paradigma desse tipo de componentes e até mesmo a energia necessária para a criação do hidrogeneo será verde.
        Até a própria segurança no carregamento está a mudar rapidamente retirando o medo de sensíveis potenciais explosões .
        O gás também era perigoso e usou-se durante muito tempo e actualmente já não é proibido estacionar em locais públicos fechados.
        Depósitos a combustível tem um historial longo de explosões e não fora por causa disso que foram proibidos.
        Tenho esperança que muito brevemente surgirão boas noticias.

        • Dani Silva says:

          Oh não, mais um que pensa que o hidrogénio é o futuro…

          Realmente é o futuro… para as gasolineiras que não querem perder o seu modelo de negócio.

          É impossível ir contra as leis da física. Um carro com pilha de combustível (hidrogénio) é pelo menos 3x menos eficiente do que um carro eléctrico com bateria. Não há volta a dar, já que a transformação de água em hidrogénio (hidrólise) e a sua oxidação na pilha de combustível para gerar electricidade têm perdas físicas inerentes e impossíveis de ultrapassar.

          Resumindo, se com um carro eléctrico podes fazer 100km com X kWh de electricidade, com um carro a hidrogénio apenas poderás fazer 33km com o mesmo X kWh de electricidade.

          Espero que fiquem esclarecidos. O saber não ocupa lugar.

          • Infinity says:

            E porque não pode ser o futuro? Só porque a eficiência é menor? A tecnologia esta em constante evolução, logo isso será mais cedo ou mais tarde não será um problema

            Mesmo que actualmente seja 1/3 da eficiência, em 5-10 minutos tens autonomia máxima e não horas de espera.

            O Toyota Mirai tem autonomia anunciada em +-600Km, não que dizer que os faça, assim como os eléctricos actuais

            https://www.youtube.com/watch?v=Y2pCsd3pRUE

          • Dani Silva says:

            Caro Infinity, a tecnologia nunca poderá bater as leis da física.

            Num sistema com hidrogénio, a energia inicial é dividida por 3 (ou mais) relativamente ao que se extrai no final. Não há tecnologia que dê a volta a isso.

            Pode abastecer um carro a hidrogénio mais rápido?? Claro que pode… mas provavelmente custará no mínimo 3x mais a abastecer, pelos princípios físicos que mencionei.

            Eu não pagaria 3x mais para ter um carro que abastece em 5-10min em vez de 20 ou 30 min, por exemplo…

          • IonFan says:

            @Dani Silva, neste país é tudo rico… Cada vez que o combustível sobe um cêntimo andam todos a chorar nas redes sociais, mas depois não podem esperar um pouco para abastecer a uma fracção do preço.

            Como se não bastasse, e sem noção de qualquer número concreto, vêm para aqui pregar que o país não tem rede e capacidade de produção para sustentar um parque automóvel e, do alto da sua ignorância, dizem que a solução passa por uma tecnologia 3x mais intensiva energicamente.

            Infelizmente é este o nível dos “comentadores” deste e muitos outros sites…

          • IonFan says:

            * parque automóvel eléctrico a bateria

          • Infinity says:

            @Dani Silva, é tudo uma questão de tempo. Assim como as baterias sofreram evolução na autonomia, ou os motores a combustão serem mais económicos.

            Além que o hidrogénio só é o elemento mais abundante do planeta.

            E lá porque pode ser 1/3 da eficiência para já, não significa que seja 3x mais caro, é relativo.

          • Tugatesla says:

            Dani, não percas mais tempo com fanáticos ignorantes. Eles não merecem.

          • Infinity says:

            @Tugatesla, ganhaste a bicicleta… mas leva-a no carro enquanto esperas que o carro carregue…

        • Wishmaster says:

          Estado ambiental actual?
          Tem uma economia baseada nos combustíveis fósseis e deles não se livrará facilmente.
          É difícil fazer previsões, mas não vejo que seja viável o mudar tudo para eléctrico (excepto se houver a descoberta de uma bateria extraordinária em todos os aspectos).
          Então se o hidrogénio vingar, se instalarem postos bem localizados, adeuzinho ao aléctrico.

      • IonFan says:

        Chumbo nas baterias dos telemóveis e EVs!? Alguém ajude aqui o Miguel porque ele, ou está preso em 1993, ou na realidade paralela de onde tirou aqueles números…

  8. J.C.Lopes says:

    Copy Paste de código, simples.

