Quantcast
PplWare Mobile

Ubuntu 13.04 beta final já está disponível para Download

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. lunatico says:

    vamos ver é se esta versão se dá bem com o wubi, pk eu vou continuando usar. wubi é o perfeito relacionamento para quem quer dual boot com boa performance 🙂 sem ter muito trabalho e preocupação a instalar o sistema do pinguim

  2. JP (djlinux) says:

    O único ponto negativo a meu ver no Ubuntu 13.04 é o Nautilus, vai de mau a pior, a Canonical tem que começar a pensar em usar outro. ( Eu sei que podemos mudar, estou a falar em vir já com outro de raiz )

    De resto esta cada vez melhor.

  3. ubunt says:

    Afinal como se chamava esta versão, ñ era beta???
    A partir de hoje passa a chamar-se beta final?? Quando deixa de ser beta então?!

    Cumprimentos

  4. Jorge Silva says:

    Alguém me pode ajudar?

    Tenho um router TG784 e com a última actualização “10.2.1.D” não me funciona este comando “dhcp server lease flush”, pois preciso de “limpar” os ip’s atribuidos.

    Alguma dica?

    Obrigado

    • lmx says:

      boas…presumo que corre linux…?!

      a maioria dos routers devido ao facto de possuirem pouca ram…não contém uma versão completa de um SO linux como o estamos abituados a ver…
      trata-se de uma versão striped down, muita coisa salta fora…e normalmente alguns trazem o busybox…para aplicativos e muitos nem sequer uma versão completa(a maioria)…

      Por exemplo em debian será normal encontrares os ficheiros das leases em /var/lib/dhcp …

      Não conheço esse router…mas tenta encontra-lo em /var/run

      Se não conseguires…vê o código dos scripts em /etc até encontrares o local onde foi colocado o ficheiro de leases que procuras…
      O teu DHCP server…coloca entradas dinamicas nos ficheiros de zonas do dns…isto claro se tiveres DNs server na tua rede…

      começa por pesquisar por ls /var/run/*|grep -i lease (nem todos os routers usam o mesmo ficheiro para todas as leases…a extensão pode vir no singular…)

      cmps

    • PapiMigas says:

      Viva
      Que user está a usar no router?

      • Jorge Silva says:

        Olá.

        Já resolvi, fiz reset ao router e configurei tudo de novo, mas o bonito foi ver que modificaram as pass’s e o root user (Debug) nesta versão de firmware. Mas consegui dar a volta e alterar as definições (pool de ip’s, etc) com o root user, inclusive alterar a palavra-chave deste e respectivo nome.

        Fica aqui o link:

        http://ptsec.info/wp/root-nos-routers-tg784n-com-firmware-10-2-1-d/

        Abraço.

        • PapiMigas says:

          Exatamente 🙂
          Já agora verifique uma coisa:
          Se o seu wifi for com a encriptação WPA2 desligue o router e volte a ligar e veja se se consegue ligar via wifi. Caso não consiga basta ir às definições de wifi (via cabo)e sem mudar nada, apenas fazer ok… já funciona!

          • Jorege Silva says:

            Bom dia.

            Por acaso faço sempre a configuração via cabo. Neste router aparece cada bug. Num firmware anterior (já não sei qual), tinha um bug que o nome da rede (SSID) não podia conter o caracter espaço, pois ao reiniciar o router voltava a colocar o nome da rede (SSID) por defeito. Já agora que referiu a encriptação estou a usar “WPA-PSK + WPA2-PSK” mas será melhor “WPA + WPA2”? Sei que a escolha que fiz é mais compatível com os variados equipamentos, estou correcto?

            Abraço.

          • PapiMigas says:

            Viva

            Tem msmo de ser a psk pois o método de encriptação baseia-se na palavra-chave que escolher. O método “WPA + WPA2″ obriga a um servidor “extra”.
            Sim, eu gosto deste router mas tem sempre algum bug… 🙂
            Cump

  5. irlm says:

    mas afinal onde anda o famoso wayland ou mir?

    • Alexandre Amaral says:

      Um display server não se programa da noite para o dia, deve ser uma das coisas mais complexas a criar a seguir do kernel.

    • Carlos Carvalho says:

      O Wayland está quase pronto , o MIR começou agora a dar os primeiros passos

    • JP (djlinux) says:

      Foi preciso a Canonical lançar o Mir para quem gosta do Wayland abrir os olhos e começar a trabalhar nele a serio ( já lá vão quase 5 anos ) … O Mir pelo pouco que sei vai no bom caminho…

      • lmx says:

        O Wayland…esta com uma “crise interna”, depois da canonical avançar com o Mir, o wayland começa a acusar a pressão…e existem developers que descobriram falhas no protocolo de comunicação…
        Existem uns que não as querem resolver, e querem acrescentar funcionalidades via plugins(no fundo o que o X11 fez…mas está uma manta de retalhos e atingiu um tamanho gigantesco ), existem outros que preferem voltar atrás e refazer algumas coisas, mas isso implicaria gastar mais tempo…e assim veem o mir avançar e eles fazem figura de parvos…agora mais que nunca, precisavam de calma,mas calma é coisa que não vai aparecer tão cedo…a pressão está do lado deles…

        cmps

  6. Ricardo Santos says:

    Beta Final? Desconheço este estágio de desenvolvimento.

  7. Luis Silva says:

    Gostava de perceber uma coisa, se é que alguém em vai responder a isto.

    Se terá pouco meses de suporte ao fim desse tempo a haver nova versão, dá para instalá-la por cima sem perder nada? Tenho pena de como estes SO são open source não terem uma maneira de actualizar como se de um programa se trata-se isto é ao utilizarmos o SO avisar que existe nova versão e se a queríamos actualizar, mas temos de queimar um dvd ou meter numa pen e fazer instalação normalmente…..frustra-me um bocado…..

    • JP (djlinux) says:

      Olá Luis Silva.

      Só posso falar do Ubuntu ( e seus derivados ) sobre isso, não sei ao certo como as outras funcionam, mas não deve fugir muito do mesmo.

      O Ubuntu 13.04 por exemplo vai ter suporte de 6 meses, passado esses 6 meses convém fazer um Upgrade para a versão seguinte. E não precisas estragar um DVD a cada versão que sai, podes actualizar como se fosse uma actualização normal do sistema.

      Para isso basta ires ao “Actualizador de Programas” e entrar na suas definições, na Aba das “Actualizações” podes escolher onde diz : “Avisar-me de uma nova versão do Ubuntu ” basta escolheres “Para qualquer versão” e assim terás sempre uma indicação de quando uma nova versão esta disponível.

      Normalmente não aconselho ninguém a fazer isto, porque existe mais probabilidade de o Ubuntu ficar com erros do que numa instalação limpa.

      Espero ter ajudado.

      Cmps

    • Darktux says:

      Todas as versões do Ubuntu propoem a actualização para a nova versão. Nem sempre corre 100%, podes actualizar.
      Se queres alguma coisa mais estável, fica pelas versões LTS do Ubuntu (a última é a 12.04 – sim tem 1 ano) e derivados que tem actualizações de segurança durante 5 anos.

  8. kl says:

    isto é um bocado off topic,mas com kubuntu e xubuntu ultimamente tenho tido problemas de DNS(penso eu). nao consigo ligar-me a internet,embora consiga pingar a gateway.Acho que será problema de DNS mas ja tentei resolver como tenho lido em alguns foruns de linux e nada(sudo nano /etc/resolvconf/resolv.conf.d/base e depois colocar o ip gateway), nao consigo atinar com isto(escusado será dizer q sou muito verde nestas andanças)desde já agradeço a quem me ajude.

    • lmx says:

      Porque dizes que tens problemas de dns??

      ja esperimentas-te fazer um nslookup sapo.pt…e ver o servidor que te responde??

      no meu caso, tenho 1 entrada do meu dns server(raspberry pi), uma do sapo…como backup…

      e duas do opendns…que ja vinham, mas que deixei ficar…não me causam transtorno…todas as querys são resolvidas pelo meu DNS server…que serve de cache…

      cat /etc/resolv.conf

      # Dynamic resolv.conf(5) file for glibc resolver(3) generated by resolvconf(8)
      # DO NOT EDIT THIS FILE BY HAND — YOUR CHANGES WILL BE OVERWRITTEN
      nameserver 192.168.10.230
      nameserver 212.55.154.174