  9. rikardo pereira says:

    só é noticia por ser audi.. se fosse uma marca pequena ninguém queria saber
    os ant- eletricos até devem ter orgasmos com estas noticias

  10. PoPeY says:

    O que se passa na Alemanha…?!?! A mercedes anda a alugar e desmontar teslas. A audi anda a pedir para trocar o oleo em motores electricos e a vw andava a contornar testes de poluição…

  11. njag says:

    Tudo bem que o pessoal da tesla não veem mais nada á frente, mas o pessoal dos alemães são exatamente iguais, o alemão é bom e o resto é merd@.

  12. Wishmaster says:

    Antes de ler o artigo já se antevia facilmente a causa…

  13. Mastermind says:

    Nunca conduzi um carro elétrico e não sou adepto de nenhuma marca automóvel em particular, mas acho que quando se paga a quantidade de dinheiro que pedem por um carro deste nível, o mínimo que se exigiria seria uma revisão e/ou adaptação do software de bordo… Mas talvez sou eu que sou demasiado exigente…

  14. Hélder Martins says:

    Não sei que guerra estupida é esta entre a marca, A, B, C ou D?!
    A notícia refere-se sobre uma anomalia do sistema que já existe para veículos de combustão, sendo que é um veículo elétrico. Ñ acho que venha nenhum mal ao mundo, até porque já o starão a corrigir.
    Ñ percebo falarem mal da Tesla ou de outra marca, quando o tema é da Audi.
    E ñ acho que a ppl dê vantagem seja a marca A, B ou C, até porque já deram notícias negativas da Tesla.
    Acho que todas as marcas, têm coisas positivas e negativas. As marcas são como outro negócio qualquer, “Negócio” e como tal é para dar lucro!
    Toda gente preocupada com veículos eléctricos, combustão ou explosão porque poluem mais uns que outros. Ninguém se preocupa com as empresas que poluem muito, mas muito mais que os veículos terrestres e se falarmos então dos aviões ou mesmo navios as emissões que emitem são abismais… as baterias e o lítio poluem mesmo muito!? E o petroleo que é derramado nos oceanos, o óleo dos motores queimados para onde vão? Onde são reciclados? É tudo uma postura que cabe a cada um melhorar todos os dias um bocadinho o nosso Planeta!
    Eu tenho um golf IV a gasóleo com 500.000 kms e nunca me deixou ficar mal. Mas ñ é por isso que deixei de comprar um veículo eletrico.
    Cada um é livre de fazer as suas escolhas, porque não é por uma pessoa ter opiniões diferentes das outras que o meu é melhor que o teu e vice-versa.
    O importante é respeitarmo-nos uns aos outros e construírmos um mundo melhor em todos os sentidos.
    A todos um bem haja e sejam felizes.

    • IonFan says:

      Palmas para este senhor! É isto mesmo!
      Ninguém é obrigado a comprar um eléctrico. Não percebo porque é que todas as noticias sobre o assunto estão cheias de comentários rancorosos e desinformação. Depois, se alguém tem a ousadia de defender os eléctricos, é logo apelidado de fan boy, como se gostar de eléctricos diminuísse qualquer argumento…

    • Manuel Conceicao says:

      Quando substituírem todos os carros com motor a combustão e verificarem que o efeito de estufa continua…

  15. Vitolas says:

    Se fosse em um Tesla era uma feature,como é um Audi é um escândalo,já parece uma empresa tecnológica da trumpolandia.

  16. Tugatesla says:

    E foi este lixo apresentado como o killer do Model S….

    • Infinity says:

      Errado, tas a confundir com o Porsche Taycan Turbo S…

      • IonFan says:

        Este também foi apresentado pelos média como tal. Aliás, quase tudo o que é EV e que saiu depois do Model S em 2012, foi apresentado como Tesla Killer. Parece que afinal não é assim tão fácil matar a Tesla…

        • Infinity says:

          A Tesla só bate na autonomia (que a seu tempo há de aumentar) e no Autopilot (embora seja um bom sistema, o seu uso a 100% não é permitido). Agora na qualidade de construção e conforto a Tesla fica uns furos a baixo.
          Sem falar que o Tesla é rapido no arranque, mas para tal as baterias tem que estar a determinada temperatura para ser eficiente, enquanto que o Porsche não tem essa necessidade, é claro que o Porsche é igualmente rápido

          • IonFan says:

            A Tesla só bate em autonomia e autopilot? Ok…
            Está a comparar com que qualidade de construção? da Porsche? É que o Porsche é bem mais caro. Se não tivesse melhor construção é que era de estranhar. O que eu te posso dizer é que o meu Model 3 tem um qualidade de construção e materiais equivalente a um carro alemão da mesma gama. Isso não era assim, mas agora é a realidade.
            E um Tesla é realmente mais rápido com cargas altas e bateria à temperatura ideal, mas não deixa de ser rápido quando isso não se verifica. Além disso é uma questão de física e o Porsche, estando no mesmo universo, também está sujeito às mesmas regras.