      # OpenDNS Fallback (configured by Linux Mint in /etc/resolvconf/resolv.conf.d/tail).
      nameserver 208.67.222.222
      nameserver 208.67.220.220

      cmps

    • lmx says:

      boas…lendo de novo o teu comentario…acho que percebi a tua pergunta lol 😀

      Toda a gente tem problemas de DNS…os equipamentos tem um tamanho de RAM muito limitado e a cache vai crescendo(estou a falar dos tipicos routers adsl por exemplo)…até que o router…puff…entra em SWAP…ou não consegue continuar a lançar threads…

      Pelo que tens que o desligar e voltara a ligar…assim eliminas a cache…fica mais lento por uns tempos, depois melhora…até que algum dia atinges o limite de novo…e é “da-lhe falancio”…reenicia de novo…eu fartei-me disso e tenho um raspberry pi como DNS server com um limit de cache de 23megas…problem solved…

      O problema não são as maquinas clientes, mas sim o teu equipamento onde tens o teu servidor de DNS…ele no fundo faz de proxy para os servidores de DNs que estão nele especificados…

      cmps

  9. lolz says:

    Alguém me sabe dizer que drivers funcionam nesta versão para uma SIS 672? Tenho experimentado de tudo e o máximo que consegui até agora foi 1280×768 de resolução enquanto o correcto deveria ser 1280×800

  10. Paulo Ferreira says:

    Há uma pequena gralha onde está “Todas as novidades e alteração desde a versão 12.10, pode ser consultadas aqui” deveria ser 13.04

  11. Phyan says:

    Ja instalei num PC aqui de casa e isto fica muito lento, o PC também já não é muito recente mas o kubuntu 13.04 e o fedora 18 correm bem, acredito que seja do Ubuntu com a sua interface unity que pese um bom bocado.

  12. ked says:

    ” Some of the new features available in Ubuntu 13.04 final beta are: includes the 3.8.0-16.26 Ubuntu Linux kernel which is based on the version 3.8.5 upstream Linux kernel;…”

  13. ked says:

    ———-/´¯/)——–(\¯`\
    ———/—//———–\\—\
    ——–/—//————-\\—\
    —-/´¯/—/´¯\———/¯`\—\¯`\
    -/-/–/—/—/-|_—-_|-\—\—\—\-\ –
    (-(—(—(—/-)–)–(–(-\—)—)—)-)
    -\————\/–/—\—\/————/
    –\———— /——\-————/
    —\-———-(———)———-/ for disliked people!

  14. sakura says:

    nice acsssii art. …. ty.

  15. Marco Duarte says:

    “O Ubuntu 13.04 Raring Ringtail final beta está neste momento disponível para download. De referir, que ao contrário do que tinha sido planeado pela Canonical (quer seriam duas versões beta), o Ubuntu 13.04 Raring Ringtail apenas terá esta versão beta. Relembramos que, segundo o cronograma disponibilizado pela Canonical, a versão final chegará dia 25 de Abril e apenas terá 9 meses de suporte (que terminará em Janeiro de 2014).”

    13.04 é uma LTS como tal não foi afecta por essa decisão de redução de tempo. As versões não LTS caso da proxima 13.10 é que terá 9 meses de suporte e não os 18 meses como era habitual. As versões LTS vão continuar com o mesmo tempo de suporte, 5 anos.

    • JP (djlinux) says:

      Olá Marco,

      Errado, o Ubuntu 13.04 não é LTS, logo só vai ter suporte de 9 meses, depois vem a 13.10 que também não é LTS e só depois vem a 14.04 LTS com o tal suporte de 5 anos.

      Cmps

  16. Manuel Correia says:

    Olá a todos!

    “Mestres Linux” do Pplware, preciso de uma ajuda… Tinha um desktop em casa parado e decidi instalar o Ubuntu 13.04, e correu maravilhas, até ao ponto em que tentei ligar umas colunas e som: nada!

    Já tentei fazer o “troubleshoot” que aparece no site do Ubuntu mas nada de solução. O ALSA parece estar presente, bem como o controlador do som (consigo perceber que tenho apenas uma saída “dummy”). Será que me podem dar uma ajuda??

    Cumprimentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.