  17. ficolixado says:

    Acontece… mas é apenas um sinal de que as marcas europeias simplesmente se estão a borrifar para os EV’s.
    Easy.

  18. nop90 says:

    E à medida que um carro é cada vez mais código/electrónica e cada vez menos mecânica estes erros vão surgir com mais frequência. Esperemos é que não sejam erros que causem acidentes graves. Um programa falhar tem bom remédio, reinicia-se, algo a que estamos acostumados no mundo das TI, a mesma coisa acontecer num carro já se torna mais grave, não tem as mesmas medidas de segurança de um avião (3 sistemas redundantes).
    Divirtam-se a ser os beta-testers de carritos electrónicos, quando a coisa estiver afinada depois meto o meu bolinhas na reforma.

    • IonFan says:

      Porque todos sabem que os veículos a combustão não usam software e mesmo que usassem, seria impossível causar acidentes em caso de falha. Génio!

      • nop90 says:

        Génio és tu que mandas patacoadas sem sentido. Não aleguei nada disso.
        100% mecânico já nem os táxis. Mas são sensores e actuadores simples testados e certificados por empresas externas. Sistemas de infotainment e outras macacadas é tudo da marca, o simples facto do protocolo CAN existir no teu carro sem qualquer tipo de protecção é um risco enorme, facilmente te coloco um dispositivo na ficha OBD com um circuito adicional que injecte comandos. Porquê? porque cada vez mais os carros dependem da electrónica e continua tudo ao Deus dará.
        Um Tesla não andar por falta de update é só estúpido, se a tua mãe estiver para morrer e não puderes arrancar com o carro para a levar ao hospital já não vais achar tanta graça ó iluminado…
        Volto a repetir, divirtam-se a ser os beta-testers desta nova geração de veículos, não tenho nada contra eles, mas só os usarei quando estiverem devidamente testados, até lá, boa sorte com eles.

        • IonFan says:

          Pois, já vi que APENAS sugere que os carros cada vez mais tecnológicos são uma coisa má. Talvez da próxima vez que um sistema de travagem de emergência automático lhe salve a vida, você mude de ideias. Até lá aposto que ainda usa um Nokia 3310 porque não quer ser beta-tester destes smartphones que é só código/electronica.

          O CAN através da porta ODB tem um sistema de segurança bastante eficaz: as portas do carro trancadas…

          Se alguém estiver a morrer e precisar de ir para o hospital, faço o que qualquer pessoa normal faz: chamo um ambulância… E já agora, ponha lá aqui um exemplo de um Tesla que não ande por falta de um update. É que o meu até a reiniciar o computador de bordo continua a andar. Deve ser por eu ser iluminado.

          • nop90 says:

            Veio ontem o meu novo One Plus 7T, sou completamente a favor do progresso, mas com algo que pode colocar a minha vida em risco tenho cuidados redobrados, pensei que já tinha deixado clara a minha posição. O sistema de travagem como diz, continua a fazer parte da ECU, com software revisto por entidades externas e escrito cumprindo normas Europeias, o próprio compilador tem de ser certificado ao contrário do seu brinquedo caro a pilhas que corre uma versão martelada de Linux. Boa sorte, e pela última vez, quando vocês derem pelos bugs todos e todos forem corrigidos, depois sim, serei um cliente. Tenho-lhe a agradecer o facto de ser um beta-tester não pago, está a gerar um valor precioso para os restantes. Obg e bom fim-de-semana 🙂

  19. sakura says:

    quando se usa gnu/linux e
    https://www.qt.io/

    é o que é …. há uma falta grande de “pessoas” ,competentens pq só sabem “windows”…. um teste de qualidade via o erro, mas. Qt e linux/gnu é muito usado, mas tem poucos recurcos humanos.

  20. AJ says:

    Uma actualização do software e está feito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.